GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

GOVERNO DE PERNAMBUCO

sábado, 10 de março de 2012

Garanhuns completa 201 anos neste sábado, 10 de março - Defende novo Instituto de História, Geografia e Cultura que está sendo criado na cidade!




10 de março de 2012, você sabe o que comemoramos neste dia? Saberá agora: Garanhuns comemora hoje 201 anos de emancipação política, isso mesmo, terra bicentenária, sem comemorações, sem eventos que marquem esta efeméride. O caso eu conto como ocorreu...

O Julgado de Garanhuns (antiga Capitania do Ararobá, que tinha sede na Vila de Cimbres) foi criado em 1762, com uma área que abrangia trinta mil quilômetros quadrados, como nos informa Alfredo Leite Cavalcanti (História de Garanhuns, pág. 120, Recife – 1983): “Exercendo a jurisdição sobre o território que lhe ficou, o governo do Julgado de Garanhuns o conservou e com ele passou à categoria de município, por Carta Régia de 10 de março de 1811, pelo que a antiga povoação do Ararobá, então Povoado de Santo Antonio de Garanhuns, foi elevada à categoria de vila, e denominada Vila de Santo Antonio de Garanhuns”.

Aí está o fato inexorável, Garanhuns torna-se município em 1811, instalado em 13 de dezembro de 1813, e já em 1836 é criada a comarca. Os municípios têm como sua data magna a data de sua emancipação política, assim acontece com quase a unanimidade dos municípios brasileiros. Esse equívoco criado com a comemoração de 04 de fevereiro de 1879 (elevação à cidade) cria um erro histórico, pois a simples elevação à cidade não corresponde a um ato maior que é o da emancipação política.

Anteriormente, pela Lei Municipal 1.377 de 17/05/1968, tínhamos 10 de março como data magna, mantida pela Lei Municipal 1.457 de 15/07/1970. O equívoco acontece a partir da Lei 1.667 de 24/07/1975, que implanta a distorção histórica. Daí a comemoração em 1979 do Centenário de Garanhuns (de elevação à cidade), mas naquele momento já nos aproximávamos dos 168 anos de emancipação! Um detalhe, sendo um dos municípios mais antigos do Estado, Garanhuns não poderia ter menos tempo de vida política que Águas Belas (1871), Caruaru (1857), Bezerros (1881) e tantas outras, que não passavam de arruados quando Garanhuns já estava estabelecida.

Importante: no mesmo ano de 1811 a Capela de Santo Antonio (a Freguesia é de 1786!) “foi reconstruída e transformada na Igreja Matriz de Santo Antonio”, escreve João de Deus de Oliveira Dias, na obra seminal A Terra dos Garanhuns (pág. 126, Garanhuns, 1954). Os limites de Garanhuns em 1811 foram publicados no “Almanaque de Garanhuns – nº1”, páginas 187/195, por Ruber van der Linden em 1936.

Imbuídos desse amor pela História dessa Terra das Sete Colinas, é que estamos, junto com outros e outras garanhuenses nos propondo a criar o Instituto Histórico e Geográfico de Garanhuns, buscando pela preservação da memória material e imaterial do município, suprir a lacuna de tanto descaso pela nossa histórica cidade. Parabéns Garanhuns, pelos 201 anos de emancipação política, o nosso presente será a luta do Instituto Garanhuns, para honrar seu passado, seu presente e seu futuro!
.
Texto: Audálio Machado Filho (Sócio Fundador do Instituto Garanhuns)
.
AGORA COMIGO: As cidades como Recife e Olinda têm suas idades contadas a partir da emancipação, quando se conquista a independência política, e portanto administrativa.

Garanhuns teria que começar a contar sua história há 201 anos, e não há apenas 133 anos, tornando-se mais jovem que muitas cidades menores na região, a exemplo de Canhotinho.

Precisamos resgatar e inserir Garanhuns no contexto histórico pernambucano, quando a região era macada somente por Pesqueira (Cimbres) e nossa aldeia.

Para terem ideia, esta terceira foto, com prédios vultosos no centro de Garanhuns é de 1890, ou seja, 122 anos. Isto mostra que a antiga Vila já era desenvolvida, e sua feira atraía gente de várias regiões do estado.

O Instituto Histórico Geográfico e Cultural de Garanhuns visa resgatar também outros marcos históricos, importantes para nossa memória e formação da identidade da nossa gente.

Sinto-me feliz de começar a fazer parte deste momento, sendo também sócio fundador do Instituto Garanhuns.

