GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

UNOPAR GARANHUNS

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Olha o convite do COLETIVO TEAR na Bienal

Trago do facebook do Alexandre Revoredo:
.


Estamos fazendo os últimos preparativos para o projeto "Fé meninas" do Coletivo Tear Tear , que será apresentado próximo sábado 15/09, às 19h, na I Bienal Internacional do Livro do Agreste. Vamos nessa?! A semana é de muito trabalho. 
Agradeço aos companheiros, guerreiros: Stephany Metódio,LeoPow Shaks, Marilia Azevedo, Renan Araujo e nossa "anja" da guarda, Katarina Barbosa . 

Amanhã 12/09 às 18h, tem a aula-espetáculo "O livro em Cena". Quem não pôde conferir semana passada no SESC, a oportunidade é essa. 
Na sexta 14/09, às 11h, na Vila da Criança é a vez de "Luanda Ruanda - Histórias Africanas" , com Marília Azevedo e Stephany Metódio.

Ministério Público do Trabalho realiza audiência com partidos políticos para coibir trabalho infantil na campanha política


O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco realizou audiência na manhã desta terça-feira (11) no intuito de esclarecer partidos políticos quanto ao uso do trabalho infantil em campanhas eleitorais. No evento, foram expostas denúncias que indicaram o uso de mão-de-obra infanto-juvenil na instalação e manutenção de cavaletes no bairro do Coque, em Olinda e em Afogados da Ingazeira.

Antes da propositura de qualquer medida judicial em face dos partidos investigados (PMDB, PSB, PSC, PSL, PT e PV), seja pela execução do Termo de Ajustamentod de Conduta (TAC) ou de sentença judicial, ambos datados de 2008, o MPT propôs acordo às siglas.

Foi acordado por quatro delas (PMDB, PSB, PSC, PSL e PV) que deverão produzir 5 mil panfletos para a campanha “Vote contra o trabalho infantil”, do MPT, doar 20 cestas básicas ao Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil em Pernambuco (Fepetipe), e ainda veicular notas públicas, em televisão ou jornal impresso de grande circulação do Recife, até o fim da campanha eleitoral.

O PSB e o PSL, que em 2008 foram acionados na justiça por não assinarem o TAC, não enviaram representantes. Para eles, a procuradora do Trabalho à frente da audiência, Janine Miranda, disse que daria prazo de 24 horas para aderirem ou não à proposta de acordo, sob pena de prosseguimento das investigações. Até o momento, o PT, que participou da audiência, não aceitou a proposta. Também tem prazo de 24 horas para se pronunciar.

Para os demais partidos políticos presentes na sessão, mas que não foram alvo de denúncias, (PSD, DEM, PPS, PSDC, PP, PSOL, PPL e PR), foi proposto pela procuradora a impressão de 500 panfletos (por sigla) para a campanha do MPT. PV, PMDB, PSC e PSDC aderiram de pronto à campanha. Aos que não se posicionaram, foi dado prazo de 24 horas para se manifestarem.

“Vale lembrar que os partidos não estão desobrigados das determinações do TAC firmado e/ou da sentença. Frente a novas denúncias, o MPT procederá investigação e ajuizamento de ação de execução”, afirmou a procuradora.

Todos os materiais requeridos devem ser entregues na sede do MPT. A distribuição dos panfletos está sendo articulada pelo órgão junto à Companhia Brasileira de Trens Urbanos, para acontecer no dia 25, a partir das 6h, na Estação Central.

De acordo com o procurador-chefe do trabalho, Fábio Farias, esta primeira ação não tem cunho punitivo, mas pedagógico. “Nosso objetivo não é fazer juízo de condenação”, disse. Também estiveram presentes na audiência Mabel Carvalho, representante da Fepetipe, e Paula Neves, auditora fiscal do trabalho.

Em 2008, os partidos políticos foram convocados pelo MPT para firmar compromisso para a não utilização de crianças e adolescentes em campanhas eleitorais. À época, apenas 20 legendas assinaram o acordo (PDT, PR, PSDC, PRB, PT, PCB, PTB, DEM, PTN, PSOL, PPS, PHS, PRP, PSTU, PSC, PTC, PMDB, PRTB, PSDB e PV). No início de setembro/ no início do mês, por meio de denúncias, foram constatados indícios de irregularidades em campanhas de candidatos do PT, PV, PMDB, PSL, PSC, PSB. Novas legendas que surgiram depois de 2008 serão convocadas pelo MPT para que seja feita a propositura do ajustamento de conduta, caso não aceitem serão acionadas na justiça.

