GOVERNO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Bicho Eventos anuncia Jota Quest em Garanhuns!


A sociedade da Bicho Eventos com Mano Imóveis, que juntos realizavam as festas na Arena Hall, está sendo desfeita, e a empresa de eventos passa a movimentar o MetroPlaza. O empresário se volta às suas atividades no ramo imobiliário, onde está consolidado como uma das maiores do estado, e a Bicho Eventos continua sua atuação na área de shows, trazendo artistas regionais e nacionais.

Na nova agenda já temos anunciados grandes bandas do país.

Logo após anunciar a volta do Chiclete com Banana ao Trio Elétrico em Garanhuns no evento Bicho Indoor, cujo abadás estarão à venda logo após o carnaval, agora os empresários Geraldo e Fábio anunciam a mega banda mineira Jota Quest, para comemorar os 20 anos da Bicho Eventos.

Aguardem maiores informações. 

Valeu Allan!

Astúcia do Samba e a TROPICANA animam Bloco Saúde na Folia - Aberto ao público!


Os profissionais da Secretaria de Saúde de Garanhuns vão agitar nas ruas da cidade nesta quinta-feira. Trata-se do Bloco Saúde na Folia, que sai pelo 7º ano, organizado pela própria secretaria em conjunto com a Assistência Social do Município.

A iniciativa pretende animar a programação pré-carnavalesca na Cidade com apresentações no Trio Elétrico das bandas Astúcia do Samba, que fará a concentração de frente ao Casarão de Ferreira Costa na Av. Rui Barbosa, e depois Ronaldo Cesar e a Tropicana vão botar a galera pra frevar, com repertórios de novos e antigos sucessos do carnaval pernambucano.

A festa é aberta ao público, que pode seguir o trio durante todo o trajeto até o centro da cidade, e a concentração começa às 13h30.

Mas o desfile não é só a festa, tem também seu lado didático para alertar a população sobre v´rios temas relacionados à Saúde.

O Bloco Saúde na Folia será composto por 12 alas que vão tratar sobre temáticas distintas, e que poderão ser colocadas em prática durante a festa momesca. Irão figurar no percurso festivo, alas como:

Álcool e Drogas;
Prevenção de mama, útero e infantil;
Proteção Solar, hanseníase e prevenção de câncer de pele;
Saúde Bucal;
Saúde do Homem e Violência no trânsito;
Sexualidade/ DST;
Tabagismo;
Hipertensão e Diabetes;
Vacinação;
Parceiros na Folia e o CRAS, que tratará sobre inclusão social.

Jorge Corte Real quer lei mais severa para os crimes de trânsito

Pelo menos, 160 pessoas morrem por acidente de trânsito no Brasil todos os dias. Foi assim nos últimos cinco anos. O dado, divulgado em 2011, é da seguradora que administra o DPVAT, o seguro obrigatório, pago todos os anos pelos brasileiros proprietários de veículos. Na maioria dos casos, as vítimas são os próprios condutores, que têm entre 21 e 30 anos de idade.

Para tentar diminuir estes números alarmantes, a Câmara Federal analisa o Projeto de Lei 2921/11, de autoria do deputado Jorge Côrte Real (PTB-PE), que altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97). O PL agrava as penas aplicadas aos crimes de trânsito e levanta uma discussão atual na sociedade, uma vez que o trânsito no Brasil mata igual ou mais que uma guerra, diariamente.

A ideia de Côrte Real é fazer com que os motoristas reflitam sobre as consequências dos seus atos e hajam com responsabilidade, e isto está diretamente ligado a atitudes mais enérgicas no âmbito da legislação.

“As penas não podem ser brandas, pois, deste modo, acabam servindo de incentivo para a prática de mais delitos de trânsito, imprimindo na mente do motorista criminoso a sensação de que ele está acima da lei quando se encontra atrás do volante de um veículo automotor”, lembra Real.

Pelo texto, a pena para o homicídio culposo passa a ser de detenção de dois a cinco anos e será aumentada pela metade se o motorista não possuir carteira de habilitação; o crime for praticado em faixa de pedestres ou na calçada; e o motorista deixar de prestar socorro à vítima do acidente. Atualmente a pena é de dois a quatro anos e é aumentada de um terço à metade. No caso de lesão corporal culposa, a pena passará de seis meses a dois anos de detenção para um a dois anos de detenção. E também poderá ser aumentada de um terço à metade para metade se o motorista não possuir carteira de habilitação.

