GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CLIQUE E SAIBA MUITO MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Erotismo além do arco-íris

Jovens que gostam de poesias acabam de criar um blog, porém com um diferencial, o erotismo.

Gostaram da ideia? acessem.

http://www.contosdearcoiris.blogspot.com/


Fino, grosso, longo, cores variadas, não dá pra definir uma forma única, a variação é a graça e o atrativo.

Pouco importa se a forma é cilindricamente ideal, o melhor é o prazer que ele proporciona. Ahhh!!! E como é bom!!

Sei de gente que acorda de madrugada com uma vontade incontrolável, e se não tiver um por perto, se irrita, fica triste e volta dormir cheia de vontade.

Algumas pessoas têm suas preferências, mas dependendo do momento e situação, qualquer um serve.

O local tem que ser minuciosamente escolhido, não dá pra se sentir à vontade em todos os lugares, mas, quase sempre acontece na rua mesmo, não dá pra segurar a vontade, e é em público mesmo, dependendo da ansiedade, do nervosismo, da emoção e desejo: é procurar qualquer cantinho acender o cigarro e dar aquela relaxada.

Klébia Sampaio.
.
Vejam lá, encontrarão a Fernanda, Alexandre Revoredo e muita gente boa.
.

Veja o vídeo do discurso da Presidenta Dilma Rousseff, durante aula inaugural do curso de Medicina do campus Garanhuns, da Universidade de Pernambuco



Durante o evento, a Presidenta anunciou que o governo vai criar o Plano Nacional de Educação Médica.

Dilma pede para levarem projeto do Festival de Inverno ao Iphan

Ao ser perguntada por Luciano André sobre seu apoio ao projeto de transformar o Festival de Inverno de Garanhuns em Patrimônio Cultural e Imaterial do Brasil, que inclusive já está em poder do senador Randolph Rodrigues, Dilma Roussef afirmou que não precisaria passar pelo Congresso, que os organizadores poderiam levar diretamente o projeto e o requerimento para o Iphan - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Quanto a vir ao Festival de Inverno, a presidente disse que seria um prazer, já que ano passado não pôde participar devido a campanha eleitoral, mas que ficou com muita vontade, só faltando o convite.

Luciano André, claro, a convidou na hora!

Dilma trata exclusivamente da área de saúde em seu discurso na UPE


O ex-presidente Lula era sempre muito bem humorado em seus discursos, fazendo a plateia rir em vários momentos. Não queiram isto de Dilma, mas a presidenta vai no cerne da questão, fala o que tem de falar, e foi isto que ela fez na aula inaugural do curso de medicina da Universidade de Pernambuco, Câmpus Garanhuns, há poucos instantes.

Até que ensaiou uma brincadeira e foi muito feliz com o exemplo.

Segundo Dilma, pesquisas comprovam que muitos médicos recém formados acabam ficando nas regiões onde estudaram e fizeram residência. E foi isto que ela pediu: -"Estudem, façam amigos, criem laços com esta região, namorem, casem, ... Ajudem a transformar esta região em um polo de excelência em saúde".

O discurso da presidente Dilma Roussef foi voltado ao tema de educação de saúde. Iniciou, antes mesmo de citar as autoridades, saudando os estudantes presentes. Relembrou a trajetória do ex-presidente Lula, que aos 13 anos de idade precisou deixar a região por falta de oportunidades. Hoje, o Brasil vive um movimento migratório do sudeste ao Nordeste, são as pessoas voltando pra casa, ou profissionais que vêm em busca das oportunidades profissionis devido o crescimento regional.

A interiorização do ensino público superior e a chegada das Universidades Federais a regiões esquecidas foi enaltecido. Mas tem muito a ser feito. Faltam médicos em todas as regiões do país. No Nordeste contamos com apenas 17% dos médicos do país, e a regição concentra 30% da população nacional. Para melhorar o quadro, o governo está criando o Plano Nacional de Educação Médica, que deve ser lançado até outubro. O Ministro Fernando Haddad estava presente na UPE.

A ordem é interiorizar. O Brasil precisa de um crescimento pleno, social e para todos.

Dilma se referiu várias vezes em transformar Garanhuns em um exemplo para o país, com um ensino de qualidade e polo de saúde, e que não mediria esforços para esta implantação, com a parceria do Ministério da Educação e do Governo de Pernambuco. Tudo isto deve levar a uma profunda transformação do país, segundo a presidente: "Precisamos aumentar a oferta regional de oportunidades", reforçou Dilma.