Em caso de descumprimento, os partidos estão sujeitos à multa no valor de R$ 10 mil reais por criança ou adolescente encontrado trabalhando em campanhas políticas.

Novas denúncias podem ser feitas pelo www.prt6.mpt.gov.br.

Legislação - Até os 13 anos de idade, segundo a Constituição Federal, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o trabalho é totalmente proibido no País. Já entre 14 e 15 anos, é permitido apenas na condição de aprendiz. Dos 16 aos 17 anos, é permitido, desde que não seja em atividade insalubre, perigosa, penosa ou em horário noturno (a partir das 22h). O trabalho em campanhas políticas pode expor a criança/adolescente a situação de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade ou opressão.

Para Eduardo e Armando, redução de conta de luz vem em boa hora



Presentes à solenidade em que a presidente Dilma Rousseff anunciou a redução da conta de energia elétrica no País a partir de 2013, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e o senador Armando Monteiro (PTB), destacaram a importância da iniciativa para a renda das famílias e para a competitividade da indústria brasileira. 
Eduardo Campos lembrou que no primeiro ano de sua gestão retirou da conta de luz de 700 mil pequenos consumidores a alíquota de 26% do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Ele elogiou a iniciativa da presidente Dilma comparando que hoje o Brasil tem uma energia quatro vezes mais cara do que a americana, custando também o dobro do que é cobrado na China. “É importante que a gente faça um esforço para reduzir. Não só para as famílias poderem usar estes recursos no consumo e outros gastos, como também para as empresas poderem produzir a um custo menor e poder competir”, disse. 
O senador Armando Monteiro enfatizou que o alto preço pago pela energia consumida no Brasil faz com que a produção brasileira perca espaços no comércio internacional, além de penalizar os setores de menor renda da sociedade. “O Brasil tem esta característica. Nós temos um custo de geração de energia baixo e paradoxalmente uma conta de energia muito cara para o consumidor industrial e para o conjunto da população”, constatou. 
Quando esteve à frente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Armando Monteiro já destacava como prioritária a redução de encargos sobre o preço da energia elétrica. Ele entregou aos então candidatos à presidência da República, dentre eles Dilma Rousseff, um documento contendo propostas para a área. 
No Senado, votou contrariamente à prorrogação da Reserva Global e Reversão (RGR), encargo do setor elétrico brasileiro pago mensalmente pelas empresas concessionárias de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. Armando Monteiro também apresentou, juntamente com a senadora Ana Amélia (PP-RS), projeto de lei do Senado (PLS 372/2011) que propõe a extinção imediata da cobrança da RGR aos consumidores. Atualmente, esse encargo legal representa mais de R$ 2 bilhões anuais arrecadados aos consumidores. 
Na solenidade, no Palácio do Planalto, a presidente Dilma anunciou que a queda na tarifa de energia elétrica para a alta tensão -  grandes empresas consumidoras -, vai variar de 19,7% a 28%. Para o consumidor residencial, a queda no custo de energia vai ser de 16,2%.

SESC abre processo de seleção simplificado para concessão de estágio


Estão abertas, até o dia 19 de setembro, as inscrições para vagas do Processo de Seleção Simplicado que irá contratar estagiários para atuar nas unidades do Sesc no Estado. São 19 vagas para contrato imediato e sete para cadastro reserva. As vagas estão distribuídas  nas unidades do Recife e Região Metropolitana entre os cursos de Arquitetura, Biblioteconomia, Jornalismo e Música; e nas unidades do interior do Estado nos cursos de  Educação Física, Letras, Pedagogia e Química.
As inscrições são gratuitas e serão realizadas na Sede do Sesc, localizada na Rua Treze de Maio, nº 455, Santo Amaro, e nas unidades do Sesc, Arcoverde, Garanhuns, Petrolina, Belo Jardim, Surubim, Buíque e Triunfo. O candidato deve preencher uma ficha de inscrição e entregar o histórico escolar atualizado e assinado pela Instituição de Ensino Superior.

A seleção constará de até três etapas: análise do histórico escolar, entrevista coletiva para todos os cursos e prova prática de informática para os candidatos do curso de Arquitetura. As etapas tem caráter eliminatório, e pelo não comparecimento em uma delas, o candidato será considerado desistente do processo.

Para estagiar no Sesc é preciso estar cursando um dos quatro últimos períodos da graduação e estar matriculado numa instituição de ensino superior credenciada e reconhecida pelo MEC e/ou pelo Conselho Estadual de Educação. Além disso, o estudante não deve possuir reprovação pendente em matérias básicas do currículo específico de sua formação, ter disponibilidade para estagiar 2 0 horas semanais no período de 3 meses, possuir conhecimento básico em informática e não ter parentesco, até 3º grau civil, com funcionários, diretores, conselheiros e presidente do Sistema Fecomércio/Senac/Sesc, e com dirigentes de entidades sindicais ou civis ligadas ao comércio.

