PERNAMBUCO EM AÇÃO

PERNAMBUCO EM AÇÃO
Clique na imagem

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Pesquisa ou indicação, qual o critério que o governador vai adotar em Garanhuns?


Já disse aqui que temos mais de uma dezena de pré-candidatos em Garanhuns que esperam a indicação do governador. Muitos só saem candidato se tiverem o seu apoio, ou melhor, a grande maioria, e alguns deles nem aparecem nas pesquisas, mas sabem que se estiverem de mãos dadas com o homem, a coisa se torna possível.

Porém têm as pesquisas por aí, que indicam algumas preferências, e são sempre citados os nomes já conhecidos do eleitorado, naturalmente. Zé da Luz, Izaías Régis, Aurora Cristina, Sivaldo Albino, Fernando Ferro, Adolfo Lopes, Silvino Duarte, Paulo Camelo, entre outros. São políticos que já passaram pela experiência das urnas.

Outros possíveis candidatos e neófitos na política eleitoral como Pedro Falcão, Alexandre Marinho, Márcio Quirino, praticamente não aparecem. E como esperar que o governador indique?

Aí é que está. Qual o critério?

Se ele disser -"vamos olhar as pesquisas", vai apoiar quem tá na frente e tem mais condições olhando apenas as intenções de voto? Vai olhar também percentuais de rejeição?

A outra possibilidade é o nome ser indicado, sair daqui como a proposta de um grupo, formado pelo maior número de partidários e lideranças possível. Chegar dizendo que o nome em Garanhuns é fulano de tal.

Se o critério for pesquisa, o nome será um já conhecido do povão. Se for escolhido por um grupo, é provável ser um nome novo.

Imaginar que qualquer um deles terá unanimidade é inocência, mas dá pra formar um grupo com a maioria, é o que está tentando as lideranças regionais do PSB, indicar um nome ao governador que seja viável eleitoralmente.

Pode ser de fora do partido? Pode sim, pois imagino que os diálogos serão abertos, mas pelo andar da carruagem acho que o partido do governador entra no jogo como protagonista.

E tem mais, quanto mais pré-candidatos tivermos neste momento é bom. É bom pra cidade que Izaías queira, que Zé da Luz se movimente, que Fernando Ferro se posicione e entre na disputa. Mas que possam usar seus dividendos políticos para trabalhar pela cidade.

E também que surjam novas alternativas, novas opções para renovar nossa política.

Tem muita gente imaginando que com a aproximação do PSDB ao governador, até Silvino pode participar das conversas. Acho difícil, mas como se trata de política e o governador tem sido um coração de mãe...

Imagina se Silvino consegue reverter a sua inelegibilidade!

Tá todo mundo se movimentando. Pedro Falcão trouxe seu domicílio eleitoral para Garanhuns. Alexandre Marinho está com um pé no PSD de Kassab. Sivaldo trouxe Jungmann e reafirma sua candidatura a prefeito. Aliás, 2014 também já começou.

Portanto, se alguém quiser ser o candidato sem olhar as pesquisas vai ter que ser pela indicação da maioria, ratificada pelas principais lideranças locais e regionais atreladas ao governo de Eduardo Campos.

E aí? O que acham? Pesquisa ou indicação? Talvez ambos.
Pra terminar, se Ferro realmente quiser topar a parada, precisa demonstrar com vontade e protagonizar a articulação para viabilizar sua candidatura. Deve chamar a responsabilidade pra si, como o craque de um time!

Novas informações sobre o goleiro Gustavo do Sport e o jogador Elivélton do Vasco



O jogador do Vasco Elivélton passa bem. O goleiro Gustavo acaba de ser dispensado do Sport e a polícia no estádio abriu um boletim de ocorrência da agressão.

Agora comigo: Será que o Sport vai acompanhar o atleta, pois no momento da agressão ele vestia a camisa do clube?

Creio que a agressão de Gustavo vem na carona de outras situações criadas pelo Sport este ano. O clube pernambucano perdeu a esportiva e desaprendeu a perder, e quando isto acontece muito dificilmente reconhece o mérito do adversário, culpando gramado, iluminação, arbitragem, bola, e outros fatores.

A pressão pela vitória em seus atletas parece ser maior, e no resultado negativo a explosão de raiva tem sido constante, ou vão esquecer Alex Bruno e Marcelinho Paraíba no campeonato pernambucano?

E tem mais, o exemplo vem da diretoria, pois, pela vitória, valeu até a exposição de pactos com babalorixás em que se pagou um boi, com acompanhamento da mídia, como se os atletas não fossem capazes de resolver em campo.

Creio que outros clubes também fazem isso, mas sem esta exposição de que pela vitória vale tudo.

