CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG: CONTATO (87) 9.9988.0423

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E SAIBA MAIS

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Garanhuns realiza audiência pública sobre a duplicação da BR-423

O prefeito Izaías Régis passou o dia hoje (16) em reuniões na Capital Pernambucana. Entre as novidades dessa agenda externa o prefeito traz a realização de uma Audiência Pública no dia 14 de fevereiro, no Hotel Tavares Correia, sobre a duplicação da BR-423. A audiência vai ser realizada pelo Governo Municipal de Garanhuns junto com o Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secretaria de Transportes. “Eu estou saindo dessa reunião de hoje com a notícia em primeira mão de que a obra da duplicação da BR-423 já é uma realidade”, destacou o prefeito Izaías.

O projeto executivo da obra que foi elaborado pelo Governo do Estado com recursos do Ministério dos Transportes, deverá ser entregue ao Governo Federal na primeira quinzena de fevereiro.

BR-423

Mais importante via de acesso ao Agreste Meridional pernambucano, começando em São Caetano e indo até Garanhuns, a BR-423 é o canal de escoamento da produção da maior bacia leiteira do estado e fator essencial à mobilidade de grande contingente da população.

V GERES reúne secretários municipais de saúde‏




O gestor da V GERES - Gerência Regional de Saúde, Dr. Elenílson Liberato, antecipou o retorno das férias para convocar os novos secretários de saúde dos municípios que fazem parte da regional para uma reunião, que aconteceu nesta terça-feira, 15, no auditório da CODEAM, em Garanhuns, onde foram apresentados os dados estatísticos referentes a 2012, pela equipe de coordenação em várias áreas da V GERES, além de apresentar às ações implantadas pela instituição em parceria com os municípios, que terão seguimento ao longo deste ano.

A reunião tem por objetivo integrar as ações municipais com a gerência regional, com as ações de políticas públicas implementadas pela Secretaria Estadual de Saúde do Governo do Estado.

Na ocasião já foram realizadas avaliações, com apresentação de estatísticas, e marcado o início de um novo ciclo de trabalho, já que em algumas cidades aconteceram mudanças nas pessoas que estavam à frente das pastas de saúde.

"Foi um momento de apresentação e avaliação, mas principalmente, de prepararmos para as ações que estarão sendo efetivadas ao longo de 2013." - Enfatizou Dr. Liberato.

O encontro da V GERES com os responsáveis pelas secretarias dos municípios acontece mensalmente.


COMITÊ REGIONAL DE PREVENÇÃO AOS ACIDENTES DE MOTO

Uma primeira reunião com as autoridades participantes do CRPAM aconteceu na segunda-feira, na sede da V GERES, onde foram feitos alguns encaminhamentos, e um novo encontro ficou agendado para o dia 22, terça-feira, às 14h, onde serão programadas ações em conjunto pelas entidades representativas para diminuir os índices de acidentes durante o carnaval, com foco onde a festa tem mais fluxo de pessoas.

Outras atividades como apresentação de estatísticas recentes e avaliação das ações no ano de 2012 também estão na pauta.

AESGA REALIZA SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU DOS SEUS CURSOS SUPERIORES



Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (AESGA) vivencia, desde a última quinta-feira, dia 10 de janeiro, as solenidades de colação de grau dos seus cursos que compõem a Instituição. As comemorações tiveram início com os formandos de Direito da turma Veralucia Maria de Albuquerque. O Evento foi realizado na casa de shows Metroplaza e contou a presença da presidente da AESGA, Giane Maria de Lira Oliveira, do coordenador da Faculdade de Direito de Garanhuns, o Juiz de Direito, Dr. Márcio Bastos Sá Barreto, além da vice-prefeita do Município, senhora Roseane Quidute, bem como da paraninfa da turma de Direito, Drª Débora Luzinete de Almeida Severo.

