GOVERNO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Garanhuns recebe Congresso Estadual de Médicos



Na tarde de hoje (28), membros da Associação Médica de Pernambuco (AMPE) e da Unimed se reuniram com o prefeito Izaías Régis para discutir mais uma edição do congresso voltado aos profissionais de saúde e que é realizado a cada dois anos no interior do Estado. O evento já foi realizado em Caruaru, Gravatá, Petrolina e, inclusive, em Garanhuns.

De acordo com a presidente da AMPE, Dra. Sílvia da Costa Carvalho, o objetivo do encontro é dinamizar os assuntos da área médica, tendo, também, uma programação voltada aos agentes de saúde. “Estamos com bastante expectativa para que nossas ideias se concretizem e possamos fazer um excelente evento, novamente, aqui na cidade”, disse.

O congresso deverá acontecer em setembro deste ano e tem o apoio do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) e da Associação Brasileira de Medicina. O líder do Governo Municipal se comprometeu em ser parceiro na realização e se dispôs a ajudar no que for preciso. “É de grande importância que nosso município traga ações como essa. É mais qualificação para os nossos profissionais locais que atuam não só aqui, mas em toda a região. Outro ponto positivo é que nossos estudantes da área médica também poderão participar. Um incentivo merecido para todos eles, que serão os futuros profissionais do mercado de trabalho”, concluiu.

SECOM GARANHUNS

Resultado da primeira reunião de Izaías na Fundarpe sobre o Festival de Inverno


Depois de participar no Recife de uma reunião com a cúpula da Fundarpe e da Secretaria de Cultura do Estado, o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, disse que pediu para que a programação do Festival de Inverno 2013 seja divulgada entre 45 e 60 dias do evento. “Só assim podemos fazer uma ampla divulgação das potencialidades do município”, frisou o gestor.

A reunião foi na tarde desta quarta (27), no gabinete da Secretaria de Cultura do Estado, na Rua da Aurora, na capital pernambucana. O encontro foi o primeiro passo para a organização do Festival de Inverno deste ano, que deve ter uma maior participação da prefeitura. 

É intenção do Prefeito Izaías prestigiar ainda mais os artistas locais, inclusive com a inclusão de um palco dedicado ao jazz, no Pau Pombo, no horário da tarde. “Este palco será exclusivo dos artistas de Garanhuns”, defende o prefeito.

Do encontro no Recife participaram, além do Prefeito Izaías, a Diretora de Cultura do Município, Cirlene Leite, o Secretário Adjunto de Cultura de Pernambuco, Beto Silva; Fernando Augusto e Vinícius Carvalho, diretores de produção da Secretaria de Cultura e da Fundarpe, respectivamente. A coordenadora de Artes Cênicas da Fundarpe, Teresa Amaral, também esteve presente.

Na oportunidade, a equipe da Secretaria de Cultura de Pernambuco registrou que nunca os representantes do Governo Municipal tinham procurado o grupo para conversar tão cedo e demonstrando tanto entusiasmo. “O prefeito está empenhado em realizar um grande Festival, com apoio do Governo e continuar com a política de valorização do artista local”, salientou Cirlene Leite.

O Secretário de Cultura de Pernambuco, Fernando Duarte, não participou da reunião por estar com problemas de saúde. Foi representado pelo seu adjunto, Beto Silva.

texto: SECOM GARANHUNS

Atividades para a população marcam o aniversário de Brejão - Confira a programação




Nesta sexta-feira, dia 01 de março, a Prefeitura de Brejão por meio do Prefeito Ronaldo Ferreira realiza evento comemorativo aos 51 anos de Emancipação Política do município. Trata-se de uma Ação Global que acontecerá a partir da 8h no centro comercial da cidade.

A iniciativa do Prefeito Ronaldo Ferreira tem como intuito proporcionar para população um evento que de fato contribua para o desenvolvimento e exercício da cidadania, investindo em serviços de saúde, educação e assistência social que serão prestados de forma gratuita.

O evento contará com uma estrutura formada por profissionais e colaboradores que estarão prestando serviços de consultas médicas e odontológicas, exames citológicos, teste de glicose, vacinação, teste de HIV, emissão de documentos, cortes de cabelo, além de parque de diversão para crianças, apresentações culturais, oficinas, cursos e palestras.

Procon-PE irá fiscalizar se lojas estão cumprindo prazo de entrega de mercadorias



Neste mês de março, o Procon-PE irá promover uma semana de fiscalização nas principais lojas de móveis e eletrodoméstico do Estado com o objetivo de verificar se os estabelecimentos se adequaram a Lei nº 14.823/2102, que obriga as lojas a fixarem, no ato da compra, a data e o turno para entrega do produto. Detalhes sobre a ação foram discutidos em reunião realizada nessa quarta-feira (27), entre o coordenador geral do Procon-PE, José Rangel, e o deputado Júlio Cavalcanti (PTB), responsável em criar o projeto de lei que deu origem à norma.