Em sua passagem por Garanhuns, em conversas e em entrevistas, principalmente com a Rádio Marano, única FM de Pernambuco a entrevistar a presidente Dilma, foram tratados temas como Festival de Inverno, duplicação da BR-423 e os problemas nas construções dos polos educacionais da Universidade Rural e do Instituto Técnico Federal.

Voltamos já!

Governador fala da vocação de Garanhuns, Dilma começa a falar!

Enquanto ainda não temos uma noção da vocação de Garanhuns, parece que o governador Eduardo Campos tem a certeza do que a cidade precisa. Há poucos instantes, falando na aula inaugural do curso de medicina da UPE, fez questão de ressaltar os perfis de educação e de serviços da cidade, e que em poucos anos, somente na área de medicina contaremos com mais de 500 estudantes, e isto, junto com outros investimentos no setor como a Universidade Rural, já tem impactado positivamente vários outros setores econômicos no município, como o imobiliário.

Eduardo foi bastante aplaudido. Neste exato momento, a presidente Dilma começa a falar e quebrou o protocolo para, antes de citar as autoridades presentes, cumprimentar os alunos que iniciam o curso de medicina.

Senadores, deputados estaduais, deputados federais, prefeitos e diversas outras autoridades estão presentes. A grande maioria tem alguma ligação com a UPE como Fernando Ferro, Paulo Rubem Santiago, Inocêncio Oliveira (os três já conseguiram verbas para a instituição no campus Garanhuns), Luciana Santos, Wolney Queiroz, entre outros.

Dilma relembrou o fluxo que está havendo neste momento de nordestinos do sudeste voltando pra casa, e isto é fruto de investimentos sociais, como a universidade no interior do país. Criando uma nova inclusão social.

O prefeito foi citado e bem recepcionado pelas pessoas presentes, numa atitude diferente da campanha política, quando da última vez que Dilma esteve em Garanhuns.

Mas o nome mais aplaudido foi Pedro (Henrique) Falcão, quando foi citado por Dilma como gestor da UPE-Garanhuns, pois, é claro, ele está em seu momento especial. 

Café com Poesia recebe os escritores Samarone Lima e Helder Herik


O Sesc Garanhuns promove, nesta terça-feira (30), a partir das 19h30, o projeto Café com Poesia. Os convidados desta edição são os escritores Samarone Lima e Helder Herik, que discutirão o painel temático “Nos caminhos da prosa e da poesia”. O público que comparecer ao evento poderá conferir ainda a apresentação musical do saxofonista Wellington Souza. Realizado pelo Laboratório de Autoria Literária Luzinette Laporte, o projeto acontece no salão de eventos da unidade e tem entrada gratuita.

Quem são SAMARONE LIMA E HELDER HERIK ?

Samarone Lima, 42 anos, natural do Crato-CE. Vive no Recife há mais de vinte anos. É escritor e jornalista, autor dos livros "Zé" (Mazza, 1998), "Clamor" (Objetiva, 2003), "Estuário" (Bagaço, 2006) e "Viagem ao Crepúsculo" (Casa das Musas, 2009). Em setembro, lança seu primeiro livro de poesias - "A praça azul" e "Tempo de Vidro"(Ed. Paés). Escreve crônicas semanais no site www.estuario.com.br e publica seus poemas no blog www.quemerospoemas.blogspot.com Samarone está entre os 10 finalistas do Prêmio Jabuti deste ano, o principal prêmio literário do Brasil na atualidade, com seu livro Viagem ao Crepúsculo.

Helder Herik é natural de Garanhuns, professor, poeta, autor dos livros “Amorte”, “ As plantas crescem latindo” e “Sobre a lápide: o musgo”.

Dilma está esperando o projeto da duplicação da BR-423 para começar a obra

Há instantes, a presidente Dilma Roussef concedeu uma entrevista ainda no Aeroporto de Caruaru, onde pousou para se deslocar para Cupira e Garanhuns, daqui deve seguir de Helicóptero para Recife.

Na entrevista ao repórter Luciano André da Rádio Marano, a presidente afirmou que a duplicação da BR-423 deve estar terminada, ou próxima da conclusão, ainda no seu governo, e que ainda não começou porque aguarda um projeto do governo do estado.

Dilma disse que o trecho é até pequeno, apenas 80 km, e que deve ser iniciado tão logo chegue este projeto em Brasília.

Dilma falou a Luciano também sobre a possibilidade do Festival de Inverno ser considerado patrimônio cultural do Brasil e as obras na Universidade Rural.

Conto já.

Instalado, em Recife, o Comitê da Memória, Verdade e Justiça, com a presença de vultos históricos da luta contra a Ditadura Militar.


