CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

POUSADA DA PAIXÃO - CLIQUE E CONHEÇA!

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

domingo, 27 de janeiro de 2013

Garanhuns Jazz abre espaço para novos guitarristas da cidade na programação oficial



Considerando o bom nível musical dos jovens Guitarristas de Garanhuns que foram citados no post da Fan Page do Garanhuns Jazz Festival, para participação no Guitar Night do evento, a produção resolveu ampliar e oferecer participação especial dos três guitarristas mais citados no post respectivamente em três shows do Festival, ficando assim a sequencia das apresentações.

Igor albuquerque- show de Warren Atiba Taylor(9/12)
Gercino Nogueira: show de Lancaster(10/12)
Diego Alberto- Guitar Night(12/02)

Cada guitarrista vai tocar pelo menos uma música nos shows citados e cada um vai ganhar um cachê por essa participação.

Maiores informações pelo gipapa@globo.com

Esta é a edição do GJF com a maior participação de artistas de Garanhuns, ressaltando também que eles estarão dividindo o palco com alguns dos melhores músicos de Jazz e Blues do Brasil!

GANHE O MUNDO: Nova oportunidade de intercâmbio para os estudantes da rede estadual



Os estudantes de ensino médio da rede estadual têm mais uma oportunidade de concorrer ao intercâmbio promovido pelo Programa Ganhe o Mundo, da Secretaria de Educação do Estado (SEE). Até o dia 1° de fevereiro estão abertas as inscrições para a nova seleção, que oferece 1.275 vagas distribuídas entre Canadá, Estados Unidos, Nova Zelândia, Argentina, Chile e Espanha. Serão selecionados para a viagem até 75 estudantes em cada uma das 17 Gerências Regionais de Educação (GREs), sendo 60 vagas para países de língua inglesa e 15 para língua espanhola.

Os candidatos deverão estar regularmente matriculados no 2º ano do ensino médio (regular, semi-integral, integral ou médio integral integrado à educação profissional) em 2013; ter alcançado média anual, em 2012, a partir de 7 tanto em língua portuguesa quanto em matemática; e ter frequência mínima de 85% nas aulas. Ainda está entre os pré-requisitos possuir, no mínimo, 14 anos até o dia 1º de agosto de 2013 e, no máximo, 17 anos e 11 meses até o dia 28 de fevereiro de 2014. O jovem também não pode ter sido reprovado em 2012.

A seleção, que deve ser realizada no site da SEE (www.educacao.pe.gov.br), é composta de duas etapas. A primeira consta de uma prova escrita (em inglês ou espanhol), realizada nos dias 21 e 22 de fevereiro, contendo 25 questões de múltipla escolha. Já a segunda fase será feita a partir do cálculo da média aritmética das prova de língua e da média anual de português e matemática conseguida em 2012.

Após a seleção, os estudantes cursarão, obrigatoriamente, um módulo intensivo dos cursos de línguas oferecidos pela SEE. Quem não obtiver nota mínima de 8, tanto na prova oral quanto na escrita, e frequência menor que 90% no mesmo módulo será eliminado do programa. O resultado final do processo será divulgado até o dia 18 de março, no site da SEE e no Diário Oficial.

Intercâmbio – Após a seleção, os estudantes aprovados para o intercâmbio cursarão o correspondente a um semestre letivo (com duração em torno de cinco meses), em um dos países oferecidos como destino. A previsão é que o embarque ocorra entre os meses de agosto e setembro de 2013, para o Canadá, Estados Unidos, Espanha, Chile e Argentina, e janeiro de 2014, para a Nova Zelândia.

Como na primeira edição, todos os inscritos receberão seis bolsas no valor mensal de R$ 609,54, que serão pagas enquanto estiver residindo no exterior, no decorrer do programa.

Números do novo edital:

- 1.275 vagas / Canadá (600), Estados Unidos (200), Nova Zelândia (200) Argentina (100), Chile (100) e Espanha (75)

- 75 estudantes em cada uma das 17 Gerências Regionais de Educação (GREs), sendo 60 vagas para países de língua inglesa e 15 para língua espanhola.

(Fonte: Assessoria de Comunicação - SEE / Disponível em: http://www.educacao.pe.gov.br)

Revista Época pergunta na capa: QUEM TEM MEDO DE EDUARDO CAMPOS?


