CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

POUSADA DA PAIXÃO - CLIQUE E CONHEÇA!

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

terça-feira, 29 de junho de 2010

Onde estão as zebras? E o apogeu do futebol Sulamericano


Na primeira fase do mundial nós tivemos resultados considerados zebras e duas desclassificações foram realmente alarmantes: França e Itália. Outras tragédias como as saídas precoces da África do Sul e de outras seleções daquele continente foram sentidas. O que parecia ser uma copa de surpresas foi relativamente esquecido nesta segunda fase, onde as favoritas estão despachando, literalmente, as seleções menos tradicionais. A Alemanha e a Argentina, com ajuda dos juízes, deram conta de Inglaterra e México, que na balança do futebol, pesam menos que as que conseguiram seguir adiante. Foi assim também com o Uruguai diante da Coréia e de Gana em cima dos Estados Unidos. Gana, que mesmo não sendo do primeiro time do futebol mundial, representa neste momento todo o continente africano. O Paraguai despachou o Japão, nos pênaltys depois da prorrogação. A Holanda idem na Eslováquia. O Brasil venceu, de novo, o Chile, e tantas vezes mais joguem! E no clássico ibérico, a Espanha fez valer sua maior experiência em mundiais e calou o garoto do marketing Cristiano Ronaldo, que se preocupava mais em fazer "caras e bocas" para as câmeras que jogar o futebol que todo mundo espera dele. Assim, sem zebras, as feras que conseguiram passar da primeira fase seguem na competição. Teremos grandes duelos. O Brasil pega a Holanda, quem passar pega nas semi-finais o vencedor de Uruguai e Gana. Aí na final pode ser Argentina ou Alemanha, que se enfrentam nas quartas e um mata o outro, ou Paraguai e Espanha, que se enfrentam. Portanto poderemos ter, pela primeira vez na história, quatro seleções sulamericanas nas semifinais de uma Copa do Mundo, seria o apogeu do futebol terceiro mundista e a falência da bola européia!

VÍCIOS FORENSES - Moisés Laert

Esta eu recebi da Dra. Neide Ferreira.
.

Dois zeladores do fórum, muito caipiras, mas extremamente observadores, numa certa manhã de pouco serviço, depois de vinte anos de trabalho no local, habituados ao linguajar forense, mas nem sempre conhecendo o significado dos termos, postaram-se a prosear:

- Compadre João, hoje amanheci agravado. Tentei embargar esse meu sentimento retido, até que decaí. "Cassei" uma forma de penhorar uma melhora, arrestar um alento, seqüestrar um alívio, mas a dor fez busca e a apreensão da minha fel icidade: tive uma conversa sumária com a minha filha sobre o ordinário do noivo dela. Disse que vou levar aquele réu pro Fórum, seja em que foro for. Vou
pedir ao Juízo, ao Ministério Público, de qualquer instância ou entrância. Não importa a jurisdição, mas esse ano aquele condenado casa!

- Calma, compadre Pedro - interrompeu o zelador João. Preliminarmente, sem querer contestar ou impugnar sua inicial,aconselho o senhor a dar uma oportunidade de defesa para o requerido - atente para o contraditório. Eu até dou pro senhor uma jurisprudência a respeito: minha filha tinha, também, um namorado contumaz, quase revel. O caso deles, em comparação ao da sua filha, é litispendência pura; conexão, continência.. . E eu consegui resolver o incidente. Acho que o senhor tá julgando só com base na forma, sem analisar o mérito.

O zelador Pedro, após ouvir, retrucou:
- Mas compadre, não tem jeito. O indiciado não segue o rito: se eu mostro razão, ele contrarrazoa; se eu contesto, ele replica. Pra falar a verdade, tô perdendo a contrafé. Achei que, passada a fase instrutória, depois da especificação, a coisa fosse melhorar. Mas não. Já tentei de toda forma sanear a lide - tudo em vão. Baixei , outro dia, um provimento, cobrando custas pelo uso do sofá lá de casa, objeto material que os dois usam de madrugada. No entanto, ele, achando interlocutória minha decisão, recorreu, e disse que não paga nem por precatório... Aí eu perdi as estribeiras: desobedeci o princípio da fungibilidade e deixei de receber o recurso…

Nossa, compadre, o senhor chegou a esse ponto? - indagou o zelador João, que continuou:
Mas, compadre, o bem tu telado é sua filha - releve. Faça o seguinte, compadre Pedro: marque uma audiência, ouça testemunhas e nomeie perito. Só assim vamos saber se a menina ainda é moça. Se houve atentado ao pudor ou se a sedução se consumou.
 
Pedro ouvia atento, quando interferiu:
É mesmo, compadre. Se ele não comparecer, busco debaixo de vara; ainda assim, se não encontrar ele, aplico a confissão ficta. Quando eu lembro que ele tá quase abandonando a causa… Minha filha naquela carência, e o suplicado sem interesse; ela com toda legitimidade, e ele só litigando de má-fé.

