GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

UNOPAR GARANHUNS

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Confira a pauta de reivindicações que o SINSEMUG apresentou para administração de Garanhuns

Confira a pauta de reivindicações do SINSEMUG apresentada ao Secretário de Administração de Garanhuns, Alfredo Góes.



1. Liberação do desconto em folha dos convênios do SINSEMUG com a empresa de cartões de créditos convênio card, sendo confirmado pelo Secretário de Administração; Alfredo Góes e o Procurador do Município; Dr. Thiago a autorização do convênio.

2. Mais segurança para a Guarda Municipal e Capacitação, onde foi tratado risco de vida, carga horária de trabalho e gratificações. Respondeu o Secretário e o Procurador do Município, Confirmado que já esta sendo capacitação do pessoal de transito, e que as gratificações dos guardes estarão incluídas ainda esse mês.

3. Insalubridade para o Pessoal que trabalha em local de risco a saúde do trabalhador. ficando acertado com o Secretário de Administração e o Procurado do Município que no lugar de ser pago gratificações será aplicado em breve a insalubridade para os trabalhadores na área de enfermagem, motoristas de ambulâncias, coveiros, pessoal de arquivo, pessoal que trabalha com limpeza de galerias, cemitérios, hospital e postos de saúde.

4. Foi tratado do reajuste das horas aulas dos Professores do Município de Garanhuns, onde o Secretários de Administração; Alfredo Góis, confirmou que já foi implantado na folha de pagamento o reajuste de acordo com o Piso Nacional do Magistério. Conforme o sindicato já havia solicitado.

5. Assistência Medica e Hospitalar para os Servidores do Município de Garanhuns, ficando a certado com Secretário de Administração e o Procurador do Município que será feito um estudo para prestar uma assistência aos servidores do Município.

6. Criação do Estatuto Próprio do Servidores do Município, sendo acertado com Secretário de Administração e o Procurador do Município que será feita uma comissão de servidores e membros dos Poderes Executivo e Legislativo Municipal, para tratarem da elaboração do Estatuto próprio dos Servidores Municipais de Garanhuns.

7. Reclassificação do Plano de Cargos e Carreira do Servidores do Município e reajuste salarial, ficando marcado que até o dia 26 de fevereiro informará o percentual de aumento que o Município enviará a Câmara de Vereadores o projeto de reajuste do servidores para ser aprovado na Câmara de Vereadores no início de março, reajuste com efeito retroativo ao mês de janeiro de 2013.

8. Manter o calendário de pagamento, foi confirmado pelo Secretários de Administração; Alfredo Góes, ainda esse mês vai ser entregue os calendários de pagamentos, confirmado os pagamentos até o final do ano.


BREJÃO




O Prefeito do Município de Brejão, Ronaldo Ferreira de Melo recebeu seu Gabinete, os Dirigentes Sindicais Luciano Florêncio - Presidente do SINSEMUG/REGIONAL e o Delegado Sindical; José Eraldo Guedes Sabino ( Eraldo Caxiado), onde foram entregues cópias de documentos do sindicato comprovando sua legalidade perante aos órgãos federativos e tratando de vários assuntos ligados ao sindicato e o funcionalismo do Município de Brejão. 

O Presidente do SINSEMUG/REGIONAL; Luciano Florêncio e o Delegado Sindical; José Eraldo Guedes Sabino, sairão muitos satisfeitos com a postura e simplicidade do Prefeito de Brejão Ronaldo Ferreira e sua equipe, em relação aos assuntos tratados referente aos Funcionários, Administrativo, Professores, Pessoal de Saúde e outras áreas da Carreira do Município de Brejão.

Eduardo Campos vai ser Presidente da República



O PSDB é conhecido como um partido em que seus integrantes ficam em cima do muro, não se destacam pela contundência política, têm pecha de intelectuais distantes do povo. Três destes líderes dão a característica depois espalhada por todos: FHC, Serra e Alckmin. O primeiro foi presidente da república, os outros dois ainda conseguem alguma influência em São Paulo, aliás, o PSDB tem sido um partido onde suas lideranças nacionais saem de São Paulo.

