GOVERNO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

TAÇA BRASIL DE FUTSAL: Tigre vence a segunda e está a um passo da semifinal



TEXTO E IMAGEM: http://www.radiorural.com.br/

O Tigre conseguiu uma suada vitória de virada sobre o Concórdia de Santa Catarina, nesta terça-feira (11/12), no Ginásio da Univille, em Joinville, naquele mesmo estado. Com o resultado, o time de Garanhuns assume a liderança isolada do Grupo E1 com 6 pontos.

Catarinenses e pernambucanos fizeram um duelo brigado. Explorando o toque de bola, o time de Concórdia tentava chegar ao gol de Laga. Acabaram conseguindo aos 12, com Felipe. O Tigre tentou a reação, mas acabou não obtendo êxito.

Somente na segunda etapa foi que o time de Garanhuns conseguiu o empate. Capacete, aos oito, contou com um deslize de Leo para deixar tudo igual.

O Tigre continuou partindo para cima e, aos 13, em jogada ensaiada na cobrança de falta, Edu marca o da virada. O Concordia, após pedido de tempo, colocou Felipe no lugar de Leo. Entretanto, por maior que fosse o domínio de bola concordiense, o estratagema permitia muitas vezes aos pernambucanos de arriscarem com chutes ao gol, livre.

A equipe de Garanhuns descansa nesta quarta-feira, jogando apenas na quinta (13/12), contra a Esmac/Ananindeua (PA), às 14h15. Os paraenses serão os adversários do Concórdia na quarta (12/12), às 15h30.
 
INFORMAÇÕES DA RÁDIO RURAL DE CONCÓRDIA-SC

BOMBA: Jornal Nacional utiliza informações antigas para falar da UPE Garanhuns


A UPE Garanhuns, e em especial o curso de Medicina, foram surpreendidos por um triste equívoco jornalístico em nível nacional. Na noite da segunda-feira, 10, uma reportagem especial do Jornal Nacional, mais importante informativo da TV Brasileira, trouxe um Raio-X da falta de médicos no país, mostrando a deficiência na formação acadêmica nas universidades. E aí, citou o curso de Garanhuns, que teria sido estruturado sem as condições necessárias.

Mas, pasmem, as informações são de sete meses atrás, quando a instituição passava pela greve dos estudantes, que reclamavam falta de professores, de estrutura, etc. Na época, o Governo de Pernambuco se comprometeu em abrir o concurso e investir no prédio da UPE para aprimorar o curso.

De lá pra cá tudo tem sido feito conforme o cronograma.

Porém, a Rede Globo utilizou as entrevistas da época, quando o prof. Pedro Falcão afirmava que o estado iria abrir concurso e fazer investimentos. O próprio diretor da Unidade de Ensino e pró-reitor da UPE para o interior esteve em Brasília, junto com o Secretário de Estado, Marcelino Granja e o Reitor da UPE, Carlos Calado, visitando os Ministérios da Saúde e da Educação. A viagem aconteceu na primeira quinzena de Agosto, protanto, vejam como a informação repassada para todo o Brasil agora está desatualizada.

Na época, trouxemos estas informações aqui.

No Ministério da Saúde, os presentantes de Penambuco, estiveram com o Dr. Mozart Sales conversando sobre convênios para a liberação de equipamentos para os Cursos de Medicina (Garanhuns e Serra Talhada) e Odontologia em Arcoverde. Além de Marcelino Granja, Carlos Calado e Pedro Falcão, participaram também o Prof. Franco Junqueira (Coordenador do Curso de Medicina) e o acadêmico de medicina Carlos Franca.

A UPE, através do Governo de Pernambuco, tem investido na qualificação do curso, e esta poderia ter sido a nova visão dada pelo Jornal Nacional, constatando a melhoria gradativa na instituição, se aqui estivessem para ver o curso. Mas preferiram pegar imagens de arquivo, sem nem ao menos conferir se a situação era mesma.

ABSURDO: Para se ter ideia do quanto a notícia estava fora de tempo. O concurso que foi prometido na reportagem, já abriu edital, já teve as provas e os aprovados já foram chamados.

O Governo do Estado de Pernambuco enviou uma nota à Rede Globo, explicando esta situação, que foi lida esta noite por William Bonner, ao final do Jornal Nacional.

O problema maior é reabrir as feridas que já estavam cicatrizadas. Devido esta matéria desatualizada, outros órgãos de comunicação já colocaram de novo o curso de medicina na pauta, logo agora que estava tudo correndo bem, prejudicando a instituição, a região e os alunos.