A festividade de colação de grau tem segmento nesta quarta-feira, dia 16 de janeiro, quando os estudantes do curso de Administração com ênfase em Marketing (FAGA), colarão grau, a partir das 19 horas, no auditório da Instituição – Manoel Elpídio de Melo. Já na quinta-feira, dia 17, a solenidade da turma de Administração em Empreendedorismo se dará nos salões da AGA.

As comemorações de colação de grau da Instituição serão encerradas no dia 31 de janeiro, com os formandos de Secretariado Executivo Bilíngue, com cerimônia a ser realizada a partir das 19 horas, também no auditório da AESGA.

Segundo informações da presidenta da AESGA, Giane Lira, até o final do mês os alunos formandos vivenciam um momento especial e de muita expectativa. “Este é o ato mais esperado e importante da vida acadêmica dos alunos concluintes do ensino superior. Por isso nossa alegria e emoção em encerrar mais um ciclo dessa jornada, realizando a Cerimônia de Colação de Grau”, declarou a Presidenta da Instituição.

Senador de Garanhuns disputa presidência do senado

O senador Randolfe em Garanhuns, ladeado por Sivaldo Albino e Marcelo Marçal


Líder do PSOL no Senado, Randolfe Rodrigues (AP) iniciou nesta terça-feira (15) sua campanha pela Presidência do Senado. Randolfe disputará o cargo com o líder do PMDB na Casa, Renan Calheiros (AL), que detém apoio da bancada governista. A eleição está marcada para o dia 1º de fevereiro.

"Comecei hoje a apresentar minha candidatura. Estou telefonando para todos os senadores para mostrar meu plano de trabalho. O que não pode é o Renan ficar sem opositor", disse o senador.

Randolfe lançou a candidatura com o apoio de um grupo de senadores independentes. Ainda hoje, Randolfe e o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) começam a distribuir um manifesto aos demais parlamentares onde pedem compromissos a serem cumpridos pelo novo presidente da Casa. Entre eles está a criação de um comitê de acompanhamento e controle de gestão para que os parlamentares possam acompanhar as decisões tomadas pela Mesa Diretora da Casa.

Renan Calheiros é o nome mais cotado para presidir a Casa, no lugar do atual presidente, José Sarney (PMDB-AL). Os apoiadores do peemedebista calculam que tenham mais de 60 votos garantidos. De acordo com o G1, Calheiros renunciou ao cargo de presidente da Casa em novembro de 2007, acuado por denúncias de que uma grande construtora estaria pagando a pensão de uma filha. Nas negociações para voltar ao comando da Casa, ele tenta obter apoio das bancadas aliadas ao governo, que costuram, há meses, acordos em troca dos votos.

fonte: Blog do Vereador Sivaldo Albino
.

AGORA COMIGO: A intenção de Randolfe é, claro, se opor à candidatura de Renan Calheiros, da mesma forma como fez contra José Sarney, transformando-se em uma opção mais democrática e ética, com o apoio daqueles que não aceitam as negociatas do poder.

Fernando Duarte fala tudo sobre a Secretaria de Cultura de Pernambuco


Texto: Diana Moura para o Jornal do Commercio

O barulho feito por artistas que reivindicam o pagamento de cachês do último Carnaval tem ofuscado as políticas culturais implementadas pelo governo do Estado. Chamado para a pasta há dois anos, com a missão, entre outras, de resolver as pendências financeiras com os músicos, o tranquilo secretário de Cultura de Pernambuco, Fernando Duarte, demonstrou uma ponta de irritação pública pela primeira vez desde que assumiu o setor. Considerado pelos assessores e colegas de trabalho como um gestor extremamente organizado, meticuloso e perseguidor da exatidão no gasto com o dinheiro público, Fernando reclamou da falta de precisão de algumas críticas que recebeu.

“As críticas foram generalizadas, não distinguiram as situações. Algumas coisas que disseram do governo do Estado são injustas”, afirma, apontando para uma resma de papel que guarda relatórios sobre sua prestação de contas.