Aécio Neves vai tentar acabar com estes tabus. É mineiro, senador, neto de Tancredo, e... só. Não tem sido uma pessoa presente no noticiário. Não faz o mínimo esforço para se tornar uma figura nacional, e por isto a mídia e a massa política nacional já perceberam com o governador pernambucano tem mais tino, mais presença, mais argumentos e mais bala na agulha. Eduardo Campos vem se preparando para ser presidente da república, tanto na esfera administrativa, onde criou uma nova forma de atuação, com elementos da iniciativa privada com metas, objetivos, gráficos, cobranças, demissões de incompetentes, menor influência da esfera política,planejamento estratégico, auxiliares técnicos competentes, visão de futuro...

Mas também no campo politico, criando um grupo que possa enfrentar os grandes conglomerados do PT e do PMDB. E ainda o PSDB, que seria a alternativa costumeira.

A derrota de Júlio Delgado foi comemora como uma vitória na Câmara dos Deputados, pois mostrou a força do partido para enfrentar a força política do palácio.

E a partir de agora, a candidatura de Eduardo a presidente passou a ser tratada abertamente, como fez o líder do PSB na Câmara, Beto Albuquerque.

Em Pernambuco, Eduardo tem praticamente a hegemonia política. Vejam o exemplo de Jaboatão, que Elias era oposição, e hoje o vice-prefeito é do PSB. O PMDB de Jarbas já está lá. Em Petrolina Júlio Lóssio está mais preocupado com a administração que fazer política. O DEM de Mendoncinha só fez um prefeito em Pernambuco, em Canhotinho, Felipe Porto, mas que não tem influência estadual. Portanto, Eduardo Campos governa como um rei. Absoluto. Oposição legislativa, quase nada. 

Eduardo sabe que Dilma Roussef tem altos índices de aprovação, mas também da reprovação de algumas situações. Eduardo tem argumentos para confrontá-la, pois sabe também que seu projeto se identifica no que há de bom no governo federal, pois é um aliado, arredio, mas aliado, e oferece algo mais, que é o seu jeito de governar. É hoje voz representativa do Nordeste e dos entes federativos que desejam novo pacto. Brigou pelos royalties. Modernizou administrativamente Pernambuco. Estes serão grande argumentos, além de dizer que o país cansou da dobradinha PT-PSDB, sendo necessário um passo adiante, sustentável e com credibilidade. Embora use com sapiência sua relação com o ex-presidente Lula.

Com isto dá pra vencer Dilma? Pode ser que não. Mas 2018 estará batendo na porta no outro dia, e Eduardo estará fazendo a pauta do país, tendo se tornado a mais importante figura política nacional, coisa que Marina Silva não conseguiu. É uma questão de imagem e competência, tanto no trato administrativo de quem está sendo bem avaliado, quanto no xadrez político-eleitoral. E Eduardo tem jogado como mestre.

Quanto a Aécio... Ah! Quem sabe ele aceitasse ser o vice? Eduardo entra no jogo para protagonizar, e sabe que ser o vice do mineiro ou de Marina, seria perder vários anos de seu projeto maior.

Talvez a única vaga de vice que interessasse fosse mesmo de Dilma, porém, ainda assim, com a discussão de 2018 na mesa e o espaço no governo onde tivesse a projeção necessária para o projeto da futura eleição.

Como pelo cenário, não se desenha desta forma, pela vitória do PMDB nas duas casas do Congresso Nacional, Eduardo Campos parte para carreira solo. E se o resultado de 2014 der ao governador pernambucano a projeção que ele precisa, somente Lula teria força suficiente para emparelhar nas urnas.

Eduardo sabe começar lá atrás uma campanha e vencer uma disputa. Era pra ser 2018. Ainda mais se tiver o apoio da mídia insatisfeita com Dilma, como se desenha.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.