HIPER TODODIA

HIPER TODODIA
CLIQUE NA IMAGEM

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS
TUDO SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS - FIG 2017

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE E SAIBA MAIS

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

TV Asa Branca - 20 Anos - Veja o vídeo que a emissora fez em homenagem a Garanhuns

Quero matar meu chefe em Garanhuns

AESGA INICIA MAIS UMA TURMA DE PÓS-GRADUAÇÃO

A Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (AESGA) iniciou neste último final de semana, dias 26 e 27 de agosto, mais uma turma de Pós-Graduação do curso de Gestão de Negócios e Pessoas.

E para dar início ao Curso, o primeiro encontro foi marcado pelo módulo de Dinâmica e Integração, ministrado pelo professor Gustavo Lira. De acordo com informações da Coordenadora de Pós-graduação e Extensão Universitária da AESGA, professora Virgínia Spinassé, a turma é composta de 46 alunos, entre os quais estão empresários, executivos, tecnólogos e outros profissionais. “A nossa proposta é oferecer novos conhecimentos e oportunidade de especialização para um mercado de trabalho que é cada vez mais competitivo e desafiador”, destacou Spinassé.

A Coordenação de Pós-Graduação informa ainda que já estão abertas as inscrições para novas turmas de Direito Civil e Processual Civil e Gestão Pública, previstas para iniciarem no próximo mês de outubro.

Serviços: Mais informações pelo e-mail: posgraduacao@aesga.edu.br ou pelos telefones: (87) 3761-1596/Ramal 205 e (87) 9945-2888/De segunda a sexta-feira, no horário de 8 horas e 30 minutos às 13 horas e 30 minutos, bem como das 19 às 22 horas.

Nesta sexta, dia 02, Festa do Sinal com a TROPICANA, no Bar Escritório

Funcionários do Hospital Dom Moura têm consultoria comportamental

A atividade profissional nos serviços públicos em Garanhuns, não é diferente nenhuma parte do mundo: Trabalhar sob pressão constante, socorrer pessoas e resolver problemas, lidar com vidas em perigo, sempre se qualificando para atender de forma rápida, sem perder a eficiência e tudo isso sob uma intensa carga de stress, vinda de todos os lados, interna e externamente.

E quem trabalha nos serviços públicos de saúde, vive constantemente sob esse clima em suas jornadas profissionais, independente da sua função.

Para amenizar um pouco essa stress, o Hospital Regional Dom Moura vem sendo atendido por um profissional da psicanálise que colabora com o equilíbrio dos diversos profissionais daquela unidade. O Dr. Gilson Tavares é psicanalista e educador e consultor comportamental (gestão de pessoas, palestras comportamentais e motivacionais) e explica os objetivos desse trabalho: “Promover a auto-avaliação, o autoconhecimento, a reflexão como profissional e a reflexão pessoal, o conhecimento do outro, a estimulação da empatia, a humanização e harmonização do ambiente laboral. Esse é o primeiro passo para que seja iniciado o processo de geração de espírito de cooperação, de pertença, de valorização individual e coletiva, essencial para uma equipe de sucesso e essencial para um clima de harmonia laboral.”

Dr. Gilson vem criando, juntamente com a administração do Dom Moura, processos que favoreçam e promovam o surgimento de atitudes individuais, coletivas e administrativas, contribuindo assim para o alcance dos objetivos citados e principalmente, a melhoria constante da qualidade de vida, pessoal e profissional, estendendo essa melhoria no atendimento ao público.

Se quiser saber mais acerca do profissional: http://www.gilsontavares.blogspot.com/

Garanhuense na MIMO

Tá no blog do Censura Livre.
.
A 9º Mostra Internacional de Música de Olinda, que começa no dia 05 de Setembro, abrirá este ano espaço para exibições de filmes e documentários com temática musical. Dentre os documentários selecionados através de classificatória, está "À SUA IMAGEM E SEMELHANÇA", que conta com o garanhunense Thiago Lira na equipe de produção.

Já falamos antes do Thiago aqui, mas pelo sobrenome vocês já advinham a linhagem do cara. Filho da Ana Jaíra, sobrinho do Jonas, Jorge, Agrário (esqueci quem??).
Com duração de 18 minutos, o documentário parte do conceito de "cover" para discutir a imagem e semelhança deste universo, a partir da perspectiva das próprias bandas. Para isso, conta com a participação da Beatles 4Ever (SP), primeira banda cover do Brasil, Seu Chico (PE), Del Rey (PE), entre outras. A produção será exibida no dia 10 às 18h. no Seminário de Olinda.