Assim, a derrota é mais sentida, pois não é aceita. Coisa natural no futebol, onde somente dinheiro não forma um grande time.

Foi com tudo isso na cabeça que um menino de 18 anos, o goleiro Saulo, entrou em campo, tendo ídolos dentro do clube que se não resolvem na bola, partem pra agressão covarde, e uma diretoria que faz tudo pra vencer!

E agora, quando o menino precisaria de acompanhamento psicológico e de advogados, e presidente já se antecipou e desligou o atleta do clube! E agora? Vão tratar o garoto como bandido também? Ao menos era de casa, formado nas categorias de base do próprio clube.

Ele só fez o que aprendeu nos últimos meses. Vejam as cicatrizes da saída de Carlinhos Bala que expuseram uma ambiente não sadio nos bastidores do clube.

O Sport é grande, e continuará sendo, mas os últimos meses têm sido angustiantes, dentro e fora de campo! Deixou de ser notícia pelo futebol que apresentava até um tempo atrás para ganhar as manchetes negativas!

Estourou nos juniores!

Goleiro júnior do Sport dá voadora em jogador do Vasco que sai de campo com suspeita de lesão na coluna - Veja o vídeo




Está sendo disputada em Belo Horizonte uma competição com equipes de juniores, o Sport representa Pernambuco. Clubes tradicionais como São Paulo, Cruzeiro, Flamengto e Vasco também participam do torneio. Foi justamente contra a equipe cruzmaltina que o goleiro Gustavo se revelou um verdadeiro lutador de jiu-jitsu ou de outra arte marcial, a partida estava parada, com confusão e um atleta vascaíno no chão aguardando atendimento. Nisto chega o Gustavo e atinge covardemente o atleta do Vasco, numa atitude violenta e covarde, e pior, Elivélton foi levado ao hospital com suspeita de lesão na cervical.

O Sport perdia por 3 a 1.

Deve ter aprendido com Marcelinho Paraíba.
.

O aniversário de 99 anos de Anita Valença e o blog do Tiagão


Nosso amigo Tiago Valença agora também é blogueiro. Apaixonado por futebol, estará colocando sua opinião aqui na net, mas claro, também irá nos brindar com outras informações, como um álbum fotográfico do aniversário de 99 anos de Anita Valença, comemorado por muitos amigos e principalmente a família tradicional de Garanhuns.

Parabéns a ambos, muita sáude e paz!

Vejam as fotos no blog do querido amigo!
.

Entidades se unem para oferecer cursos e melhorar a qualidade do leite na região


Curso: Qualidade do Leite e Ordenha Higiênica

Ministrado pelos seguintes professores da Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE e técnicos da Associação dos Criadores de Pernambuco – ACP.
Dr. Severino Benone Paes Barbosa - UFRPE
Drª. Maria Prisciliana de Brito Ferreira - UFRPE
Drª. Argélia Maria Dias - UFRPE
Dr. Gilvan Silva – UFRPE
Dr. Rafael Leonardo Vargas Martinez – ACP
Dr. Warner Silva – ACP.

Entidades envolvidas:

1. Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifica e Tecnológico – CNPq;
2. Diretoria de Programas Temáticos e Setoriais – dpt;
3. Coordenação Geral do Programa de Pesquisa em Agropecuária e Biotecnologia – CGAPB;
4. Coordenação do Programa de Pesquisa em Agropecuária e Agronegócio – COAGR;
5. Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE;
6. Associação dos Criadores de Pernambuco – ACP;
7. Projeto Balde Cheio de Caetés;
8. Gabinete da Palma;
9. CEPLEITE.
10. ProRural

Metodologia do curso:

Três temas. Um tema a cada mês, com duração de um dia apenas, das 09:00 às 15:00 horas. O público será o mesmo para todos os temas. O último tema será ministrado em um dia de campo. Cada curso terá 50 vagas.

Distribuição das vagas:

Ordenhador / Criador e Ordenhador / Criador = 35 vagas.
Estudantes / Agentes / Técnicos = 15 vagas.

Caetés
Dia 26 de Julho de 2011.
Local: Casa de Eventos ou Escola Estadual
Participação:
Prefeitura Municipal de Caetés.
Secretaria de Saúde;
Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Recursos Hídricos;
Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Pecuária;
Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável – CMDRS;
Projeto Balde Cheio.

