GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

GOVERNO DO ESTADO

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Eduardo Campos se impõe junto com o PSB e consegue o Ministério, Ciro está fora!


O nome de Ciro Gomes não faz mais parte da lista de ministeriáveis. Na verdade era a própria Dilma Roussef que queria o cearense na sua equipe, mas o PSB tinha outros nomes para indicar, principalmente passando por Eduardo Campos e pela cúpula do partido. O convite para Ciro foi direto.

Ciro foi convidado para a Integração Nacional. O nome indicado por Eduardo Campos foi deixado em segundo plano (nenhum outro nome pernambucano foi indicado até agora), o que foi gerando um descontentamento em Eduardo e no PSB, que ameaçou até a não indicar mais ninguém e fazer um apoio meia-boca ao novo governo.

Diante do quadro, o próprio Ciro Gomes está retirando seu nome, o Ministério oferecido não lhe apetece. Nesta segunda-feira, Dilma confirmou mais sete novos ministros, entre eles Alexandre Padilha no Ministério da Saúde, pasta que Ciro queria.

Assim o caminho fica livre para FBC, mas fica um gosto amargo para Eduardo. Ele que foi um aliado de primeira hora da presidenta e é um dos grandes trunfos de Lula para o futuro acreditou que seria melhor tratado na divisão dos cargos e na formação do governo. E Pernambuco que deu uma vitória esmagadora a Dilma está pequeno em seu governo, tem tanto paulista que até parece que foi Serra quem venceu.

O novo acordo foi feito em conversas entre Eduardo Campos e Cid Gomes, governador do Ceará. Segundo o portal IG, numa reunião tensa na noite de domingo no Recife, o PSB chegou a ameaçar que não indicaria nenhum nome para o futuro governo.

A pressão deu certo e as negociações foram retomadas durante a madrugada. No começo da manhã desta segunda, Cid e Campos decidiram que Ciro ficaria fora das indicações do partido. O líder do PSB na Câmara, Márcio França, o dirigente socialista Roberto Amaral e o governador eleito do Espírito Santo, Renato Casagrande, também participaram das negociações.

Assim, Dilma joga o PSB nos braços de Aécio, e vice-versa!
.

Listão dos aprovados VESTIBULAR IFPE 2011 - Campus Garanhuns


Saiu o listão dos aprovados no vestibular do Instituto Técnico Federal do Campus Garanhuns. Confira a lista dos cursos de Informática, Meio Ambiente e Eletroeletrônica clicando no link abaixo.

http://p.download.uol.com.br/jc/educacao/Relacao_Numerica_Aprovados_Garanhuns.pdf

Blog de Bom Conselho faz enquete sobre a administração municipal, pior para a prefeita


A prefeita Judith Alapenha tem hoje no Blog Bom Conselho do Papacaça talvez o seu maior contestador. Ela mesmo através do seu próprio blog já dedicou alguns posts para responder, mais recentemente reclamou do anonimato do blog. Quando tudo parecia acalmar, depois de conseguir reverter o quadro oposicionista na Câmara de Vereadores, obtendo agora a maioria, parece que é o blog que tem tomado o lugar da oposição bomconselhense.

Em recente enquete no blog sobre a administração da cidade, com mais de 150 votos, 67% consideraram péssima a gestão. Confiram o resultado geral:

1 - PÉSSIMO (108 VOTOS, 67%)
2 - ÓTIMO (15 VOTOS, 9%)
3 - BOM (14 VOTOS, 8%)
4 - RUIM (13 VOTOS, 8%)
5 - REGULAR (9 VOTOS, 5%)

É claro que deve pesar aí o leitor do blog Bom Conselho do Papacaça, com perfil oposicionista à prefeita Judith Alapenha,

Recebemos também por e-mail, de um amigo na Terra do Papacaça, a cópia do pedido da prefeita para tirar a votação do Plano de Cargos e Carreiras do funcionalismo público da pauta de votação da Câmara, o que deve ter influenciado recentemente a desaprovação popular. A reclamação era porque havia a promessa de ser aprovado ainda este ano de 2010. Judith Alapenha entre seus argumentos, expõe o quadro de dificuldades financeiras dos municípios e a adequação à Lei de Responsabilidade Fiscal, que limita os gastos com pagamentos de salários. Por sinal, em conta disto, vários municípios precisaram demitir.

Também não aprovo o anonimato. Entendo que a identificação é mais saudável quando se quer expor ideias e fazer críticas. Pois assim, impede quase a contradição, o citado não sabe a quem responder.

Mas certa vez vi um comentário de alguém de Caetés que, sendo funcionário público, não poderia se identificar em suas críticas à administração municipal. Tem lógica, e não sei se é este o motivo também do blog em questão.

@FOLHAVOX tem evento de lançamento

Esta noite de segunda-feira marca o início da @FOLHAVOX. Estaremos reunindo os amigos para apresentar o jornal à sociedade. Será às 20h, no auditório da CDL. Um momento especial em que podemos agradecer a força de tantos amigos que contribuíram para a concretização deste prejeto.

