GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

POUSADA DA PAIXÃO - CLIQUE E CONHEÇA!

domingo, 10 de outubro de 2010

Governo Lula diminui o êxodo nordestino


A migração do Nordeste para o Sudeste está caindo. Com o crescimento econômico dos últimos anos, a saída de trabalhadores da região quase caiu pela metade em relação ao êxodo em massa dos anos 90. O cálculo, feito pelo economista da LCA Consultores Fábio Romão, leva em conta o número de migrantes em comparação ao total da população. Entre os anos 1992 e 2002, o Nordeste perdeu o equivalente a 1,5% de sua população por ano para o Sudeste. Entre 2002 e 2007, a parcela dos migrantes que deixou a região a cada ano recuou para 0,98%. Em 2008 e 2009, a média caiu para 0,85%.

Para chegar a esse resultado, Romão considerou dados do estudo feito por Herton Araújo, economista do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que avaliou o fluxo médio da migração no Brasil entre 1992 e 2009. Romão ponderou o resultado pela evolução da população em cada período.

“O que chama a atenção é que a população do Nordeste aumentou e um número menor de pessoas veio para o Sudeste”, afirma o economista da LCA. Araújo, do Ipea, observa que a grande diáspora do Nordeste para o Sudeste ocorreu nos anos 90 e foi provocada pela falta de emprego, que diminuiu nos últimos anos.

“O fluxo do Nordeste para o Sudeste continua, mas não na mesma intensidade”, diz o demógrafo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Fernando Albuquerque.

Empresas que lidam diretamente com esses migrantes confirmam a mudança de tendência. A Viação Itapemirim, por exemplo, registrou nos últimos cinco anos queda de 10% no número de passageiros entre cidades do sertão e São Paulo e Rio de Janeiro. José Valmir Casagrande, diretor comercial da empresa, atribui parte dessa retração à melhora do poder aquisitivo na região.

Albuquerque, do IBGE, observa que os programas sociais estão segurando as pessoas nas cidades de origem em razão dos benefícios oferecidos. Mas Romão ressalta que a geração de postos formais de trabalho no Nordeste é o principal responsável pela retenção da população.

“O crescimento sustentado da economia, que gerou aumento da formalização do emprego no Nordeste, e o ganho real do salário mínimo, que indexa quase a metade dos salários dos trabalhadores na região, explicam a desaceleração do fluxo migratório”, afirma Romão.

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), as únicas regiões que registraram aumento da geração líquida do emprego formal de 2008 para 2009, no auge da crise, foram a Norte e a Nordeste, com crescimento de 40% e 12%, respectivamente. No mesmo período, o saldo do emprego formal no País recuou 31,5%. No Sudeste, a retração foi de 43 4%. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Agência Estado

Confiram os deputados estaduais e federais mais votados em Lajedo.

01 14567 MARCANTONIO DOURADO PTB 6.678 ELEITO
02 40999 VINICIUS LABANCA PSB 4.587 ELEITO
03 43123 DANIEL COELHO PV 495 ELEITO
04 22444 ESMERALDO SANTOS PR 442 NÃO ELEITO
05 22022 ALBERTO FEITOSA PR 380 ELEITO
06 45111 EDUARDO PORTO PSDB 195 NÃO ELEITO
07 14900 EVERALDO CABRAL PTB 166 ELEITO
08 13123 MANOEL SANTOS DA CONTAG PT 152 ELEITO
09 40150 PRESBITERO ADALTO PSB 134 ELEITO
10 10123 BISPO OSSESIO SILVA PRB 116 NÃO ELEITO
11 25105 JOÃO MENDOÇA DEM 107 NÃO ELEITO
12 14115 ISAIAS REGIS PTB 103 ELEITO

Sivaldo Albino teve 50 votos em Lajedo.
E PARA FEDERAL, Os cinco mais votados;

*0001 4040 ANA ARRAES PSB 6.372
*0002 2525 MENDONÇA DEM 4.188
*0003 1310 MAURICIO RANDS PT 996
*0004 2233 INOCENCIO OLIVEIRA PR 566
*0005 1111 EDUARDO DA FONTE PP 305
.
Depois a gente vai colocando de outras cidades. Se alguém quiser saber algum resultado específico, é só pedir!