Garanhuns
Dia 27 de Julho de 2011.
Local: Laticínio BOM GOSTO
Participação:
Laticínio BOM GOSTO;
Universidade Federal Rural de Pernambuco – Unidade Acadêmica de Garanhuns – UFRPE/UAG
Secretaria de Agricultura de Garanhuns;
CEPLEITE
SEBRAI
SENAR;
SENAI
Ministério da Agricultura e Reforma Agrária;
Banco do Nordeste do Brasil

Paranatama
Dia 28 de Julho de 2011
Local: Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Paranatama
Participação:
Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Paranatama;
Cooperativa dos Produtores Rurais de Paranatama – COOPRONATAMA;
Associações Rurais de Paranatama;
Secretaria de Agricultura de Paranatama.

Secretário de Cultura de Pernambuco faz avaliação do Festival no Jornal do Commércio


"Pra mim, o FIG é o maior festival de cultura do Brasil!". As palavras são do secretário de Cultura de Pernambuco, Fernando Duante, que avalia como positiva a primeira edição do Festival de Inverno de Garanhuns feita sob sua gestão. Bastante presente nos diversos palcos e espaços culturais armados pela cidade, o gestor vislumbra uma maior projeção cultural, turística e econômica do evento e anuncia que o planejamento do FIG 2012 será iniciado em setembro deste ano. Também quer trabalhar para ampliar a sua visibilidade e garantir maior espaço para manifestações artísticas como, por exemplo, o circo.

De acordo com ele, já está sendo negociada com a prefeitura de Garanhuns um local para abrigar lona maior, com capacidade para 2 mil pessoas, a fim de abrigar as atividades circences do próximo ano. De fato, não só o circo, mas o grande interesse do público por eventos ligados à literatura, dança, teatro e outras artes talvez confirmem a opinião do secretário sobre a grandiosidade do festival exposta anteriormente. Ao rodar pelos diversos polos culturais do FIG, a reportagem do JC presenciou famílias inteiras frustradas por não conseguir entrar para ver espetáculos de circo, de dança e peças de teatro infantis.

A procura por oficinas, o sucesso dos eventos literários, ingressos de teatro esgotados rapidamente também reforçam o conceito de que o Festival de Garanhuns vai muito além da programação dedicada à música. Uma das novidades deste ano, o Agente da Palavra (ação na qual poetas recitavam poesias para transeuntes e moradores em suas casas) foi muito bem recebido pela população e visitantes. E mesmo quando não era, rendia boas histórias como esta relatada pelo próprio secretário: "O poeta Valmir Jordão chegou numa casa e perguntou: 'Ô de casa, tem alguém aí?'. Falaram lá de dentro: 'Não tem ninguém não, todo mundo saiu!. Então, Valmir respondeu: 'Obrigado, fantasma!'", conta Duarte em meio a risos.

Sempre tendo cuidado em não dar tom de promessa a suas observações - ou melhor, intenções, como ele procura frisar - Fernando Duarte diz que já chegou a hora de "nacionalizar a importância do festival", ou seja, fazer com que ele se torne mais conhecido, mais respeitado em outros cantos do país e figure nas páginas de revistas e jornais de estados do Sul, Sudeste e demais regiões do Brasil. Para tal, ele pensa em uma intessante e ousada estratégia de potencialização do conteúdo artístico do FIG: a criação de diversos minifestivais os quais, juntos, integrariam o festival maior. A ideia é fortalecer todas as linguagens de forma que cada uma se torne em si atrativa para seus públicos específicos. Exemplo hipotético seria a criação de um festival de música erudita de Garanhuns. Apesar de estar inserido dentro da grade geral do FIG, o espetáculo musical contaria com ações de divulgação direcionadas aos amantes da música clássica. A mesma lógica serviria para a literatura, circo, cinema e assim por diante.

Leia a reportagem completa no Caderno C desta segunda (25).
.
Agora comigo: Ouvi entrevistas do secretário Fernando Duarte e do presidente da Fundarpe Severino Pessoa, e senti uma maior preocupação cultural com o FIG, principalmente no sentido da divulgação, e oferecer maior participação ao município.
As falhas foram observadas ao longo do evento, muita coisa chegou a ambos e demonstraram vontade de resolver. A questão de nacionalizar o Festival e expandir a mídia para todo o país, principalmente os grandes centros urbanos do Nordeste, parece que vai virar realidade!
É aguardar pra ver, e renovar o crédito a esta nova gestão!
 
Obs. Consultei meus amigos twiteiros e a aprovação foi total, praticamente unanimidade. Muitos concordam comigo quando também dizem que foi o maior festival da história.

Campeonato de Futebol Amador movimenta a Boa Vista


Pelo 24º ano consecutivo o bairro da Boa Vista realiza o seu Campeonato de Futebol Amador. A Competição, que reúne as melhores equipes amadoras da localidade, conta com o patrocínio da Prefeitura de Garanhuns, através da secretaria de Comunicação Social e Esportes.

