HIPER TODODIA

HIPER TODODIA
CLIQUE NA IMAGEM

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS
TUDO SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS - FIG 2017

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE E SAIBA MAIS

domingo, 9 de outubro de 2011

Parque Euclides Dourado se transforma no Parque da Alegria para a Festa das Crianças


Dia das Crianças é no Parque da Alegria. É com esse tema que a Prefeitura de Garanhuns vai realizar a festa das crianças no Município. Uma estrutura composta por equipamentos de lazer e diversão, como cama elástica, brinquedos infláveis, roda gigante, carrossel, gincanas, distribuição de brindes, palhaços, atividades esportivas; apresentações de Bandas Marciais e shows artísticos com temas infantis está sendo montada no Parque Euclides Dourado, para que, gratuitamente, a criançada possa vivenciar um dia inesquecível. A programação acontece no dia 12 de outubro, no horário das 13 às 17 horas.

Este será o segundo ano da realização, que tem a coordenação das secretarias de Assistência Social e Comunicação Social e Esportes. A expectativa é que cerca de seis mil crianças sejam atendidas neste dia. Para tanto, a Prefeitura vai disponibilizar banheiros químicos, área coberta, e espaços para possíveis atendimentos médicos, dotados de ambulância e enfermeiros. “Também contaremos com a participação da Guarda Municipal, Policia Militar, Corpo de Bombeiros e do Conselho Tutelar, além de uma equipe de monitores que atuarão na organização das filas para cada equipamento de diversão. A meta é garantirmos uma festa bonita e segura para as crianças que visitarão o Euclides Dourado neste dia”, registra o secretário de Comunicação Social e Esportes, Carlos Eugênio, que coordena o Evento.

As bandas marciais do Colégio Diocesano de Garanhuns e de escolas estaduais e municipais participarão da programação. O artista Geraldo Simeano, que interpreta diversos personagens famosos, comandará um tributo ao Palhaço Carequinha, contando, inclusive com a participação dos palhaços Patatí– Patatá Cover. As crianças atendidas pelo projeto Prefeitura Presente também participam da festa.

MANUTENÇÃO DO PARQUE – Para receber o evento, bem como para oferecer mais conforto aos seus usuários, o Parque Euclides Dourado vai receber uma série de melhorias. O Playground será revitalizado, com a manutenção dos equipamentos e pintura; o pórtico de entrada, bem como o complexo compreendido pela Biblioteca, Banheiros Públicos, Academia das Cidades e Quadras Esportivas também receberão uma nova pintura.

1. O momento da filiação do professor Pedro Falcão; 2. As pessoas de fora que amam Garanhuns de verdade


Alçado à condição de pré-candidato a prefeitura, principalmente pelos bons resultados de sua gestão à frente da UPE-Garanhuns, que lhe rendeu o convite para a pró-reitoria do interior do estado, o professor Pedro Falcão esperou até a quarta-feira, dia 5, para filiar-se ao PSB, partido do governador Eduardo Campos. Foi uma opção racional, já que para ousar em sua candidatura precisaria do apoio do próprio governador.

Especulava-se que dentre os nomes da cidade, Eduardo Campos teria preferência por Pedro, por se tratar de um quadro jovem e sem os vícios da política local, principalmente depois do bom momento vivido com a criação do curso de medicina na cidade.

Como não podem mudar de partido, todos os bons nomes filiados nos últimos dias se tornam plano B para o PSB, caso a nova estratégia da vinda de Antônio João Dourado para Garanhuns não encontre no seio da sociedade a acolhida esperada.

Porém, em alguns momentos, o nome de Pedro foi tratado como forasteiro, no mesmo balaio que Antônio João Dourado. E é aí que discordo! Quanto a Pedro, Izaías, Ivo Amaral, Silvino, Bartolomeu, etc.

Pode-se discordar de suas condutas políticas, mas não se pode desmerecer a vida que construíram aqui.

Não sou tão radical quanto Paulo Camelo que exige a naturalidade em nossa cidade para uma candidatura. Embora respeite e entenda seu posicionamento. É uma forma de lutar pela cidade, de fazer valer o amor que se tem por ela.

Mas creio que a legitimidade acontece quando se escolhe esta cidade para viver, constituir família, e nela crescer e produzir naturalmente, como tantas pessoas que temos aqui, que amam verdadeiramente Garanhuns mas nasceram em outras cidades. Muitas já estão aqui há décadas.

Gente que escolheu nossa cidade, deixando definitivamente sua terra-natal, e aqui encontrou paz, trabalho e amizades, e nossa cidade entrou em seus corações como um carinho de uma terra materna. A política é, portanto, natural, você quer participar das decisões da terra em que definitivamente vive. Ela não pode ser por si só o objetivo final. Entendo assim.

Vejo que tem muita gente que não nesceu aqui, que ama Garanhuns mais que muitos conterrâneos que vendem, a cada eleição, seus votos e suas consciências. Presenteando à cidade-mãe com o relento e indiferença.

