GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

sábado, 27 de novembro de 2010

Promotora de Bom Conselho, Maria Aparecida Siebra, recebe título de Cidadã Pernambucana


Nesta segunda-feira, 29, a Promotora de Justiça da Comarca de Bom Conselho, Maria Aparecida Alcântara Siebra, receberá o Título de Cidadã de Pernambuco em Reunião Solene na Assembléia Legislativa do Estado (Alepe). O evento acontecerá às 18h, no Plenário do Palácio Joaquim Nabuco, localizado à Rua da Aurora, nº631, no bairro da Boa Vista.

Maria Aparecida além de desenvolver suas atividades no Ministério Público, leciona na Faculdade de Direito de Garanhuns na disciplina de Processo Civil.

A proposição de concessão de Título de Cidadã Pernambucana foi proposta pela deputada Jacilda Urquiza (foto), ex-prefeita de Olinda, que tomou esta iniciativa motivada por fazer uma merecida homenagem e gesto de reconhecimento do povo pernambucano a uma mulher que tem dedicado sua vida à garantia do cumprimento da lei e da Justiça no nosso estado, segundo suas próprias palavras no requerimento oficial aos seus pares parlamentares.

Maria Aparecida Alcântara Siebra, nasceu na cidade de Mauriti no Ceará, onde teve sua educação básica e colegial. Em 1986 entrou para a Universidade Regional Cariri-Urca onde veio a se graduar em 1988. Mesmo antes de se tornar bacharela em Direito submeteu-se e foi aprovada no concurso público para o cargo de escrevente do Tribunal de Justiça do Ceará. Nesse período passou no concurso público para professora de Direito da Universidade Regional do Cariri-Urca, onde exerceu por dois anos a atividade de professora universitária onde aproveitou para cursar mestrado em Direito na UFC.

Em 1995 prestou novamente concurso público, dessa vez para o cargo de Promotora de Justiça em Pernambuco. Nomeada em outubro de 1999, deu início a uma brilhante carreira como Promotora de Justiça em vários municípios como Bodocó, onde passou cinco anos, e em várias outras cidades do sertão do estado como Exu, Ouricuri, Ipubi, Moreilândia, Araripina, Salgueiro, entre outros.

Em 2004 assumiu a Comarca de Bom Conselho, onde vem atuando até hoje de forma competente em suas funções de guardiã da ordem pública e dos interesses civis dos cidadãos e da sociedade bonconselhense.

O texto acima fez parte do pedido da deputada, e a fonte que encontramos para transcrever foi a Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco e o site http://www.jusbrasil.com.br/

Infelizmente não conseguimos a foto da promotora, colocamos da deputada, mas fica a dívida aqui registrada. rsrsrs

O problema dos mototaxistas em Garanhuns


Levar passageiros pra lá e pra cá no lombo de uma moto não é um simples trabalho, tem vários riscos, sejam eles de acidentes, bandidos, ou tudo mais que o ramo acaba infelizmente proporcionando.

Somando-se a isto tem a questão da legalidade, pois é o que cobram os atuais mototaxistas clandestinos.

E se trabalham dignamente devem ser reconhecidos mesmo.

Porém paralelo a isto vem o bem estar da população em geral, e aí entra um problema social, a falta de formação específica para atuar na profissão, qualquer um pega uma moto e começa a carregar gente. Não existe um curso de direção defensiva ou de atendimento ao cliente, pois é isso que é aquele que utiliza do transporte.

Pois bem, alguns maus profissionais, como existem em qualquer profissão, acabam por denegrir a imagem geral. Esta semana no mesmo dia em que houve a movimentação da categoria, horas depois dois deles me ultrapassaram na avenida Caruaru com toda a irresponsabilidade do mundo, em alta velocidade, cada um por um lado do carro e como se estivessem fazendo pega, bem para chegar primeiro ao ponto e ter a ordem para a nova corrida. Aliás, ultrapassagem pela direita é comum aos motociclistas de Garanhuns e não somente aos que trabalham profissionalmente.

Vai aqui uma sugestão. Acho que mototaxista deve usar um número beeeem grande nas costas, não esse beeem pequininho que usam e ninguém consegue identificar. E mais, o seu nome estampado. Feito camisa de futebol que todo mundo sabe logo.

Esta identificação será muito importante tanto para eles, pois os bons serão logo recompensados pelos serviços prestados de qualidade, quanto para nós, usuários, que poderemos identificar os maus profissionais. De capacete todo mundo é igual.

Maria Almeida, Professor Eugênio, amigos dos seus amigos!


Acho que o esforço e a capacidade de se entregar a objetivos é o que resulta em conquistas, não existe outra forma pra quem escolheu o caminho do trabalho.

Eu gostaria de mencionar duas pessoas na educação de Garanhuns que têm demonstrado um carinho especial por a gente e que a amizade às vezes nos impede de falar sem parecermos imparciais. Então se de alguma forma eu parecer fã, não será mera coincidência.