Depois de vários confrontos na fase classificatória, as equipes do Chelsea, Vasco, Brasiliense e Internacional estão classificadas na Categoria Titular para as semifinais. No próximo domingo, dia 31, haverá os confrontos entre as equipes do Chelsea x Vasco e Brasiliense x Internacional, que decidirão as equipes que farão a final da Competição. Os jogos têm inicio as 10h e serão realizados nos campos de várzea localizados nas imediações do Cemitério São Miguel. A grande final esta prevista para acontecer no próximo dia 7 de agosto.

ASPIRANTES – Já entre os Aspirantes, os confrontos são os seguintes: Jatobá x Brasiliense e Vasco x Argentina. Os jogos têm inicio as 8h15min, sendo realizados como preliminar dos confrontos pela Categoria Titular.

A movimentação política no Festival de Inverno


Os bastidores políticos de Garanhuns ferveram neste Festival de Inverno. Com a presença do governador por aqui, todo mundo tentou tirar uma casquinha, cada um buscando mostrar que é a melhor opção pra o homem apoiar.

Praticamente todos os pré-candidatos estavam por aí, nas ruas e principalmente, nos camarotes, nos contatos e nas rodas de conversas.

Do lado da oposição estadual, Silvino, Aurora e Sivaldo estiveram sempre circulando, e muito cumprimentados.

Mas a coisa pega mesma é na multidão de pré-candidatos do lado do governador, tem mais candidato que eleitor. Izaías estava com seu camarote sempre lotado, recebendo os amigos. Seu blog acabou virando uma espécie de coluna social do evento, registrando as personalidades nos camarotes. Izaías aproveitou para circular bastante, a foto, inclusive, é no Boião´s Blues, ao lado do próprio Boião e do senador Armando Monteiro.

E por falar em senador, praticamente a nata da política pernambucana passou por Garanhuns, prefeitos, deputados, senadores, secretários, etc. Até o senador Randolph Rodrigues, que sendo nosso conterrâneo, foi eleito pelo Amapá.

Zé da Luz esteve nos camarotes, e no sabadão de encerramento apareceu até na Budega! Estava com o ex-veeador Daniel da Silva.

O camarote do governador estava sempre aberto, e recebeu personagens da política regional, dezenas de prefeitos como Eudson Catão, Alexandre, Sandoval, Júnior Lúcio, até da oposição, como o ex-prefeito Ivo Amaral, que foi bastante procurado. O governador fez uma visita de cortesia ao ex-prefeito devido seu acidente e fez questão de levá-lo ao seu camarote. Desse mato sai coelho.

Aliás, Eudson Catão tem patrocinado o programa Radiola de Ficha, que reuniu grande público nos dois sábados, com a apresentação de Marcos Cardoso.

Nos corredores da estrutura de camarotes o assunto predominante era a política.

Amigos como Alexandre Marinho, Tony Neto, Marcílio Maia, vereadores como Ary, Sílvio, Marcelo Marçal, Fernando Couto, Prof. Luiz Carlos, eram presenças constantes nas rodas de conversa.

Alguns personagens saíram maiores deste festival.
- Paulo Camelo, que com sua ideia de nacionalizar o Festival de Inverno como patrimônio cultural do Brasil, conseguiu trazer o senador Randolph Rodrigues para nossa cidade e conseguiu bastante atenção da mídia local.
- Paulo Lins, que com a recondução à direção da GRE, teve dezenas de faixas espalhadas pela cidade, conseguiu repercussão também com uma página no Jornal FOLHAVOX e agora estando neste blog e no de Roberto Almeida, linkando para o novo blog da GRE, com muitas informações administrativas do órgão, elogiado até pelo governador.
- Pedro Falcão, que foi mais uma vez prestigiado pelo governador que esteve na UPE, e o convidou pessoalmente para o seu camarote.
- Izaías Régis, que teve um dos camarotes mais movimentados do Festival.
- Mídia blogueira da cidade, que fez a maior divulgação do evento, impactando pela internet positivamente para o sucesso do festival.
- Prefeito Luiz Carlos, que seria massacrado se o Festival tivesse algum declínio, e que fica um pouco mais aliviado com o sucesso do evento.
- A própria Fundarpe, que nos últimos anos praticamente bancou o FIG, tanto na concepção e gerenciamento quanto nos custos da realização. Recebeu várias críticas quanto a falta de divulgação e falha na comunicação com a cidade, gerando uma série de boatos e informações desencontradas, mas sai reconhecida pelo grande festival.
- Emissoras de rádio, que trabalharam os dez dias (até antes com os programas específicos) levando informação aos ouvintes, mais uma vez sem receber patrocínios dos realizadores do evento.

E voltando ao campo político: Qual terá sido a impressão que o governador levou de Garanhuns?

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.