Esperamos vocês por lá!

Obrigado!
.

Funcultura tem muito dinheiro para bons projetos


Produtores e artistas pernambucanos já têm disponível para acesso o edital público Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura). O arquivo está publicado no site da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe). As inscrições começam apenas em 8 de fevereiro e seguem até 14 de março.

A versão 2010/1022 do Funcultura distribuirá R$ 22 milhões para projetos de Artes Cênicas, Fotografia, Literatura, Música, Artes Plásticas/Gráficas, Cultura Popular/Artesanato, Patrimônio, Pesquisa Cultural, Artes Integradas, Formação/Capacitação, Gastronomia. Somando os R$ 8 milhões do edital destinado exclusivamente ao audivisual [confira a lista de habilitados na 1ª fase], o investimento atinge R$ 30 milhões. Em 2009, o montante foi de R$ 21 milhões, remetidos a 295 projetos.

Confira a parcela destinada a cada categoria:

Artes Cênicas: R$ 3,88 milhões. Divididos em:
R$ 1,19 milhão para Dança
R$ 910 mil para Circo
R$ 380 mil para Ópera
R$ 1,4 milhão para Teatro

Cultura Popular, Folclore, Artesanato e Congêneres: R$ 2,3 milhões. Divididos em:
R$ 1,8 milhão para Cultura Popular e Tradicional
R$ 500 mil para Artesanato

Fotografia: R$ 1 milhão
Literatura: R$ 1 milhão
Música: R$ 2,1 milhões
Artes Plásticas, Artes Gráficas e Congêneres: R$ 1,5 milhão
Patrimônio: R$ 2,18 milhões
Pesquisa Cultural: R$ 3,33 milhões
Formação e Capacitação: R$ 3,52 milhões
Artes Integradas: R$ 570 mil
Gastronomia: R$ 310 mil

Artistas de Garanhuns fazem cadastro on-line


A Prefeitura de Garanhuns, através da Secretaria de Cultura, vem trabalhando na formatação do Cadastro dos Artistas de Garanhuns. Para tanto, disponibiliza no Site Oficial do Município: www.garanhuns.pe.gov.br, um link, em que os artistas e produtores culturais do Município poderão enviar as suas informações, que depois de catalogadas irão compor esse Cadastro.

Pode se cadastrar, toda e qualquer pessoa que desenvolva atividade artística, como: cantor, produtor cultural, músico, professor de dança, escultor, pintor, desenhista, cartunista, escritor, bailarino, coreógrafo, profissional de artes cênicas, dentre outras. Os campos de preenchimento do Cadastro pedem o tipo de atividade exercida pelo artista; dados pessoais; um breve currículo e foto. Os formulários preenchidos são enviados on-line para a Secretaria de Cultura. O Cadastro se estende até o dia 31 de janeiro de 2011.

Os Artistas que não tenham acesso a Internet poderão se dirigir a Secretaria de Cultura, localizada no Centro Cultural, para realizarem o cadastramento on-line.
A iniciativa objetiva mapear a classe artística na cidade e direcionar as ações para a Política Cultural Local, delimitando os investimentos dos recursos municipais; traçando estratégias quanto ao fomento da classe, e facilitando a captação de recursos federais junto ao Ministério da Cultura, sempre no intuito de desenvolver o segmento cultural da Cidade.

Mudanças no secretariado de Garanhuns?


Nessa mesma época do ano passado era muito grande a especulação sobre as mudanças que o prefeito Luiz Carlos faria na equipe. Parecia que haveria uma vassourada, com profundas mudanças, mas, ao final, mudaram apenas dois ou três nomes, não alterando a cara do governo. Até gente de dentro do próprio governo esperava a mudança mais radical para dar mais ritmo à administração municipal.

Este ano não há qualquer sinal de mudança. Se acontecer será apenas de um ou outro secretário, mas provavelmente de uma forma discreta. De certo deve haver a junção da Secretaria de Cultura com a de Turismo, que na prática já existe, com Gabriela Valença assumindo as duas pastas. Se acontecer será uma pena a Cultura novamente perder seu destaque de secretaria exclusiva.

Outras duas secretarias também podem juntar pastas.

Presidente Lula dá entrevista e diz que pode voltar a presidência



A menos de 15 dias de deixar a Presidência, Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que poderá ser candidato novamente ao Palácio do Planalto.

Em entrevista ao programa "É Notícia", da RedeTV!, Lula respondeu se voltaria a disputar a Presidência um dia: "Não posso dizer que não porque sou vivo. Sou presidente de honra de um partido, sou um político nato, construí uma relação política extraordinária".

Fez uma ressalva: "Vamos trabalhar para a Dilma fazer um bom governo e, quando chegar a hora certa, a gente vê o que vai acontecer".