Por que voto Dilma - Por Sandro Gama Correia


Eu voto Dilma, pelos mais de Dois milhões de brasileiros que saíram da pobreza.

Pelo Pro Uni e a inclusão de jovens de famílias pobres no ensino universitário.

Para que a mobilidade social continue nesse país: Que a classe C aumente sua melhoria de vida, que a classe média melhore cada vez mais e que a classe alta continue alta, pois esse é um país de todos.

Eu voto DILMA, pela transposição do São Francisco e o milagre do desenvolvimento que está acontecendo no interior do Nordeste.

Voto pela Transnordestina, que vai levar prosperidade por onde passar.

Voto pela descentralização da cultura nesse país, pelo reconhecimento das diferentes manifestações populares de cada região e pela sua promoção através dos pontos de cultura, algo nunca visto nesse país.

Voto Dilma, pela interiorização do ensino universitário, do ensino técnico como nunca foi visto.

Voto Dilma, pela continuação da valorização das regiões e dos seus povos, que sempre serviram de esteio e mão de obra barata para os “desenvolvidos” eleitores de CLODOVIL, TIRIRICA e outras criaturas deste país.

Voto para que esse povo continue a não precisar sair do seu lugar, para ser alguém na vida.

Voto Dilma, pela altivez conquistada diante do resto do mundo.

Voto Dilma, para que meus tataranetos, não nasçam com o pecado original de dever ao FMI.

Voto Dilma, para que mais e mais corruptos, sejam demitidos nesse país, como está acontecendo e nunca é divulgado.

Voto Dilma, para que não mais tenhamos um engavetador geral da república.

Voto Dilma, pelo maior programa de moradia popular e por todos que conseguiram realizar o sonho da casa própria nesses últimos oito anos.

Voto Dilma, pelo Bolsa Família, que é reconhecido pela ONU, como o melhor programa de erradicação da pobreza e da fome no mundo e que para os “desenvolvidos, intelectuais”,antes da eleição, não passava de uma esmola.

Voto Dilma, pelo continuo crescimento da economia do país, dos empregos com carteiras assinadas, do crédito, da produção industrial, e do aumento das riquezas do país, sem que tenha sido preciso entregar nenhum patrimônio da nação.

Voto Dilma, por tantos motivos que temos para nos orgulhar e comemorar, que mesmo depois de tentar relacioná-los, fica a sensação de não ter se lembrado de muita coisa, de tanto que foi feito.

Voto Dilma, pelo BRASIL.

Voto pelo Nordeste.

Voto por Pernambuco

Voto por Garanhuns.

Voto por minha família, para que meus filhos tenham o que aproveitar no futuro.

Voto por Luís Inácio LULA da Silva, o maior presidente deste país, que de retirante nordestino passou a ser O CARA, nos quatro cantos do mundo.
.
Sandro Gama Correia é garanhuense e está radicado em Recife.

