CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG: CONTATO (87) 9.9988.0423

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E SAIBA MAIS

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Começam obras de recapeamento em várias ruas de Garanhuns


A Prefeitura de Garanhuns vem realizando obras de recapeamento asfálico em diversas ruas da cidade. As ações já contemplaram as ruas São Vicente (que dá acesso a CEAGA), Pedro Rocha e Maria Ramos (nas proximidades da Rodoviária), bem como a Avenida Ebenezer Furtado Gueiros (localizada nas imediações do CAIC). Ao todo, 24 ruas serão beneficiadas com o Recapeameto Asfáltico, através de dois contratos de repasse firmados pela Prefeitura junto ao Governo Federal.

Moradores e comerciantes da rua São Vicente, que liga a avenida Caruaru a BR 423 já usufruem do benefício. Assim como os usuários do SENAC e do Terminal Rodoviário também já contam com as ruas Maria Ramos e Pedro Rocha totalmente asfaltadas. “Ainda vamos realizar os serviços na travessa Maria Ramos (que liga a rua Maria Ramos a Avenida Caruaru), bem como vamos resolver um problema de drenagem na Rua Maria Ramos (ao lado do Parque Euclides Dourado) para que possamos entregar a obra totalmente concluída”, esclarece a secretária de Planejamento, Mariana Braga.

Já os moradores da comunidade do Indiano, que sofriam com o desgaste do pavimento da via que liga a Avenida Duque de Caxias a PE 177, nas imediações do Estádio Gigante do Agreste, contemplam a conclusão dos serviços de recapeamento asfáltico em toda a extensão da avenida Ebenezer Furtado Gueiros.

A previsão da Prefeitura é de que nos próximos dias os trabalhos sejam iniciados na avenida Simôa Gomes, em Heliópolis (localizada nas imediações do Hospital Dom Moura), bem como nas ruas Santos Dumont, Manoel Borba, Ary Barroso, Joaquim Nabuco e Antonio Miranda, todas localizadas no centro da cidade. “Também contemplaremos com o recapeamento asfáltico, trechos da avenida Getúlio Vargas, em Heliópolis, e da rua Pedro Medeiros, em Aloísio Pinto”, acrescenta Mariana Braga.

As ruas Tomé Cavalcante, Senador Paulo Guerra, João Calado Borba e Guimarães Rosa, localizadas no bairro Santo Antônio; Coronel Antônio Souto e Capitão Pedro Rodrigues, no bairro São José; Bom Conselho, Caetés, Vital Brasil, Carlos Ribeiro Chagas e o contorno da Praça da Vila Lacerdópolis, bem como as ruas Inácio Correia de Melo, na Boa Vista e Ismael Tinô e Silva, em Aloísio Pinto, também serão beneficiadas com ações de Recapeamento Asfáltico. A previsão é de que, até o final deste ano, todas as obras estejam concluídas.
.
Com informações da Secretaria de Comunicação Social do município.

