HIPER TODODIA

HIPER TODODIA
CLIQUE NA IMAGEM

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS
TUDO SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS - FIG 2017

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE E SAIBA MAIS

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Estudantes avaliam protesto no Recife

O estudante de medicina Kaio Galindo acaba de postar no grupo do movimento Pró-Medicina no facebook, um pequeno texto que explica o sentimento e a pretensão dos estudantes depois da mobilização de hoje na capital pernambucana. Comfiram:
.
Pessoal, como já sabem, realizamos um protesto hoje no momento do anúncio do vestibular 2013 da UPE. A própria população de Garanhuns nos ajudou com o combustível pra ir, ou seja, todos estão sensibilizados com nossa causa. Muito obrigado a quem nos ajudou.

No mais, o protesto foi pacífico e teve muuuuuuuuita repercussão na mídia, e essa era nossa intenção. Os resultados? Nosso Governador lê jornais? Assiste TV? Então esperemos pelos resultados! A gente tinha que fazer barulho, já que tentamos há UM ANO resolver na diplomacia.

Muito obrigado pelo apoio de todos. A luta continua... avante!

Confira a reportagem do JC sobre o protesto dos estudantes de medicina da UPE-Garanhuns nesta sexta-feira em Recife

cf59860674346c9872210e8ed070ed07.jpg

Durante coletiva de imprensa realizada nesta sexta (1) para anunciar as novidades do vestibular 2013 da Universidade de Pernambuco (UPE), 30 alunos do curso de medicina de Garanhuns da UPE protestaram contra a atuação situação do curso. Carregavam faixas e realizaram um apitaço.

Desde segunda-feira (28) os estudantes decretaram greve e esperam um posicionamento da reitoria. De acordo om o estudante Breno Moura, do segundo período, a política do estado de expansão dos cursos para o interior é boa, mas não concorda que seja a qualquer curso e sem qualidade. "Eles usaram 40 sonhos na aula inaugural e depois noa abandoram", lamenta o estudante.

A reclamação dos alunos diz respeito à falta de laboratório equipado com peças anatômicas naturais e artificiais. "As artificiais foram licitadas depois que iniciamos o curso e chegaram só na sexta passada". Além disso, os estudantes se preocupam com a falta de Hospital Escola onde terão que realizar atividades no início de 2013. O governo do estado analisa que o Hospital Regional Dom Moura sirva para esse propósito, mas os alunos afirmam que as negociações estão paralisadas.

Dos 40 alunos que iniciaram o curso de medicina em Garanhuns, 39 seguem até hoje, mas, de acordo com Breno Moura, 15 já pensam em desistir por conta da falta de infraestrutura. Ele é um deles. "A gente já tentou vários diálogos, mas até agora não apresentaram nenhuma solução".


Alunos vieram a Recife por conta própria e especialmente para o protesto

 
De acordo com o vice-reitor da UPE, Rivaldo Albuquerque, que falou com a reportagem do Jornal do Commercio, o recurso financeiro para construção de mais salas de aula para o curso já está garantido. Dentro de 15 dias será aberta a licitação para definir qual empresa ficará responsável pela execução do trabalho. Quanto ao convênio com o Hospital Dom Moura, ele afirmou que a questão está sendo resolvida em conjunto com a Secretaria Estadual de Saúde para transformar a unidade em hospital universitário.

“O curso tem apenas um ano de duração e as necessidades vão sendo resolvidas aos poucos. O concurso para contratar novos profissionais será lançado em breve e também vai atender a unidade de Garanhuns”, afirmou o vice-reitor da UPE ao Jornal do Commercio.

Curso de medicina: Deixemos as instituições atuarem.

Os estudantes de medicina de Garanhuns têm sido bastante contundentes no protesto quanto à falta de investimentos do estado no curso da UPE em nossa cidade. Conseguiram grande adesão nos meios sociais, até com certa polêmica por não aceitarem políticos, entretanto foram à Câmara de Vereadores e depois ao Ministério Público. Ou seja, conseguiram chamar a atenção e procuraram os órgãos corretos em busca de seus direitos. A audiência pública no Ministério Público contou com vários representantes da sociedade e principalmente o promotor Alexandre Bezerra, que é sempre muito atuante neste sentido.

Esta semana o governo do estado já tinha demonstrado a intenção de voltar a investir no curso, inclusive com a abertura do edital de contratação de professores e a construção do prédio que abrigará parte da infra-estrutura necessária para o andamento do curso.

