GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

UNOPAR GARANHUNS

segunda-feira, 14 de março de 2011

A morte de Arlindo Gonçalves

Já de idade avançada e portador de Alzheimer, Arlindo Gonçalves faleceu na semana passada. Descobri a fotografia de Tio Arlindo nas paredes da prefeitura das Correntes, e conversando com Bethânia Pedrosa, profunda conhecedora e historiadora da região, principalmente daquela terra, soube que ele foi presidente da Câmara de Vereadores e depois, substituindo o titular que viajara, foi prefeito por um período daquela simpática cidade.

Arlindo Gonçalves é meu tio-avô, de família tradicional, que se espalhou pela região, hoje temos parentes por todo canto. Em Lagoa do Ouro, terra do patriarca da minha família, meu avô João Gonçalves e seu pai, comerciante José Gonçalves, que também teve participação ativa na política daquela região, ainda reside minha tia Lala e seu esposo Antonio de Joca, entre outros parentes.

Em Bom Conselho temos tio Chiquinho Gonçalves, outros, como tio Zito, Coronel reformado da Polícia Militar, foi desde cedo para a capital, vivendo hoje em Paulista. Tia Loura, já faleceu, deixando uma enorme saudade. Assim como tio Erasmo Cumarú, casado com tia Nelma.

Meu avô trouxe a família para Garanhuns, e aqui nasceram muitos de seus filhos e a grande maioria dos netos, como eu, o mais velho. Hoje a quantidade é incontável. Já tem seus bisnetos e, tomara Deus permita, conheça seus tataranetos. Minha vó, Deus levou há uns anos, e era afável como toda vó. Perdi também minha tia Ana Lúcia em 1979, era a mais jovem das filhas de Vô João. Essa tragédia viria a se repetir na minha família.

Contei essa história porque há uns dois meses, ao olhar meu tio em Correntes, um filme da história da minha família, muitos sem contato, passou frente aos meus olhos. Uma família por parte de minha mãe, Gelva, filha de João Gonçalves, que trabalha por Garanhuns. Expedito Dias, meu tio, artista-plástico. Cláudio Lima, filho de tia Cléa, professor e escritor do livro sobre a Hecatombe. Perdi, em um acidente, minha irmã caçula quando esta ia completar 20 anos, era a princesa da ARRASTA-PÉ. Tenho outros 3 irmãos. Tias, tenho 7, por parte de mãe. E tios, considero todos. Zequinha eletricista. Obede serralheiro. Paulo de Jú. Sou sobrinho da Genilza e da Genilda.

Lembram da música de Chico Buarque quando ele registra seus ascendentes? Vou por aí.

O meu pai eletricista
Meu avô era feirante, caminhoneiro
Minha mãe é professora

Meu pai sofreu um AVC há uns anos. Ficou com sequelas.

Soube que Marcos, filho de tio Arlindo, é médico em Recife. Quero deixar aqui expresso o pesar da família. Lembro de tio Arlindo forte, mas não pude conviver muito com ele. Espero que saibam que todos, principalmente esses primeiros, como tio Arlindo, tio Chiquinho, tia Lala, tia Loura (Laura), tio Zito e meu avô, foram muito importantes para o crescimento desta família unida e de tantos serviços prestados à região.

Fica o exemplo de trabalhar sempre, pois existe uma construção muito maior baseada no respeito ao próximo, honestidade, equilíbrio e base familiar.

Tenho quase 20 anos de casado, dois filhos maravilhosos, um deles na faculdade e outro no ensino médio.

Acho que gosto pela política está no sangue, e foi bom saber que tio Arlindo tem essa história de dedicação ao povo das Correntes, assim como meu bisa em Lagoa do Ouro e meu avô, brigão por Arraes, Marcos Freire, Cristina Tavares, e tantos outros.

Desculpem-me se fugi do perfil do blog, mas a emoção foi tomando conta das letras.

Garanhuns trabalha na Implantação do Programa Amigo de Valor


O município de Garanhuns foi contemplado, ainda em 2010, com a implantação do Programa Amigo de Valor. Trata-se de uma iniciativa criada a partir do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), sendo uma iniciativa do Grupo Santander. O Programa possibilita a captação de recursos junto a funcionários, clientes e fornecedores do Banco na realização de depósitos, a título de doação, junto a conta do Fundo da Criança e do Adolescente do Município.

A iniciativa consiste na possibilidade de que o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente possa vir a receber recursos financeiros, capacitação e suporte técnico para a execução do Projeto por três anos, sendo que, no primeiro ano o programa apóia o município na realização de um diagnóstico preventivo. Nos dois anos seguintes ocorre o apoio das iniciativas identificadas e priorizadas pelos Conselhos da Criança e do Adolescente, e Tutelar para defender e promover a garantia dos direitos da criança e do adolescente.

A Prefeitura de Garanhuns, através da Secretaria de Assistência Social, vem trabalhando na implantação do Programa. Segundo Mirtes Vieira, que preside o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, para que o Programa fosse operacionalizado no Município, foi formada uma Comissão composta por dois representantes do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente; dois representantes do Conselho Tutelar de Garanhuns e um técnico especialista em pesquisas, com a incumbência de realizar um levantamento sobre a situação de crianças e adolescentes no Município, possibilitando o diagnóstico e a avaliação das áreas que necessitam ser trabalhadas.