Outros nomes como Hélder Carvalho e Izaías Régis, são exemplos de gente que se estabeleceu em Garanhuns, e que aqui reconstruíram suas vidas. Se as pessoas concordam ou não com o que defendem, é outra história, mas não se pode negar a estes e qualquer outro que não tenha nascido aqui, o desejo de contribuir com Garanhuns.

Estes que vivem e amam Garanhuns continuarão por aqui depois das eleições, independentemente do resultado delas, pois a escolha de aqui morar não teve, no momento da decisão, objetivos políticos.

É o caso de Pedro Falcão e de outros amigos como Roberto Almeida e Maria Almeida, que mesmo sem política, têm dado uma contribuição enorme ao desenvolvimento desta cidade, e que seria muito legítimo se qualquer um desses, um dia, quisesse participar da política local.
.

A batalha em Garanhuns e a guerra em Pernambuco!


Nos últimos dias, a política de Pernambuco pareceu aqueles jogos de guerra, um tabuleiro onde as peças vão invadindo territórios, exércitos conquistam novas províncias, generais vencem batalhas com suas estratégias, etc.

Fico com a impressão que ninguém estava de fato preocupado com a adminitração nem com nada em nossa cidade, mas apenas em garantir o território nesta batalha para a guerra de fato em 2014.

Portanto, essa história de que a vinda de Antônio João é por conta de sua qualidade de administrador é balela, na verdade ele vem como o homem a conquistar um importante povoado para o comandante maior.

Vamos partir de duas afirmativas:

1. A oposição em Pernambuco está cadavélica, e muitos de seus soldados estão mudando de lado.
2. Armando Monteiro e Humberto Costa não são os candidatos de Eduardo Campos à sua sucessão.

Pronto, estão aí os motivos para a movimentação em Garanhuns.
Eduardo sabe que se quiser continuar com o poder em Pernambuco mesmo depois que deixar o trono, não poderá entregar a Armando ou Humberto, pois estes têm luz própria.

O PT e o PTB já sabem disso e por isso já estão se articulando isoladamente. Armando caminha para o centro para ocupar um espaço vago deixado pela oposição. Assim, já conversou com Sérgio Guerra e esta semana fez um afago a Roberto Magalhães.

O PT levou várias de suas lideranças a importantes cidades, principalmente da região metropolitana. Conseguiu segurar João Paulo, Tereza Leitão em Olinda e até Fernando Ferro vai estrear numa campanha para o executivo, no Cabo de Santo Agostinho, terra comandada por Lula Cabral, do PTB de Armando.

Armando preferiu não se pronunciar.

O PT recebeu a filiação do ex-prefeito de Petrolina, Odacy Amorim, que era do PSB, e o partido do governador contra-atacou levando o ministro Fernando Bezerra Coelho para assombrar a corrida sucessória do Recife, orgulho do PT.

Aliás, tá todo mundo de olho na capital. Paulo Rubem, do PDT, saiu de Jaboatão e se filiou em Recife.

Essas mudanças mostram que as três grandes forças para a campanha de 2014 estão numa guerra interna, e Garanhuns entrou no tabuleiro.

Eduardo olhou o jogo e viu a oposição forte em Garanhuns, com Silvino, Aurora e Sivaldo. Izaías é do PTB de Armando, e quando procurou as suas peças, a melhor delas foi Zé da Luz, que ele já não apoiou com vontade nas últimas eleições, pois existe uma resistência muito forte ao seu nome nas classes média e formadores de opinião na cidade. Outros nomes como Pedro Falcão, Givaldo Calado, Márcio Quirino e Alexandre Marinho ainda não despontam nas pesquisas levadas ao governador, então foi proposta uma estratégia de ataque, uma jogada de mestre, trazer um novo general para a batalha: Antônio João Dourado. Só não esperavam a resistência bravia dos habitantes locais.

Portanto, Garanhuns, em tese, seria um território do PTB na próxima batalha, naturalmente. Izaías é deputado estadual, defendendo o governo Eduardo Campos há seis anos na Assembleia, deveria receber naturalmente o apoio oficial, inclusive do prefeito atual. Não recebeu porque Eduardo não está olhando Garanhuns, mas sua própria sucessão, e não deseja ver a bandeira de Armando fincada em nossa cidade, precisa ver a sua própria bandeira, e assim aceitou a estratégia oferecida como uma possibilidade real.

Aguarda-se para ver o posicionamento de Armando Monteiro.

Portanto, Garanhuns é apenas parte do tabuleiro que leva ao Palácio do Campo das Princesas.

...E a continuar assim, parece que os exércitos aliados começarão a duelar uns com os outros.

A oposição morimbunda agradece...

...e Garanhuns caminha sem um projeto competente de desenvolvimento através da sua administração municipal, pois este objetivo passa a ser secundário no tabuleiro da sucessão estadual.
.
PS. Informaram-nos, que os textos dos blogs de Garanhuns estão nas mesas de muitas lideranças políticas no estado, então a todos vocês um grande abraço e obrigado por prestigiar nosso trabalho.

Embora já estejamos calejados de buscar o reconhecimento oficial da Secretaria de Imprensa de Pernambuco. Eu e meu compadre Roberto Almeida!

A Budega vai bombar!

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.