PERNAMBUCO EM AÇÃO

PERNAMBUCO EM AÇÃO
Clique na imagem

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Garanhuense participa de Campeonato Mundial de Judô - Saiba mais!


A judoca garanhuense Raquel Ingrid, acompanhada de seu técnico, Carlos Tevano está em Brasília-DF, onde participa do Campeonato Mundial de Judô, ela lutará na categoria Juvenil - 57kg.

São 9 países disputando o campeonato realizado pela Liga Nacional de Judô.
 

PARA A AESGA - Por Ivan Rodrigues

Dr. Ivan Rodrigues enviou uma carta à presidente da AESGA, professora Eliane Simões Vilar, em agradecimento ao recente título de Professor Emérito da instituição, pela passagem comemorativa aos 35 anos de sua criação. 

Pelo seu teor e valor histórico com a Instituição de Ensino Superior de Garanhuns, além de enaltecer nossa querida Garanhuns, vale muito a leitura deste documento. É do tipo que enriquece culturalmente a gente!


PARA A AESGA
At.: Dra. Eliane Simões
De repente, e lá se vão 35 anos, Everardo Gueiros bate na minha porta anunciando a criação da Faculdade de Administração de Garanhuns e encarecendo minha participação como Professor da nova escola, fruto da surpreendente visão do nosso Prefeito Amilcar Valença.
Tomo um susto e manifesto a minha relutância em aceitar o convite, pois não tinha qualquer experiência na matéria; conhecimento de um negócio chamado pedagogia só por ouvir falar; tempo curto para me dedicar à nobre tarefa em face de minhas atividades no Recife e, além de tudo, pensem numa questão melindrosa: em pleno regime autoritário de 1964, um confessado opositor do regime, lecionar a cadeira de Ciência Política, explicando os fundamentos do sistema democrático para um alunado composto de inúmeros militares do 71 B.I., inclusive graduados que hoje são meus amigos.
Minha relutância foi vencida pelas razões expostas pelo nosso querido amigo Everardo, dizendo das dificuldades para a implantação da faculdade, sobretudo na obtenção de professores para garantir o início de seu funcionamento. Tenho, pois, a convicção de que naquelas circunstâncias qualquer um serviria...
Aí, como refere o poeta Bandeira, acontece o meu ALUMBRAMENTO. Quando começo, com muita dificuldade, a desempenhar minha tarefa, descubro a sensação maravilhosa do magistério. Empolguei-me. Apaixonei-me. Apenas pela intuição, transformei as aulas monocórdias em centro de discussão e debates e com isso tentava manter a atenção de alunos cansados após um dia inteiro de trabalho, sem contar que as aulas eram às sextas-feiras. Tomei gosto e só parei quando ficou cansativo demais.  
Intimido-me ainda hoje, confundido entre tantos mestres e doutores que enaltecem esta casa, mas sendo humano tenho que externar alguns orgulhos e vaidades que carrego e vou desnudar agora: ser chamado de “Professor” por ex-alunos inclusive por alguns que eu nem os reconheceria mais, se não se apresentassem como tal; o fato de que nunca – mas, nunca mesmo – necessitei chamar a atenção de algum aluno durante os oito anos em que tentei ajudá-los a aprender; a honra de ter tido como alunos, algumas figuras exemplares de cidadania e dedicação à causa pública em nossa terra e que tomo a liberdade de representá-las – sem demérito das demais – na pessoa da ilustre Presidenta da AESGA, Dra. Eliane Simões, que tem sido peça importante e fundamental para o êxito crescente desta instituição e que, por vezes, me deixa impando de vaidade quando me chama de Professor; o orgulho de afirmar, sempre que posso, que sou Ex-Professor desta casa de ensino. Hoje através desta significativa homenagem, intitulando-me de “Professor Emérito”, convenci-me que sou mesmo!
Teluricamente arraigado às raízes deste solo; com meu território circunscrito pelas sete colinas; saciado pelas águas das fontes que fazem história como Vila Maria, Pau Pombo, Serra Branca, São Vicente, Pau Amarelo; com minha formação inicial no velho Diocesano, ainda no tempo em que se escrevia Gymnásio com “Y” e com “M”; as lições de honra e cidadania que aprendi com meu velho pai Zébatatinha, continuadas pelo meu querido irmão Ivaldo que, falecido recentemente, deixou-me como o novo patriarca da família e com o meu grande mestre e amigo Miguel Arraes; minha residência assentada na Praça Souto Filho (poeticamente chamada de ”praça da fonte luminosa”) onde fui morar há 62 anos quando casei com minha eterna namorada e companheira Dulce; tenho meus avós e bisavós registrados em nomes de rua de nossa cidade e todos eles descansando para sempre em São Miguel e devo ser homem de muitas posses, uma vez que tenho lá nada menos que quatro jazigos de família à minha espera e disposição.
