GOVERNO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

domingo, 3 de junho de 2012

Igarassu promove ato em defesa da instalação de indústrias no município


O Movimento Vivo Igarassu vai promover nesta segunda-feira (4), às 20h, um ato em defesa da implantação do distrito industrial do município. O evento contará com as presenças de Armando Monteiro e do deputado federal Jorge Côrte Real (PTB), presidente da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe).

O objetivo do movimento é garantir que Igarassu também seja beneficiada pela reindustrialização e por esse novo momento econômico vivido por Pernambuco. “Não podemos mais deixar o desenvolvimento passar por cima da nossa cidade. Igarrasu precisa de indústrias, de novos empreendimentos e precisa preparar nosso povo para aproveitar as novas oportunidades que vão surgir. Nosso movimento é em defesa da nossa terra, do nosso povo, defende o futuro da nossa cidade”, afirma o empresário Mário Ricardo, coordenador do movimento, pré-candidato a prefeito e presidente do PTB no município.

Durante o ato, que contará também com a presença de deputados federais, estaduais, presidentes de partidos, será entregue um abaixo assinado às autoridades solicitando o empenho de todos para que Igarassu também seja beneficiado com novas oportunidades de emprego e novas indústrias. O Vivo Igarassu é um movimento amplo, formado por lideranças políticas e empresariais, além de representantes do PTB, PPS, PSL, PHS, PRP, PRB e DEM.

SERVIÇO:
Ato em defesa da implantação de indústrias em Igarassu.
Data: Segunda, 04 de junho.
Hora: 20h.
Local: Câmara Municipal de Igarassu – Centro Histórico.

Márcio Thomas Bastos: Entre a incoerência e a falta de ética


Sinceramente acho um absurdo um ex-ministro da justiça assumir a defesa do Carlinhos Cachoeira, e por vários motivos.

Elenquemos.

Imaginamos que a posição de um Ministro da Justiça deva exigir alguns atributos, e entre eles colocar a defesa do Brasil acima de interesses pessoas ou de grupos, é basilar. É uma questão de direito e de justiça constitucional, literalmente. Entretanto, o Dr. Márcio não é mais ministro, todavia, deveria agir como se ainda o fosse. Creio.

Um ex-Presidente da República não pode esculhambar a nação depois que deixa o cargo, é inerente ao novo momento, como se ocupasse um novo cargo imaginário. Assim, como qualquer ministro tem o dever de se manter responsável por seus atos.

Um ex-Ministro da Economia não deve ocupar cargos em bancos privados para ensinar como usurpar as riquezas do Brasil. É por aí. Deve sim utilizar seu conhecimento e experiência em um dos mais altos cargos a bem do novo emprego, honrando sua passagem pela Esplanada dos Ministérios.

Neste caso de Dr. Márcio Thomas, existem diversos agravantes, agora ele defende um senhor acusado de utilizar políticos e instituições públicas, formando uma verdadeira quadrilha de desvio do dinheiro público, investindo na corrupção de membros do poder legislativo e executivo. Senadores, deputados e até um governador estão sendo acusados como beneficiários dos favores do bicheiro goiano.

E quem os defende? Um ex-ministro da justiça! Um absurdo.

E para complicar ainda mais, o maior de todos os agravantes. Há, possivelmente, indícios de que toda a operação de investigação tenha se iniciado na época em que ainda era ministro, portanto, teoricamente, estava do outro lado da ação, defendendo o Brasil contra os desmandos desta quadrilha. Quem sabe até poderia ter informações privilegiadas!

Assim, acho de uma total incoerência com o país, Dr. Márcio Thomas Bastos ter aceitado esses R$ 15 milhões para defender a bandidagem, pois o Brasil tinha um outro olhar sobre este senhor.

Fica claro que este contrato não se dá pela qualidade do advogado, embora não discutamos aqui sua competência, como um dos mais respeitados do país, mas sim pelo conhecimento que este tem dos corredores do poder e das instâncias em Brasília, que possam livrar esta gente da cadeia e de perder os milhões de reais que usurparam do país, que um dia Márcio Bastos prometeu defender.
.
assino: Ronaldo Cesar Carvalho

Família em São Paulo quer encontrar antepassados no município de São João

foto da família de Dilma Roussef é só para ilustrar o post
Olá,

Estou tentando montar informações sobre meus sogros para deixar um pouco de história para minha filha e num futuro para meus netos. (meu sogro faleceu não cheguei a conhecê-lo e minha sogra anda meio esquecida de fatos).

Bom, gostaria de saber se alguém tem imagens de um lugar chamado de Sítio Matão, na época distrito de São João (é como consta na certidão de casamento deles). Eles viveram nesse lugar de 1930 até 1957 quando se casaram e vieram pra São Paulo.

Abaixo os nomes deles, pois estamos em busca de qualquer tipo de informações além de imagens.

Antonio Porfírio da Silva casado com Quitéria Pinheiro Viana tiveram os filhos: Guilhermino (meu sogro) Valdomiro, Odilon, Maria e Joaninha.

Pedro Gomes da Silva casou-se com Maria do Carmo de Araujo e tiveram os filhos: Maria (minha sogra) Cosme, Damião, Antônio, João, Francisco, Nelson, Digerson, Odete e Josefa.
 
Qualquer informação pode ser enviada em nosso e-mail:
 
cmlouzad@osite.com.
 
Agradecemos,
Cecília Louzada.

Estudantes de medicina fazem avaliação do movimento

Prévia do movimento:

Continuamos com as mesmas respostas supérfluas que em nada resolvem nossa situação.

Nos disseram que vão concursar 15 professores mas o edital que seria lançado pelo excelentíssimo governador dia 1, não foi lançado. Além disso 15 não resolve nosso caso apenas ameniza. Ao todo seria 55 mas não temos nenhuma garantia do tal escalonamento, por fim, continuamos com o início das aulas do 3º período incertas.

Quanto ao prédio, nosso magnífico reitor afirmou que em 30 dias lançava a licitação descobrimos que o dinheiro para tal ainda nem foi liberado da união, concluímos que isso foi uma tentativa de calar a boca!

Quanto aos livros, a biblioteca estar para abrir, porém, só temos livros pra o primeiro ano de curso, que sequer foram usados. Nosso 3º período, que já começa daqui a dois meses, está portanto sem livros até o momento.

Quanto ao hospital, disseram que cabe a secretaria de saúde, mas até o momento ninguém explicitou o andamento das coisas, sendo que precisaremos do hospital para o 4º período que se inicia em fevereiro.

Quanto aos laboratórios, só teremos o definitivo quando construírem o prédio, por enquanto o que temos ainda é insuficiente, não chegou nenhuma peça natural e as últimas artificiais, chegaram com mais de cinco meses de atraso, no fim do 2º período, quando deixamos de usar.

Portanto, a luta continua, e estamos no aguardo de soluções práticas para voltamos a assistir aulas.

Continuamos pedindo o apoio de todos, continuam compartilhando o vídeo, publicando aqui no grupo, enfim, ajudem-nos da forma que puderem!

Agradecemos o apoio de todos!

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.