GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

POUSADA DA PAIXÃO - CLIQUE E CONHEÇA!

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

domingo, 19 de setembro de 2010

Baixe e imprima a programação do Festival de Teatro


Respeitável Público,

Temos o honorável prazer de convidá-los para o II Festival de Artes Cênicas de Garanhuns (II FESTAG), que ocorrerá de 21 a 25 de setembro de 2010.

Adquira seu ingresso na bilheteria no dia do espetáculo:

R$ 5,00 (estudantes, professores, classe artística, comerciários e dependentes SESC)
R$ 10,00 (público em geral)
R$ 25,00 (passaporte para todos os espetáculos)

Visite o site e blog para maiores informações:

http://www.festivaldeteatrodegaranhuns.com/
http://festag.blogspot.com/
.

Você é a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo?

De imediato já dou minha opinião: Sou sim! Explico. Não tem nada a ver com religião, é uma questão de cidadania e de direito. Duas pessoas vivem juntas, em clima familiar, e constroem um patrimônio. Tanto na questão cível, é importante ressaltar a questão de herança ou divisão de bens em caso de separação. Isto não pode ser feito de forma ilegal, através de contratos de gaveta, e a mudança social mostra que está na hora de reconhecermos naturalmente o que esta união possui e como deve se dar a administração desses bens. Existe jurisprudência em que juizes reconhecem a célula familiar a partir da união estável entre homossexuais.

Do ponto de vista emocional, ser reconhecido como união estável é importante em qualquer relacionamento. Até em casais heteros, a não oficialização de uma união cria constragimentos, geralmente para a mulher.

Do ponto de vista religioso, é bom lembrar que vivemos em um estado laico, apartado da influência direta na constituição dos dogmas religiosos. É claro que se deve respeitar, mas isto não quer dizer que os parâmetros religiosos devem se sobrepor ao direito do cidadão.

É claro que se trata de um tema polêmico, mas os três principais candidatos a presidente já demonstraram apoiar a união cível entre pessoas do mesmo sexo, isto não quer dizer casamento, em sua forma religiosa, mas o recohecimento do estado de uma célula familiar. Outro tema polêmico é a adoção de crianças por casais homossexuais. Muitas pessoas que são contra ainda não entenderam as oportunidades que as crianças teriam de uma vida melhor, principalmente as que estão esquecidas do mundo em abrigos superlotados. Mas como eu disse, o tema é polêmico!

Vejam o que dizem os candidatos:

Marina diz que é contra casamento mas a favor da união civil de homossexuais

A pré-candidata do PV à Presidência, Marina Silva, afirmou no começo da semana que é contra o casamento homossexual, mas se disse a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo.
Em entrevista ao UOL, Marina disse que não era "não favorável" ao casamento gay e afirmou não ter opinião final sobre a adoção de filhos por casais homossexuais.
"O casamento é uma instituição entre pessoas de sexos diferentes, uma instituição que foi pensada há milhares de anos para essa finalidade. Eu não tenho uma posição favorável", afirmou Marina.
Marina justificou sua opinião por sua religião --ela é evangélica e frequenta a Assembleia de Deus. "Não vou fazer como alguns que, pressionados, mudam de opinião", escreveu na sua página Twitter.
Horas depois, para o site Terra, a senadora amenizou a declaração e afirmou que é a favor da união civil homossexual.
"É um direito [a união civil de bens] que as pessoas têm. Se as pessoas têm um patrimônio junto, por que não podem usufruir desse patrimônio? Se têm uma união estável, por que não podem ser beneficiários do mesmo plano de saúde?", afirmou Marina.

Serra se diz a favor da união civil e da adoção de crianças por gays

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, afirmou nesta segunda-feira ser a favor da união civil e da adoção de crianças por casais homossexuais.
"Tem tanto problema grave de crianças abandonadas no Brasil. Isso vale para qualquer tipo de casal, qualquer tipo de pessoa. Não vejo por que não aprovar isso", disse ele durante sabatina da Folha.

Dilma defende união civil entre gays e se diz contra a legalização da maconha
A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, respondeu a temas polêmicos nesta quarta-feira (21) durante entrevista que concedeu à estatal TV Brasil. A ex-ministra da Casa Civil do presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi questionada sobre a união civil entre homossexuais, o aborto e a descriminalização da maconha.
Sobre a união civil entre pessoas do mesmo sexo, a candidata disse que é a favor, mas afirmou que “ninguém possa ter interferência” em outras esferas, como a religiosa.
- Sou a favor da união civil [entre homossexuais]. Não acredito que alguém possa ter interferência e definir relações fora da união civil [como o casamento religioso]. Sou totalmente a favor dos direitos civis. O Judiciário vem reconhecendo isso sistematicamente em decisões recentes.

.
Em nossa enquete, tivemos uma mudança de opinião ao longo da pesquisa. Do início à metade das respostas, tivemos sempre uma média de 60% aprovando a união civil homossexual, depois o panorama foi mudando aos poucos, e encerramos com 56% dos 116 votos sendo contra. O placar final foi 66 a 50.

Náutico e Sport, os dois lados da gangorra!

O Náutico chegou a colocar 12 pontos de vantagem sobre o Sport neste brasileiro da série B. Alguns amigos chegaram a apostar, outros mais desconfiados guardaram o dinheiro. O Náutico estava tão bem que o Sport chegou a cogitar tirar o técnico Gallo do Timbu. Naquele momento o alvirrubro estava entre os que se classificariam para a elite nacional. Mas a gangorra começou a mudar o lado que pende.
Agora o Náutico desceu a ladeira. A parada da Copa do Mundo foi um desastre. Os times com condições financeiras se reforçaram. A mesma história do Náutico aconteceu com o ASA de Arapiraca, que embora não tenha ficado entre os primeiros, mas estava sempre ali, no meio do bolo.
O Sport abriu o cofre e trouxe jogadores que tinham condições de tirar o time lááá de baixo e ainda brigar pelo acesso, e deu certo. Já é o 5º colocado. Essa é a diferença no futebol de quem tem munição financeira.
Agora a diferença pró-Sport sobre o Timbu já é de 5 pontos. Ou seja, 17 pontos que o Sport colocou sobre o Náutico nas últimas rodadas. O intocável Gallo já pode ser demitido. O sinal de alerta vermelho acionado.

Quanto ao meu Santinha, de férias antecipadas, a gente fala depois. O Salgueiro joga hoje sua última partida nesta fase, e o grupo está embolado. Vencendo pode se classificar para a próxima fase. Perdendo pode cair para a série D do próximo ano, ou melhor, precisa se classificar no campeonato estadual.

Por aqui, continuo achando que devemos pensar realmente na união de Sete e AGA, para o bem de Garanhuns. Seria um grande patrimônio, um estádio imponente, uma torcida só e poderíamos chamar de Garanhuns Futebol Clube, com as cores verde, branco e preto. E pensar em montar um time que possa lutar pelo título estadual. É sonhar?

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.