PERNAMBUCO EM AÇÃO

PERNAMBUCO EM AÇÃO
Clique na imagem

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Alunos da Rede Municipal vivenciam Semana de Ciência Tecnologia e Inovação


A Prefeitura de Garanhuns, através da Secretaria de Educação, promoveu no período de 17 a 21 de outubro, a primeira Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (SMCT&I). A temática do evento foi “Mudanças climáticas, desastres naturais e prevenção de riscos”, a mesma abordada na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

Uma das principais atividades da SMCT&I foi o Concurso de Vídeo em Celular com o tema “Um minuto para salvar o mundo”. Os alunos tiveram que gravar um vídeo através da câmara do celular, com duração máxima de um minuto, representando seu olhar sobre o tema do concurso. Os vídeos foram analisados por uma comissão avaliadora que observou critérios como a objetividade, originalidade, criatividade, organização, o ineditismo, e a conclusão da idéia. Os cinco melhores vídeos foram postados no site: www.youtube.com.br para o público ter acesso as produções dos estudantes. Os três mais acessados foram premiados. O resultado final, divulgado na última sexta-feira, dia 21 de outubro, contemplou os três primeiros lugares com um celular para cada equipe e para cada professor orientador.

Em primeiro lugar ganhou o vídeo "A poluição dos rios", produzido por alunos da 7ª série/8º ano da Escola Municipal Governador Miguel Arraes de Alencar, que obteve 318 visualizações. Em segundo ficou o vídeo "SOS Planeta" criado pelos estudantes da 6ª série/7º ano da Escola Municipal Governador Miguel Arraes de Alencar, com 303 visualizações. Em terceiro lugar ficou com o vídeo "Repensando, recusando, reduzindo e reciclando" desenvolvido pelos alunos da 4ª fase do EJA da Escola Municipal Silvino Almeida de Oliveira, que alcançou 301 visualizações.

Participaram da realização, alunos das escolas da Rede Municipal de Ensino, cursando os anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano) e alunos das turmas da modalidade EJA – Educação de Jovens e Adultos – da terceira e quarta fases.

A SMCT&I também reservou outras atividades como palestras, mesa redonda, estudo de campo sobre as voçorocas de Garanhuns com um especialista da área, e diversas modalidades de oficinas pedagógicas. A intenção foi mobilizar a população, especialmente crianças e jovens, em torno de temas voltados a ciência e tecnologia, despertando neles a curiosidade e o gosto pelo aprendizado da ciência. As atividades foram desenvolvidas pela Secretaria de Educação do município junto ao grupo de Articulação da SMCT&I, formado por representantes da Universidade Federal Rural de Pernambuco – Unidade Acadêmica de Garanhuns (UFRPE/ UAG), Autarquia de Ensino Superior de Garanhuns (AESGA) e do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE).

De acordo com o secretário de Educação, Marcelo Moura, o evento será realizado anualmente, baseado na Lei Municipal nº 3.521/2007. O objetivo é proporcionar aos alunos, professores e interessados por esse campo, a ampliação do conhecimento científico.

Izaías pede ao estado investimentos para agricultura e distrito industrial de Garanhuns

Encravada no Agreste Meridional, Garanhuns necessita recuperar atividades como a agricultura e investir, cada vez mais, na prestação de serviços. A opinião é do deputado Izaías Régis (PTB) que, ontem, voltou a defender o amplo debate com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Júlio, a fim de que a população possa opinar sobre o crescimento local.

“Garanhuns é um município polo. As cidades circunvizinhas convergem para lá”, ressaltou, defendendo, mais uma vez, a criação de um distrito industrial.

“Não queremos atrair grandes empresas. Porém, precisamos ter algum tipo de incentivo para atrair outras de pequeno porte e centros de distribuição”, pontuou.

Áreas como a pecuária, que há seis anos foi considerada falida, em Garanhuns, vêm se destacando com a inseminação artificial, de acordo com o petebista.

“Entretanto, é preciso um olhar especial direcionado à agricultura, que já foi reconhecida por produzir feijão, algodão e outras culturas”, disse, agradecendo ao deputado Claudiano Martins Filho (PSDB) pelo projeto de lei que concede o Título de Suíça Pernambucana a Garanhuns.

Fonte: Diário Oficial do Estado de Pernambuco

O Grupo Magiluth é a atração de hoje do 3º Festival SESC de Artes Cênicas de Garanhuns

O Grupo Magiluth traz para o Festival de Artes Cênicas de Garanhuns a Demonstração do Trabalho do Concreto ao Mangue – Aquilo que meu olhar guardou para você.