Por isto, acho que está na hora dos estudantes reverem a sequência de protestos, pois pode prejudicar negociações futuras e até colocar em risco a continuidade do curso em nossa cidade. Nesta sexta-feira, os estudantes foram à capital, vestidos de palhaços e fizeram seu protesto em um evento com a presença do secretário Marcelino Granja, da Ciência e Tecnologia, que responde pela UPE, e que aliás, está em Garanhuns nesta noite.

O protesto de hoje está em todos os jornais e sites da capital, chamando a atenção mais uma vez para o problema. Será que depois de tudo que fizeram esta semana, era realmente necessário?

Não estamos dizendo que não devam protestar, se estão se sentindo prejudicados que falem mesmo. Mas como médicos que serão, já que aplicaram a dosagem, deveriam ter esperado os efeitos, antes de dar uma nova dose mais forte.

Cautela e canja de galinha não faz mal a ninguém. Sempre teve muita gente interessada neste curso no interior do estado, e o exagero pode causar um impacto negativo no curso, talvez até pessoas interessadas nesta confusão estejam alimentando a revolta estudantil.

Já que as instituições foram chamadas ao processo, como a própria prefeitura, a Câmara de Vereadores, o deputado estadual Izaías Régis e o Ministério Público, creio que está na hora de deixarem as instituições atuarem e negociarem com o governo os investimentos cobrados pela classe estudantil, que já fez sua parte. Pois se achavam que estes órgãos não poderiam servir de ponte de suas reivindicações, então pra que incitá-los??

A preocupação aqui não é apenas com os investimentos, mas com a continuidade do curso, portanto com o grande investimento que aportará em Garanhuns, e não podemos colocar em risco.
.
Continuo: Aos alunos, vocês estão certos no movimento. O que defendo só é uma nova análise da atual conjuntura, depois das manifestações desta semana. A exposição já atraiu os olhares da mídia da capital e dos órgãos responsáveis para o problema.

Fico com receio de vir uma liminar por aí proibindo a continuidade do curso, e Garanhuns perdendo este grande investimento de cunho social.

Começa hoje! DUOS: MÚSICA INSTRUMENTAL BRASILEIRA - Confira a programação completa!

Duos retorna a Garanhuns no agreste pernambucano para nova temporada no mês de junho. A partir do dia 01 de junho, sexta-feira, o palco do Teatro Luiz Souto Dourado – Centro de Cultura de Garanhuns (antiga estação ferroviária) receberá duplas de instrumentistas para mostrar ao público um repertório repleto do que há de melhor na música instrumental.

Duos é um projeto que desafia os músicos a tocarem com novos parceiros. “A proposta é reunir artistas que não se conhecem ou que nunca tocaram juntos para uma única apresentação”, explica Claudia Moraes, produtora executiva dos espetáculos.

“Eles são instigados a montar o repertório e ensaiar em dois dias. Isso acaba provocando uma sessão em que há muito improviso é quando aflora o talento dos participantes”, diz Amaro Filho, produtor, revelando que é justamente aí que está fórmula do grande sucesso do projeto.

Foi justamente esta provocação de estilos, sonoridades e personalidades que ganhou a simpatia do público na primeira edição de Duos, realizada em 2010.

Programação - Inicio: 20h

-Dia 01 de junho - Pablo Fagundes (gaita) e Cesar Michiles (flauta)
-Dia 02 de Junho - Carlos Malta (Flautas, sax)) e Breno Lira (Guitarra)
-Dia 07 de junho - Cacai Nunes (vila caipira) e Cláudio Rabeca (Rabeca)
-Dia 09 de Junho - Ricardo Ukzoc (contra baixo)e Fred Andrade guitarra)
-Dia 15 de junho - Giba Alves (Sanfona) e Beto do Bandolim (bandolim).
-Dia 16 de Junho - Ewerton Sarmento -Bozó (violão 7 cordas) e Caca Malaquias (clarineta, sax)

Local: Teatro Luiz Souto Dourado – Praça Dom João Moura – Esplanda Guadalajara

Duos é uma realização da Página 21 com apoio da Prefeitura de Garanhuns e incentivo do Funcultura, Secretaria de Cultura e Governo de Pernambuco. A entrada é franca e os ingressos devem ser retirados no local de 9h às 13h.

Estudantes de medicina de Garanhuns se vestem de palhaços e protestam na capital

A Universidade de Pernambuco anunciou nesta sexta-feira que vai abrir um curso de direito também na Região Metropolitana do Recife (RMR). Serão 30 vagas, no prédio sede de Camaragibe. A UPE já conta com uma graduação de direito, no campus Arcoverde.

