GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

GOVERNO DO ESTADO

quarta-feira, 31 de março de 2010

Blog bate recorde de acessos!

Amigos,
Estamos fechando o mês de março na apuração do Google Analytics, uma das ferramentas de mais credibilidade na aferição de acesso da internet, inclusive sendo bastante elogiada no BloggerPE. 
O Blog do Ronaldo Cesar acaba de bater seu número de acessos em um mês, por enquanto 8.962, às 21h10min. Como temos ainda uma nesguinha de noite, passaremos dos nove mil acessos. Sinceramente, espero que todos os adjetivos de agradecimento caibam em um grandioso OBRIGADO!
Quero agradecer a todos os parceiros que têm o link do nosso blog em seus próprios blogs, pois isso impulsiona os acessos. Ao @junioo no twitter por estar divulgando a todos nós, e a cada leitor que multiplica o prazer da leitura com os amigos!
Sinceramente não sei onde vamos parar, mas sei que vamos juntos!

FBC fica no governo e a chapa está pronta

De todas as mudanças anunciadas pelo governador Eduardo Campos no secretariado nesta quarta-feira, a maior repercussão não foi uma mudança, foi uma permanência. Fernando Bezerra Coelho, secretário de desenvolvimento econômico e presidente de SUAPE não foi desincompatibilizado para buscar uma candidatura a qualquer coisa em outubro. Sua movimentação nos últimos meses impulsionava seu nome ao senado. Alguns setores do governo defendiam seu nome à vice-governador numa chapa puro sangue do PSB, sabendo-se que o vice receberá o estado por quase um ano. Mas nem mel nem cabaça. Assim, fica lógico entender a chapa que Eduardo proporá na sua convenção. Seria hoje, Eduardo com João Lyra na vice, repetindo a atual, PSB e PDT, e para o senado Armando Monteiro do PTB com a outra sendo do PT, e claro, com cavalos de distâncias na frente, hoje seria Humberto Costa, pela sua aproximação desde a campanha de governador com Eduardo Campos, quando subiu no seu palanque antes mesmo de terminar a contagem dos votos. E a recente absolvição no que se convencionou chamar como "máfia dos vampiros" acabou por dar uma nova projeção ao nome do petista. O seu adversário no partido, o ex-prefeito do Recife João Paulo, não tem maioria no diretório estadual que lhe desse condições ao menos de ir para uma disputa. Perdeu a força também na prefeitura da capital com o distanciamento com o atual prefeito João da Costa (João não mais é João) e se queimou no governo do estado pela forma como deixou o governo Eduardo Campos. Portanto, todos os sinais apontam para o fechamento da chapa governista.
Fernando Bezerra Coelho continua sendo um dos melhores quadros da política pernambucana. Inteligente e prático. Para que aceitasse essa condição de "não-candidato" (para um político é o que existe de mais traumático, não participar com seu nome em uma campanha), deve ter sido seu nome proposto como um dos prováveis ministros de um futuro governo Dilma Roussef, caso esta logre êxito! Pernambuco espera, até porque precisamos de bons representantes no cenário nacional, sempre!
.
Aqui entre a gente: Confesso que estava com saudades de fazer uma análise conjuntural da política pernambucana.

Marina Silva se emociona em Garanhuns - Terra de Lula

Deu no Estadão.com.br
Em visita, nesta quarta-feira, 31, a Garanhuns, a 230 quilômetros do Recife, no agreste pernambucano, terra natal do presidente Lula, a pré-candidata do PV à presidência, Marina Silva, disse ter ficado muito emocionada. "Aqui nasceu o menino Lula, aqui ele já chorou, mamou e virou presidente da República", afirmou em discurso no Colégio Presbiteriano XV de Novembro, onde plantou uma das 110 mudas de plantas nativas em comemoração aos 110 anos do estabelecimento. Marina plantou uma muda de pau Brasil.
Depois, em entrevista coletiva, ela, que faz sua primeira incursão no Nordeste na condição de pré-candidata do partido, disse não ter uma estratégia diferente na terra do presidente, onde a popularidade dele e da sua candidata, a ministra Dilma, são fortes. Garantiu que seu discurso será o mesmo em todas as regiões brasileiras.
A emoção de estar em Garanhuns, é natural, segundo ela, para alguém que passou 30 anos ao lado de Lula, a quem tem afeto. "Sou professora de História, chego na cidade que o homem nasceu, fico emocionada."
A senadora se reuniu com lideranças locais do PV e no início da noite vai assistir à encenação da Paixão de Cristo em Nova Jerusalém, no município de Brejo da Madre de Deus, também no agreste pernambucano.
.
Agora comigo: Nesses dias em que a visita da presidenciável Marina Silva a Garanhuns foi notícia nacional. Procuramos os grandes jornais do sul do país para ver de que forma essa visita poderia impactar sua campanha. O jornal "O Estado de São Paulo" foi um dos mais efetivos na cobertura. Por isso, acreditamos que a visita acabou sendo muito interessante para as partes. Para a ex-ministra de Lula, e para nós, que fomos novamente para a mídia nacional. Precisamos aprender a ganhar com isso.