Composto por alunos oriundos do curso de Artes Cênicas da UFPE, o Grupo Magiluth surgiu em 2004 a partir de um trabalho de conclusão de disciplina. Após três anos de experimentos, os alunos/atores do Magiluth optam por se profissionalizar, seguindo a idéia do teatro de grupo, por constituir uma categoria de organização e produção teatral em que um núcleo de atores, movidos por um mesmo objetivo e ideal, realiza um trabalho em continuidade. E nessa estrada o grupo montou trabalhos com características diversas:

Corra - trabalho de pesquisa e experimentação da linguagem cênica que envolve o conceito do ator-narrador para falar do "Efeito Borboleta", vertente da Teoria do Caos.

Ato - experimentação da arte do clown que une conceito, técnica e poesia inspirados na linguagem cênica de Beckett para falar das relações de poder.

1 Torto – Trabalho de pesquisa combinando novas propostas do teatro contemporâneo. Discutido um tema sentimental num Reality Show.

Programação:
Quarta, 26 / 10
Demonstração de Trabalho do Concreto ao Mangue
Aquilo que meu olhar guardou pra você
60 min
Grupo Magiluth
Recife / Garanhuns-PE
Classificação: 12
19h
Salão de Eventos do SESC

Sindicato e servidores municipais fazem manifestação




O Sindicato dos Funcionários e Servidores Municipais de Garanhuns realizou uma paralisação no dia de hoje, na luta por aumento de salário para a categoria administrativa, que, segundo o sindicato, é a única esquecida pela instância executiva deste município.

As fotos são dos servidores levando suas reivindicações à Câmara de Vereadores, que depois, foram surpreendidos com a prefeitura cheia de guardas municipais na porta, segundo os manifestantes, foi assim que ela se preparou para receber seus próprios funcionários no dia de hoje.

Visita Técnica à Estação Experimental de São Bento do Una é o destaque da programação desta quarta-feira no 2º congresso Brasileiro de Palma e Outras Cactáceas

Em seu terceiro dia de realização, o Congresso Brasileiro de Palma e Outras Cactáceas comemora o sucesso do Evento. Desde a última segunda-feira, 25, uma série de atividades envolvendo palestras, minicursos, simpósios, exposições e debates marcam a 2ª edição do Congresso realizado no Hotel Tavares Correia, em Garanhuns.

Nesta quarta-feira, 26, a programação está voltada para uma Visita Técnica à Estação Experimental do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA-PE) de São Bento do Uma, como informa Airon Melo, um dos organizadores do Encontro. “A Visita tem como meta vivenciar na prática tudo o que vem sendo demonstrado no Congresso durante esses dias. Neste momento, os participantes irão conhecer a UD - Unidade Demonstrativa de Palma, no local há cerca de 20 variedades diferentes de palma. Eles serão apresentados às características, os métodos de processamento da palma e como deve ser feito o fornecimento para alimentação animal”, informou.

Logo após a Visita Técnica, tem início a Sessão Pôster, atividade acontece também no Hotel Tavares Correia, das 14 às 18 horas.

A 2ª edição do Congresso de Palma e outras Cactáceas acontece até quinta-feira, dia 27 e tem como objetivo discutir as formas de produção e utilização da palma e outras cactáceas, visando o melhor aproveitamento dessa planta. O Evento está sendo realizado com apoio da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária do Estado, por meio do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), da Associação dos Criadores de Pernambuco (ACP) e do Gabinete da Palma.



STF decide hoje se exame da OAB é constitucional

Tá no site do Diário de Pernambuco.
.

Bacharéis em direito e advogados de todo o país aguardam ansiosos o julgamento previsto para a tarde desta quarta-feira, no Supremo Tribunal Federal (STF), que definirá se o exercício da advocacia está condicionado à aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Mas não são apenas alunos, professores e profissionais de direito que se interessam pelo caso.

Um levantamento feito pelo Correio Brasiliense mostra que está em jogo no Supremo uma questão que envolve pelo menos R$ 18 milhões mensais, valor estimado que os cursos preparatórios recebem todo
mês de alunos que se preparam para as provas.

No Distrito Federal, os cursos para o Exame da Ordem custam entre R$ 1 mil e R$ 2,7 mil por um período de quatro meses, o que corresponde a uma média mensal de R$ 462,50. Anualmente, a OAB realiza três edições da prova, com um total de inscritos que varia de 120 mil a 140 mil por edição. Segundo o coordenador dos cursos jurídicos do Grancursos, Washington Barbosa, um terço dos inscritos costuma passar pelos cursos preparatórios.

Cercado de polêmica, a realização do Exame da Ordem divide opiniões, e o julgamento afeta diretamente a rotina dos 106 mil inscritos para a prova do próximo domingo. Caso o Supremo entenda que a avaliação não é necessária para o exercício da advocacia, estima-se que muitos candidatos desistiriam de comparecer à seleção.