E este tipo de correção, não se faz em uma simples errata ou na leitura de uma nota. Infelizmente.

Izaías Régis envia mensagem de final de ano

Caros amigos, é com essa bela mensagem que quero desejar a todos um belíssimo fim de ano e que 2013 seja um grande recomeço para todos nós! Izaías Régis



 
Quantas portas você está deixando de abrir pelo medo de se arriscar?

Comece já a vencer todos os seus medos. Aproveite hoje para abrir todas as portas de sua vida. Comece já a vencer todos aqueles seus medos que estão te impedindo de ser totalmente feliz. Aqueles mesmos medos que estão te impedindo de realizar seus sonhos. Vamos! Força!

Quantas vezes você morreu por dentro por permitir que o medo falasse mais alto em sua vida? Quantas oportunidades perdidas, heim?! Quantas vezes você perdeu a liberdade só porque sentiu medo de abrir as portas dos seus sonhos?

Encare de frente a sua realidade, os seus desafios, os seus medos. Pare de sentir medo de fracassar. Pare de sentir medo do novo. Pare já de sentir medo do desconhecido. Pare de sentir medo de errar!

Você já sabia que de cada dez desculpas que você dá ou que você ouve, somente nove tem uma grande razão? O medo está acabando e inferiorizando as pessoas. A grande porcaria do medo é que ele paralisa feito um veneno. E consome as mais puras das energias deixando a pessoa arriada, desgastada, cansada... e derrotada antes mesmo do início da luta!

Não dê tanto poder assim aos medos que você carrega em sua vida. Não permita mais que os fantasmas prejudiquem o seu viver. Quase todos eles, medos e fantasmas, são imaginários. Nunca mais deixe que o medo acabe com você como pessoa, como indivíduo.

E dos seus atuais 9 medos, eu te garanto que eles não são verdadeiros e nem tão grandes quanto aparentam. Talvez eles estejam é fazendo você perder grandes chances de ser feliz! Claro: quando alguém fica com medo de fracassar, acaba fracassando por causa do próprio medo.

De agora em diante, não mais permita que qualquer medo perturbe a sua vida, deixando de fazer as coisas como precisam ser feitas. O medo não pode mais ficar criando dificuldades imaginárias e falsas em sua vida! E nem na vida de ninguém. O medo não pode mais contagiar e se multiplicar. É bom saber que o medo, precisa ser alimentado, cuidado! E ao admitir isso, saiba que o medo pode colocar tudo a perder em sua vida e não ajudar a construir nada de bom!

Faça tudo para ser feliz! E tudo com emoção! Sem medos!

Abra a porta que conduz à liberdade! Lembra da história da porta temida pelos prisioneiros do rei que dizia assim: você prefere morrer aqui ou abrir a porta? E o que tinha atrás daquela assustadora porta? A liberdade! Exatamente isso é o que há depois do medo vencido: a liberdade!

(Luis Carlos Mazzini)

LEI SECA REALIZA AÇÕES EM DIVERSOS MUNICÍPIOS DO AGRESTE - Confira a relação.


Com o objetivo de promover a segurança pública diminuindo os índices de acidentes com veículos automotores cujo condutores tenham ingerido bebida alcoólica, a OPERAÇÃO LEI SECA estadual está fazendo blitz em vários municípios do Agreste Meridional, com o apoio da V GERES e do Comitê Regional de Prevenção a Acidentes de Moto.

A iniciativa de forma ostensiva complementa uma série de ações educativas realizadas ao longo do ano, no sentido de chamar a atenção para a prevenção de acidentes.

Durante os grandes eventos como Festival de Inverno, Bicho Indoor e Garanhuns Motofest, a operação esteve presente na Suíça Pernambucana. Durante o ano também, foram realizados eventos para crianças e adolescentes, até mesmo nas escolas da região. Também foram realizadas palestras e pit stops, impactando os condutores nas principais artérias da cidade.

A OPERAÇÃO LEI SECA estará presente em Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Capoeiras, Lajedo, Jupi, Jucati, Iati, Paranatama, Brejão, Lagoa do Ouro e Garanhuns.

O gestor da V GERES, dr. Elenílson Liberato, lembra que a operação LEI SECA tem dado resultados positivos em várias regiões do estado, demonstrado nos número, inclusive do PACTO PELA VIDA, e que a Regional de Saúde tem investido em ações educativas, antes mesmo das ostensivas, para conscientizar a população da necessidade de prevenção, pois os números têm sido causa de preocupação por parte do Governo do Estado de Pernambuco.

