GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CLIQUE E SAIBA MUITO MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

sábado, 28 de maio de 2011

Diário de Pernambuco lança grande reportagem sobre Frei Damião


Há exatos 80 anos, Frei Damião de Bozzano embarcava no Porto de Gênova, na Itália, com destino ao Brasil. A viagem, iniciada no dia 28 de maio, terminaria três semanas depois em Pernambuco.

Em 17 de junho de 1931, o capuchinho desceu do navio Conte Rosso no Porto do Recife. Era o começo de uma história que durou até 1997, ano do falecimento do missionário, e que fez do frade um dos maiores confessores da Igreja Católica.

Para contar essa trajetória, o Diario de Pernambuco publica neste domingo (29) o caderno especial Terra de Damiões. O caderno integra o projeto do jornal em realizar grandes reportagens e exigiu cerca de dois meses de pesquisas, entrevista e viagens.

A exemplo do capuchinho, a equipe do Diario embarcou numa grande viagem. Frei Damião percorreu 7 mil quilômetros na travessia do Oceano Atlântico. O repórter Jailson da Paz, a fotógrafa Alcione Ferreira e o motorista Gilson Bezerra andaram 3.352 quilômetros em Pernambuco, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. Nesses estados, a equipe ouviu devotos, promesseiros, pesquisadores e críticos do frade em 17 cidades do Sertão ao Litoral.
 
Esta grande história de vida e de fé, neste domingo, no Diário de Pernambuco.

Entidades unidas pelos Direitos Humanos


Garanhuns sediou nesta quinta-feira, dia 26, o Seminário Regional do Sistema de Proteção a Pessoas. O Evento realizado nos salões da AGA abordou as questões de segurança quanto às vítimas de violência ou de ameaças, as quais precisam ser afastadas do convívio da sua Comunidade. A meta é divulgar o serviço de proteção, composto por programas de defesa e promoção dos Direitos Humanos.
Na oportunidade, estiveram presentes representantes do Ministério Público, da Justiça, Polícia Militar, Polícia Civil e secretarias Municipais de Assistência Social e Direitos Humanos. “A idéia foi ouvir populares, bem como os órgãos representativos da população do Agreste Meridional, de forma que possamos nos aproximar mais de Conselhos Tutelares, Conselhos de Direito do Município e demais órgãos que tenham atribuição com a defesa dos Direitos Humanos”, explicou o Secretário Estadual de Justiça e Direitos Humanos, Paulo Moraes.
Segundo o Secretário Municipal de Direitos Humanos, Alfredo Goes, geralmente as vítimas ou as testemunhas de violência que pretendem fazer uma denúncia, se sentem reprimidas e sem a devida proteção. “A partir do momento em que essas entidades se aproximam da população, conseqüentemente, gera uma maior segurança, e faz com que o trabalho seja feito. Com isso, diminuirá a impunidade quanto a esses casos”, assegurou o Secretário Alfredo Goes.

Acontece em Taquaritinga do Norte Festival Nacional de Curtas Metragens


Recebemos por parte da comissão de realização, o material para divulgação do 4° Curta Taquary - Festival Nacional de Curta Metragem, que acontece em Taquaritinga do Norte de 14 a 16 de Setembro.

Sabemos da importância do Blog do Ronaldo César como meio de comunicação de expressivo alcance e popularidade. Vimos neste momento, pedir a sua colaboração com este evento cultural que tem servido para o avivamento da cultura de nossa região.

Pedimos a sua colaboração na divulgação sempre que possível, de informações referente ao evento, tornando-se assim um grande parceiro do mesmo.

desde já nossos cordiais agradecimento.

visite o site do evento: http://www.curtataquary.com/

Paulo Pereira - Assessoria de imprensa do 4° Curta Taquary

(81)9268.0231 / 9674.5101
.
Agora comigo: Importante iniciativa pra galera do audio-visual. Garanhuns tem produzido cada vez mais vídeos que podem inclusive concorrer no festival em tela.

Torcida do Santa Cruz em Garanhuns realiza carreata no domingo


Depois da grande festa pelas ruas da capital, no último domingo, quando milhares de torcedores do Santa Cruz comemoraram a conquista do título pernambucano, chegou a vez de Garanhuns.

SE VOCÊ É TRICOLOR, VENHA PARTICIPAR DA GRANDE CARREATA DO CAMPEÃO.

VISTA SUA CAMISA, PEGUE SUA BANDEIRA, CHAME SEUS AMIGOS E VENHA PARTICIPAR.

CONCENTRAÇÃO A PARTIR DAS 9H DA MANHÃ NO RELÓGIO DAS FLORES, E DEPOIS UM GRANDE PASSEIO PELAS RUAS DA CIDADE.
A FESTA TERMINA NO BAR ESCRITÓRIO, COM MUITA ALEGRIA E A PRESENÇA DE RONALDO CESAR E OS TRÊS DO FORRÓ, PRA AGITAR A GALERA.



Capacitação para professores da rede pública municipal

Neste sábado, dia 28 de maio, a Prefeitura de Garanhuns, através da secretaria de Educação, está promovendo nas dependências da Escola Municipal Letácio Brito Pessoa, uma Formação, direcionada aos alfabetizadores do Programa Paulo Freire, que lecionam nas Escolas da Rede Municipal de Ensino.
O Encontro tem como objetivo subsidiar os docentes nas práticas pedagógicas direcionadas aos estudantes não alfabetizados. Participarão da formação, profissionais das cidades de Garanhuns, São João, Jupi e Capoeiras. A expectativa é reunir cerca de 180 participantes. As atividades acontecerão durante 5 sábados, com intervalos a cada 15 dias, com uma carga horária de 40 horas/aula.