Como Luther King, mantenho os meus sonhos realimentados pelos devaneios de Manoel das Estrelas que passava as noites recolhendo estrelas no alto do Magano, para, na madrugada seguinte, oferecê-las à venda na feira e a população se acumpliciava com seu delírio e as comprava; o acendrado amor à terra de “Seu Thompson”, missionário americano de nascimento que aqui aportou no início do século XX e que, após se aposentar tentou voltar para sua terra de origem, mas sentindo-se um estranho, voltou para Garanhuns onde recolocara suas raízes e passou o resto de seus dias varrendo a calçada de sua casa na Praça D. Moura e sempre que lhe perguntavam o que estava fazendo, respondia com sua voz doce e suave: “Estou varrendo a PÁTRIA meu filho”.
Tudo isso me prende, de forma arrebatadora, à minha Garanhuns e exulto quando vejo a grandeza desta autarquia idealizada e construída por tantos que tiveram a visão de se anteciparem e se fazerem protagonistas e não figurantes da história de nossa terra. Não quero acusar ninguém, mesmo porque todos somos responsáveis e culpados pelo marasmo e a perda de auto-estima de nossa gente, provocados pela omissão de nossas lideranças que não aprenderam a lição do poeta:  Quem sabe faz a hora, não espera acontecer!”.
Ficamos todos a esperar a iniciativa de nossos governantes e só fazemos reclamar quando os benefícios não chegam.  Quando falo em lideranças omissas refiro-me a todos os setores de atividade e não apenas às lideranças políticas. Chegamos ao absurdo de não aproveitarmos a presidência da República de um filho de Garanhuns, durante oito anos, sem que fossemos capazes de colocar um projeto, um plano, uma proposta em sua mesa. Tudo que aqui aportou foi por iniciativa do Governo Federal.
A mesma coisa ocorre com o Governo do Estado que já resolveu em definitivo o grave problema do abastecimento d’água que – não podemos esquecer - nos martirizava há mais de trinta anos. Retirou o presídio feminino que o governo anterior resistiu e não o fez. Instalou uma faculdade de medicina, no campus da UPE, quando forças não muito ocultas procrastinaram - e ainda persistem - a instalação da FAMEG. A implantação de um Expresso Cidadão que trará reais benefícios para a cidadania de toda a região. Concluindo a ampliação do Hospital D. Moura para capacitá-lo como Hospital Universitário e a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento Especializado. Tudo por iniciativa do Governo Estadual.
Assisto, entristecido, essa crescente omissão de nossas lideranças que, sem qualquer iniciativa consistente, limitam-se a aguardar as sobras dos banquetes, para aí então se engalfinharem pela paternidade dos eventuais benefícios que aqui aportam. Querem arrebatar o mérito dos benefícios, sem que para nada tivessem contribuído. Nesse caso a disputa é séria, pois todo mundo quer ser pai de crianças lindas, louras e de olhos azuis.
Esta casa é um exemplo concreto de protagonismo ativo da construção do nosso desenvolvimento, com a implantação dos cursos atualmente existentes neste Campus. A Prefeitura não esperou por ninguém e como fruto da visão estratégica do Prefeito Amílcar Valença, esta instituição foi instalada, como esta efeméride anuncia, hà 35 anos, iniciando-se com a instalação da Faculdade de Administração. Como se vê, a iniciativa foi das nossas lideranças de então e a lição serve como emblema para as atuais e as que venham lhes suceder.
Garanhuns desfruta, hoje, os Campus da Universidade de Pernambuco, da Universidade Federal Rural e da AESGA que ganhará, futuramente, o status de Universidade, além da FAMEG que retomará, por certo, o seu funcionamento. Vejam que importante estoque de inteligência, de saber, de ciência, de tecnologia, de pesquisa, de ecologia e preservação do meio ambiente poderá ser mobilizado para a construção de um modelo de desenvolvimento estratégico sustentável.
Para isso, impõe-se uma indispensável unidade de pensamento e a congregação da sociedade civil com suas lideranças políticas em torno da mudança dos costumes e da prática da cidadania em nossa região, tornando-a capaz de fazer-se protagonista da nossa história. Para tanto, confia-se na capacidade e competência dessa extraordinária fonte de saber que o nosso centro universitário vem acumulando. Todos somos responsáveis e dessa responsabilidade ninguém pode se eximir.
Obrigado AESGA, com o profundo respeito de Ivan Rodrigues  

A CASA QUE MINHA VÓ QUERIA: Pra sentir orgulho de Garanhuns!