ELEIÇÃO EM SÃO JOÃO: Desembargador nega seguimento a recurso que pedia a impugnação de Genaldi Zumba. Confira o teor da decisão.

Saiu ontem, segunda, 10, a decisão do TRE-PE através do Desembargador Virgínio Carneiro Leão sobre o processo que pede o indeferimento da candidatura de Genaldi Zumba, prefeito eleito de São João. A Juíza da Comarca de São João, admitiu recurso quando o processo ja estava transitado em julgado. 

A decisão no TRE-PE acabou sendo a que já se esperava - Negado o seguimento ao recurso, sem análise do mérito, considerando a intempestividade do prazo recursal.

Vale lembrar que ainda pode ir a plenário, mas com o fato do Desembargador alegar a intempestividade e não entrar no teor do pedido, é muito difícil uma reversão, pois o defeito é processual. Pressuposto de admissibilidade para conhecimento do recurso.

Existem mais processos ainda na Comarca, um deles por compra de votos. É aguardar para ver a decisão da juíza, mas uma coisa é certa, qualquer que seja o resultado, chegará também nas instâncias superiores.



DECISÃO MONOCRÁTICA

Trata-se de Recurso Eleitoral interposto pela Coligação Frente Popular de São João em face de sentença que julgou improcedente a impugnação interposta pela representante do Ministério Público Eleitoral e deferiu o registro de candidatura de José Genaldi Ferreira Zumba ao cargo de Prefeito no município de São João.

Cabe esclarecer que a Coligação ora recorrente também interpôs impugnação ao registro de candidatura do Sr. José Genaldi Ferreira Zumba, só que a destempo, sendo aceita pela magistrada tão somente como assistente litisconsorcial.

Nesse mister, em sua peça recursal de fls. 203/220, a recorrente alega que o recurso é tempestivo, vez que entende que a juíza a quo, por meio de despacho publicado em 06/11/2012, devolveu ao autor o prazo recursal de 3 (três) dias.

Ab initio, ressalto que a tempestividade constitui um dos pressupostos de admissibilidade recursal. Com relação aos processos de registro de candidatura, o prazo para recurso e sua forma de contagem encontram-se previstos no § 1º do art. 52 da Resolução n.º 23.373/2011. Na íntegra, mencionado dispositivo:

Art. 52. O pedido de registro, com ou sem impugnação, será julgado no prazo de 3 dias após a conclusão dos autos ao Juiz Eleitoral (LC no 64/90, art. 8º, caput).

§ 1º A decisão será publicada em cartório ou no Diário de Justiça Eletrônico, passando a correr deste momento o prazo de 3 dias para a interposição de recurso para o Tribunal Regional Eleitoral.

Compulsando os autos, verifico que consta, de fato, despacho às fls. 195, no qual a magistrada sentenciante, tendo em vista de que o Ministério Público Eleitoral não teria sido intimado pessoalmente da sentença, tornou sem efeito a certidão do trânsito em julgado apenas para o Parquet e abriu vista do processo para este, querendo, recorrer da sentença.

Nesse sentido, entendo que o prazo recursal de 3 (três) dias foi devolvido integralmente apenas para o Parquet, o qual não se manifestou.

Na espécie, o recurso interposto pela Coligação assistente do Parquet foi protocolado fora do prazo legal de 3 (três) dias, uma vez que a parte foi intimada da sentença em 31/07/2012 (fl. 147v), tendo esta transitado em julgado em 06/08/2012, e apenas protocolou o recurso em 09/11/2012 (fl. 203).

Ademais, cabe esclarecer que, nos termos do art. 557, caput, do CPC, "o relator negará seguimento a recurso manifestamente inadmissível, improcedente, prejudicado ou em confronto com súmula ou jurisprudência dominante do respectivo tribunal, do Supremo Tribunal Federal, ou de Tribunal Superior" .

No mesmo sentido, o artigo 29, inciso XXV do Regimento Interno deste Tribunal determina que compete ao relator "negar seguimento a pedido ou recurso manifestamente inadmissível, improcedente, prejudicado ou em confronto com súmula ou jurisprudência dominante deste tribunal, do Supremo Tribunal Federal, ou de Tribunal Superior" .

Ante o exposto, e em consonância com o parecer do Douto Procurador Regional Eleitoral e com fulcro nos dispositivos acima elencados, nego seguimento ao recurso em razão de sua flagrante intempestividade.

Publique-se no Diário da Justiça Eletrônico.

Recife, 10 de dezembro de 2012.

