GOVERNO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

domingo, 3 de março de 2013

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS 2013 - Izaías Régis vai mudar a logomarca, que deve ser definitiva! Saem os colibris.



Uma das primeiras decisões do novo prefeito Izaías Régis com relação ao Festival de Inverno é a mudança da logomarca, a iniciativa já foi inclusive informada à Fundarpe.

Segundo Izaías, o Festival de Inverno precisa de uma logomarca definitiva, que possa "vender" o evento durante todo o ano, podendo ser utilizada no material de artesanato e demais lembranças da cidade. Uma logomarca que identifique a cidade e o FIG em qualquer canto do país.

A nova logomarca não deve ter mais os colibris, e pode contar com uma imagem que tenha mais afinidade com a cidade. Izaías quer uma logomarca moderna, e que, sendo definitiva, criará um recall maior nos turistas e em todos que  conhecerem o Maior Festival Multicultural da América Latina.

A nova logomarca pode ser escolhida em um concurso.

Secretaria de Saúde de Garanhuns volta a marcar exames

A Secretaria de Saúde de Garanhuns informa que a população já pode procurar as unidades de saúde do município para a marcação de exames. Os exames que estão sendo marcados são: exames laboratoriais, ultrassom, raios-x, endoscopia e consultas especializadas.

O procedimento para a marcação é o seguinte: o paciente deve procurar o Posto de Saúde da comunidade levando a requisição do exame. O servidor do posto de saúde irá encaminhar a solicitação para a Secretaria de Saúde. Após a autorização da Secretaria, o paciente volta a procurar a requisição no Posto onde deixou a solicitação e em seguida deve procurar o laboratório indicado para a realização do exame.

SAIBA TUDO: UPE - Campus Garanhuns vai realizar Encontro Internacional de Linguística e Literatura




A Universidade de Pernambuco – Campus Garanhuns, realiza o II Encontro Nacional de Linguística e Literatura, e agora mais abrangente, o I Internacional Linguística e Literatura, dando continuidade a um amadurecimento no âmbito da pesquisa que a instituição vem alcançando nos últimos tempos.

O I Encontro de Linguística e Literatura teve uma grande repercussão no meio acadêmico, não somente na cidade de Garanhuns, mas também, em seu entorno, tendo em vista estar distante da capital e ter se tornado um polo educacional. Estudiosos de várias universidades do país compareceram, bem como, graduandos e pós-graduandos de todo o país. O Encontro teve um público de mais ou menos 400 participantes. O resultado foi extremamente relevante, tendo em vista as significativas contribuições dadas pelos estudiosos durante o evento. Muitas foram as solicitações para que houvesse continuidade em sua realização nos anos seguintes. 

Muitos assuntos na área de Linguística e Literatura serão debatidos durante este Encontro, o que fortalecerá os propósitos do curso de Letras, que além de contribuir com a pesquisa na área, está pleiteando um mestrado junto à Capes.

O II Encontro Nacional de Linguística e Literatura e I Internacional legitimará a pesquisa que vem sendo desenvolvida pela área ao longo do tempo, o que é extremamente importante, não somente para a instituição, bem como para toda a comunidade acadêmica da região do Agreste Meridional.

Grandes pesquisadores foram convidados e aceitaram vir a Garanhuns dar a sua contribuição, fortalecendo a intenção da instituição, que é a realização desse Encontro nos próximos anos.

TEMÁRIO: 
1. O tema escolhido para o Encontro é “O canto da palavra”.

Embora pareça um tema restrito, na verdade trata-se de uma temática que abarcará as duas áreas – linguística e literatura -, uma vez que se pensou em congregar estudiosos com pesquisas abrangentes não somente em cada área, mas também, envolvendo as duas.

Nesse amplo rol, cabem formas relevantes de tratamento e, para tanto, foram estabelecidos os seguintes eixos temáticos: 

1. Literatura africanas de Língua portuguesa. 
2. A ambigüidade e o lúdico na linguagem poética. 
3. Pós-modernismo ou Neobarroco: aspectos da contemporaneidade na literatura brasileira. 
4. Machado e Rosa: o canto da palavra.
5. Tendências contemporâneas na literatura. 
6. Hipertexto, gêneros digitais e ensino. 
7. Letramento social e letramento escolar. 
8. Práticas discursivas e análises de gêneros. 
9. Variação, mudança Linguística e ensino.
10. Discurso, ideologia e cognição.