Maurilinho Mattos é homenageado em evento neste sábado em Garanhuns

clique para ampliar

O Luau Quatro Estações acontece neste sábado, dia 10 de Março, a partir das 20:00h, no Espaço Cultural Luis Jardim (Em frente a Ferreira Costa). O Luau nesta edição de Verão vai homenagear Maurilio Matos, Musico, compositor, Artista Plástico, poeta e instrutor musical.

Release

Maurilio Cysneiro Matos começou na música aos oito anos de idade em Garanhuns-PE, estudando piano com a professora Sylvia Galvão, da qual foi aluno até os dezesseis anos, passando ao aprendizado do violão paralelamente ao piano aos catorze anos indo em seguida para o Curso de Extensão Musical da UFPE. No entanto esse aprendizado que continua até hoje foi e é dirigido para a música popular. Já participou de vários festivais pelo Brasil a fora incluindo os vinte e um Festivais de Inverno de Garanhuns, Garanhuns Jazz Festival 2010 em sua cidade natal. Participou de vários grupos musicais em Garanhuns e Recife tocando em bailes, bares e teatros bem como apresentações individuais como violonista mostrando seu trabalho autoral. Suas composições são em sua maioria violonísticas. Tem também peças para duos, trios e quarteto com formações instrumentais diversas. Suas influencias musicais abrangem diversos estilos, partindo da música formal (erudita), passando pelo rock, baião, chorinho e etç. Está como instrutor de atividades artística do SESC Garanhuns há treze anos na área do violão. Em seus trabalhos utiliza o violai de cordas de nylon, de aço de 6 e 12 cordas, viola de 10, guitarra elétrica e teclado.

Programação:

Dj’s Black Power
O Poeta Sandoval Ferreira
Grupo Nós de Gato e o grupo tear teatro Com Intervenção Poética da Obra As Filhas de Lilith
Maurilio Matos
Leo Noronha
Ronaldo Cesar e a Tropicana

Olha a camisa do Encontro dos Amigos de Garanhuns, criada pela Avesso Comunicação


Esta é uma das camisas criadas pela Avesso Comunicação para o V Encontro dos Amigos de Garanhuns, que será realizado dia 17 deste mês no Círculo Militar em Recife, foram homenageadas filhos de Garanhuns ou que têm ligações, da sua obra com a Cidade, Ronildo Maia Leite, Luiz Gonzaga, Onildo Almeida, Dominguinhos e a professora Almerinda Espíndola Rodrigues.


Na logomarca, destacam-se as Sete Colinas.

Os homenageados tiveram frases de suas poesias ou canções estampados na camiseta.

Na programação, filhos de Garanhuns como Hercinho Gouveia, Alexandre Seixas e Ronaldo Cesar e sua Tropicana.

Blogueiros conversam com Rosa Quidute, do PT


Esposa do ex-prefeito Bartolomeu Quidute, portanto ex-primeira-dama do município, muito querida pela comunidade garanhuense e principalmente pela população mais carente, Rosa Quidute estará recebendo os blogueiros de Garanhuns na próxima segunda-feira, quando discorrerá sobre seus planos para o município, já que é oficialmente a pré-candidata do PT, partido de Lula e da presidente Dilma Roussef, à prefeitura da Cidade das Flores.

Rosa tem o apoio do diretório local, mas já foi confirmada em declarações do deputado federal Pedro Eugênio e do próprio senador Humberto Costa como a opção petista para Garanhuns. O nome de Rosa já foi avaliado em outras eleições, mas nunca disputou votos, estando sempre ao lado de Bartolomeu, usando seu prestígio e simpatia para o esposo.

Agora o voo é mais alto, e seu carisma estará no jogo, angariando os votos dos petistas para o projeto do partido. Para isto, tem feito reuniões e entrevistas em rádios e jornais.

Sobre essas e outras considerações é que vamos ouvir a Rosa Quidute.

Tem música clássica neste sábado em Garanhuns

catei no facebook do Válber van der Linden

Armando Monteiro pede união em Garanhuns pela cidade em torno da candidatura de Izaías Régis


Alguns amigos da imprensa foram recepcionar o senador Armando Monteiro no aeroporto, na pauta, suas declarações a respeito dos recentes comentários do prefeito de Lajedo, que disse que o governador pediria ao senador a retirada do nome do deputado estadual, Izaías Régis, do processo eleitoral em Garanhuns, para facilitar a vida de Antônio João.

O senador à imprensa já havia confirmado que a candidatura de Izaías é sólida, mas a melhor resposta veio em seu discurso à noite, na nova Câmara de Vereadores, quando recebeu o título de cidadão garanhuense.