Futebol - O Nordestão vai voltar

Um dos campeonatos que agitavam as torcidas, além de provocar as rivalidades locais era o Nordestão. Não há dúvidas que com o fim da rivalidade no futebol entre os times de Pernambuco, Bahia e Ceará, principalmente, acabou sendo um dso fatores que trouxeram um certo desinteresse regional. Somando-se a isso a forte penetração dos clubes do sul do país com a mídia globalizada e a diferença de na distribuição das verbas que financiam o futebol, acabaram gerando ao final, um desequilíbrio, que ao final, afastou muito das torcidas pelos clubes nordestinos, principalmente no interior dos estados.
Agora existe uma mobilização pela volta do Campeonato do Nordeste, o chamado Nordestão, com os principais clubes de cada estado e de grandes torcidas. Claro que isso tras também investidores que hoje vêm no Nordeste um filão atrativo para investimentos e patrocínios no esporte. Vejamos o quanto impactará ter numa competição Fortaleza e Ceará, Bahia e Vitória, América e ABC, Santa Cruz, Sport e Náutico, Confiança e Sergipe, Treze e Botafogo da Paraíba, entre outros.
A CBF já teria concordado com duas realizações para uma posterior reanálise, mas tudo indica o sucesso do investimento. Atualmente os clubes profissionais do Nordeste têm apenas os campeonatos estaduais, a maioria deficitária. Um campeonato brasileiro que privilegia o investimento maçico em mídia e altos patrocínios nos clubes do sudeste do país e a Copa do Brasil, onde os clubes pequenos e médios do páis realizam no máximo três ou quatro partidas. A grande maioria está alijada do calendário futebolístico. A volta do Nordestão pode ser um primeiro momento de redenção para os clubes das multidões do Nordeste Brasileiro.
O Nordestão deve voltar no mês de Junho, no calor da Copa do Mundo!
Na imagem trazemos os escudos dos clubes fundadores da Liga do Nordeste. É preciso para o futuro entender também que a ordem mudou no futebol da região. Em Alagoas os clubes que hoje mandam por lá já não são mais os tradicionais CSA e CRB. Na Paraíba também. Deve-se encontrar uma forma, talvez já pensar numa segunda divisão (mesmo sem nem ter ainda a primeira) mas que equilibre de uma forma que se possa valorizar quem realmente está jogando bola. Os clubes do interior devem também ter sua parcela de participação. Quem sabe pensar para o próximo ano em duas divisões com 20 clubes, com acesso e rebaixamento. Essa segunda divisão poderia ser pela classificação nos campeonatos estaduais. Não podemos desprezar neste momento um clube feito o Salgueiro que está na terceira divisão do campeonato nacional ou o ASA de Arapiraca que está na segunda divisão brasileira e é o campeão alagoano. Tem muito mais clubes representativos dessa nova safra nordestina como o Icasa do Ceará, que está também na segunda divisão do nacional, o Corinthians Alagoano, Souza da Paraíba, atual campeão do estado. Por falar nisso, o atual campeão do Rio grande do Norte é o ASSU.
Por tudo isso, e por um Nordeste mais forte e respeitado é que precisamos voltar com as tradições de campeonatos fortes e disputados. Com os clubes tradicionais e também com os novos exemplos de administrações competentes no futebol da região.