O assunto incômodo fez o tímido Fernando sair da toca. Avesso a badalações e a colunas sociais, o secretário de Cultura é conhecido pela discrição. Desde que tomou posse, concedeu pouquíssimas entrevistas e evitou a imprensa até mesmo no momento mais crítico da sua gestão, quando recebeu o cargo em meio a uma crise de pagamentos de cachês da Fundarpe que ganhou dimensão institucional (o governo não revela as cifras totais dos débitos).

Com um orçamento de R$ 116 milhões, sendo R$ 33 milhões (29%) para o Funcultura (fomento para artistas e produtores), o secretário tem que dar conta da formação de público e de artistas, investir na preservação do patrimônio do Estado, e manter museus e galerias. Para isso, ele atrela seu trabalho a conceitos sólidos. Veja alguns dos pontos que defende para a gestão cultural

CACHÊS 

"A questão dos cachês não é uma questão menor. É essencial. É importante que a pessoa que vai ser contratada tenha certeza que vai receber e que esse pagamento seja cada vez mais rápido, e estamos trabalhando para isso. Apesar de ser importante, não é o centro de uma política cultural. No centro dessa política estão a regionalização, a ampliação das oportunidades para público e artistas, a democratização e transparência dessas oportunidades, a tentativa de incluir novos segmentos culturais nas ações do Estado, a relação com o público, a gestão do patrimônio e dos equipamentos culturais. Temos buscado ações para cada um destes aspectos."

ARTISTAS

"A política do governo do Estado é extremamente parceira da música independente, alternativa, e da cultura popular. Artistas como China, Eddie, Nação Zumbi, Alessandra Leão, Karina Buhr, Caçapa, são nossos parceiros, estiveram na grade de todos os nossos festivais. Na verdade, estamos promovendo debates com as prefeituras e com o público, em todas as montagens de festivais no interior, para uma valorização cada vez maior da criação estética desses artistas. Isso vai na direção também de garantir cortejos da cultura popular, de reunir o que temos de melhor do pop e do rock, das orquestras de frevo, etc."

FESTIVAIS 

"A montagem da grade de atrações de um festival é algo de muita complexidade e responsabilidade. Uma montagem interessante é a que reflete comportamentos e gostos estéticos diferentes, que compreende a formação do público, o diálogo de gerações, a diversidade da cultura pernambucana, e que possibilita, a novos artistas e grupos populares, o aprendizado de subir no palco e de gerir suas carreiras de artistas (com a documentação necessária para ser contratados pelos Estado)."

"Tudo que tem movimentação na cena pernambucana nos interessa."

EVENTOS 

"Os shows podem fazer parte de uma política cultural mais perene. É só uma questão de direção. Se eu não faço show, onde vai se dar a formação de público para a música pernambucana? Essa questão é fundamental. Há uma falsa discussão desse tema. Não há possibilidade da arte sem o evento. O evento é uma culminância do processo de criação. Quando eu faço oficinas, cursos, seminários, faço em função da produção. Um seminário existe para qualificar a produção. Uma pesquisa deve estimular uma reflexão sobre a produção. Tudo está em função daquilo que a arte produz. E aqui dou um status de arte à cultura e à tradição. Você não aprende cavalo-marinho na escola, mas vendo o corpo do brincante que dança cavalo-marinho. Não tenho nada contra a escola, pelo contrário, mas existe na cultura pernambucano outros tipos de transmissão de conhecimento que são importantes e devem ser reconhecidos enquanto tal. Não há contradição. Quando pensamos na grade de um festival, não pensamos como entretenimento, mas como formação de público e de novos artistas."

EQUIPAMENTOS

"Para que serve o equipamento cultural se não for para expor a arte, realizar seminários, oficinas, ou seja, fazer eventos? A finalidade de um museu, um teatro, é ter uma programação. Tem que ser ativo, ter condições de funcionamento (limpeza, conservação, infraestrutura, acervo, pessoal capacitado), possuir um perfil definido e adequado às necessidades do seu público. Estamos trabalhando nisso. Esse perfil precisa ser construído de forma coletiva com gestores, artistas e público. E precisamos de recursos – por estamos dotando os equipamentos de um orçamento específico."