Praticamente todos os políticos de Garanhuns estavam presentes, dos mais diversos partidos, dos novos pretendentes às disputas eleitorais aos mais experientes. Também estavam todos os pré-candidatos, só não anotamos a presença de Paulo Camelo, mas todos os outros estavam lá, num clima descrontráido, se cumprimentando e conversando, como manda o figurino numa noite especial, onde fora inaugurado o novo prédio da casa legislativa e onde personalidades receberam o título de cidadão, como o gestor da GRE-Agreste Meridional, Paulo Lins, o deputado federal Inocêncio Oliveira, o deputado estadual Izaías Régis e o próprio senador Armando Monteiro.

Inocêncio ainda recebeu a medalha Osvaldo Ferreira, de mérito político, e o prefeito Luís Carlos recebeu a medalha Luís Tenório de Carvalho, de mérito educacional.

Praticamente todos usaram da tribuna, com destaques para o vereador Sivaldo Albino e o senador Armando Monteiro. Izaías, em suas palavras, chegou a se emocionar, lembrando que mora em Garanhuns desde 1966, vindo da Vila de Terezinha. Recordou as dificuldades dos primeiros anos, ainda garoto, e que hoje, durante todo este tempo, nunca deixou a cidade, nunca morou fora, e constituiu aqui sua família, aqui nasceram seus filhos, e afirmou que pretende fazer por Garanhuns em gratidão a tudo que a cidade lhe proporcionou.

Pouco antes de receber o título de cidadão de Garanhuns, o senador Armando Monteiro avaliou que o município precisa se inserir no processo de desenvolvimento experimentado atualmente pelo Estado. “Garanhuns vive um momento importante, tem que se inserir nesse novo momento de Pernambuco, que se desenvolve a um ritmo acelerado e é fundamental inserir o Agreste Meridional e Garanhuns nesse processo”, ressaltou.

Armando Monteiro mantém uma relação histórica com o município, onde promoveu investimentos importantes, por exemplo, no SENAI e na implantação da Faculdade de Medicina do Agreste. O senador disse que é preciso reestruturar a economia local. “Garanhuns tem todas as condições para poder relançar a sua economia. Nós temos desafios, obras de infraestrutura muito importantes que precisam ser viabilizadas, a partir da própria duplicação da BR 423, que representa uma demanda muito importante da região. Mas precisamos também investir na diversificação da base econômica do município”, acrescentou.

Por isto, quase que abertamente, defendeu a candidatura de Izaías Régis, chamando os políticos locais para uma grande união com vistas para o futuro, criando uma agenda pró-desenvolvimento de Garanhuns, disse Armando Monteiro, em entrevista aos blogueiros da região, acrescentando: “Izaías está alinhado com esse momento da vida de Pernambuco, com as mudanças que vêm ocorrendo no estado, que vêm sendo construídas e operadas sob a liderança do governador Eduardo Campos”.

Para Armando Monteiro, “Garanhuns precisa atrair indústrias, precisa fortalecer o pólo educacional e fortalecer sua vocação histórica para o setor de turismo. Então, nós precisamos pensar uma nova agenda pró Garanhuns, para que volte a crescer e a ter dinamismo, a se desenvolver”.

O recado pareceu direcionado aos políticos locais, como Sivaldo Albino, Silvino Duarte, Zé da Luz e até o prefeito Luís Carlos, outras tantas lideranças políticas também ouviram o pedido do senador. Assim como representantes das mais variadas instituições da cidade.

A inauguração da nova Câmara de Vereadores acabou gerando seu primeiro grande debate, o da sucessão em Garanhuns. 

CMA COMEMORA 56 ANOS DE FUNDAÇÃO

Exiba Aniversario (2).JPG na apresentação de slides

Vivenciando atividades sempre voltadas para o desenvolvimento humano, social e cristão, além de ações culturais e esportivas, o Colégio Monsenhor Adelmar da Mota Valença, Instituição que tem a religiosidade como filosofia atrelada ao crescimento intelectual dos seus estudantes, comemorou nesta quarta-feira, 7 de março, 56 anos de Fundação.

E para marcar esta data, as comemorações de fundação do CMA foram vivenciadas com Jogos Comemorativos na Quadra do Colégio, numa divertida partida de futsal entre alunos e professores, na qual os alunos venceram por 5x4. A Festa contou ainda com bolo e refrigerante, num momento especial de confraternização entre alunos, professores e funcionários do CMA.

Já na quinta-feira, Dia Internacional da Mulher, todos os professores e funcionários do Colégio comemoraram a Data, além de vivenciar momentos de reflexão junto aos alunos acerca da influência da mulher na vida, na sociedade, focando o seu papel nos diversos segmentos.

SIGA O BLOG

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.