GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

GOVERNO DO ESTADO

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Ariadna na Playboy


Lembram da Roberta Close? Há mais de 20 anos a transexual era assunto na mídia devido sua troca de sexo e constantemente estar sendo fotografada em poses sensuais, até que foi parar nas páginas da maior revista de nu feminino do Brasil, a Playboy.

A história se repete, e desta vez atende pelo nome de Ariadna. Já tem fotos circulando na internet com o antes e depois da moça, que se tornou a participante mais polêmica do Big Brother Brasil 11, justamente por sua opção sexual. Saiu logo no começo do programa e virou tema sobre preconceito nas redes sociais.

Mas a Playboy parece não ter certeza do sucesso de vendas ou da ousadia de colocar uma transexual novamente em suas páginas. O público compraria a revista pelo ensaio sensual ou pela curiosidade?

Pode até ser que o contrato já esteja assinado e a discussão daqui pra frente seja justamente para criar a expectativa.
Até pouco tempo parecia que o Big Brother selecionava as pessoas já pensando em faturar nas revistas de mulher nua, agora parece que a coisa está avançando e mais um pouco vai para os filmes pornográficos.

Super novidade no Garanhuns Jazz Festival



Atenção,


Neste domingo estaremos contando uma novidade que promete impactar positivamente o Garanhuns Jazz Festival 2011. Trata-se de uma notícia marcante que deve colocar Garanhuns no calendário turístico carnavalesco pernambucano definitivamente. Aguardem. Estamos checando os últimos detalhes. Quem gosta do Festival de Jazz vai aprovar a notícia, e olha que tem mais coisa, e coisa grande. Mas somente amanhã!

.
Vamos agora ao post das notícias:

O Garanhuns Jazz Festival entra definitivamente no calendário turistico do Carnaval Pernambucano. O produtor Giovanni Papaléo tem trabalhado intensamente para conseguir novos patrocinadores e fechar uma programação ainda melhor que o ano passado, portanto vamos às super novidades anunciadas.

O GJF passa a contar com o patrocínio do Governo do Estado de Pernambuco, através da Secretaria de Turismo, leia-se Alberto Feitosa. O próprio governador Eduardo Campos mostrou sensibilidade para este patrocínio, e as críticas feitas por Papaléo pela falta de apoio no ano passado foram entendidas e resolvidas, tanto que o governo de Pernambuco agora coloca Garanhuns no circuito dos grandes eventos desta época do ano, consolidando a marca e trazendo a institucionalização de um produto de grande potencial turístico como é o Garanhuns Jazz Festival. E pode vir mais coisa por aí!

Tem mais novidades! Duas multinacionais demonstraram interesse em patrocinar o evento, e se possível até investir em outras atividades culturais em Garanhuns, quiçá o Festival de Inverno. Duas reuniões ainda esta semana podem definir esse investimento. Não podemos ainda anunciar quais seriam, mas que são marcas que trazem mais visibilidade para nossa cidade.

O Garanhuns Jazz Festival conquistou o Prêmio Mestre Salustiano por dois anos consecutivos e isto deu projeção ao nosso evento, aliado a isso, e a parceria do município através da Secretaria de Turismo, Papaléo tem visitado empresas e órgãos públicos que possam investir para o crescimento do GJF.

A programação e a multiplicidade de palcos tem ganhado atenção especial. E dentre os nomes que podem ainda aparecer por aqui tem duas bandas que trariam mais holofotes: SONORIS FÁBRICA e QUINTETO VIOLADO.

Interessantemente, o secretário Alberto Feitosa, deputado eleito pelo PR, que recentemente rompeu com a administração municipal, mostrando não ter ficado resquícios que impossibilitem novos investimentos e parcerias para o crescimento do Garanhuns Jazz Festival.

Tem mais, há uma possibilidade do próprio governador Eduardo Campos e sua esposa Renata, virem prestigiar o nosso Festival de Jazz & Blues.

