PERNAMBUCO EM AÇÃO

PERNAMBUCO EM AÇÃO
Clique na imagem

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

terça-feira, 21 de junho de 2011

Argumentando contra a descentralização do FIG - Por Antônio Cândido de Souza

Caro Ronaldo,

Faz pouco mais de uma semana tive a oportunidade de, através do sistema JC, externar a minha opinião acerca do atual esquema do FIG. Fui e sou visceralmente contra.

Por que sou contra? primeiro porque o Festival é de Inverno de Garanhuns; segundo: a implementar o programa Pernambuco Nação Cultural, o mesmo deveria seguir outro parâmetro, desvinculado do nosso festival; terceiro: é pegar carona em um evento consolidado com fins políticos - não é outra coisa - pois o esquema cultural do atual governo não é voltado realmente para a cultura; se o fosse onde estão as ações voltadas para as letras? somente para as expressões visuais que impressionam as massas?

Diante do exposto, como cidadão, como amante de Garanhuns, das letras, do bom senso e da coerência, discordo frontalmente do atual modelo implementado pela FUNDARPE e, vou muito mais além, que o governo do estado respeite mais Garanhuns pelo que ela é e representa no seio do estado de Pernambuco.

Lembrem-se sempre, o Festival é pioneiro no Nordeste na sua fórmula, por isto deve ser preservado na sua essência, haja o que houver.

Antonio Cândido de Souza

Tv Jornal aponta novas irregularidades na prefeitura de Garanhuns

Tá no blog do jornalista Roberto Almeida.
.
O jornalista Fernando Rodolfo, da TV Jornal, fez um trabalho investigativo e descobriu um esquema de funcionários fantasmas na Prefeitura de Garanhuns. Pelo que foi mostrado hoje ao meio dia no programa O Povo na TV, da referida emissora, dezenas de pessoas estão na folha de pagamento das secretarias de Administração, Saúde, Educação, Serviços Públicos, Ouvidoria e outros órgãos sem ter nenhum vínculo com o município. Alguns dos citados na reportagem foram demitidos há quatro anos. A matéria levantou a hipótese de que alguém recebe por esses servidores, muitos deles sem saber ao menos que estavam na folha.

O promotor Alexandre Bezerra, que também está investigando a fraude, como representante do Ministério Público, disse que o prefeito Luiz Carlos de Oliveira pode ser condenado por improbidade administrativa. Ouvido pela TV Jornal, o Secretário de Administração, Wellington Xavier, revelou desconhecimento sobre a existência dos funcionários fantasmas.

Antes dessa "bomba", a gestão atual do município foi atingida por casos que repercutiram, como o episódio das casas da Cohab III, a licitação duvidosa para construção da Escola Miguel Arraes de Alencar e a reforma feita apenas no papel na ponte do Sítio Baraúnas.

BOMBA - Veja quais artistas podem vir para o Festival de Inverno

Direto do site da Fundarpe.
.

A Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) torna público o resultado dos projetos classificados na Convocatória Nacional/Edital do 21º Festival de Inverno de Garanhuns.

As propostas foram classificadas por terem obtido nota igual ou superior a 7 no processo de análise das Comissões de Mérito Artístico Cultural, e estão habilitadas a compor a programação do FIG 2011. No entanto, a contratação das mesmas ainda depende da negociação com  artistas e produtores, de adequações orçamentárias e ao perfil de cada palco e outros espaços do Festival.

Como estipulado no edital, a Fundarpe tem ainda o direito de convidar até 20% dos grupos e profissionais das diversas áreas de abrangência para compor a programação do 21º FIG.

Para saber a relação de todos os segmentos culturais, cliquem no link abaixo e busquem por área.
.
http://www.fundarpe.pe.gov.br/fundarpe-divulga-propostas-habilitadas-a-compor-programacao-do-fig-20111

Vantagens do carvão ecológico - Os briquetes!


Aos sábados, sempre por volta do meio-dia, gosto de tomar duas cervejas comendo um galetinho assado lá em Roberto, meu amigo da época de banco, e que tem seu estabelecimento na entrada da Liberdade, próximo ao semáforo. Feito este pequeno comercial, vamos ao assunto.

Esta semana Roberto me mostrou um saco do carvão ecológico. Uma série de pedaços de carvão todo compactado, com o qual está assando seus frangos. Paula, sua esposa, disse-me que é um pouco mais caro, mas rende mais, aliás muito mais, e além disso tem a questão da consciência ecológica.

Achei muito interessante. Não sei se é comum, (perdoem-me a ignorância) mas eu nunca tinha visto. Aí fui buscar informação na internet e achei estas informações, inclusive de uma empresa aqui mesmo de Garanhuns.

Os pedaços do carvão ecológico são chamados de briquetes.