Na entrevista, que foi ao ar na madrugada de hoje, Lula ainda fez reparos à política de Barack Obama, lembrou momentos ruins do governo, como as saídas de José Dirceu e Antonio Palocci, e defendeu a política econômica.

Volta ao Planalto

"A gente nunca pode dizer não. Eu fico até com medo, amanhã alguém vai assistir à tua entrevista, e dizer que Lula diz que pode ser candidato. Eu não posso dizer que não porque eu sou vivo, sou presidente de honra de um partido, sou um político nato, construí uma relação política extraordinária".

"O Brasil tem uma gama de líderes extraordinários. Tem a Dilma [Rousseff] que pode ser reeleita tranquilamente. Você tem [os governadores] Eduardo Campos, Jaques Wagner, Sérgio Cabral. Tem a oposição do Aécio [Neves, senador do PSDB de Minas]. Tem o [ex-governador José] Serra (PSDB-SP), que diz que ainda vai fazer oposição. O que não falta é candidato. É muito difícil dar qualquer palpite agora".

"Vamos trabalhar para a Dilma fazer um bom governo e quando chegar a hora a gente vê o que vai acontecer".

Crise do Senado

Disse que a crise do Senado, em 2009, foi tentativa de golpe da oposição e que apoiou José Sarney para manter "a institucionalidade".

"O que estava acontecendo ali era uma tentativa de golpe no Senado para que o vice, tucano [Marconi Perillo, de Goiás], assumisse. É lógico, só um ingênuo é que não percebe as coisas".

Dirceu e Palocci

"Na Casa Civil, teve uma dubiedade entre o animal político que o Zé Dirceu era e a necessidade de ser o gerente do governo. Na minha opinião, era peso demais para uma pessoa tocar".

"Devemos muito ao Palocci. Era preciso ser como o Palocci foi naquele primeiro momento. Fiquei nervoso com o Palocci quando, em 2005, a economia caiu muito. (...) Ele reconheceu que houve exagero no endurecimento".

Mantega e Meirelles

Lula disse ser "grato" ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, e ao presidente do Banco Central, Henrique Meirelles: "Pode ter críticas de que houve erro aqui, demora ali, mas, quando você vai fazer uma síntese, percebe que a fotografia é mais positiva do que negativa".

Mensalão

Voltou a dizer que, quando deixar a Presidência, vai "estudar um pouco o que aconteceu no período". "Não acredito [que houve compra de apoio de parlamentares]".

Diz que foi "lambança eleitoral" e que petistas deveriam ter assumido isso. "Agora, passados cinco anos, de cabeça fria, vou reler a imprensa. Vou ver o que aconteceu em cada jornal, em cada revista, para que a gente possa remontar, [fazer] um juízo de valor do que aconteceu".

Papel de Marisa

O presidente contou que a primeira-dama, Marisa Letícia, "dá palpite" sobre governo. "A Marisa fala das coisas que sente e normalmente tem razão, porque ela fala coisa que o povo pensa".

"Vou dar um exemplo de coisas importante em que a Marisa me ajudou. [Na campanha de 2006] Marisa era a maior incentivadora que eu tinha que ir para os debates, que eu deveria triturar meus adversários. Eu achava que eu não deveria ir, mas ela estava certa."

Obama

Lula disse ser "fã" do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. "Ele só tinha que ter a ousadia que o povo americano teve votando nele. Recebeu uma herança maldita do governo Bush. O país quebrou. Como não tomou as atitudes nas horas certas, vem para as costas dele. Eu dizia para ele: 'Presidente Obama, se você não fizer as coisas na hora correta, daqui um ano essa crise está nas tuas costas'. Porque a crise era do Bush".

Vida de presidente

"O mais doloroso é a vida de um presidente. A vida de um presidente é muito solitária".

"Tem o dedo de Deus nessa coisa [ter sido eleito presidente]". "O preconceito raivoso de setores conservadores da sociedade brasileira me fez mais forte, pois eu tinha que provar todo santo dia que eu tinha que ser mais capaz do que eles".

Pós-Presidência

"Vou descansar. Tirar umas férias que não tiro há 30 anos. Uns dois meses num lugar onde eu não tenha que fazer nada, discutir política, fazer absolutamente nada".

"Normal eu nunca mais vou ser, mas um brasileiro o mais próximo da normalidade possível. Vou conseguir". "Vai ser bom para o Brasil, vai ser bom para a Dilma, vai ser bom para todo mundo se eu ensinar como um ex-presidente tem que se portar".

"Quero tirar tudo da Presidência de dentro de mim. Preciso voltar a ser o Lula. Voltar a ser um cidadão mais próximo da normalidade possível. Se deixo a Presidência dia 1º e dia 2 começo a dar palpite na política, eu vou estar tendo ingerência em coisa que eu não devo".
.

Fonte: Folha.com

SIGA O BLOG

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.