Esse processo seletivo também servirá para formação de cadastro reserva para 2012. Os classificados suplentes poderão ser convocados em caso de necessidade durante o ano de 2012. A bolsa de estágio oferecida pelo Sesc é de R$ 550 mensais, além de auxílio-transporte e recesso remunerado proporcional ao período de estágio. O regulamento com todas as informações sobre o processo seletivo simplificado pode ser conferido no site www.sescpe.com.br

Calendário Seleção Simplificado Estágio SESC 2012

Até 19/09/2012 – Inscrição
Até 21/09/2012 – resultado da 1ª etapa e convocação para a 2ª etapa
De 24 a 27/09/2012 – entrevista coletiva e prova prática de informática
Até 28/09/2012 - resultado Final e convocação dos aprovados
De 28/09 a 03/10/2012 – Entrega da documentação e exame médico dos convocados
A partir de 08/10/2012 – início do estágio

CDL começa hoje encontros com os candidatos a prefeito



A CDL Garanhuns, convida a todos para acompanhar as reuniões abertas com candidatos a prefeito de Garanhuns, que se iniciam nesta terça-feira e segue conforme programação abaixo. 
A primeira reunião acontece com o candidato Silvino de Andrade Duarte, às 19horas, cabendo ao candidato 30minutos para expor suas propostas. Em seguida, o candidato responderá os questionamentos da platéia. 
O encontro deverá ser encerrado às 21 horas no auditório da CDL.
De acordo com o contato inicial realizado com representantes das candidaturas ficou definido o cronograma com a seguinte ordem:
Dia 11 de Setembro – Silvino Duarte
Dia 12 de setembro – Izaías Régis
Dia 13 de Setembro – Paulo Camelo
.
O candidato Zé da Luz recusou o convite.

Estão abertas as inscrições para o Prêmio SESC de Literatura



Para quem espera uma oportunidade de publicar seus textos em uma grande editora e alcançar repercussão nacional por conta de sua obra, eis que o momento tão almejado chegou, sobretudo para aqueles escritores, que estão com livros inéditos nas categorias de conto e romance. Trata-se do Prêmio Sesc de Literatura, versão 2012/2013, que vem sendo promovido em todas as regiões brasileiras pelo Serviço Social do Comércio em parceria com a Editora Record e que tem prazo de inscrições para ser encerrado no próximo dia 30/09. 
O concurso é destinado ao público adulto, e, de acordo com a organização, os textos devem ser escritos em língua portuguesa. Para efetivar inscrição, cada concorrente pode participar com apenas uma obra em cada categoria. Caso o escritor interessado decida se inscrever nas duas categorias (conto e romance). Vale registrar que as inscrições devem ser feitas separadamente, contendo pseudônimos distintos.  
Do regulamento amplamente divulgado pelo Sesc consta que autores brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil podem participar, não sendo permitida a inscrição de menores de 18 anos, bem como de residentes no exterior.  
Cada texto inscrito deve ser inédito, isto é: nunca ter sido publicado. A coordenação do Prêmio Sesc de Literatura entende por publicação o processo de edição de uma obra literária e sua distribuição em livrarias e internet, mesmo que essas obras não possuam registro no ISBN.
  ENCADERNAÇÕES E PSEUDÔNIMO OBRIGATÓRIO 
  
O regulamento do Prêmio Sesc de Literatura estabelece ainda que os originais inscritos devem ser enviados em quatro vias, encadernadas, com folha de rosto, onde deverão constar apenas o título da obra e pseudônimo obrigatório do autor, acompanhados de envelope lacrado contendo versão impressa da ficha de inscrição online, comprovante de residência e certificado de autoria.  
RESULTADO E PREMIAÇÃO 
  
Está assegurada ao vencedor de cada categoria a publicação de sua obra e conseqüente distribuição comercial pela Editora Record, com tiragem de 2.000 exemplares.
  O resultado da premiação será anunciado pelo Sesc em março de 2013 e o autor vencedor terá direito a 10% do valor de capa da obra quando da sua comercialização em livrarias. Parte da primeira edição, garante a organização, será adquirida pelo Sesc para inserção no acervo de bibliotecas mantidas pela Instituição em todos os estados brasileiros.  
  
Confira mais informações sobre o Prêmio Sesc de Literatura 2012/2013 acessando o link: www.sesc.com.br/premiosesc  

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.