Ficha Técnica:
Direção, Roteiro e Montagem: Thiago Lira
Produção: Arícia Alves e Virgínia Ramos
Fotografia: Thiago Lira e Virgínia Ramos
Direção de arte: Arícia Alves, Thiago Lira e Virgínia Ramos
Trilha sonora: Beatles 4Ever, Seu Chico, Del Rey, Los Hermanos Cover, Thammy Spears.
 
Veja o trailler.
 

Programação da Budega neste final de semana

Final de semana com programação muito legal na Nova Budega, valorizando os artistas de Garanhuns.

Quinta 01/09 - Michelly dos Anjos / Samba 3
Sexta 02/09 - Michelly dos Anjos / Hercinho
Sábado 03/09 - Rafael / Audejan

Em uma só programação cinco nomes da cena cultural garanhuense.

Michelly já se apresentou várias vezes no Festival de Inverno.
Samba 3 é o projeto do Alexandre Revoredo junto com o Roberto e o Nino, um repertório maravilhoso de clássicos do samba e chorinho brasileiros.
Hercinho é o cara de Garanhuns que esteve no programa Geléia do Rock do canal Multishow.
Rafael é um dos percussionistas de Rogério e os Cabra, e que faz um trabalho solo muito interessante.
...E Audejan, dispensa apresentação, um dos mais completos músicos da música pernambucana, do naipe de Elomar e Xangay, cantador da Aroeira, que canta as coisas da gente com sotaque e poesia.
Portanto, fico à vontade pra convidar pra Budega!

Amigos de Garanhuns no Facebook saem da internet e têm primeiro encontro


Aconteceu na CDL, nesta quarta-feira, o primeiro encontro real do grupo de amigos que se formou na internet e que visa fazer uma ampla discussão da cidade. Começou como um espaço para postar recordações e gerou uma discussão sobre Garanhuns, a situação de algumas ruas, praças e prédios históricos.

A política garanhuense também tem sido muito criticada.

O empresário Betinho Cândido praticamente foi o idealizador do grupo que foi crescendo e hoje conta com mais de 800 membros. É claro que têm visões antagônicas e posicionamentos diversos, mas a interseção é mesmo a cidade.

Depois de uma semana meio conturbada, em que o Reinaldo quase desiste do movimento, sendo ele um dos que mais motivam a discussão, o encontro acabou por mostrar que a ideia continua viva e pode gerar frutos num futuro próximo.
Tá aí a foto como marco inicial.

Jornal O ESTADO DE SÃO PAULO diz que Campus da UFRPE em Garanhuns está abandonado


GARANHUNS - No momento em que a presidente Dilma Rousseff ministrava uma aula inaugural no curso de Medicina da Universidade Estadual de Pernambuco, professores e alunos do campus de Garanhuns da Universidade Federal Rural de Pernambuco, a cinco quilômetros dali, anunciavam, na terça-feira, 30, que a instituição, lançada pelo governo Lula como pioneira na interiorização do ensino superior do País, "está em coma profundo, na UTI, precisando de uma junta médica para salvá-la".

Servidores e alunos reclamam de inúmeros problemasEsgoto a céu aberto, falta de professores e servidores, de salas de aula, de laboratórios, de segurança, de ônibus, de água, alunos trabalhando como funcionários, hospital veterinário fantasma - tudo podia ser visto por quem visitasse a universidade.

A aula inaugural para alunos de Agronomia estava sendo dada, na terça-feira, no auditório - com cadeiras empilhadas -, por falta de sala. "A dificuldade é tão grande para entrar aqui e, quando chegamos, vemos que a dificuldade é ainda maior para sair aprendendo alguma coisa", resumiu o calouro Hugo Amadeu. "Ela (Dilma) vai atender a um curso de elite e aqui falta laboratório", emendou Lucas Albuquerque.

O professor Wallace Telino, da Associação de Docentes da Universidade, chama a atenção para a evasão de alunos e professores. O professor ressalva, no entanto, que, apesar desta "falta de tudo", ainda se consegue que alunos se destaquem em cursos e empregos, "mas apenas por mérito e esforços próprios". Para ele, o governo "está preocupado com números de universidades, mas se esquece da qualidade".

Apesar de o forte da instituição serem as ciências agrárias, os professores lembram que a universidade não dispõe de "um único hectare para trabalho experimental" e os alunos do curso de engenharia de alimentos estão prestes a concluir o curso sem uma aula prática.