A Revista Época desta semana traz duas capas. Uma trata sobre amor a animais, mas a outra deve dar o que falar, principalmente nos círculos políticos do país. Apresenta Eduardo Campos, o seu estilo, a trajetória e as ambições do governador mais popular do país

Trecho de reportagem da edição de ÉPOCA desta semana 
Capa 766 Assinante (Foto: Leo Caldas/ÉPOCA)
O governador Eduardo Campos, de Pernambuco, é um ótimo piloto de cadeira giratória de rodinhas. Logo ao sentar-se, elegante e espaçoso, já sublinha a que veio. A cadeira é uma das 13 de uma grande mesa preta, em forma de U, na sala de reuniões contígua a seu gabinete. Não terá um minuto de sossego por quase três horas. Campos a manobra para todos os lados possíveis, a esporeia com o ritmo acelerado de sua fluência verbal e, quando a leva, num tiro curto, em direção ao interlocutor, o dorso ainda atlético de 47 anos também assoma, enfático. Seus translúcidos olhos verdes são, surrupiando um autor contemporâneo, como pássaros querendo voar para fora da cara. Campos é, sobretudo, olhos. Na beleza variante da cor, que fisga a atenção, e, principalmente, na mirada, no manejo que lhes sabe dar, ora águia, ora cobra, focados na sedução. “Sedutor” é um recorrente qualificativo até entre adversários regionais – como o senador Humberto Costa, do PT, ou o deputado federal Mendonça Filho, do DEM. Campos sabe que, nos dois casos, o sentido é “cuidado com ele!” – ambos, afinal, são vítimas de peia eleitoral. Mesmo assim, não desgosta.  
Não é o caso quando é chamado de “coronel”, como fez a revista britânica The Economist em reportagem recente, que também registrou seu lado de gestor dinâmico e empreendedor à frente do Estado que governa pela segunda vez, com aprovação recorde – 89% na última pesquisa. Provocado – “O senhor leva mesmo um jeitão de coronel...” –, Campos não esconde o desconforto. Leva a cadeira para a frente e para trás, dá uma brusca freada de general e responde:  
– Isso só acontece quando alguém nasce por aqui. Nunca vi um rótulo desses num político carioca, paulista ou mineiro. Então lamento, porque é uma coisa desqualificando. Que maneira tenho de botar ordem aqui? “É um coronel.” Tá bom. (Falar) é um direito (deles). Fazer o quê?

Entre dez governadores pesquisados pelo Ibope no final do ano passado, Campos obteve a maior aprovação: 34% acham sua gestão “ótima”; 45%, “boa”; 15%, “regular”; 4%,“ruim”; e 3%,“péssima”. É tamanha popularidade que explica por que tantos políticos têm se aproximado dele e que seja impossível discutir a sucessão da presidente Dilma Rousseff sem que seu nome venha à tona. Ele próprio negou, em entrevista publicada por ÉPOCA em dezembro, que pretenda se candidatar à Presidência. Na ocasião, disse que “sem dúvida” apoiaria a reeleição de Dilma. É nessa canoa que os pés de Campos estão, ambos. Antes da eleição municipal de Pernambuco, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estava disposto a costurar sua candidatura a vice, já em 2014. Depois que Campos praticamente humilhou o PT, ao lançar candidato próprio à prefeitura do Recife – e vencer –, Lula e Dilma sabem que ficou mais difícil. O desejo de ambos é mantê-lo na canoa para, quem sabe?, um voo solo em 2018. Ser ministro de Dilma reeleita, em Pasta de visibilidade, é uma possibilidade.

>>Leia mais em ÉPOCA desta semana! 

FESTA DE UNIVERSITÁRIOS: Veja fotos da tragédia que matou 245 em Santa Maria no Rio Grande do Sul

DJ Bolinha boate Kiss


Ingressos da festa eram vendidos por turmas da UFSM (Universidade Federal de Santa Maria)

Site da boate promovia festa que acabou em tragédia / ReproduçãoSite da boate promovia festa que acabou em tragédiaReprodução

A festa realizada na boate que pegou fogo na madrugada deste domingo, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, reunia duas bandas e três DJs. Com o nome de “Agromerados”, ela era promovida pela boate Kiss em conjunto com a produtora Green Live.

Os ingressos da festa eram vendidos por turmas da UFSM (Universidade Federal de Santa Maria), o que levou muitos universitários à festa que acabaria em tragédia. 