Isso mesmo, compadre Pedro - apoiou João, que completou:
O processo deve ser esse. O procedimento escolhido é o mais certo. Mas, antes de sentenciar, inspecione e verifique se tudo foi certificado. Dê um prazo peremptório, veja o direito substantivo e procure algum adjetivo na conduta típica do elemento. Cuidado para não haver defeito de representação, pois do contrário, tudo pode ser baixado em diligência.

… Só tem um problema - ponderou: É que a comadre é uma tribunal - o senhor é "a quo" e ela é "ad quem"… Se sua mulher der apoio ao rapaz, tá tudo perdido: baixa um acórdão já transitado em julgado, encerra a atividade jurisdicional do senhor e manda tirar o nome do moço do rol dos culpados, incluindo o compadre.

É… É, compadre - disse Pedro desanimado.
-O senhor tem razão. Eu vô é largar mão dessa minha improcedência, refrescar meus memoriais, e extinguir o caso, arquivando o feito, com baixa na distribuição. Acho, até, com base na verdade real, que a questão de fundo da menina já foi sucumbida pelo indiciado. Não cabe nem rescisória.

E no mesmíssimo momento, exclamaram os compadres:

"Data vênia"!
.
Autor:
Moisés Laert Pinto Neto
Servidor da 6ª Vara e 1º colocado no I Concurso SERJUS de Poesia - Justiça Federal
.

Conheça a Cachaça Salideira



O nosso artigo sobre como apreciar uma boa cachaça rendeu alguns comentários de amigos que apreciam a branquinha, ou a envelhecida! Mas fiquei surpreso em receber um e-mail da TUCA AGUIRRE-Oficina de Noticias, que divulga a Cachaça Salideira, da cidade de Salinas em Minas Gerais, que com muita simpatia nos fala do seu produto e da sua cidade, aliás, tradicionalíssima na produção deste importante produto de consumo nacional e tipo exportação. Pela importância das informações e pelo prazer de receber de tão longe informações para nosso blog, transcreverei o texto da Fernanda Sabino, responsável pelo e-mail gastronômico da empresa. Bem, como está todo mundo me perguntando quando a gente comemora, está aí uma ótima indicação! Aproveitem e procurem no blog o texto sobre a degustação da cachaça, vocês vão gostar muito.
.
Agora, recebemos um novo e-mail do Roberto Filho, do Chalé do Queijo em Minas Gerais. Está transcrito no final deste post.
.

Oi Ronaldo,
Andei lendo o seu blog e vi um post que me chamou bastante atenção sobre cachaça, onde você fala dos vários tipos, como fazer uma boa degustação e outras dicas mais. Então pensei por que não mandar o material que tenho aqui? Talvez possa ajudar e quem sabe você possa usar no seu blog. Atendo a conta (publicitária) da Salideira, uma cachaça fabricada em Salinas. como você deve saber, Salinas é conhecida mundialmente pela qualidade de suas cachaças, então estou te mandando o release deste lançamento da Tabúa.
Dá só uma olhadinha, espero que goste e caso lhe interesse fique à vontade para usar.
Desde já obrigada.
Fernanda Sabino.
.
Tabúa lança Cachaça Salideira
Nome deriva de Salinas, cidade mineira conhecida mundialmente como a “capital mundial da cachaça” pela tradição que tem de produzir essa bebida com excelente qualidade
A destilaria Tabúa, localizada em Salinas, Minas Gerais, é conhecida pela qualidade de suas cachaças, tanto no Brasil quanto no exterior. Agora, lança mais um produto nobre, a Salideira. Sua diferença em relação às outras marcas da empresa é o tempo de armazenamento, de quatro anos, e a madeira, o Bálsamo mais velho, que deixa a bebida suave, mesmo possuindo aroma e gosto marcantes. Isso porque ela passa por vários tonéis até o envase, inclusive o de Jequitibá, que é uma madeira neutra, o que traz o equilíbrio da cachaça após ficar no Bálsamo. Com 42 GL de graduação alcoólica, a Salideira é vendida em garrafas de 600 ml.
A Tabúa está há oito anos no mercado, com dois produtos consolidados:
Flor de Prata – muito utilizada em caipirinhas e batidas, a cachaça branca proporciona sabor e aroma adequados. É suave, por causa dos rigorosos padrões de qualidade nos quais é produzida. Seu armazenamento é feito em tonéis de Jequitibá. Em garrafas de 50 ml e 600 ml.

Flor de Ouro – Estocada por aproximadamente dois anos, difere da Flor de Prata por exalar aroma mais leve e pelo equilíbrio do álcool armonizado com a presença agradável do Bálsamo, que lhe confere refinada qualidade. Em garrafas de 50 ml e 600 ml.