Portanto, tá na hora de muita gente abrir o olho aqui em Garanhuns para o potencial desse evento, e esse cara com nome de desenho animado Giovanni Marino Papaléo, tá fazendo mais pela cidade que muita gente por aí!
Vou trazer depois mais novidades! Aguardem!

Aula inaugural na AESGA


A presidente da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (AESGA), Eliane Simões Vilar, convida alunos, professores e funcionários da AESGA para participarem da Aula Inaugural das Faculdades de Ciências da Administração (FAGA), Direito (FDG), Ciências Sociais Aplicadas e Humanas (FAHUG) e Ciências Exatas de Garanhuns (FACEG).

Um grande momento de encontros e reencontros. Para os novatos fica sempre a expectativa de início de curso. Muito bom esse instante de aula inaugural!

Repercute negativamente o aniversário da cidade


Nunca gostei de festas públicas no estilo "povão", tem gente que acha necessário, eu considero um problema sob vários aspectos, e todos eles ficaram evidentes na programação de aniversário de Garanhuns.

. Concentra uma grande quantidade de delinquentes, o que é um caos para a segurança, acabando por afugentar as famílias e pessoas de bem das festas populares.

. Gasta dinheiro público com atrações que não acrescentam absolutamente nada à população.

. Deixamos de prestigiar artistas que elaboram trabalhos culturais de qualidade e que tenham uma mensagem a passar, afinal a ideia da festa deve ser cultural.

. Gera uma imagem negativa. As atrações têm o poder de criar uma imagem do evento, e por si só, se não são interessantes, causa uma má impressão.

. Não atraem turistas e portanto, não há dividendos de outros municípios. Não entra dinheiro novo na cidade. Ninguém vem nem de Jupi pra ver Kebrada do Gueto e, Fábio e Nando.

Passei ontem pela praça em dois momentos. Na primeira, quando estava saindo de casa, no palco estava Kebrada do Gueto, aqui de Garanhuns, e só por isso não deve ser colocado numa programação desta natureza. O que o som dos Guetos e dos pagodes têm de interessante para um aniversário de Garanhuns? E pior, fui recepcionado com a banda cantando -Toma Negona, toma chupeta!... Um desfavor para esta cidade maravilhosa que está completando 132 anos.

Tem mais... Na volta para casa, resolvi passar novamente pela praça. Estava no palco a dupla sertaneja Fábio e Nando, covers de duplas famosas, cantavam grandes sucessos, nenhum deles. E não entendi o sentido de estarem ali. Pois bem, um dos dois conseguiu a façanha de elogiar nossa cidade -"...132 anos, Garanhuns é moral!". Incrível o vocabulário desse povo, é tudo moral, e só! Faltou identidade à festa.

Fiquei sabendo que a programação foi muito criticada, inclusive por pessoas dentro da prefeitura. Não tivemos nada durante o dia que envolvesse os munícipes, isso gerou até uma argumentação para os comerciantes abrirem suas lojas no feriado.

Poderíamos ter alguma programação para a criançada no parque. Uma programação no Teatro Luís Souto Dourado. Envolver todas as secretarias da prefeitura em atividades espalhadas por toda a cidade. E a noite, a programação tem que envolver sentimento. Teria que haver identidade da programação com nossa gente. Se tudo que se tem a dizer é que Garanhuns é moral, tá faltando adjetivo para definirmos nossa cidade. Aliás, até o apresentador da festa não tem nenhuma empatia com o público, numa total falta de sintonia.

Imagino o Quinteto Violado falando maravilhas e cantando preciosidades. Ou Alceu Valença. Ou quem quer que seja, mas que conheça Garanhuns e some arte ao espetáculo. É o aniversário de Garanhuns, de toda a cidade, e não dá pra comemorar ouvindo Fábio e Nando.

Ouvi dizer que tivemos sérios problemas com a segurança. Comerciantes reclamaram de placas danificadas no centro da cidade. São os vândalos de final de noite voltando para casa.

É claro que tinha também muita gente de bem, mas que também estariam na praça se a programação fosse melhor elaborada.