“Para elaborar o projeto de lei conversei com o Procon e constatei o aumento no número de queixas de consumidores em relação a atrasos no serviço de entrega de mercadorias. Fico feliz que a lei tenha sido sancionada pelo governador Eduardo Campos, no último mês de novembro. Passado o prazo de 60 dias para as lojas se adequarem, chegou o momento de acompanhar o cumprimento da norma”, afirmou o deputado Júlio Cavalcanti. 

Segundo o coordenador geral do Procon-PE, José Rangel, as reclamações em relação à entrega de mercadorias corresponde a cerca de 1/3 das queixas recebidas pelo órgão. Embora aconteça no mês de março, a data exata da semana de fiscalização deve ser definida na próxima semana. Durante a fiscalização, a equipe também irá observar se as lojas afixaram, em local visível, o seguinte aviso: “É direito do consumidor ter o produto adquirido entregue em dia e turno, pré-estabelecidos no ato da compra”. 

“As lojas que não estiverem cumprindo a lei serão multadas”, afirmou a gerente de fiscalização do Procon-PE, Solange Ramalho, que também participou da reunião dessa quinta. Ela lembrou ainda que os consumidores que não receberem o produto no prazo combinado com a loja deve entrar em contato com o órgão através dos telefones0800.2821.512 ou 3181.7000. 

Segundo o deputado Júlio Cavalcanto, o foco principal da lei é não omitir informações ao consumidor, evitando transtornos e aborrecimentos para todos os envolvidos, cliente e fornecedor. “O data e o turno para entrega fica a critério da loja. A nossa preocupação é que o prazo seja cumprido. É um direito do consumidor e que deve ser respeitado”, explica o deputado Júlio Cavalcanti. Caso o tempo determinado pela loja não seja cumprido, o responsável receberá uma multa que poderá variar entre R$ 1 mil e R$ 10 mil.

Vale lembrar que a Lei vale para compras presenciais, ou seja, aquelas efetuadas pessoalmente pelo consumidor nas lojas com sede física em Pernambuco. A norma não abrange as compras pela internet.

AESGA amplia prazo de inscrição do PROUPE



A Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns – AESGA ampliou o prazo de inscrição para os alunos bolsistas do Programa Universidade para Todos - PROUPE, bem como os demais candidatos as novas bolsas. Agora as inscrições para realização do cadastro se estendem até esta sexta-feira, dia 28 de fevereiro.

O cadastro continua sendo realizado no site: www.idealizza.net/proupe. Já sua validação se dará no dia 04/03/2013. É importante ressaltar que os alunos devem realizar o procedimento de Cadastro, para que o mesmo possa ser validado junto ao Sistema PROUPE, evitando, desta forma, a exclusão do aluno do Processo.

ELIANE SALVADOR: Cantora Gospel lança CD em Garanhuns


Natural de Recife-PE e criada em Garanhuns-PE, ELIANE SALVADOR canta desde criança na igreja. Em 1997 ingressou em uma banda gospel chamada “Semeando a Palavra”, onde teve oportunidade de amadurecer seu talento musical. Desde então seu ministério vem crescendo e se consolidando. 

Eliane recentemente gravou seu CD “Promessas”, que compõe 12 faixas, contendo uma composição de sua autoria: “Antes do sol se pôr”, outra em parceria com seu esposo: “Livre sou”, as demais são composições de seu esposo, Ailton Salvador. Esse trabalho conta com a participação de vários músicos de nossa cidade e uma participação especial de Joãozinho Souza, baixista, natural de Garanhuns e residente em São Paulo. 

É seu primeiro CD, com músicas inéditas, apesar de Eliane atuar na área musical há aproximadamente 20 anos. Ela relata que durante esse tempo cultivava sempre o sonho de um dia poder adorar ao Senhor com canções novas, inspiradas por Deus para abençoar aqueles que necessitam tanto ouvir uma mensagem de paz, amor e esperança, Esse trabalho é definitivamente um divisor de águas em sua vida. 

Seu lançamento está previsto para o início do mês de abril. A cantora informou que a princípio irá fazer um trabalho de divulgação em algumas igrejas. 

O cd já está disponível em alguns pontos de venda: Agreste Musical, Livraria Vida e Som Max, ou através do e-mail: elianecanto@gmail.com.

Humberto Costa mostra no senado os avanços da saúde no Brasil no governo do PT


O senador Humberto Costa (PT-PE) voltou hoje (27) à tribuna do Senado para falar sobre os avanços conquistados na área da saúde durante os dez anos de governo do PT. Humberto, que foi ministro da Saúde do Governo Lula nos anos de 2003 e 2004, destacou entre outros números, o aumento de 31,89% na cobertura do Programa Saúde da Família (PSF). No primeiro ano da gestão Lula, 4.488 municípios eram atendidos pelo PSF. Em 2013, 5.280 municípios são alcançados pelo programa.