O curso de medicina foi confirmado para o campus de Serra Talhada. São oferecidas 20 vagas. Os interessados podem se inscrever de 2 de julho a 2 de agosto, para o sistema seriado, e de 16 de julho a 16 de agosto, para o vestibular tradicional.

Durante a coletiva de imprensa, realizada no Espaço Ciência, estudantes de medicina do campus Garanhuns realizaram um protesto. Fantasiados de palahaços, com faixas e apitos, eles reclamaram da falta de infraestrutura do curso, iniciado há um ano. O secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Marcelino Graja, estava discursando no momento.

http://www.diariodepernambuco.com.br/

Garanhuns festeja Santo Antônio


No período de 1º a 13 de junho, Garanhuns estará em festa, comemorando o seu Padroeiro, O Santo Antônio. A Prefeitura de Garanhuns, através da secretaria de Cultura, apóia a festividade, que será marcada pela trezena dedicada ao Santo Casamenteiro, bem como apresentações culturais.

A programação religiosa acontecerá na Catedral de Santo Antônio, sendo marcada pelo terço, sempre às 19 horas, e logo após a Celebração Eucarística. No encerramento de cada noite da trezena haverá apresentações de grupos culturais e de forró, defronte a Catedral, num palco montado especialmente para a Festa.

= CONFIRA A PROGRAMAÇÃO =

01/06 - Pastoril Lar da Criança
02/06 - Reisado Gonzaga de Garanhuns
08/06 - Reisado Santíssimo Redentor
09/06 - Quadrilha
10/06 - Saxofonista Henrique
12/06 - Quadrilha CRAS Heliópolis e Trio pé-de-serra com Zito do Forró
13/06 - Ailson Alves e Jucélio Costa (Repente)

FIEPE realiza atendimentos especializados gratuitos para empresários em Garanhuns


A FIEPE organizou uma programação especial para as empresas do Agreste pernambucano. A entidade trará, na quarta-feira (6), o Balcão de Atendimento para esclarecer as dúvidas e apresentar soluções de negócios aos empresários de Garanhuns e cidades circunvizinhas. Equipes especializadas em pesquisas técnicas, comércio exterior e meio ambiente darão orientações individuais e personalizadas gratuitamente, das 10h às 19h30, no SENAI Garanhuns.
Para agendar um horário, basta ligar para (81) 3722.5667 ou nucleocaruaru@fiepe.org.br.

Além disso, a caravana fará palestras e discutirá temas de interesse para o crescimento da indústria regional. De acordo com o coordenador do Núcleo da FIEPE no Agreste, Marco Casé, "o Balcão de Atendimento é uma oportunidade para as empresas da região terem acesso a serviços especializados sem a necessidade de se deslocar até a capital."

Dessa forma, a entidade reforça seu compromisso com a interiorização do desenvolvimento do Estado. Por isso, outras oito cidades devem receber o Balcão de Atendimento em breve. São elas: Toritama, Belo Jardim, Santa Cruz do Capibaribe, Surubim, Pesqueira, Gravatá, Limoeiro e Cupira.

Evento de alunos do IFPE- Garanhuns recolherá pilhas e baterias usadas


Não sabe que destino dar às pilhas e baterias usadas? É só levar na tarde, a partir das 12h, desse sábado (02) ao Espaço Colunata, no centro de Garanhuns. Lá, uma turma de formandos do curso técnico em Meio Ambiente do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) - campus Garanhuns receberá os materiais e os encaminhará para reciclagem e para o descarte correto.

A ação faz parte do Sustentáculo Cultural, um projeto de conclusão de curso diferente, que pretende aliar atividades de conscientização ambiental à apresentações culturais. Na programação do evento, shows dos artistas locais Léo Noronha, Dj Ton e Cordel Irmãs Vieira, além de exposição de trabalhos dos alunos e feira de produtos orgânicos. Tudo na praça, ao ar livre e gratuito, para toda comunidade.

Walter Leal, formando em Meio Ambiente e um dos organizadores do Sustentáculo, afirma que a ideia do evento surgiu da necessidade de levar à população a discussão sobre as questões ambientais. “A nossa intenção principal é conseguir atingir às pessoas com uma linguagem fácil e direta, mostrando como elas podem mudar pequenos hábitos e melhorar a qualidade de vida do planeta”, diz o aluno. Assim, mais do que apresentar os trabalhos, eles pretendem mobilizar as pessoas a adotarem costumes sustentáveis.