Dentro de um conceito de paixão e história surgiu a cachaça Tabúa, lançada em Salinas, fruto do dom da produção artesanal da bebida aliado ao empreendedorismo das novas gerações de uma família, que a produz com técnica e muito carinho. Isso resulta em uma bebida inconfundível, de aroma e sabor cativantes. Apreciar hoje uma boa dose de Tabúa é compartilhar de um produto que eleva a cachaça brasileira a um patamar de reconhecimento há muito merecido.

Informações para imprensa:
TUCA AGUIRRE-Oficina de Noticias
Fones 11-3846-2497 e 11-9789-9172
Contato: Fernanda Sabino
gastronomia@tucaaguirre.com.br
.

Olá Ronaldo!!!

Gostei da postagem sobre a Cachaça Salideira que é fabricada pela Tabúa, sou do sul de minas e tenho uma loja física e outra virtual. Gostaria de se possível de que divulga-se na matéria que ela pode ser comprada em nosso site e que entregamos no brasil e exterior. Um enorme abraço e parabéns pelo blog

Roberto Filho - http://www.chaledoqueijo.com.br/
.

Tempo ruim para políticos de Garanhuns

Não é somente o tempo chuvoso que anda atormentando alguns políticos garanhuenses. Esta segunda-feira não foi de sol para Izaías e Zé da Luz. Primeiro escutei o Marcos Cardoso mandando um recado direto ao deputado e seus assessores em seu programa na Rádio Marano. Chegou até ele a informação que Izaías não concederia mais entrevista a emissora pois teria sido informado que Marcos teria feito acusações sobre ele no ar. Marcos Cardoso desmentiu a informação e deixou claro, que em todas as oportunidades em que trabalhou apresentando os eventos da ACIAGAM ou de Izaías, sempre o viu com a preocupação de prestar contas corretas das verbas recebidas para seus eventos. E que, em momento algum, o teria chamado de ladrão. Marcos repetiu diversas vezes que o que poderia afirmar é que -"Na sua frente, o deputado sempre se portou com correção". Marcos ainda afirmou que não poderia perder a credibilidade que tem em sua história de rádio e que sempre abriu e abrirá espaço para as denúncias, independente de que lado for e de suas opiniões pessoais, e que aqueles que forem citados terão espaço para suas defesas. Tempo quente que deve ter sido gerado por um mal entendido.
Quanto a Zé da Luz, nesta segunda-feira recebemos e-mails assinados por  Junior Andrade e Caetés Notícias, que foram enviados também para todos os blogs locais e jornais da capital. Não consegui abrir o anexo que seria da decisão do juiz de Caetés em convalidar a decisão da Câmara de Vereadores que rejeitou contas do ex-prefeito, e por isto, Zé da Luz poderia cair na nova lei Ficha Limpa, e não poder disputar a eleição. Segundo o jornalista Roberto Almeida, ainda cabem recursos, mas que se trata de mais uma dor de cabeça, isto é fato! Zé da Luz está cotado entre os candidatos do seu partido como um dos mais votados, e o presidente da legenda espera fazer três estaduais, e segundo ele tem uns seis nomes nesta disputa.
Mas é bom Izaías e Zé aprenderem urgente que para se eleger não precisa conquistar mais votos todo dia, precisa também segurar os que já tem. Izaías está muito exposto e Zé da Luz tem feito um trabalho silencioso na periferia. Existem outros nomes na disputa como o de Sivaldo Albino, Leonardo Dias e Priscila Krause, que tendo eles fortes estruturas de campanha em Garanhuns, podem até lucrar com o choque das duas maiores candidaturas.

INSCRIÇÕES PARA O VESTIBULAR DA AESGA ACONTECEM ATÉ 7 JULHO, NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

Estão prorrogadas até o dia 7 de julho, as inscrições para o Vestibular 2010.2 da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (AESGA). De acordo com a Coordenadora de Processos Seletivos da Autarquia, o CESPA, Cristina Alfaya, as novas datas para realização das inscrições e provas do Processo Seletivo visam atender as necessidades da maioria dos interessados em participar da Seleção.

“Fizemos uma pesquisa e verificamos que as festividades juninas aliadas aos jogos da Copa do Mundo poderiam dificultar o processo de realização das inscrições e provas. Desta forma, achamos por bem adiar a realização do Processo, garantindo assim o sucesso da sua realização”, afirmou Cristina Alfaya.

As inscrições para os cursos de Direito e Administração continuam sendo realizadas através do site www.cespa.com.br, ou na sede da AESGA, localizada na Avenida Caruaru 508. Ao todo são 200 vagas, distribuídas para os turnos vespertino e noturno. As inscrições custam R$ 80,00 (oitenta reais).