“Esse trabalho é muito significante para nosso Município, pois nos proporcionará um diagnóstico e uma maior valorização da vida de crianças e adolescentes. Tudo isso vai impulsionar o desenvolvimento social e a cidadania elevando a auto-estima em todos os aspectos para os Jovens do nosso Município”, registra Mirtes Vieira.

CRIANÇA E ADOLESCENTE - De acordo com dados de 2008, Garanhuns possui cerca de 130 mil habitantes, sendo 38% de população infanto-juvenil. No mesmo ano, 19% das crianças nasceram de mães adolescentes.

A música de Hercinho


Chegou às minhas mãos um CD do Hercinho, jovem revelação na música pernambucana, aqui de Garanhuns. Confesso que não conhecia. Quem me deu o presente disse - Escuta e diga o que você achou, se achar que é bom, coloca no blog.

Então lá vai.

O primeiro sentido impactado é sempre a visão, a capa, principalmente, e todo o projeto gráfico. Está simplesmente massa! Muito bom mesmo. Parece a princípio que a gente está pegando em produto de grandes gravadoras. Começamos bem.

Como o meu desconhecimento é total, a gente coloca o CD sem saber o que vai encontrar. O cara é cabeludo, toca violão. Aí vem um bate-pronto - É MPB! Mas ao ouvir a gente vê que vai além. Explico já.

Uma das primeiras coisas que a gente faz ao pegar um cd é virar para ver a relação das músicas. Procura por alguma conhecida. Aí descobre logo que o projeto é autoral, pois não encontra releituras nem homenagens a grandes nomes da música nacional. Usar esse expediente facilita para conseguir tocar em barzinho, por exemplo, quem não faz isso, busca espaço como músico autêntico, original. É interessante, desde que haja de fato qualidade, tanto na composição quanto na interpretação.
O quesito da qualidade da gravação, embora não esteja diretamente relacionada ao músico, é primordial para o resultado final.

Então vamos ouvir o CD.

O violão surpreende logo no minício e dá um ritmo de reggae, muito legal. as letras não são melancólicas, falam de amores, nem sempre juvenis, e de natureza. Bem reggae jovem mesmo. Fica suave ao ouvido, sem deixar de ter a batida do ritmo.

Hercinho tem visual de músico profissional, tem música de qualidade e um trabalho muito bom nas mãos que pode mostrar em qualquer lugar. Pena que esse tipo de música está extirpado das nossas rádios. Mas, como já dizia Toquinho, a música não tem fronteiras, e Hercinho deverá encontrar seu espaço, espero que aqui em Garanhuns, na capital e, se Deus permitir, em novos centros urbanos.

Outro lado bom da história é que o CD foi produzido em Garanhuns, o projeto gráfico é do Marcelo Jorge e a musical de Aldecy Souza. 

Valorize a música e os artistas de Garanhuns.

Kassab é o passaporte para Eduardo Campos entrar no eixo político/econômico do sul do país


Com aprovação estratosférica em Pernambuco e modelo de administração para outros estados da região, o governador Eduardo Campos supõe ter força regional suficiente para voos mais altos na política brasileira, por isso comanda o estado de olho na sucessão de Dilma Roussef.

Mas não basta ser bem avaliado pela população do seu estado e presidir um partido em franco crescimento, para almejar ser presidente do Brasil, ou ver um projeto federal que possa ser viável a curto/médio prazo, Eduardo tem dois desafios, entrar no seio da política do sul, principalmente São Paulo, maior economia do país, e quebrar a supremacia bipartidária das eleições presidenciais, com a disputa polarizada entre PT e PSDB.

Uma chave para tudo isso é o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, do Democratas. Este pretende ser governador do seu estado, mas lá também sofre com a polarização das disputas, precisaria construir uma alternativa forte. Aí, nesse jogo, entra o PSB, de Chalita e Skaf.
Mas se ele trocar de partido perde o mandato. Portanto a estratégia é a criação de uma nova legenda, o PDB, com a possibilidade da unificação depois com o PSB.

Acredito que Eduardo não ficou plenamente satisfeito com o tratamento dado por Dilma Roussef na contemplação de seu governo. Achava ele que seria amigo do rei, um dos nomes a comandar o país, ser ouvido, pela importância que teve na campanha e pela proximidade com o presidente Lula. E não foi isso que aconteceu, Dilma acabou por privilegiar a conversa com Ciro Gomes, oferecendo-lhe o filé. Eduardo teve que suar bastante, e somente aos 48 do segundo tempo conseguiu emplacar Fernando Bezerra Coelho.

Embora o PSB seja fiel ao governo, um dos partidos mais presentes, o governador Eduardo Campos analisará mais à frente as vantagens e desvantagens das suas parcerias. Pois mesmo que não vingue sua busca à faixa presidencial, o PSDB, do senador Aécio Neves, estará batendo em sua porta, oferecendo mundos e fundos, coisa que Dilma postergou para dar o mínimo.

Estamos com uma enquete buscando descobrir os primeiros sinais para 2014, aproveite e vote, em quem você está propenso a votar para presidente?

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.