Política pernambucana - Breves considerações

Constatação: Só existem dois partidos, o PS - Partido da Situação e o PO - Partido da Oposição, que quer ser do PS, exceto algumas raríssimas exceções. Tem político que nasceu pra ser situação a vida todinha, sempre mudando de lado a cada perda eleitoral, e os que nasceram para ser oposição, vivem de criticar os que estão no poder, "sabem" como fazer, mas nunca viabilizam chegar lá! É claro, repito, que existem exceções. Aqueles que ainda têm ideologia partidária e fizeram suas escolhas pelos seus perfis políticos!
Em Gravatá, o ex-prefeito Joaquim Neto almoçou com Jarbas e jantou com Eduardo. Desde o início do governo Eduardo Campos a debandada da União por Pernambuco foi evidente, a cada semana tinha uma notícia de deputado e prefeito que deixava o governo anterior pelo atual. Natural? Na política brasileira é sim. Devido só existirem aqueles dois partidos lá do início deste comentário. Agora, Jarbas caminha para uma derrota humilhante, feio para um político que saiu com altos índices de aprovação popular, não conseguiu fazer seu sucessor, teve a imagem desconstruída em quatro anos e hoje representa o atraso para Pernambuco.
Estou em Recife, e pela propaganda eleitoral nas ruas da capital, a impressão que dá é que só tem um candidato a governador em Pernambuco. Assim como em Garanhuns!
A "briga" pelos votos para deputado federal por aqui será intensa, por isso muitos deles estão descendo para o interior, e todo e qualquer voto será muito importante, principalmente na aliança Eduardista. Acho que o campeão de material é o ex-secretário de educação do estado, Danilo Cabral. Mas tem muito Raul Henry, Cadoca, Rands, etc. Não vi de João Paulo ainda.
Ouvi de uma pessoa próxima a Inocêncio Oliveira que ele não contava com a falta de apoio do prefeito Luiz Carlos à sua candidatura, segundo o assessor, Inocêncio lutou pela duplicação da BR-423, ideia do prefeito, ainda conseguiu junto a Eduardo e outros políticos (Fernando Ferro) que fosse viabilizado o curso de medicina para Garanhuns, entre outras coisas.
Eu já sabia que Maurício Rands também contava com o apoio do prefeito. Outros políticos já ficaram chateados com falta de apoio em Garanhuns, como Zé Chaves (Onde anda?). Izaías e o prefeito fecharam apoio ao novato Jorge Corte Real. Zé da Luz faz dobradinha com Ana Arraes, que na outra campanha estava com Sandoval Cadengue. Sivaldo Albino está com Sérgio Guerra, pois seu principal padrinho político, Raul Jungamnn, foi alçado à candidatura ao senado. Depois passamos esses casamentos regionais de deputados federais e estaduais. Se de fato Sérgio Guerra conseguir 10 ou 15 mil votos para Sivaldo fora de Garanhuns, o vereador garanhuense entra na briga por uma vaga na Assembleia do estado. Já sabemos que Adolfo Lopes e seu grupo político apoia Marcantonio Dourado e Sílvio Costa. Um grande grupo dentro da administração municipal, incluindo o vice-prefeito Almir Penaforte e o vereador Marcelo Marçal fecharam com Leonardo Dias, filho de Romário, para a campanha estadual e Maurício Rands para federal. Outras candidaturas como Priscila Krause, que terá o apoio da família Tinoco em Garanhuns, ainda não sei quem será o federal. E nomes em Garanhuns como Valdir Marino, Genaldo Barros, vereador Lucena e João Guido, este último que seria candidato e deputado federal, estamos aguardando mais informações. De fato, temos a candidatura a federal de Paulo Camelo, pelo PSOL. Não entendo porque Fernando Ferro nunca faz uma campanha para ser majoritário em Garanhuns.
Vamos tentar montar uma relação de pessoas influentes em Garanhuns e quem são seus candidatos. Mas, mais uma vez pedimos, vamos votar nos candidatos compromissados com nossa cidade!
É notório que Garanhuns precisa de projetos, discutir seu desenvolvimento de uma forma independente, que a sociedade possa entender e participar do destino do nosso município e região, influenciando, cobrando, sugerindo.. Portanto, participando. Um bom momento para isso é a ideia de Alexandre Marinho em montar um plano de desenvolvimento, e uma reunião para esta discussão se darpa nesta quinta-feira à noite na AESGA. Não poderei estar presente devido compromissos aqui na capital, mas quero registrar a importância da participação popular, e este momento eleitoral é muito bom, para que cada um possa cobrar das suas preferências políticas esse compromisso com o nosso desenvolvimento. Quem vende a campanha e o seu apoio sem a discussão e a obrigação política, perde a oportunidade de exigir o compromisso com a nossa gente.
Questionamentos: Porque Garanhuns não consegue se firmar no cenário político pernambucano? Não lembro de termos recentemente um secretário de estado. Para uma cidade que já teve dois federais numa mesma legislatura, Cristina Tavares e José Tinoco, não ter nem viabilizado candidaturas ligadas aos dois grandes grupos políticos pernambucanos é um sintoma de falta de força política.
Garanhuns já teve dois estaduais em várias ocasiões, porque agora não poderia estar duplamente representado na Assembleia. Para isto precisamos também que nossa gente não exporte seus votos. Da concorrência política é que vem muito do desenvolvimento, pois cada um quer fazer mais. Vejam Caruaru, mesmo com críticas a Tony Gel, não podemos desmerecer o que fez por lá e agora que seus opositores assumiram, eles querem fazer muito mais. Aqui não tem isso, não trabalhamos os comparativos. Mas aponto uma questão, para trabalhar por nossa cidade não precisa ter mandato. Tem muita gente aí com serviço prestado que não quer saber de política, e não tem um quinhão da força que muitos destes têm.
Acho Garanhuns uma cidade que se discute muita política, em todo canto se conversa, uma coisa impressionante! Precisamos fazer que essa força política seja transformadora, que saia do bate-papo para ser realizadora.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.