O Cláudio Azevedo nos enviou um link de um site que me conquistou pelo nome: A Casa que Minha Vó Queria. Depois, ao dar uma olhada, vejo um relato de uma visita carinhosa a Garanhuns, onde a narradora apresenta a nossa cidade ao seu marido. Espetacular. Ela tirou fotos, mostrou nossos parques, ruas, tomou chocolate quente e fê-lo se apaixonar pela SuÍça Pernambucana. Vejam um pedaço do texto que catei de lá, mas gostaria muito que todos fossem prestigiar o belo site da Ana Medeiros.
Garanhuns também é conhecida como a cidade das flores e do chocolate. As ruas são super limpas e arborizadas, e diferente de Gravatá, tem um pólo médico hospitalar muito bom e mais opções de lazer, apesar de ser bem mais distante da capital. Garanhuns tem cinema, parques ao ar livre, restaurantes ótimos e também um comércio mais vasto.
Esse final de semana partimos pra lá e mais uma vez marido ficou encantado com as nossas belezas (Pra quem não sabe, ele é carioca) e ficamos até com vontade de ir morar lá daqui uns anos.
Para conferir todo o post, acessem o site da Ana.

Quer falar inglês?


Ligue agora mesmo e obtenha informações (87) 3762.4211

RESUMO DO GUIA ELEITORAL DE GARANHUNS: 24/08/2012


PAULO CAMELO - PSOL 50

O programa de hoje apresentou o candidato a vice-prefeito, Emanuel Alcântara, chamado de Manu durante todo o guia, que narrou um pouco de sua trajetória na cidade, colégios onde estudou, vida profissional, e hoje aposentado. Manu falou da distribuição do Plano de Governo com a população para ser cobrado futuramente, quando estiverem na prefeitura.

ZÉ DA LUZ - PHS 31

Mais uma vez dinâmico, com boas músicas e vinhetas, o programa tem sido objetivo, já que tem pouco tempo. O programa apresentou um tema para debate e apresentação de propostas. O que tornou o guia bastante propositivo.
Os locutores apresentaram populares que reclamaram da falta de segurança nos bairros da cidade, que sofrem com assaltos, estupros, drogas, etc.
Foram apresentados alguns tópicos do programa de governo de Zé da Luz para buscar resolver a situação.
-Criação de Secretaria de Defesa Social Municipal,
- Melhoria e qualificação da guarda municipal, pessoal, equipamentos e viaturas, para trabalhar integrada ao 9º BPM e não apenas na vigilância de prédios públicos, mas com atividades de segurança para a população, até com cães farejadores
- Monitoramento com câmeras 24h do centro da cidade, Av. Rui Barbosa, e vias de grande fluxo de pessoas. O projeto seria realizado através de convênios federais com o SENASP
- Programas sociais que tirem os jovens da marginalidade e ofereçam oportunidades. Investir em programas sociais e educação.
- Programas de ressocialização aos detentos da Cadeia Pública

Zé da Luz não participou do programa, que voltou a citar os apoios de Eduardo Campos e Lula, inclusive voltando a usar a fala do governador, que disse que o engenheiro faz parte do seu time de pessoas para colocar Garanhuns no ritmo de Pernambuco.

IZAÍAS RÉGIS - PTB 14

O programa de hoje trouxe vários depoimentos, tanto de populares nos vários bairros da cidade, quanto de apoios importantes em nível estadual.
No primeiro programa tivemos a participação do médico dr. Alcindo Menezes, que defendeu a candidatura de Izaías. Alcindo é um dos mais conceituados administradores na área de saúde do município. Hoje, outra figura muito respeitada deu seu depoimento, trata-se do dr. Antônio Coelho, que lembrou justamente o fato de Izaías estar cercado de pessoas bem intencionadas com a cidade e com muita vontade de trabalhar. ´
Tantos os moradores entrevistados quanto as autoridades política versaram sobre o mesmo tema, a conjunção de forças do governador, dos senadores, do ex-presidente Lula e da presidente Dilma à candidatura de Izaías Régis. Foi assim na fala do deputado Federal Fernando Ferro.
O pronunciamento mais contundente foi do senador Armando Monteiro, que defendeu a necessidade de Garanhuns reassumir seu lugar de destaque no estado, e se impor como Polo de Desenvolvimento Regional. Armando afirmou que com o time unido, Garanhuns terá mais oportunidades para geração de emprego e renda.
A fala do ex-presidente Lula entrou como recorte, falta a fala de apoio ao candidato.
A candidata a vice-prefeita, Rosa Quidute, reforçou seu discurso carismático, com expressões como sensibilidade, carinho e todos tratados com igualdade. Rosa expressa na campanha a força da mulher.
Tivemos uma primeira participação de artistas no guia eleitoral, foi o multiartista e radialista, cantor e compositor Zezinho de Garanhuns, que fez uma toada para o candidato e sua vice. Acho que não tocou toda, seria melhor que a música/vinheta repetitiva de todo o programa. Aliás, o guia de Izaías precisa de vinhetas e jingles, pois está insistindo numa mesma em 15 minutos no ar.
Como propostas, o programa foi mais enxuto, no finalzinho sugeriu aos ouvintes a criação de um Polo Industrial, uma Unidade de Saúde da Mulher e Internet Grátis para toda a cidade.
O programa acabou sendo mesmo para reforçar o engajamento das principais lideranças do estado na campanha de Izaías Régis.
Para finalizar, apoios populares em Miracica, Cohab II e Boa Vista.
Assim como Zé da Luz, Izaías não falou no programa de hoje.