Não gosto também de bandas de forró estilizado. Já tivemos Gatinha Manhosa no aniversário de Garanhuns, e lá no começo da gestão municipal tivemos Saia Rodada cantando a "Coelhinha" em plena noite de natal.

Até entendo que a programação deva agradar todo mundo, mas não deve ser tão popular. As festas nas grandes casas de shows da cidade já atendem esse público.

Neste final de semana tem Feira do Programa Empreender Comunidade na Praça da Fonte Luminosa


Como parte das comemorações do aniversário de Garanhuns, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico realiza a Feira do Empreender Comunidade no período de 4 a 6 de fevereiro, na Praça Souto Filho, popularmente conhecida como Praça da Fonte Luminosa, das 9 as 17 horas.

Serão expostas sete barracas contendo todos os produtos e peças fabricados pelas Comunidades do Programa Empreender, como doces caseiros, geléias, licores, peças de roupas e broches, em crochê e tricô; fuxico, conjuntos de pano para cozinha e banheiro; pintura em tecidos, sabão, vassouras, artesanato, além de orquídeas. Na oportunidade estarão presentes representantes das Comunidades de Miracica, Sítio Cruz, Muchila, Santa Quitéria, Maçaranduba, Várzea, Parque Fênix, Vale do Mundaú, Manoel Chéu, e Vila do Quartel, além da Casa do Artesão.

E a partir agora a feirinha será realizada durante todo o primeiro sábado e domingo de cada mês, na praça da Fonte Luminosa. De segunda a sexta-feira o acesso aos produtos do Programa Empreender é obtido no Ponto do próprio Empreender, localizado próximo ao Pórtico de entrada da Cidade, e na praça do Relógio de Flores.

O Empreender Comunidade é um programa que favorece a geração de emprego e renda, visando a inclusão econômica, social e o desenvolvimento local de forma auto-sustentável. Como oportunidade, ele se utiliza dos principais eventos da cidade a exemplo da Fecaju, Garanhuns Jazz Festival, Páscoa e Festival de Inverno, entre outros, para expor e comercializar produtos.
.

Quem teve aparelho danificado devido ao APAGÃO tem 90 dias para requerer seus direitos!


Os moradores da região Nordeste que sofreram com um apagão de cerca de quatro horas durante a madrugada desta sexta-feira (4) e tiveram algum aparelho eletrônico danificado devem procurar a distribuidora de energia em até 90 dias para pedir o ressarcimento.

Segundo resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), de 2004, que estabelece as disposições relativas ao ressarcimento de danos elétricos em equipamentos instalados em unidades consumidoras, causados por perturbação ocorrida no sistema elétrico, o consumidor tem o prazo de até 90 dias corridos, a contar da data provável da ocorrência do dano elétrico no equipamento, para solicitar o ressarcimento à distribuidora.

A solicitação de ressarcimento pode ser efetuada através do atendimento telefônico, das agências de atendimento, pela internet e outros canais que a distribuidora dispuser. O consumidor pode optar também entre inspeção no local do equipamento danificado ou disponibilizá-lo para inspeção mais detalhada pela distribuidora ou empresa por ela autorizada.

Já a distribuidora deverá informar ao consumidor a data e o horário aproximado para a inspeção ou disponibilização do equipamento e inspecionar e vistoriar o equipamento no prazo de até 10 dias corridos, contado a partir da data do pedido de ressarcimento. Para eletrodomésticos usados na conservação de alimentos perecíveis, como geladeiras e freezers, a vistoria deve ocorrer em até 1 dia útil, informa a Aneel.

A distribuidora deve informar ao consumidor, por escrito, no prazo máximo de 15 dias corridos, contado a partir da data da vistoria ou, na falta desta, a partir da data do pedido de ressarcimento, sobre o resultado do pedido de ressarcimento. O ressarcimento poderá ser feito por meio de pagamento em moeda corrente ao solicitante ou, ainda, providenciar o conserto ou a substituição do equipamento danificado em até 20 dias corridos.

SIGA O BLOG

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.