PREFEITURAS

"Não tenho nenhuma dificuldade no diálogo com as prefeituras. Quando mostramos a amplitude e a qualidade dos artistas que temos, todas se convencem. Muitos gestores dessas prefeituras nos ligam depois, para dizer que gostaram do artista que tiveram a oportunidade de conhecer e que pretendem contratá-los em outras oportunidades. Essa articulação entre artistas que representam a cultura pernambucana e as prefeituras faz parte do nosso trabalho."

PÚBLICO 

"O principal público da Secretaria de Cultura é a população. Cria-se uma política pública para atender à população. Quando começo a discutir isso, começo a falar de acesso, de diversidade cultural, de informação. Por isso, o Estado deve ampliar a diversidade da oferta artístico-cultural, para que se possa formar público para a arte produzida aqui."

ARTISTAS 

"O Estado não faz arte nem cultura. Quem faz são os artistas. Eu conto com eles para fazer a política cultural. O papel do Estado é o de viabilizar a exposição da arte, pode fomentá-la, mas não faz arte." 

LINGUAGENS

"Dentro de cada segmento (música, teatro, dança, literatura, artes plásticas, cinema, por exemplo), há necessidades específicas, questões que às vezes podem ser resolvidas com pouca verba, dinheiro para um curso, organização de um seminário, ações que não necessariamente têm que passar pelo Funcultura. Também estamos tentando construir uma política de projetos e programas vinculados às soluções para esses setores."

FUNCULTURA

"Estamos pesquisando o impacto do Funcultura para o Estado. O fundo colocou R$ 97 milhões na cultura pernambucana nos últimos três anos. Precisamos mensurar qual o impacto disso na organização de produtores e artistas."


Gestor Regional Paulo Lins reúne Secretários Municipais de Educação do Agreste Meridional


Numa ação de integração entre as duas redes públicas de ensino, a GRE Agreste Meridional e as Secretarias de Educação dos municípios jurisdicionados a esta regional estiveram reunidas na manhã de hoje (15) no I Colegiado de Secretários Municipais de Educação do Agreste Meridional. 


O evento ocorrido no auditório da GRE-AM abriu espaço para discussões de assuntos em comum à Educação na região e de alinhamento das políticas públicas desenvolvidas em Regime de Colaboração Estado/Município, contando com a participação da Unidade de Gestão da Rede (UGR) e Unidade de Desenvolvimento de Ensino (UDE) da Gerência Regional, assim como Gestores de Escolas Estaduais da região.



Na ocasião, o Gestor Paulo Lins e equipe trataram de temas administrativos e estruturais que estão em consonância com a atuação das Secretarias Municipais. Assuntos como Calendário e Transporte Escolar, Educacenso, Cedência de Servidores e Matrículas 2013 foram debatidos entre os Secretários já vigentes na gestão, e apresentados aos que assumiram o cargo a partir deste ano. 

  
O encontro contou ainda com orientações sobre autorização e regularização para funcionamento de Escolas e Cursos, assim como a apresentação dos Programas Alfabetizar com Sucesso, Paulo Freire e ProJovem, enquanto políticas comuns às duas redes com grande eficácia nos resultados e importante papel social. O Gestor Regional aproveitou a oportunidade para ressaltar a importância da adesão e das práticas colaborativas por parte das Secretarias Municipais como formas de efetivar o trabalho de expansão e interiorização dessas políticas. 




Para os presentes, o Colegiado serviu também como uma apresentação do funcionamento da Gerência Regional, suas Unidades e Células, e de como as ações desenvolvidas pelas duas redes devem estar alinhadas na busca por resultados onde o estudante seja a prioridade máxima do trabalho. “O nosso papel é garantir recepção e atendimento adequados, e principalmente uma relação ensino-aprendizagem realmente eficaz para o nosso estudante, seja ele da rede municipal, ou da rede estadual.”, afirma o Prof.º Paulo Lins, Gestor Regional.


Secretaria convida imprensa para solenidade de entrega de títulos de posse


POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.