“Esses são apenas alguns dados concretos que gostaria de mostrar para dizer que, apesar de todas as dificuldades que enfrenta um sistema de saúde universal com cobertura de mais de 100 milhões de pessoas, avançamos muito nesses últimos anos. Os problemas e desafios existem, mas o SUS deu passos largos nesses últimos anos”, avaliou Humberto.

Conheça alguns dos dados apresentados pelo senador Humberto Costa:

Entre 2003 e 2004, aumentamos em 31,89% a cobertura do Programa Saúde da Família (PSF), e ampliamos em 13,2% o Programa de Agentes Comunitários de Saúde. O PSF saltou de 35,70% da população coberta em 2003 para 54,12% em 2013. Temos hoje 65,04 % da população coberta pelos ACS.

Em 2003 eram 4.488 municípios com equipes de PSF. Hoje alcançamos 5.280 municípios. Faltam apenas 70 municípios para atingirmos a totalidade dos municípios do país.

Mortalidade infantil - Atingimos as metas do Objetivos Do Milênio – estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) - cinco anos antes do prazo. Passamos de 23,3 mortes para cada mil crianças nascidas vivas, em 2003, para 16, já em 2010.

Números divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que, em 2011, a esperança de vida ao nascer no Brasil era de 74 anos e 29 dias - um aumento de 3 meses e 22 dias em relação a 2010, quando a expectativa de vida do brasileiro era de 73 anos e 277 dias.

Em relação a 2000, o indicador fechou 2011 com um aumento de cerca de 3,65 anos – são 3 anos, 7 meses e 24 dias a mais do que a expectativa naquele ano (70 anos e 182 dias).

Segundo os dados do IBGE, a taxa de mortalidade infantil caiu de 30,1% em 2000 para 16,1% em 2011. Uma redução significativa de 14 pontos percentuais.

O brasileiro vive melhor e mais: a proporção da população de 65 anos ou mais subiu de 4,9% em 1995 para 6,5% em 2008.

Brasil Sorridente - O número de equipes de saúde bucal no país passou de 4.261 em dezembro de 2002 para 10.628 em junho de 2005. Hoje, são 21.898 equipes de saúde bucal e 951 Centros de Especialidades Odontológicas, que nem existiam antes de 2004.

Foram criados os laboratórios de próteses dentárias, contando hoje com 1351 e já foram entregues desde 2010 mais de 860 mil próteses.

Em setembro de 2003 – À época tivemos a oportunidade de iniciar o processo de reformulação da política Nacional de Atenção às Urgências no SUS e de lançar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (o SAMU/192), hoje com 70,39% de cobertura da população.

Entre 2003 e julho 2005, o Ministério da Saúde credenciou 2.749 novos leitos de UTI.

O Brasil atingiu a marca de 23.397 transplantes em 2011, um novo recorde no setor. Em uma década, o País mais que dobrou o número dessas cirurgias – o aumento foi de 124% em relação a 2001, quando foram realizados 10.428 procedimentos.

Lançamento do Programa Farmácia Popular - Entre 2003 e 2005, quando fui ministro da Saúde, o volume de recursos para compra e distribuição gratuita de medicamentos no SUS aumentou em 75%. Hoje tem 558 farmácias populares administradas pelo governo federal em funcionamento no país. E mais de 20 mil unidades privadas, conveniadas ao programa. Desde a sua criação, o programa Farmácia Popular já beneficiou mais de 18 milhões de brasileiros.

O Programa De Volta para Casa, instituído pela Lei 10.708, de 31 de julho de 2003 e que dispõe sobre a regulamentação do auxílio-reabilitação psicossocial. O programa oferece uma ajuda de custo de R$ 320 aos pacientes que saem de um longo período de internação psiquiátrica. Em dezembro de 2009, foram contabilizados 537 municípios atendidos.

Ministério da Saúde elevou os investimentos nos laboratórios oficiais, para produção de medicamentos, de R$ 20,7 milhões no período 2001/2002 para R$ 80 milhões em 2004.

Os recursos financeiros tiveram crescimento considerável. Em 2002 para Atenção Básica foi transferido R$ 3,2 bilhões. Já em 2012, esse total chegou a R$ 12,3bilhões

Para a média e alta complexidade em 2002 foram transferidos em torno de 6 bilhões de reais, sendo que em 2013 34 bilhões.

Na atenção obstétrica, lançamos a política nacional de direitos sexuais e direitos reprodutivos, o pacto nacional pela redução da mortalidade materna e neonatal.