A campanha de recolhimento de pilhas e baterias surgiu de uma carência percebida pelos alunos: a ausência de papa-pilhas em Garanhuns. Sem o destino correto, o material acaba indo parar no lixo doméstico, podendo vazar e atingir os lençóis freáticos, contaminando plantações de alimentos. O cádmio, uma das substâncias presentes na pilha, pode provocar doenças no sistema nervoso e comprometer ossos e rins. Já o chumbo pode causar impotência sexual, de acordo com o estudante.

Além do recolhimento das pilhas e baterias, outra ação do Sustentáculo será a entrega de mudas de árvores para noivos. A ideia é que o novo casal já comece a vida conjugal praticando a consciência ambiental.

Caso polarize. Será Izaías contra quem?


O jogo só começa quando conhecemos os jogadores. Em Garanhuns a um mês do prazo final das convenções para escolha dos candidatos, o clima ainda é de incerteza para a maioria.

De certo há duas candidaturas consolidadas: Izaías Régis e Paulo Camelo, os outros ainda dependem de acordos partidários. Até a candidatura de Antônio João ainda é uma incógnita, embora já várias vezes referendada pela instância estadual. E sendo, como está colocada, não está conseguindo atrair nomes que lhe ofereça densidade eleitoral.

Com o nome colocado desde o início, Izaías Régis espera seus adversários, e em vários momentos o quadro apontava para a polarização, que poderia ser contra Zé da Luz, Antônio João, ou mais recentemente contra Silvino Duarte.

É claro que se tivermos um cenário com múltiplas candidaturas pode acontecer o fenômeno da terceira via, entretanto o nome novo que todos esperavam não apareceu. Os atuais nomes colocados já se encontravam no processo eleitoral.

Pré-candidatos como Rosa Quidute, Sivaldo Albino ou João Guido, apostariam na terceira via, contando que os outros tivessem uma alta rejeição popular. Mas não se sabem ainda quem serão os candidatos.

Portanto, qualquer projeção da eleição só se poderá fazer quando os nomes forem decididos e claro, quando se tirarem da atual lista aqueles que não serão candidatos. A partir daí o quadro ficará mais claro, com as coligações, apoios, chapas e tudo mais visando outubro.

O momento é de somar, como fez Izaías com o PSDC.

E aí, teremos uma campanha polarizada?
Caso isto aconteça, o eleito precisará de mais de 40% dos votos válidos (contando que os candidatos menos votados tenham pelo menos 20% somados).

Se tivermos pelo menos três grandes candidaturas, o futuro prefeito de Garanhuns estará eleito com 30%, o que é um número muito baixo, devido a cidade não ter segundo turno. O eleito terá a minoria dos votos, pois entende-se que 70% prefeririam outro.

Se polarizar será Izaías contra outro. Restando saber quem.

É por aí!

A TROPICANA em seu evento de São João - Contatos!

Música como Instrumento de Inclusão Social beneficia Crianças e Adolescentes em Garanhuns


Afastar crianças e jovens da vulnerabilidade social através da música é uma das ferramentas da Prefeitura de Garanhuns, através da secretaria de Assistência Social, para possibilitar uma futura profissão a esta Classe no Município. Eles têm entre 10 e 16 anos, pertencem a famílias menos favorecidas que integram os Centros de Referência de Assistência Social – CRAS no Município, localizados nos bairros de Heliópolis, Boa Vista e Magano.

Por meio desses Centros, crianças e jovens aprendem a tocar Violino, Flauta e Violão. Ao todo, 81 alunos são contemplados com a ação, executada no Município desde o ano passado. Empenhados no aprendizado e bem desenvoltos, alguns alunos já se apresentaram em vários eventos no Município, como: a cantata do Colégio Santa Sofia, em Conferências, Capacitações, Confraternizações e eventos nos próprios CRAS. “No currículo de aprendizado conta a experiência de terem tocado em conjunto com a Orquestra de Música Livre de Bom Jardim, do maestro Juliano Barbosa, do Rio de Janeiro”, complementa Laura Alice, coordenadora Geral dos CRAS.

Os cursos de música são realizados em dias e horários distintos no CRAS de cada localidade. Na Boa Vista as aulas de Violino acontecem às sextas-feiras, das 13 as 17 horas. Já no Magano, o curso de Flauta é realizado todos os sábados, de 8 as 12 horas; e no CRAS de Heliópolis, crianças e adolescentes têm aulas de Violão às quartas e sextas-feiras, das 14 as 16 horas.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.