Quem vive o dia a dia de Professor Eugênio Sobrinho e Professora Maria Almeida sabem do que estou falando.

Eugênio é uma figurinha carimbada, ídolo dos seus alunos, seja no Diocesano, seja no Nova Dimensão, ou onde mais tenha o prazer de lecionar, está sempre de bem com a vida, com um sorriso aberto e franco. Deus sabe as dificuldades que passou (e espero tenha vencido) e esteve sempre ali, como uma árvore respirando gás carbônico e devolvendo oxigênio pra gente. Um grande amigo e um grande profissional. Colega de rádio, e não apenas de fazermos esportes e eleições juntos, mas de paixão pelo rádio, um rádio de informação responsável, de conversar com os ouvintes, de fazer por prazer. Deus continue abençoando este cara! Eugênio junto com Zé Maria (o filósofo) estão desenvolvendo um trabalho muito bonito no Colégio e Curso Nova Dimensão, depois conto pra vocês as novidades!

Maria Almeida é um exemplo de vida vencendo todas as adversidades que a vida colocou em seu caminho. De menina em Capoeiras a Garanhuns.

Maria começou seu colégio na COHAB II e sempre se preocupou com ensino de qualidade, hoje muitas crianças e adolescentes saem de bairros distantes para estudar no CSJD, pois seus pais aprovam o sistema do colégio. Recentemente o Col. Joana Darc promoveu mais um Momento Cultural, aconteceu no Centro Cultural e mais uma vez superlotou aquele auditório. Prova de qualidade da equipe que faz o colégio.

Mas o esforço de Maria e sua vontade de crescer como pessoa não ficou atrás dos portões do colégio. Recentemente Maria concluiu seu curso de psicanálise, durou alguns poucos anos em que ela se deslocava para Recife para estudar. E novamente ela venceu. Agora está quase terminando seu mestrado. Lembro que Roberto Almeida certa vez escreveu sobre esta mulher e algumas críticas (e muitos elogios) vieram pelos comentários e eu não entendia como se pode criticar quem trabalha. Não é fácil trabalhar toda a semana e no final de semana correr o mundo para estudar ainda mais.

Muitas pessoas fazem isto, nossas faculdades que ensinam pós-graduação estão cheias de gente que faz este esforço pessoal, deixam famílias nos sábados e domingos em busca da realização profissional. Acho que deve ser assim mesmo, quando se conquista algo assim, sabe-se o gosto verdadeiro que tem.

Eu estava querendo falar destes dois amigos e profissionais há algum tempo, mas tinha deixado de mencionar pessoas aqui no blog para tratar somente de instituições, e as informações de uma forma geral. Tive esta recaída. rsrsrs

Mas não poderia deixar de fazer! Tem outra pessoa a quem já elogiei muito aqui e também deu uma prova de determinação e altivez, mas não vou citar, deixemos que saiba a admiração que temos!

Conselhozinho: Diga a seus parentes e amigos o quanto eles são importantes para você! Pode parecer brega, antiquado e piegas, mas é tão importante que a gente passa despercebido, e muitas vezes quando quer dizer, não pode mais!

Na foto: Maria, Sonita (minha esposa) e eu, de chapéu! kkkk - Fico devendo a foto de Eugênio!

Com vocês, no palco da delegacia, Ruan Veloso, o vendedor de balas


Sempre achei que para todo segmento artístico existe o seu equivalente comercial, ou seja, existe a fotografia artística e a comercial, a escultura artística e a comercial, o teatro, o cinema, e por aí vai. Com a música também é assim, tem a música trabalhada, que procura dizer alguma coisa e que é a que é feita única e exclusivamente para se ganhar dinheiro, puramente descartável, que também tem seu valor no mundo do entretenimento, mas não poderá ser considerada cultural.

E devemos separar também a música em si enquanto arte e cultura da interpretação, pois esta passa a ser também um segmento artístico separado. A mesma canção pode ser cantada de forma artística ou comercial. Coloco as bandas de forró no segundo segmento.

A arte pode aparecer em qualquer parte e a música comercial geralmente nasce de empresários, pois eles montam suas bandas ou criam artistas para a mídia na única ambição de faturar. São casos como Fiuk, Juntin Bieber ou os coloridos do... Como é mesmo o nome deles?

Como eu disse, a arte pode aparecer em qualquer parte. Vejam esse vídeo. O cara, seu nome é Ruan, foi conduzido à delegacia de polícia e lá deu seu showzinho, com interpretação impecável, desenvoltura e jeito malandro de ser, uma característica de uma época em que os artistas podiam falar e fazer o que queriam, hoje estão cerceados pela mídia e por empresários inescrupulosos que dirigem vidas como quem dirige negócios.

Assistam ao vídeo, vale a pena. O Ruan Veloso é... vendedor de balas, este vídeo já foi visto por mais de 600 mil pessoas e outros vídeos do rapaz já podem ser vistos no youtube.

Os fãs do Elvis, Raul, Beatles e Rolling Stones vão gostar bastante.
.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.