VIRGÍNIO CARNEIRO LEÃO (DESEMBARGADOR TRE-PE)
.


AGORA COMIGO: Traduzindo: A Coligação reclamante perdeu o prazo de entrar com o recurso, e o fato da juíza reabrir o processo para pedir vistas ao Ministério Público, não reabriu o prazo para a entrada de recursos, segundo o próprio Desembargador.
Assim, ele declarou que o recurso é intempestivo, ou seja, fora do prazo legal, e por isto nem observou o mérito, as alegações que levariam ao pedido de impugnação.

Jornal Nacional cita o curso de medicina da UPE Garanhuns em reportagem


Jornal Nacional


O Jornal Nacional mostrou, na semana passada, que mais da metade dos recém-formados nas faculdades de medicina de São Paulo foi reprovada num exame do conselho regional da categoria. Nesta semana, o Jornal Nacional vai apresentar uma série de reportagens sobre a formação dos médicos no Brasil. Um país em que a maioria dos estados ainda carece de profissionais.
A cada ano no Brasil quase 13 mil alunos se formam em medicina segundo o Ministério da Educação. Mas, às vezes quando mais se precisa de um médico, ele não está lá. Mesmo numa cidade como São Paulo.
Temos no país 371 mil médicos e o problema, segundo a categoria, não é a falta, mas a má distribuição deles.
“Há uma concentração excessiva nas capitais e no litoral. Veja que na Região Sul, Sudeste, nos temos 70, em torno de 70% dos médicos do país. E na região Norte, temos o menor numero de médicos e, assim mesmo, uma grande maioria concentrado nas capitais”, afirmou Roberto D'ávila, presidente do Conselho Federal de Medicina.
O governo discorda, diz que faltam sim médicos no Brasil e critica as entidades de classe.
“Sob o pretexto que não é possível formar com qualidade, não apoiam a formação de novos médicos. Nós temos é que buscar garantir a qualidade, mas faltam médicos no Brasil”, ressaltou Aloizio Mercadante, ministro da Educação.
O ministro mira em países como Portugal e Argentina, que tem mais de três médicos por mil habitantes. Por aqui os números variam, mas temos menos que dois por mil.
Para chegar a 2,5 em 2020, foi criado o Plano Nacional de Educação Médica, lançado em agosto de 2011 durante a inauguração de uma nova faculdade em Garanhuns, Pernambuco.
“O nosso objetivo é aumentar em 4,5 mil o numero de médicos formados ao ano. E também interiorizar os cursos de medicina, mantendo um elevado padrão de qualidade”, disse Dilma Rousseff na ocasião.
Passar numa boa faculdade pública de medicina é um grande desafio. Em Garanhuns, no agreste de Pernambuco, não é diferente. No primeiro vestibular, cada vaga foi disputada por 56 candidatos. Quem passou só não sabia que depois teria que fazer muito mais do que estudar.
Logo de cara, eles fizeram greve para conseguir um laboratório, mas ainda falta de tudo: cadáveres para o estudo de anatomia? Não tem. A biblioteca? Não está completa. É um não atrás do outro. Laboratório de Habilidades? Não tem ainda. Biotério? Pesquisa? Também não. O que deveria ser um hospital-escola. Também não é.
“Esse hospital não tem condições de receber o estudante de medicina devido à falta de profissionais”, disse Carlos Roberto de Fraga, presidente do Centro Acadêmico.
O diretor da faculdade reconhece que a correria não ajudou.

“Nós tivemos 6 meses pra estruturação, vamos dizer assim, dessa parte inicial e aí atrasou o edital do concurso”, afirmou Pedro Falcão, diretor da Faculdade de Medicina de Garanhuns.
Com professores temporários, sem a necessária dedicação exclusiva, os alunos temem pelo futuro do curso, que é uma extensão da universidade estadual.
Há 20 anos o Brasil tinha 83, hoje tem 197 faculdades de medicina. É mais que Estados Unidos, que a China. No mundo só perdemos para a índia que tem 272 escolas médicas.
A expansão foi sentida por faculdades particulares tradicionais como a Gama Filho, do Rio de Janeiro, que alega ter perdido espaço no mercado, a chance de ter mais alunos, diante da proliferação de faculdades privadas mais baratas e de acesso mais fácil.
“Nós tivemos o problema da crise de concorrência no mercado, concorrência predatória. O impacto foi muito violento, foi muito forte”, revelou Gilberto Chaves, pró-reitor de saúde da Universidade Gama Filho.
O impacto foi sentido na Santa Casa, que é o hospital conveniado, onde há mais de 40 anos os alunos da Gama Filho aprendem toda a parte prática do curso. Para cortar gastos, 140 professores da Gama Filho, que eram também médicos da Santa Casa. foram demitidos.
No meio de enfermaria, uma aula reúne alunos de vários períodos. Essa é a união da medicina teórica com a prática. Uma cena que deveria se repetir várias vezes por dia, na Santa Casa do Rio de Janeiro. Mas não é o que acontece. Para que pacientes e alunos não fossem totalmente abandonados, 40 médicos permaneceram dando aula de graça.
.
AGORA COMIGO: A reportagem mostra que Garanhuns está crescendo, pois está sendo citada numa grande reportagem em nível nacional. Antes, era somente em coisa ruim.