A entrega dos cartões de inscrição acontece no dia 10 de julho, a partir das 12 horas, e as provas serão realizadas dia 11 de julho.

VESTIBULAR 2010.2

Inscrições: até 7 de julho
Provas: 11 de julho

REINTEGRADOS

Inscrições: até 7 de julho
Provas: 11 de julho

Serviços: Mais informações poderão ser obtidas através dos sites www.aesga.edu.br ou www.cespa.com.br ou ainda através do telefone (87)
3761-1596 – Ramal 216. Contato: CESPA - (87) 9945-3030 ou (87) 9945-2928.

Telecentro Digital será implantado na Comunidade Muchila

Com o objetivo de capacitar jovens e adultos para o mercado de trabalho na área da informática, a Prefeitura de Garanhuns, através da Secretaria de Agricultura, em parceria com o Banco do Brasil, vai implantar um Telecentro Digital, na comunidade rural do sítio Munchila, localizada a cerca de 15 km do centro de Garanhuns. O assunto foi discutido pelo Conselho de Desenvolvimento Rural de Garanhuns, na última quinta-feira, 17 de junho, na própria Comunidade. O Telecentro está previsto para funcionar a partir de setembro.

O Banco do Brasil fará a doação de dez computadores, mobiliário e trabalhará na capacitação dos monitores do curso. Já a Prefeitura entrará com toda a infra-estrutura necessária ao funcionamento do Curso, que será composto por módulos básicos e avançados, contemplando duas turmas, nos turnos da manhã e tarde, com 20 alunos. A cada mês novas turmas serão formadas.

Rafael Lima, secretário de agricultura, informa que mais de 200 pessoas já concluíram o curso no Telecentro instalado no Distrito de Miracica.

FIFA enfim, aceita conversar sobre tecnologia

Olha só o que achei num site de Portugal, transcrevo (com ortografia original):
.
O presidente da FIFA veio a público lamentar os erros de arbitragem nos recentes jogos dos oitavos-de-final do Mundial-2010, que prejudicaram nomeadamente Inglaterra e México. Joseph Blatter vai mais à frente e diz que vai reabrir os estudos sobre o recurso às novas tecnologias, nomeadamente ao vídeo.

«É evidente que depois da experiência deste Mundial seria ridículo não reabrir o debate sobre a ajuda tecnológica já na reunião de Cardiff», disse o líder da FIFA, referindo-se à próxima reunião do organismo, agendada para 21 e 22 de Julho.

Blatter, no entanto, só admite mudanças no que diz respeito à linha de golo, pois não considera necessário haver introdução de novas tecnologias para os fora-de-jogo. Ainda assim, dirigiu pedido de desculpas às selecções inglesa e mexicana (a primeira teve um golo não considerado pelo árbitro no jogo com a Alemanha, enquanto a segunda sofreu o primeiro golo diante da Argentina em claro fora-de-jogo do avançado Carlos Tevez). 10:47 - 29-06-2010
.

Agora comigo: É bom lembrar que a França também chegou a Copa graças a um gol irregular contra a Irlanda. Muitas outras histórias de gols ilegais ou que deixaram de ser validados também marcaram época. O gol de mão de Maradona, o gol da Inglaterra em 66, que lhe deu o título mundial. O gol da Espanha frente o Brasil, que seria o empate em 82. No atual futebol mundial de milhões de dólares e que mexe com nações apaixonadas por futebol, não podemos aceitar que seleções sejam eliminadas do maior torneio do mundo devido a erros de arbitragem. É injusto que todo o esforço e investimento escoem pelo ralo devido a fatores que não digam respeito diretamente a competência das equipes, mas sim, devido a falhas humanas que podem ser solucionadas se os dinossauros que regem o futebol mundial abrirem a cabeça e aceitarem recursos tecnológicos para dirimir dúvidas instantâneas que comprometam a idoneidade da competição! Principalmente gols, pênaltys e impedimentos, essas três situações do jogo precisam ser clareados. Não podemos ter mais jogadores simulando pênaltys, gols em impedimentos escandalosos e bolas que passam da linha de gol (ou não) que precisam de resposta imediata, e que muitas vezes a limitação física humana não consegue acompanhar a exatidão do lance!

Sivaldo inaugura Centro de Aprendizado

Recebemos um convite do vereador Sivaldo Albino para conferirmos a inauguração do Centro de Aprendizado que leva seu nome na Vila do Quartel, nesta segunda-feira à noite. Infelizmente não pudemos acompanhar, mas não temos dúvidas que se formar, através de seus cursos, bons profissionais para o mercado de trabalho, irá contribuir com aquela comunidade e adjacências na melhoria da qualidade de vida. E esperamos que não seja apenas um investimento eleitoral, torçamos que possa crescer e quem sabe depois ir até outros bairros afastados da cidade.

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.