Mudanças nas secretarias do Governo de Pernambuco


ATENÇÃO: VOCÊ QUE DESEJA SABER AS MUDANÇAS PARA 2011 DA NOVA GESTÃO DO GOVERNO ESTADUAL, CLIQUE NO LINK ABAIXO:
AGORA SEGUE O TEXTO ORIGINAL... O governador Eduardo Campos revelou, na tarde dessa quarta-feira, as alterações promovidas nas secretarias do governo. Ao todo, foram 10 mudanças em postos de maior importância na equipe do governador. O motivo das modificações é a proximidade das eleições, pois os membros do governo precisaram se afastar do cargo público para se tornar candidatos.
As mudanças já foram publicadas no diário oficial e a maioria dos novos secretários já faziam parte do governo ocupando outros cargos de menos expressão.
Confira as modificações:

* Secretaria de Saúde
Sai - O vice-governador João Lyra Neto.
Assume - O ex-secretário-executivo de Coordenação Geral, Frederico Amâncio

* Secretaria de Educação
Sai - Danilo Cabral
Assume - O ex-secretário-executivo de Educação profissional, Nilton Mota.

* Secretaria de Administração
Sai - Paulo Câmara
Assume - O ex-secretário executivo da pasta, José Francisco Neto.

* Secretaria de Turismo
Paulo Câmara assumiu definitivamente a pasta. De agora em diante, ele ficará responsável apenas por essa secretaria.

* Secretaria de Articulação Regional
José Patriota é nomeado de forma definitiva para assumir a secretaria.

* Secretaria das Cidades
Sai - Humberto Costa
Assume - Dílson Peixoto, que vai continuar como presidente do Grande Recife Consórcio Metropolitano de Transportes.

* Secretaria da Ciência, tecnologia e Meio Ambiente
Sai - Luciana Santos
Assume - O físico e professor da UFPE, Anderson Gomes

* Secretaria de Articulação Social
Sai - Waldemar Borges
Assume - Marcelo Canuto

* Secretaria de transportes
Sai - Sebastião Oliveira
Assume - Eugênio Morais, que continua exercendo a presidência do DER.

* Secretaria de Agricultura
Sai - Ângelo Ferreira
Assume - Ranílson Ramos
.
Com informações do Portal Fonte Zero (Caruaru) Por: Magno Wendel

“Oportunidade de Emprego e o mercado de trabalho em Garanhuns”

Com o objetivo de trabalhar a prática de tópicos estudados em sala de aula, os alunos do quarto período de Secretariado Executivo Bilíngue da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (AESGA) estiveram promovendo, na noite da última segunda-feira, 29, a Mesa Redonda “Oportunidade de Emprego e o mercado de trabalho em Garanhuns”.
Orientados pela coordenação do Curso e pelo professor da disciplina de Organização de Eventos, Gustavo Santos, a iniciativa contou com a participação do vereador Sivaldo Albino, do delegado Regional Mozart Araújo, do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Ornilo Lundgreen e do gestor da Unidade de Negócios do SEBRAE no Agreste Meridional, Moche Dayan. “A nossa proposta foi trabalhar o exercício de um evento acadêmico, como a mesa redonda, e promover uma discussão de relevância, que é a questão do emprego e mercado de trabalho no Município”, afirmou o professor Gustavo Santos.

Junto aos docentes e estudantes do curso de Secretariado Executivo Bilíngue, também estiveram presentes no Auditório da Autarquia a presidente da AESGA, Eliane Simões, professores, alunos e os coordenadores dos cursos de Administração, Administração em Marketing e Administração Hospitalar, Adriano Sena, Rogério Paiva e Paulo Falcão, respectivamente, além do coordenador do Núcleo Integrado de Práticas Administrativas (NIPA), professor José Carlos Gomes. Cerca de 250 pessoas estiveram participando da atividade.

Artesanato dos CRAS estará em exposição durante Festa de Paschalia

Os trabalhos de pintura em madeira, produzidos por mulheres beneficiárias do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da Boa Vista estarão expostos, no período de 31 de março a 4 de abril, na Galeria Mãos da Terra. A exposição faz parte da programação da Festa Paschalia.
Cerca de 40 peças estarão a mostra e representam a arte sacra produzida no Município. Elas foram confeccionadas através da Oficina de Pintura em Madeira oferecida pela Secretaria de Assistência Social. “Nós conseguimos inserir nossa produção na programação da Festa Pachalia, o que para nós e para essas mulheres é um ganho enorme, já que representa o reconhecimento do trabalho que desenvolvemos”, registra a coordenadora do CRAS Boa Vista, Juliana Queiroz.
Essa é a primeira exposição do grupo. “Me sinto muito bem em participar das atividades do CRAS e com o que venho aprendendo no grupo. Estava quase caindo numa depressão e a pintura trouxe um novo momento para minha vida. Agora temos a oportunidade de mostrar o que fazemos aqui. Isso me enche de alegria”, comemora Eurides Batista, uma das beneficiadas pelas atividades do CRAS da Boa Vista.
Peças de Arte Sacra em Madeira produzidas por beneficiárias do CRAS Heliópolis também estarão presentes na exposição da Galeria Mãos da Terra.
.
com informações da secretaria de comunicação de Garanhuns