Com a presença e representação de vultos históricos da resistência à Ditadura de 64, como Gregório Bezerra (por seu filho Jurandir Bezerra), Francisco Julião (por sua filha Anexina Julião), Elizabeth Teixeira, Abelardo da Hora, ex-deputados Agassiz Almeida e Clodomir Morais, instalou-se, há poucos dias, na av. Visconde de Suassuna 99, Boa Vista, Recife, com mobilização de várias entidades defensoras dos direitos humanos e o apoio do Ministério Público de Pernambuco, o Comitê pela Memória, Verdade e Justiça, visando articular respaldo dos amplos segmentos da sociedade para a aprovação do projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional, cujo objetivo é a abertura dos arquivos da repressão militar de 1964/1985.

Obedecendo a uma ampla programação, coordenada pelo vereador Marcelo Santa Cruz e Edival Cajá, com destaque para exibição do filme Os Trinta anos da Anistia e execução do hino das Ligas Camponesas e, afinal, o momento mais alto dos trabalhos: depoimentos de personalidades da contemporânea história de resistência ao regime militar de 64, entre as quais, Elzita Santa Cruz, em nome dos mortos desaparecidos, Alexina Julião, Agassiz Almeida, Elizabeth Teixeira, Clodomir Morais, Abelardo da Hora e Jurandir Bezerra.

Esta mobilização em nível nacional para a criação de Comitês da Memória, Verdade e Justiça em vários estados do país contou, em Pernambuco, com o apoio decisivo do Ministério Público, por seu Procurador-Geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon de Barros, com formação desde as suas lides acadêmicas em defesa das liberdades democráticas. A criação desses comitês visa despertar a sociedade brasileira para o projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional, que cria a Comissão Nacional da Verdade, a qual tem por finalidade a abertura dos arquivos secretos da repressão militar.

Com o auditório do Ministério Público completamente lotado, vários testemunhos foram ouvidos, destacadamente, com profunda emoção, o de Alexina Julião, que relatou o longo padecimento de seu pai pelos calabouços do regime militar e o seu exílio em vários países.

Outro depoimento pranteado com intenso sentimento de dor foi o de Elizabeth Teixeira, causando na plateia intensa emoção. Depondo, Agassiz Almeida relatou o seu desterro logo nos primeiros dias de abril de 1964 à ilha de Fernando de Noronha, onde se encontravam Miguel Arraes e Seixas Dória. Com grande impacto de indignação, Agassiz externou a sua revolta em face da conivência do Brasil com os torturadores e genocidas da ditadura militar, cuja atitude violadora das convenções internacionais mereceu da ONU e da OEA veemente condenação.

Há 32 anos, acentuou Agassiz Almeida, um congresso emasculado fez publicar, em 1979, uma lei a que deram o nome de anistia.

O que se assistiu no curso desses anos, desde a promulgação dessa caricata lei de anistia? Um desfile da impunidade satisfeita e até agressiva.

Que democracia excrescente!

Na elaboração do meu livro A Ditadura dos generais, estive em vários países: Argentina, Chile e Uruguai. Assisti a torturadores e genocidas arrastados às barras da Justiça e condenados.

Aqui, no Brasil, formou-se, pior do que a impunidade, um nicho do cinismo em que os torturadores, acobertados por certo militarismo caolho e amparados em poderes comprometidos com o que existe de mais sórdido no recente passado da nossa história, agridem o próprio Estado Democrático de Direito.

Este Comitê da Memória, Verdade e Justiça tem a História como fanal.
.

Mexicanos podem vir participar de congresso nacional em Garanhuns

Criadores de Gado do México estão extremamente interessados em participar do 2° Congresso Brasileiro de Palma e outras Cactáceas. A Palma no México não é utilizada na alimentação animal. Quando, participando de uma Exposição de Animais no sul do país, tomaram conhecimento da utilização da palma na ração dos bovinos, caprinos e ovinos e da realização do nosso Congresso, solicitaram que a Associação dos Criadores de Pernambuco – ACP enviassem o Convite/Programação. Há uma real possibilidade da vinda de uma grande delegação mexicana para participar do maior evento de Palma no Brasil.

Novo prazo

Atendendo o apelo de vários congressistas que desejam apresentar Trabalhos Científicos, a Comissão Organizadora do 2° Congresso Brasileiro de Palma e outras Cactáceas, reunida nesta segunda-feira 29, por sugestão dos Drs. Djalma Cordeiro e Airon Melo, resolveram adiar por 15 dias o prazo para entrega dos trabalhos. Assim, o prazo que se encerraria na próxima quarta-feira dia 31 de agosto foi prorrogado até o dia 15 de setembro.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.