GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CLIQUE E SAIBA MUITO MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

domingo, 22 de agosto de 2010

Os grandes erros demotucanos


Em busca de uma nova identidade junto ao eleitorado os pefelistas mudaram de nome, queriam começar uma vida nova. Mas só mudaram o nome. O declínio da sigla continuou com os mesmos rostos e o mesmo discurso! E pior, nem protagonizam mais o que defendem, tornaram-se o boneco do ventríloquo PSDB. Viraram democratas, uma ironia a um partido que foi o sustentáculo da já distante ditadura. Talvez a maioria dos eleitores de hoje não tenham vivido os anos 60 e 70, mas o discurso ainda perdura na esquerda governista e o novo Democrata ainda não descobriu como contra-argumentar. Deveriam ter lançado candidato a presidente e a governador. Não se pode ter medo de perder na política, mas deve-se aparecer para ganhar eleitor.

O PSDB sente vergonha de defender suas posições e prefere esconder seu maior nome, Fernando Henrique Cardoso e tenta se passar como continuidade de Lula, ao menos os marketeiros de Serra estão fazendo esse jogo. Tá tudo errado! Mesmo pra perder deve haver coerência!

Serra precisava dizer o que realmente pensa, e pronto! Colocar as incoerências do discurso petista. É claro que Fernando Henrique foi muito melhor que Itamar Franco, Collor e Sarney, e que juntos a outros dinossauros da política brasileira, estão todos santinhos agora com Lula, que escolheu FHC para demônio brasileiro, o povo caiu nessa história, e pior ainda, o próprio PSDB. Num grande erro histórico-ideológico. Lula personalizou a política brasileira, é eu ou ele, e só isso! O DEM implodiu, o PSDB entrou no jogo e os demais partidos oposicionistas aceitaram, mas estes outros não têm força mesmo.

Mas além desse erro, há um ainda maior, ao menos por um momento: O erro eleitoral.

Verdade absoluta: Lula é maior que tudo neste país agora. Não tem ibope, mídia, partidos, o escambau que interfiram na visão que o povo tem de seu presidente, é o próprio povo lá. Esse mesmo povo tá votando em Dilma sem saber se ela é casada, se tem filhos, se bebe, se fuma, se escuta Chico Buarque ou Aviões do Forró, etc. E o trabalho de Marketing e embelezamento foi tão intenso que daqui a pouco a mulher tá na Playboy ( Pera aí, Ronaldo!). Mas é isto, o povo vota em quem Lula tá mandando, e é isso aí!

E onde estão os erros eleitorais? Serra, pelamordedeus, foi fazer o que nessa campanha pra presidente? Será que não aprendeu que é melhor ter um pássaro na mão que dois voando, ou que não se deve trocar o certo pelo duvidoso??? Tinha a reeleição garantida em São Paulo. Aécio saindo de Minas com altíssimos índices de aprovação, era pra ter dado a vez aos jovens, numa grande renovação partidária, que deveria ter sido seguida nos estados. Aí entram Jarbas e Marco Maciel, surfaram na onda febril de Serra e... Dançaram. Jarbas vai colocar seu prestígio em xeque numa cachapante derrota e Maciel, que poderia ter repensado esta campanha para não deixar a vida pública derrotado! Sérgio Guerra anteviu a derrocada e pulou do ônibus! Tá querendo pegar outra condução pra voltar pra casa. Com mandato federal, terá ainda representatividade política, mas verá sempre manchada a estrada que percorreu.
Erros estratégicos. Serra continuaria grande. Aécio não venceria Dilma, aliás com um padrinho feito Lula, ninguém venceria, mas o neto de Tancredo ganharia uma simpatia popular no país que ainda lembra do velhinho que morreu com a faixa de presidente ainda no peito. Aécio seria o símbolo dessa renovação oposicionista. Aqui em Pernambuco alguns jovens poderiam abraçar a ideia, mas agora a jangada já está no mar em calmaria.
Até na derrota se tem como tirar dividendos. Exemplos claros: Zé Múcio, Krause, Lula, Covas, Humberto, etc.
O voto que hoje decide está procurando novas alternativas, e elas podem estar nos derrotados do presente.
Dilma será presidente, e sem oposição. Mas não será fácil governar, quem tem aliados com a fome do PT e do PMDB pode sentir falta de uma oposição responsável.
Eduardo será reeleito e a campanha para sua sucessão estará na pauta do dia seguinte, e Jarbas, com a pancada dessa eleição, terá perdido muito dos apoios e da imagem de vencedor e de bom administrador que a população ainda guarda dele.
Anote-se, contra Lula não há argumentos. Mas não podemos apagar o passado. Lula chama Roseana Sarney, Jáder Barbalho e Collor de companheiros e malha os oito anos de estabilidade de Fernando Henrique, criação do plano real e o início do investimento em ações sociais aos menos favorecidos. Lula esquece os governos da ditadura para jogar ao PSDB e partidos oposicionistas os 500 anos de atraso do Brasil.
Os tucanos têm bico grande mas não sabem falar!

Licitação para duplicar BR-423 sairá do papel

Depois de mais de seis meses com a tramitação suspensa, a licitação para contratar o projeto de duplicação da BR-423, em Garanhuns, deve ser publicada na próxima semana. Quando o processo foi paralisado, em setembro do ano passado, a explicação era de que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) havia solicitado explicações à Secretaria de Transportes (Setra) sobre a necessidade de firmar contrato com duas empresas: uma para elaboração da projeção técnica e outra para estimativa de preço. Na ocasião, foi dito que o atraso ficaria em apenas 15 dias.

“Nós suspendemos porque o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) não tinha autorizado a licitação. Como não recebemos nenhum sinal, o governador (Eduardo Campos) resolveu, ontem, que os recursos serão capitaneados depois”, afirmou o superintendente técnico da Setra, Luiz Alberto de Araújo. No ano passado, o Ministério do Transportes chegou a se comprometer a desembolsar os R$ 6 milhões referentes ao projeto.

Já as obras deverão ficar em torno de R$ 300 milhões. Por isso a necessidade de se firmar convênios. O Dnit fez um estudo para as obras há dois anos, mas a agilização só aconteceu em 2009, depois de uma reunião entre o governador Eduardo Campos e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Cerca de 30 cidades serão beneficiadas com a duplicação. A reforma contempla a área entre o entroncamento da BR-104/232 com a BR-424/PE-218.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.