Produto feito com aglutinantes naturais, tendo como matéria-prima base, finos de carvão. Não contém produtos químicos.
Tamanho Padrão: 50mm de diâmetro.
Peso médio: De 200 a 300g (cada). 100%
Liberado pelo IBAMA.

O Carvão Ecológico tem as seguintes vantagens:
- Alto poder calorífico (maior que o da lenha e do carvão vegetal)
- Alta temperatura de combustão
- Não produz labareda (não queima a carne)
- Queima por mais tempo mantendo uniforme a temperatura do forno ou da churrasqueira - regularidade térmica
- Queima sem emitir fumaça nem odores desagradáveis
- Produto higiênico 
- Não suja as mãos nem o ambiente de trabalho
- Fácil manuseio com menor espaço de estocagem
- 100% ecológico

Usar briquetes significa manter a boa qualidade do ar e também preservar as florestas para as gerações futuras. Pense nisso. "A cada tonelada de carvão reciclado, evitamos o corte de 7 árvores."
.
Fonte: CARVÃO ECOLÓGICO BIOMASS
.
Agora comigo: Sigam o exemplo do Roberto!

Garanhuns não quer dividir o Festival de Inverno


Confirmada pela própria FUNDARPE, este ano o Festival de Inverno de Garanhuns terá um novo formato, alguns dos eventos aconteceão nas cidades circunvizinhas, seguindo o mesmo formato que vem sendo aplicado no Festival Pernambuco Nação Cultural.

Porém, aqui em Garanhuns, o governo do estado estará encontrando resistência, pois uma grande parcela da sociedade, principalmente entre os formadores de opinião, e aí estão incluídos estudantes, professores, profissionais liberais, artistas, comerciantes, entre tantos outros, não estão assimilando bem esta nova iniciativa, temendo principalmente a pluralização e desmembramento de um evento que foi forjado, nascido e estalecido em nossa cidade, sendo a principal identidade cultural de Garanhuns.

Sem me posicionar sobre se seria positivo ou negativo, pois há um aspecto interessante de levar arte e cultura para outras cidades da região, coloquei a enquete no blog para saber a resposta dos nossos e-leitores, e ela não poderia ser mais contundente. Em um universo de quase 300 votos, 80% não quer dividir o Festival com outros municípios, e aí não é arrogância nem egoísmo, é simplesmente não aceitar se desfazer daquilo que temos de melhor e que projeta nossa cidade no âmbito nacional, alavanca nosso turismo e é a chave propulsora da nossa economia em nossa alta estação. A menos que ficasse comprovado os benefícios dessa descentralização, o risco é iminente da perda de identidade, características e fluxo natural de pessoas.

Outra questão a ser levantada é... E a gente, onde é que a gente opina sobre o que é da gente? Parece que mais uma vez somos os últimos a saber sobre a festa que está sendo dada em nossa casa.

Até vejo alguma coisa de interessante na ideia, mas não da forma como foi concebida, sem preparar o campo para a plantação.

A Fundarpe deve estar pronta para a rebordosa quando for divulgada a programação oficial. Pois, este é um dos problemas da administrações estaduais, pensam que entendem Garanhuns, uma cidade diferente, que pensa sozinha, e que infelizmente está sem força política.

Vamos ao resultado da enquete:

Quanto à decisão da Fundarpe de realizar eventos em outras cidades da região no Festival de Inverno, você...

Considera positivo, pois mostra o crescimento do FIG e integra culturalmente a região, proporcionando mais oportunidades para os artistas e a população. 57 (19%)

não concorda. O Festival de Inverno é um patrimônio cultural da cidade e dissolver com atividades em outros municípios pode descaracterizar e fragmentar sua proposta 233 (80%)

Votos apurados: 290

Nunca antes na história desse país


Com o estilo reservado de Dilma governar, a figura do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso tem aparecido mais, tem dado mais entrevistas e sido solicitado mais pela mídia. Isso acaba por aumentar o reconhecimento de que muito da estabilidade econômica vivida no país e o início dos investimentos nos programas sociais começaram em seu governo.

Lula utilizou frequentemente a estratégia de jogar todas as mazelas do país sob suas costas, sempre comparando os dois governos, como se não tivesse havido os anteriores, aliás, quase todos eles da era moderna aliados do petista, exceto os do PSDB.

Dilma não! No aniversário de FHC chegou até a enviar-lhe uma carta muito elegante em que, mesmo deixando claro as diferenças ideológicas, elogiou sua trajetória política.

FHC ligou para a presidente para agradecer.

Na visita de Obama ao Brasil, Dilma convidou todos os ex-presidentes. O único que não apareceu foi justamente Lula.

Com isso, FHC aos 80 anos, marcha com elegância no posto de ex-presidente. Desavenças políticas à parte, Dilma acerta em cordialidade e respeito à figura do ex-presidente socialista.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.