As dificuldades encontradas pelo curso ainda se devem ao período de implantação, (Concursos, compra de equipamentos, prédio, etc), que vão se resolvendo com o avançar do curso que ainda não formou nem a primeira turma, por isto os estudantes, professores e a sociedade garanhuense devem estar atentos para que o investimento seja feito satisfatoriamente.
De fato, do anúncio do curso até seu funcionamento foi um prazo curto, e praticamente ele está sendo montado com as turmas em andamento, à medida que vai se tendo a necessidade e os investimentos são liberados.

Fiscalizando os investimentos para termos um curso eficaz e sólido.

DESENVOLVIMENTO URBANO: Paulo Camelo sugere propostas para Izaías Régis



Para que Garanhuns não tenha o Complexo de Peter Pan (personagem inglesa que não queria crescer, ou seja, ser sempre criança), faz-se necessário elaborar novo Plano Diretor com a rapidez que o tema exige. Observe que o atual e caduco Plano Diretor proíbe edificação com mais de três andares. O detalhe é que a construção civil é responsável por considerável parcela do PIB (Produto Interno Bruto).


Para disciplinar a aplicação do novo Plano Diretor e tratar do item Fornecedores de Produtos e Pequenos Serviços, faz-se necessário a adoção de um Sistema Eficiente, Democrático e Rápido no trato com a coisa pública.


Mas, não é só Eficiência e Rapidez, é preciso que seja democrático e adotado através de Licitação Pública. Evidentemente que terá um Limite tanto nos valores dos Serviços, como também nos valores dos Produtos, para não cairmos no item Tomada de Preços.


Sugiro ao novo Prefeito, Izaías Régis, firmar convênio com a Caixa Econômica Federal, para adoção do mesmo Sistema Rotativo de Distribuição de Serviços daquela instituição financeira. O que há de mais moderno no Brasil. Extensivo ao Fornecimento de Materiais de Construção, Equipamentos, Remédios, Gêneros alimentícios, Serviços de Análise de Projetos e de Avaliação de Imóveis, Serviços de Reposição do Pavimento, etc.


A vantagem desse Sistema é que os valores são tabelados e pagos no mês seguinte. Assim a Prefeitura compraria o saco de cimento pelo mesmo preço em quaisquer das empresas credenciadas.


Só para se ter uma idéia quando chove torrencialmente, o pavimento fica danificado em vários lugares da cidade e há uma demora acentuada para reposição porquê se tem apenas uma ou duas empresas que façam a reposição. Com esse Sistema moderno da CEF, o governo municipal disponibilizaria, ao mesmo tempo, várias empresas para reposição do pavimento considerando o trabalho noturno e em dias de sábado e domingo. Assim, a população só teria a ganhar com a rapidez no atendimento.


Quanto a Análise de Projetos, ponto de discussão polêmica neste mesmo blog, a Prefeitura teria um corpo técnico para apenas Coordenar os trabalhos das empresas credenciadas, acabando de uma só vez com o privilégio dos técnicos da Prefeitura de exercerem ao mesmo tempo a função de aprovar e desaprovar os Projetos e de concorrerem com os demais profissionais de engenharia e arquitetura no Mercado de Trabalho. Assim, a Prefeitura seria o fiel da balança no equilíbrio do Mercado de Trabalho, criando oportunidade para todos.


A Caixa Econômica Federal tem uma linha de financiamento, a juros em conta, para aquisição de terreno e construção de edificação residencial, mas está deixando de injetar milhões de reais no Mercado, porquê a Prefeitura não se dar aos meios de agilizar a aprovação dos Projetos.


AGILIZAR, EFICIÊNCIA E DEMOCRATIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS É PRECISO.

.
Artigo enviado por Paulo Camelo (PSOL) engenheiro e candidato a prefeito nas últimas eleições.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.