Durante a festa, um dos DJs da casa (Bolinha) publicou uma foto da festa em sua página do Facebook. "Bombandoooooooo KISSS", escreveu.

 Muitas pessoas chegaram a ser atendidas na rua. Ao menos 200 pessoas teriam se ferido neste incêndio

Uma perícia deve ser feita no local para indicar as causas desta tragédia

 Um incêndio na madrugada deste domingo em uma boate em Santa Maria, na região central do Rio Grande do Sul, matou dezenas de pessoas

http://www.band.com.br/





Para conferir mais fotos, clique neste link da REVISTA ÉPOCA

Painel de Armando Rocha redescoberto em Garanhuns


Ao visitarmos as instalações da nova fábrica da Nordestina, em março do ano passado, do empresário Cirilo Veloso, no prédio da antiga CID - Companhia Industrial de Doces, um painel em argila, pintado à óleo, logo na entrada recebe os visitantes e trabalhadores todos os dias contando a história da antiga fábrica, com a chegada do açúcar, sua transformação nos doces e a venda dos produtos, até para exportação. O painel foi criado pelo artista plástico Armando Rocha.

O tempo exposto sem cuidados não danificou a beleza do trabalho. Está sem cor e precisando ter partes recompostas, mas mantém a beleza e a marca do artista. Armando era pintor, escultor e poeta, tendo ficado mais famoso por suas pinturas, sempre com temas regionais, em que suas figuras têm rostos de traços largos, pés e mãos grandes e olhares tristes. Armando morreu jovem, creio que há uns 15 anos, por aí. Devia ter uns 50 anos. Conheci o artista na minha adolescência, pois ele era muito amigo de meu tio, Espedito Dias, também artista plástico.

São de autoria de Armando Rocha os painéis que contam a história de Garanhuns, desde o bandeirante Domingos Jorge Velho, avô de Simoa Gomes, à abolição da escravatura e ao desenvolvimento agropecuário municipal, com destaque para a criação de gado e plantação de café, situado no Espaço Cultural Luís Jardim, ao lado do Colunata, onde existe também uma poesia, uma verdadeira ode a Garanhuns, composta pelo multiartista Maurilo Campos Matos.

Voltando ao painel da CID, o próprio Cirilo Veloso disse ter pensado em derrubar para construir outro para a Nordestina. Porém, com a descoberta deste patrimônio histórico e cultural, seria interessante que pudéssemos garantir sua permanência, ou até se possível, sua transferência para uma área pública, como uma praça da cidade, se o empresário autorizar.

Que eu lembre, existiam painéis de Armando Rocha também na fábrica de Móveis Eldorado, na sede do Café DoBom na Praça Jardim, e até em algumas residências.

Um dos filhos de Armando, Aquiles Rocha, guarda um catálogo com algumas das obras do artista, e seria muito interessante que Garanhuns pudesse tombar esse patrimônio, principalmente as que contam parte da nossa história.

Relembrando o Café DoBOM e o outrora distrito industrial


O cheiro do café tomava conta dos ares da minha infância. Vinha do outrora Café DoBom, na época, o melhor da região e um marco da nossa indústria de qualidade. Naquele distrito industrial onde vi tantas fábricas funcionando, alguns prédios descuidados denigrem a imagem da minha geração.

O prédio está com placa de venda.

A Coca Cola também está com uma enorme placa de aluga-se.

Hora Norte. Cavam. Fábricas de doces, estofados, premoldados, postes, condimentos, ...

Alguns investimentos foram feitos recentemente. A AMTT, o Detran, o Instituto Técnico Federal entre outros, mas que ainda não substituem o que tivemos no passado. A Nordestina está ocupando o antigo prédio da CID - Companhia Insdustrial de Doces, mas precisamos resgatar o potencial daquele distrito industrial.  
.


Audálio Filho complementa:
Ronaldo, o Café do Bom começou a ser fabricado na Praça Jardim, ao lado do atual prédio dos Correios, com certeza aquele cheiro prazeroso do café sendo torrado, embalado... além da gentileza do sempre simpático Sr. Theodomiro Lima, de D. Enilda, de Chiquinho do Bom e de Ana Maria, uma família que saiu de Garanhuns mas deixou saudades (moravam na Frei Caneca).
.
atualização sobre publicação de 18/09/2009.

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.