COMISSÃO CIENTÍFICA

Carlos Reis (UC)
Óscar Loureda Lamas (UH)
Benjamin Abdala Junior (USP)
Davi Arrigucci Júnior (USP)
Hélio de Seixas Guimarães (USP)
Rita Chaves (USP)
Tania Macedo (USP)
Marli Fantini (UFMG)
Eni Orlandi (UNIVAS)
Dermeval da Hora (UFPB)
Maria do Socorro Barbosa (UFPB)

COORDENAÇÃO

Silvania Núbia Chagas (UPE)

Mais informações:

FONTE: Catado do facebook:

O discurso de Eduardo Campos para seduzir o Brasil





Não há de se negar os avanços sociais e o desenvolvimento econômico do país nos últimos anos, principalmente no Nordeste, e mais ainda, em Pernambuco. Então como Eduardo Campos seria uma espécie de candidato de oposição ao governo petista de Dilma Roussef, que tem como guru o ex-presidente Lula?

Eduardo já sabe: Um novo pacto federativo. Vai elogiar o que vem dando certo e mostrar que pode corrigir o que está errado. Vai criticar a política econômica, e principalmente vai defender uma nova distribuição dos recursos no país.

Dilma tem arrochado na distribuição das receitas aos demais entes federativos. Os municípios, principalmente, estão com o pires na mão. Eduardo sabe disso, e teve até a ousadia de repassar uma espécie de 13º do FPM aos prefeitos pernambucanos. Tudo deve ter sido gravado para ir ao ar em breve, no programa político que o PSB terá na televisão em rede nacional em abril, maio e junho. Será o cartão de visitas do candidato a presidente.

A federação tem hoje uma união forte, um estado equilibrado e municípios quebrados. A drástica redução do FPM tem tido repercussão catastrófica. Eduardo propõe reequilibrar. Dilma reduziu o IPI dos automóveis, impostos sobre conta de luz, etc, e tudo isto influencia na queda do repasse do Fundo de Participação dos Municípios, e a grande maioria vive desses recursos.

Eduardo vai defender uma redistribuição e certamente vai seduzir prefeitos de todo o país.

E tem mais: Os royalties. 

Eduardo defende a distribuição por todos os entes federativos, pois o pré-sal é brasileiro e não pode concentrar riquezas somente nos estados que o retiram do subsolo. Vai ganhar adeptos de norte a sul, principalmente no interior do país.

Com o discurso de um país mais justo na divisão dos recursos, competência na gestão pública e austeridade política, Eduardo Campos vai marcar sua imagem como administrador moderno. 

Dez poços serão construídos em Garanhuns para amenizar os efeitos da seca no município

35d2acceae7bfec9a4ba05d55e0e1149.jpg
foto: Hélida Carvalho

Do Portal NE10

Para diminuir os prejuízos causados pela seca no Agreste Meridional, o município de Garanhuns, vai ganhar dez poços artesianos. A iniciativa é da Secretaria de Agricultura, Abastecimento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Governo Municipal, juntamente com o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) em parceria com a Secretaria Estadual de Agricultura.

Antes das construções, equipes do Ipa e da prefeitura do município estão realizado um mapeamento da área rural para depois escolher os locais onde serão perfurados os poços. “Cada execução de ações como essa precisa ser específica para as condições físicas do terreno. É necessário que o solo tenha um potencial diferenciado para receber a demanda e que as fontes de água sejam próximas”, explica oextensionista rural do IPA, Pedro Henrique de Medeiros.

O mapeamento nesses sítios também tem o objetivo de incentivar o reflorestamento dos campos e das matas ciliares, que é indispensável na formação vegetal encontrada nas margens dos rios, lagos, represas ou nascentes. Cerca de 14 mil pessoas da zona rural sofrem com a falta de chuvas. O prejuízo econômico de culturas agrícolas chega aos 80%.


POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.