Para apreciar uma boa cachaça



Li esse texto há algum tempo e salvei. Não sabia onde nem quando iria utilizá-lo. Agora, mexendo nas pastas perdidas do computador, encontrei-o. Trata-se de alguns conselhos sobre como apreciar uma boa dose de cachaça. Saí juntando outras informações e algumas dicas. São considerações de um leigo. Lembrem, bebam com moderação, não é a quantidade que dá o prazer, mas o conhecimento e o paladar. kkk! E aceito presentes de boas cachaças pernambucanas, paraibanas, mineiras, alagoanas, ...
.
Vamos lá. Primeiro, saiba escolher uma boa cachaça. É importante que a bebida seja transparente e não contenha nenhum tipo de substância sólida. Aí é mistura e perde a essência da bebida. Saiba sobre a cachaça que está tomando, pergunte. Conhecer a região, o fabricante, as histórias da cachaça, tudo isto faz parte da mística.

Depois, faça o teste das lágrimas, que avalia a oleosidade da cachaça. Se você não sabe do que se trata, as lágrimas são as gotas da bebida que escorrem pelas bordas do copo quando você balança o líquido. Se a cachaça criar lágrimas no copo, bom sinal, significa que ela é de qualidade. Por outro lado, se a bebida escorrer rapidamente pelas paredes do copo, significa que ela tem pouca oleosidade.

O aroma também diz muito sobre a cachaça. Cada espécie de madeira usada para armazenar a bebida durante seu processo de envelhecimento deixa um odor característico. Aroma frutado é característico de cachaças com pouco tempo de armazenamento. Em contrapartida, cachaças envelhecidas adquirem os aromas amadeirados dos tonéis. Carvalho, por exemplo, deixa a “marvada” com uma cor amarelada e um cheiro mais forte, São utilizadas diversas madeiras para a fabricação dos barris. E cada uma tem uma característica. Independente da madeira usada, a bebida deve ter um aroma delicado e o aroma alcoólico não deve ser agressivo. Não deve "assustar" nem sentir o cheiro de álcool ao se cheirar a cachaça, ela não deve ofender o nariz. Aroma que lembra o cheiro do vinagre é sinal de que a cachaça contém excesso de acidez.

E limão, pode? Os fabricantes de cachaças tipo exportação dirão que não. Assim como os de whisky dirão para a água de côco, os de vodca dirão para a laranjada. Mas se você aprecia a acidez do limão, deixar a bebida cítrica, coloque poucas gotas, lembre que é cachaça com limão e não limonada com cachaça ou caipirinha.
Como apreciar o sabor? Agora vamos ao que interesssa: beber. Antes de mais nada, uma dose para ser bem apreciada, deve render três goles. O copo, preferencialmente deve "abraçar" a dose. Portanto, dê preferência aos copos específicos para cachaça. E nada de virar de uma vez só! Dê um gole e, antes de engolir, deixe a bebida passear pela sua boca. Diferentes partes da língua revelam os diferentes sabores da bebida: adocicado, amargo ou ácido. Se gostar de tradição, lembre que esta é a bebida dos antepassados, da sua região, do seu povo, produzida e difundida por gerações. Outra coisa, o santo não bebe!

A respiração é um ponto importante na hora de engolir a cachaça (assim como qualquer outra bebida destilada). Você deve expirar e, antes de inspirar de novo, engula. A ausência de ar na traquéia faz com que a bebida não desça “queimando”.
O tiragosto também proporciona um prazer especial. É sempre bom um caldinho ou uma fruta como caju, abacaxi ou laranja para acompanhar a dose.
A expressão "cachaça" está devidamente registrada pelo Brasil e não pode ser utilizada por outros países na fabricação da aguardente de cana de açúcar. Assim, podemos encontrar bebidas estrangeiras feito nossa cachaça mas utilizando nomes como licor ou pisco, esta última feita à base de uvas na América Andina.
A cachaça tem rompido com a intolerância e o preconceito e entrado nas camadas sociais de melhor poder aquisitivo. O ex-vice-presidente da república José Alencar, era, e o governador mineiro Aécio Neves são exemplos de produtores de cachaça, e suas garrafas são exportadas para a Europa. Muitas cachaças artesanais ainda sobrevivem pelo Brasil e outras conseguiram unir a qualidade de seus alambiques com o novo mercado consumidor. Inclusive a internet.
Bem, o que dizer mais da bebida que é a cara do Brasil e tem no presidente Lula o seu garoto propaganda!
Falar de cachaça é complexo e amplo. Já chegou a ser tema de mestrado. Tem incentivos federais para sua fabricação e um mercado estrangeiro em ascenção. É um tema recorrente em nossa literatura, nossa música, artes plásticas e existem até museus dedicados à cachaça, desde exposições de garrafas até as mostras de suas fabricações históricas e artesanais.
São nomes usuais com que se trata a branquinha, a marvada, a água-que-passarinho-não-bebe, a pinga, etc
Para terminar uns versos, pois não se bebe sem brindar e "tirar verso", que pode rimar ou ser de pé quebrado!
.
A cachaça é uma inimiga do homem. E o homem que foge dos seus inimigos é um covarde!
.
A pinga vem da cana, cana vem da roça, o homem que tem duas mulheres, uma é dele a outra é nossa!
.
Carro sem roda não anda, bêbado deitado não cai, chifre de corno não fura, cachaça sem tira-gosto não vai!
.
publicada originalmente em 22/08/2010.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.