Nestlé terá nova unidade a cada 3% de expansão no País

SÃO PAULO - A Nestlé Brasil deve investir R$ 1 bilhão por ano para duplicar o tamanho da companhia nos próximos cinco anos. "Uma fábrica nova a cada 3% de crescimento. Desta forma podemos crescer dois dígitos enquanto o PIB cresce 5%", declarou o presidente da Nestlé Brasil, Ivan Zurita, durante entrevista após sua palestra sobre sustentabilidade aos empresários do Grupo de Líderes Empresariais (Lide) realizada ontem, em São Paulo.
"Encaramos a crise de frente e crescemos 11,2% no ano passado para R$ 16,4 bilhões em faturamento em mais de 350 mil pontos de venda em todo o País. Foi o melhor resultado da companhia nos últimos anos e com isso passamos a França e a Alemanha, e estamos na vice-liderança, atrás somente dos Estados Unidos, e isso é muito importante, ganhamos importância no cenário internacional, saímos muito mais fortalecidos com a crise", informou Zurita. "A ideia da Leites Nestlé nasceu num Fórum de Comandatuba [BA] e portanto valorizamos novas parcerias entre empresas como o Projeto Confiança e não descartamos aquisições", sustentou o executivo, sem citar os novos alvos de interesse.
O presidente falou sobre a localização das novas plantas. "A escolha dos estados onde estarão as novas fábricas está associada a logística e a proximidade com a matéria-prima, por isso anunciamos recentemente investimentos em Minas Gerais e agora em Goiás, mas outras regiões também estão recebendo investimentos", explicou e completou dando exemplos: "estamos investindo R$ 100 milhões na unidade de refrigerados lácteos de Garanhuns [PE]; vamos expandir a capacidade de produção de Leite Ninho e chocolate em pó da unidade de Itabuna [BA]; construímos uma fábrica nova em Araraquara [SP] em apenas sete meses que produz a linha de leites condensados e UHT Ninho e Molico; completamos a aquisição de Carazinho [RS] processadora de leite; isso sem falar na fábrica nova de Araçatuba [SP] que produz NAN, Nestogeno, Mucilon e creme de leite, ou seja a cada 3% de crescimento nos motiva a criação de uma fábrica nova, afinal já processamos 15 milhões de toneladas de matéria-prima da agroindústria", argumentou Zurita. A Nestlé também informou por meio de sua assessoria de imprensa que a companhia arrendou parte da fábrica da Bom Gosto, na cidade de Garanhus (PE) no fim do ano passado.
O presidente da Nestlé considerou que outros segmentos também merecem atenção. "Além de lácteos, vamos dobrar nossa capacidade de produção no setor de bebidas, a linha Sollys elaborada a base de soja está indo muito bem, e investimos R$ 60 milhões na fábrica da Chocolates Garoto em Vila Velha [ES] e já estamos exportando bombons Garoto para a África e a China", detalhou Zurita.
De acordo com o executivo, boa parte do crescimento está associado a mobilidade ascendente das classes sociais. "Há um consumo ascendente das classes, de E para D, e de D para C, 82% do consumo está nessas classes que melhoraram de qualidade de vida", explicou e falou da estratégia para conquistar esse consumidor. "O mix de produtos é o mesmo, só mudamos as porções que estão diferentes para formar um preço acessível e implantamos um porta a porta com oito mil vendedoras, essa operação já representa R$ 1 bilhão em faturamento e proporciona, em média, um rendimento de R$ 1 mil para cada trabalhadora", informou Zurita.
Segundo ele, a companhia também assegurou a expansão nas classes A e B. "Temos de atuar rapidamente e trabalhar com produtos em todas as classes sociais, portanto, em nossa outra frente de comercialização, estamos expandindo a rede de lojas Nespresso e Dolce Gusto."
Com relação aos resultados das vendas de Páscoa, Zurita comentou: "a Páscoa foi um sucesso, o crescimento será entre 5% e 10%, mas deve ficar em 7%, é que ainda não sabemos se os varejistas vão devolver alguma mercadoria". Sobre os desafios para o futuro falou sobre educação. "O foco de investimento está dado na formação de pessoas e na formação profissional", concluiu.
.
Transcrito do DCI - Diário do Comércio e Indústria

SIGA O BLOG

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.