SERRA VERSUS DILMA, UMA DISPUTA SOCIAL-DEMOCRATA.- Por Paulo Camelo


Sempre que a imprensa burguesa, brasileira, noticia as eleições em outros países, a exceção dos Estados Unidos, há sempre indicação sobre os partidos de direita, de centro, de centro esquerda, de esquerda, etc. A discussão do tema em Tela é muito ampla, fugindo de avaliações simplistas.
Milito na esquerda desde adolescente, precisamente a partir de 1967, quando em 1969, enviamos nosso representante, de Garanhuns, para o Congresso da UBES. Na época José Serra participava da organização de esquerda denominada de AP (Ação Popular), chegando a ser Presidente da UNE. Posteriormente foi exilado político. Sendo assim, o José Serra é muito mais, mas muito mais, mesmo, esquerdista do que várias pessoas que militam no PT e seus simpatizantes.
Alguns políticos e professores afirmam indevidamente que a ex-candidata a Presidente, Marina, desenvolveu uma trajetória de favorecimento e fortalecimento da direita em nosso país. Porém tal afirmativa é de uma inverdade tamanha que não contribui com a politização da população. Senão vejamos: O PT na época da sua fundação era um Partido Operário Independente (POI). Com as mudanças passou a ser um Partido Operário Burguês. No poder, o PT se transformou num Partido Social Democrata. Nós marxistas, leninistas e trotiquistas, saímos do PT porque a dialética nos ensinava que o PT no poder se transformaria num partido social-democrata. Portanto, Paulo Camelo saiu do PT antes de Lula ser eleito presidente pela primeira vez. Hoje, o PT é um partido da ordem burguesa, aliado do imperialismo norte-americano e contrário a revolução socialista brasileira. O que resta do PT de outrora intransigente da ordem burguesa? Nada.
Assim, chegamos no Brasil a uma situação semelhante ao que ocorre na Inglaterra, onde lá há uma disputa acirrada pelo poder, entre os trabalhistas ora liderados pelo social-democrata Tony Blair e os conservadores da ex-ministra Margareth. Aqui no Brasil há algo semelhante, onde dois partidos sociais-democratas, PT e PSDB, disputam a hegemonia política. A diferença é que o PT tem intervenção no movimento popular, apesar de ter arrefecido ao estar no poder, enquanto que o PSDB não tem ingerência no movimento popular. O PT sempre pregou a transformação social, mas o PT no poder não transformou nada, não reestatizou, apenas deu continuidade ao governo FHC e foi um bom aliado do governo Bush, portanto do imperialismo norte-americano. Afinal, a intervenção do Brasil no Haiti, representa uma obediência ao imperialismo norte-americano. Não votei em Marina, a quem atribuo uma política eco-capitalista, mas dizer que ela favoreceu à "direita" é a mesma coisa que afirmar que as pessoas que votaram em Marina não pensam. Essa não. Até acho o contrário, as pessoas que votaram na Marina, no Plínio (PSOL), no José Maria (PSTU), no candidato do PCB, são progressistas e de oposição ao governo Lula.
Por fim, devemos relembrar de alguns dados importantes:
1 - Saíram do PT toda esquerda autêntica, a exceção da corrente O TRABALHO. Em decorrência fundaram o PSTU e o PSOL;
2 - Saíram do PT vários intelectuais brasileiros, a exemplo de Plínio de Arruda Sampaio, Chico Oliveira, dentre outros;
3 - Saíram do PT vários parlamentares, a exemplo de Marina, Heloísa Helena, Babá, Luciana Genro, Ivan Valente, Chico Alencar, Milton Temer, dentre outros;
4 - Saíram do PT, a ex-ministra Marina e o ex-ministro Gilberto Gil;
5 - O PT perdeu vários apoios na igreja católica, incluindo alguns setores da CNBB, assim como perdeu o apoio de vários atores, cantores, atrizes e cantoras brasileiros;
6 - O PT conseguiu arrefecer o movimento popular e decepcionar milhões de brasileiros;
7 - Mas, em contrapartida o PT tem o apoio de direitistas juramentados, a exemplo de Inocêncio Oliveira, Joaquim Francisco (suplente do ex-revolucionário Humberto Costa), José Múcio, Collor, José Sarney, Roseana Sarney, Jáder Barbalho, Renan Calheiros, Maluf, Izaías Régis, Luiz Carlos e tantos outros.
Agora faço a seguinte pergunta. Onde está à direita? EM TEMPO: A ANÁLISE EM TELA FOGE A QUESTÃO PARTIDÁRIA. MAS, COMO EU SOU UM SOLDADO DO PARTIDO, O PSOL, ESTOU AGUARDANDO A DECISÃO PARTIDÁRIA PARA FAZER A DECLARAÇÃO DE VOTO.
.
Paulo Camelo é engenheiro e foi candidato a deputado federal pelo PSOL.

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.