O ministro Marco Aurélio Mello, relator do processo, acredita que a análise será concluída nesta quarta-feira. “O caso está na pauta e acho que vai ser apregoado, porque há interesse latente”, destacou. O recurso
extraordinário em julgamento, interposto por João Antônio Volante, integrante do Movimento Nacional dos Bacharéis de Direito, terá repercussão geral. Ou seja, a decisão terá de ser aplicada em toda a Justiça brasileira.

Para o presidente da OAB, Ophir Cavalcante, caso não houvesse a prova, o número de advogados dobraria e a seleção seria feita pelo mercado de trabalho, prejudicando a sociedade. Quanto à seleção da entidade ferir a liberdade da profissão, Ophir afirma: “Respeitamos muito a liberdade na escolha de cada profissão. Mas no direito especificamente, o Estatuto do Advogado, que é lei, estabelece determinados critérios para o exercício da profissão. Quem escolhe a advocacia sabe disso. É como o médico com a residência”.
 
Enquanto o STF decide a constitucionalidade do Exame da Ordem da OAB, alunos e educadores de direito reforçam o time favorável à prova. “A lei estabelece qualificações específicas para o exercício da profissão. Isso não é uma exigência feita unilateralmente pela OAB. A prova é uma exigência legítima”, pondera Mamede Said, professor de direito da Universidade de Brasília (UnB). Leo Bijos, aluno do oitavo semestre de direito no Centro Universitário de Brasília (UniCeub), e Caio Motta, calouro na instituição, concordam que a seleção é uma garantia da qualidade dos profissionais no mercado de trabalho. “É uma profissão que exige muito. A prova é uma forma viável de filtrar pessoas capacitadas para essa função”, avalia Caio. O colega acredita que provas semelhantes deveriam ser aplicadas para outros cursos de graduação, “como engenharia, por exemplo”.

Aluno do último semestre do UniCeub, Yuri Cunha, 22 anos, vai fazer o Exame da Ordem neste fim de semana e acredita que apenas uma minoria dos candidatos é contrária à prova. Para Yuri, o exame funciona como um controle das faculdades existentes. “Os cursos de direito estão se alastrando pelo país e a maioria é de baixa qualidade. Quem estuda de verdade durante os quatro anos de faculdade não teme a prova da OAB”, afirma ele, que dispensou o curso preparatório e está confiante na aprovação.

Qualidade

O diretor da faculdade de direito da Universidade de São Paulo (USP), Antonio Magalhães Gomes Filho, concorda com a avaliação do aluno sobre a péssima qualidade do ensino jurídico no país. “O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) funciona para fiscalizar o ensino médio e o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), o ensino superior. Manter o Exame da Ordem é uma garantia de melhora nas universidades de direito”, avalia.

Do Correio Braziliense

É preciso ter bom senso... de humor!

Essa galera do facebook é muito criativa...

O plano B para o PSB


Comenta-se que um grupo de 16 recém filiados ao PSB estariam dispostos a sair do partido em Garanhuns, mas parece que mudaram de opinião ao ouvir mais pessoas da sociedade e assim, decidiram esperar pela decisão da legenda sobre a concretização da candidatura de Antônio João Dourado em nossa cidade.

Imagina-se que até março ou abril o quadro esteja melhor definido e aí se verá a viabilidade da candidatura do prefeito de Lajedo em Garanhuns. Caso a população não registre nas pesquisas a possibilidade de vitória do candidato, é provável que o governador, e aqueles que pensaram neste projeto, possam reconsiderar a situação e buscar alternativas, podendo ser ainda dentro do partido, que recebeu excelentes nomes nos últimos dias de filiação visando as eleições de 2012.

Partidos aliados no plano estadual também poderiam ser chamados para conversar.

Alguns mais radicais dentro do PSB, inclusive, gostariam até de ver um nome se dispor neste momento para bater chapa numa convenção, para mostrar a força e a determinação dos que fazem a agremiação local e a existência de um projeto que possa ser gerido por representantes da nossa cidade.

O próprio PSB tem vários nomes que podem ser o plano B do partido de Eduardo Campos, com poder de unir vários outros partidos da base aliada no mesmo projeto.

E isto sem entrar em choque com o governador, pelo contrário, mostrando que aqui em Garanhuns ele poderá encontrar o gestor que precisa para seu projeto de desenvolvimento municipal.

Por isto, a decisão mesmo é aguardar, e que a repulsa gerada ao nome de Antônio João possa mostrar aos comandantes da legenda o erro da imposição do projeto. 

Enquanto isso, fora do campo político, várias instituições representativas da sociedade prometem também se mobilizar para mostrar a indignação pela forma como o processo político interno de Garanhuns sofreu com a intromissão de agentes de fora da cidade, e em nome da dignidade municipal, deverá se manifestar.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.