SILVINO DUARTE - PSDB 45

O programa desta sexta-feira mais uma vez foi quase uma dobradinha dos locutores com o próprio Silvino, que mostra o que foi feito em sua época à frente da prefeitura, e depois comenta os pontos do novo programa de governo. Tem funcionado bem. Ao contrário do de Izaías que foi recheado de participações, tanto de pessoas anônimas quanto de lideranças políticas, o de Silvino tem apenas os locutores e o candidato, porém tem sido dinâmico. Talvez até porque não tenha os fortes apoios que tem o deputado.
O tema de hoje foi a saúde.
Silvino afirmou que criou diversos postos de saúde, na cidade, nos distritos e na zona rural, triplicou a distribuição de remédios, criou a Farmácia Básica e o NASG, com atendimentos em diversas especialidades.
O ex-prefeito disse que em sua época era assim, e disse que vai ser assim. (Não está sendo assim?)
Entra a vinheta "Compromissos de Silvino", aí vêm as propostas.
- Quadro fixo de médicos, enfermeiros, técnicos e odontólogos nos postos de saúde, clínicas e Hospital Municipal. 
- Dentistas em todos os postos de saúde.
- Transformação do Hospital Municipal para atendimentos de urgências médicas e pediátricas, desafogando o Hospital Dom Moura.
- Mais remédios para a população. "Não basta ter o atendimento, tem que ter o remédio, principalmente os controlados".
- Convênios com laboratórios e clínicas particulares para agilizar o atendimento. Tem casos que não se pode esperar por uma simples consulta.
- Criação de duas Policlínicas, com serviço ambulatorial em várias especialidades. As unidades serão construídas nos bairros da Boa Vista e Indiano, onde há maior demanda e carência de serviços atualmente.
- 6 Novas equipes do programa de Saúde na Família.
- 16 Equipes de Saúde Bucal.
- Criação da Central de Atendimento por telefone, onde as pessoas poderão inclusive marcar suas consultas.
- Aquisição de um Consultório Odontológico Móvel para atender a população da Zona Rural.

E Ponto Final.

Para ler o resumo do programa anterior, clique no marcador GUIA ELEITORAL logo abaixo.

Izaías Paz e Amor


O jornalista Inaldo Sampaio publica em seu blog uma observação sobre o deputado Izaías Régis, já percebida pela população, sobre sua mudança de postura, mais amena, seguindo o exemplo que deu certo do ex-presidente Lula em 2002, quando ficou sendo chamado por Lulinha Paz e Amor.
.
Paz e amor – Orientado por seus marqueteiros, o deputado Izaías Régis (PTB) está fazendo sua campanha para prefeito de Garanhuns na base do “paz e amor”. Ele deixou de lado o estilo “brigão” e trata com a maior urbanidade seus opositores Silvino Duarte (PSDB), Zé da Luz (PHS) e Paulo Camelo (PSOL). Por trás disto também está o senador Armando Monteiro (PTB).
Inaldo Sampaio
.

AGORA COMIGO: Esta mudança aproximou Izaías, com diálogo, de diversos setores sociais da cidade, gerando mais confiança, pois transmite uma sensação de amadurecimento político. As classes mais fortes economicamente ficaram mais à vontade com seu novo discurso.

Claramente Izaías também melhorou sua assessoria, e tem recebido apoios importantes, que ajudam a criar esta nova imagem política, que passou a ser trabalhada com mais esmero do começo do ano pra cá, coincidindo com sua entrada mais firme na campanha, e o pós-guerra Antônio João Dourado, quando o deputado imergiu da liderança do movimento de repulsa ao ex-prefeito de Lajedo. Hoje, um dos seus principais aliados.

Fez bem a Izaías, e tomara que não seja apenas para o período eleitoral orientado pelos marqueteiros, segundo o jornalista Inaldo Sampaio.


POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.