Sem recursos. Embora a Universidade Federal Rural de Pernambuco tenha já dois câmpus problemáticos - os de Garanhuns e Serra Talhada - a presidente Dilma anunciou a criação de um terceiro, na mesma universidade, agora em Cabo de Santo Agostinho. "Não adianta ficar criando novas universidades e extensões universitárias se não forem dados, às que já existem, meios de funcionar com o mínimo necessário", disse o professor Antonio Ricardo Andrade.

Há um mês, como informou o Estado, outro câmpus da UFRPE, o de Serra Talhada, foi chamado de "museu de obras" pelos alunos. Levantamento do Ministério da Educação mostra que a UFRPE lidera a lista de serviços paralisados em universidades federais, com nove construções suspensas e duas obras interrompidas. A suspensão, segundo o MEC, deve-se a problemas com as construtoras, que abandonaram o canteiro, faliram ou demonstraram incapacidade na execução do trabalho.
 
O diretor da unidade de Garanhuns, Marcelo Martins, reconhece os problemas mas afirmou que um "enorme esforço" está sendo feito para resolvê-los. No caso das salas de aula, afirmou que o atraso de mais de dois anos se deveu à quebra de empresas contratadas para as obras. Os professores, alunos e funcionários encaminharam à Presidência um documento com 26 páginas de reivindicações e relatando os inúmeros problemas em Garanhuns. Os servidores, que estão participando da greve nacional da categoria, redigiram documento à parte com as suas queixas.
  .
reportagem: Tânia Monteiro, enviada especial de O Estado de S.Paulo
foto: Wilson Pedrosa/AE

Jovens terão aulas gratuitas de Inglês, Informática e violão


Depois de serem contemplados com atividades culturais e esportivas, os alunos do Programa Nacional de Inclusão de Jovens Adolescentes, o Projovem Adolescente, em Garanhuns, já contam com novos instrumentos de cidadania. Trata-se do oferecimento gratuito de cursos de Inglês, Informática e Violão. Inicialmente, as comunidades contempladas são: Heliópolis, a Comunidade Quilombola de Castainho, bem como do Distrito de Miracica.

Atualmente o Programa conta com 28 Núcleos distribuídos nas comunidades da Boa Vista, Dom Hélder Câmara (Cohab 3), Francisco Figueira (Cohab 2), Heliópolis, Bela Vista, Magano, Mundaú, Parque Fênix, Várzea e Vila do Quartel.

A iniciativa também contempla os Distritos de Iratama, Miracica, São Pedro, assim como as Comunidades Quilombolas do Castainho, Estivas, Timbó e Caluête, bem como os jovens da Fundação de Atendimento Sócio Educativo de Pernambuco (FUNASE). São 500 alunos inclusos no Programa. Dentre as temáticas trabalhadas no Projovem, estão: justiça cidadã, meio ambiente, saúde e esporte/lazer. O trabalho é viabilizado através de atividades lúdicas, palestras, oficinas e atividades extra classe.

A duração do Programa é de dois anos e as aulas acontecem três vezes por semana, em dias alternados. Podem participar do Programa, jovens na faixa etária de 15 a 17 anos, que tenham permanência escolar e sejam oriundos do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) ou cuja mãe esteja cadastrada no programa Bolsa Família. Jovens portadores de deficiência física, que possam ter um convívio social e não precisem de ajuda para se locomover, também podem ingressar no Projovem. Apenas dois adolescentes de cada família podem participar do Programa.

O Projovem é um programa do Governo Federal, com o apoio da Prefeitura, e que objetiva auxiliar a escola, trabalhando jovens para a vida e o mercado de trabalho, despertando interesses inerentes ao seu desenvolvimento social e humano, refletindo sobre temas ligados a juventude.

CONVERSA DE ESCRITOR REÚNE NOMES DA LITERATURA NORDESTINA

Nesta quinta-feira (1º), a partir das 19h30, o projeto Conversa de Escritor, do Sesc Garanhuns, promove uma roda de leitura e recital com Sandoval Ferreira (Garanhuns), Ésio Rafael (Recife), Chico Pedrosa (PE/PB) e provocação do poeta Edison Roberto (Arcoverde).
A ação, que acontece no salão de eventos da unidade, faz parte da programação do Laboratório de Autoria Literária Luzinette Laporte, e tem como público-alvo estudantes, professores, poetas, prosadores e os interessados na temática. A entrada é gratuita.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.