A PL ainda aumenta a pena para o motorista que deixar de socorrer a vítima. Ela passará de seis meses a um ano de reclusão para um a dois anos. Já para o motorista que afastar-se do local do acidente, para fugir à responsabilidade penal, a pena passará de seis meses a um ano para um a dois anos de detenção. Já o motorista que dirigir alcoolizado poderá pegar de um a três anos de detenção, multa e suspensão e/ou proibição de dirigir. Atualmente essa pena é de seis meses a três anos.

A proposta ainda aumenta a pena de outros crimes, como o de participar de corrida não autorizada em via pública. A punição será de um a dois anos de detenção. Hoje é de seis meses a dois anos. A matéria será
distribuída nas comissões.

Municípios aparecem em out-door em Garanhuns



O Cabo de Santo Agostinho tem praias belíssimas. Gaibú e Calhetas recebem grande número de turistas, principalmente nesta época do ano. E para incrementar ainda mais os visitantes, out-doors foram espalhados por diversas cidades, como este, que mostra a paisagem de Gaibú, num claro convite ao sol do litoral.

Por outro motivo, a cidade de Bom Conselho também estampa um out-door na cidade. Trata-se de cursos de pós-graduação lá na Terra do Papacaça, e no canto inferior, vê-se o apoio da prefeitura.

São investimentos em publicidade que claramente trazem dividendos às cidades, principalmente as que focam no turismo. Tem que mostrar as belezas para atrair gente. Simples, né? Mas não fazemos. E não adiante só culpar prefeitura. A rede turística municipal bem que poderia bancar a disseminação de Garanhuns por outros estados.

Vamos torcer pelos clubes de Pernambuco

Gente, eu tenho a impressão que os campeonatos estaduais são para quem mora no estado. Né não?!?! Às vezes me pergunto como alguém comemora uma vitória do Flamengo contra a Cabofriense ou do Corínthians sobre a Catanduvense. Não moramos lá. Somente influência da TV. Estes campeonattos são distantes do Nordestino e do Pernambucano. Até entendo que as pessoas gostem, mas não podem suplantar a preferência pelos times locais, que de fato e de direito representam nossa gente, nossa terra, nossa cultura, enfim nosso povo.

Ainda bem que o Pernambucano valoriza seus clubes. Seria muito bom para o Nordeste se outros estados dessem mais valor aos seus clubes.

Gostaria também que outros municípios do Agreste Meridional investissem no futebol profissional. Serra Talhada e Salgueiro são praticamente vizinhas, mas cada uma tem seu clube no campeonato pernambucano.

As torcidas do estado se uniram para torcer pelo Salgueiro no nacional da série B do ano passado. Isso enaltece a força e o bairrismo deste estado de grande presença cultural.

Jornal SETE DIAS mostra a resistência de Givaldo no PSB


O empresário Givaldo Calado tem se movimentado em Garanhuns, feito reuniões e debatido sobre a eleição e projetos para nossa cidade. Porém, seu nome aparece mais como a resistência ao projeto do PSB estadual de lançar o prefeito de Lajedo, Antônio João, como o candidato do governador na Suíça Pernambucana.

O jornal SETE DIAS é editado pelo jornalista Jodeval Duarte.

Eventos dos roqueiros não têm violência


Há uma visão generalizada de que festa de roqueiro é uma baderna com drogas e violência, mas as estatísticas dizem outra coisa, desmentindo e pondo fim a um certo preconceito que existe aos jovens que "batem cabeça".

No último sábado, a Esplanada Guadalajara foi palco de mais um evento, esse aí do cartaz.

Temos que mudar a forma de fazer eventos públicos, geralmente com bandas que disseminam a prostituição e o alcoolismo, essas aí sim, geram violência contra a mulher, contra a família e principalmente no meio do público da festa, onde não raramente deixam feridos e até mortos na região.

Eu sinceramente continuo achando que dinheiro público é pra ser investido em bandas que tenham qualidade e agreguem público.

Exemplo, o Quinteto Violado está com novo trabalho (e livro) poderia perfeitamente estar nos eventos de Garanhuns.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.