Trabalho importante foi feito também no fortalecimento das agências reguladoras. Realização de concursos públicos, com corpo funcional qualificado, e a definição de uma agenda regulatória, trazendo mais transparência para o processo regulatório, tanto na ANS, quanto na ANVISA.

Na ANS lançamos programas importantes como, por exemplo, o Programa de Qualificação da Saúde Suplementar que avalia e ranqueia as operadoras. Outro exemplo seria a proibição da comercialização de operadoras que tenham alto número de reclamações, entre outras ações.

Na ANVISA, programas como a adoção de uma política contra a falsificação de medicamentos e correlatos e a avaliação de processos a partir de uma Análise do Impacto Regulatório.

Pesqueira tem apoio da torcida em Garanhuns e vence Náutico

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

O Gigante do Agreste viveu uma noite de gala. A torcida da região, e em especial a do Sete de Setembro, que cedeu seu estádio para receber o Pesqueira, time agrestino na primeira divisão do Campeonato Pernambucano. Quase lotado, o Gigante do Agreste viu um jogo emocionante.

Gente de toda a região, e torcedores que vieram de Recife e principalmente, Pesqueira. Com batucada e tudo! 

O Pesqueira surpreendeu. Fez um a zero, placar do primeiro tempo. Logo no início fez o segundo. O jogo parecia definido, mas não se pode brincar com time grande. O Náutico em dois ataques fulminantes empatou o jogo, aliás, o segundo gol foi de bicicleta, marcado por Rogério.

Mas no finalzinho, em falta batida fácil nas mãos do goleiro Felipe, ele falhou feio, a bola passou e num toque quase em cima da linha, o Pesqueira fez o gol que definiu o placar. 3 X 2.

O técnico do Náutico, Wagner Mancini, saiu criticando o gramado. Acho este tipo de atitude, comum edntre os times grandes quando perdem pontos no interior, criticarem o gramado, iluminação, arbitragem, bola, ... Quem viu o jogo, viu o Pesqueira superior quase toda a partida, o Náutico só este bem no começo da partida, quando tentou sufocar, e no final, quando buscou o empate. 

Armando vai relatar MP que estimula emprego e produção

O senador Armando Monteiro (PTB) foi escolhido relator da Medida Provisória 601/2012, que tem por objetivo estender incentivos às exportações brasileiras e estimular os setores de construção civil e do comércio varejista.

A MP altera a Lei 12.546/2011, que prorroga o regime Especial de Reintegração de Valores Tributários para as Empresa Exportadoras (Reintegra), e a Lei 11.774/2008, incluindo os setores de construção civil e do comércio varejista na política de desoneração tributária da folha de pagamentos. As ações previstas na medida fazem parte do Plano Brasil Maior.

De acordo com o texto, empresas da construção e comércio varejista poderão substituir a contribuição previdenciária patronal de 20% sobre os salários dos empregados por alíquotas de 1% a 2%, conforme o caso, sobre a receita bruta, excluídas as vendas canceladas e os descontos concedidos.

As novas regras são válidas até 31 de dezembro de 2014. As alterações dão continuidade à meta do governo de redução de custos e de valorização da indústria nacional, que teve início com as MPs 540/11, 563/12 e 582/12.

Em relação à construção civil, o Planalto defende que a redução de encargos sobre o fator trabalho estimula o emprego formal e pode criar condições para reduzir o déficit habitacional no País – estimado em 6,3 milhões de unidades pelo Ministério das Cidades. Segundo dados da Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios (Pnad), a indústria da construção civil gera 7,7 milhões de empregos diretos e indiretos e tem receita bruta estimada em R$ 171,6 bilhões para 2013.

No caso do comércio varejista, a expectativa é que a desoneração da folha beneficie o potencial de geração de emprego e renda que caracteriza o setor. De acordo com o Executivo, o comércio varejista reúne atualmente 1,2 milhão de empresas e responde por quase 10% do total de empregos (vínculos) formais no País (7,5 milhões de pessoas). Foram contemplados os setores de informática, equipamentos de telefonia e comunicação, materiais de construção, eletrodomésticos, áudio, vídeo, brinquedos, artigos esportivos, entre outros.

REINTEGRA – A prorrogação do Reintegra já havia sido proposta pelo senador Armando Monteiro, por meio de emenda à Medida Provisória 584/2012. Dessa vez, a MP 601 estabelece que o programa seja aplicado às exportações realizadas até 31 de dezembro de 2013.

Esse regime permite que empresas exportadoras reintegrem valores referentes a custos tributários residuais - impostos pagos ao longo da cadeia produtiva e que não foram compensados – por meio da compensação de débitos próprios ou mesmo do ressarcimento em espécie.

Crédito da foto: Ana Luíza Sousa/Divulgação

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.