PERNAMBUCO EM AÇÃO

PERNAMBUCO EM AÇÃO
Clique na imagem

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

quarta-feira, 20 de março de 2013

Ivete Sangalo faz show em Garanhuns


A musa baiana Ivete Sangalo acaba de confirmar sua agenda no seu site oficial que estará em Garanhuns no dia 10 de maio, sexta-feira. Daqui, segue para o Rio de Janeiro.

Enquanto isso, Thiaguinho deve lotar o Metroplaza na próxima sexta-feira, dia 22.

Um apelo para evitar mais mortes na travessia da BR-423 para o Bairro da Brahma

O ortodontista Moacir Japearson fez um apelo no facebook para que autoridades possam resolver de uma vez por todas a passagem para o Bairro José Maria Dourado, popularmente chamado de Bairro da Brahma. Mortes continuam acontecendo. Moacir acredita que a falta de uma solução definitiva se dá devido ao fato das pessoas acidentadas serem populares. A lombada eletrônica que foi anunciada como uma solução para diminuir a velocidade dos automóveis, e que ficaria na entrada do bairro, foi deslocada mais para baixo, em um local que não tem passagem de pedestres, e o profissional crê que a mudança acabou beneficiando uma concessionária de automóveis, em detrimento de toda uma população de um bairro que continua vivendo um perigo constante para ter acesso às suas residências. Confiram o apelo:




"Segunda passada houve mais uma morte na principal entrada do bairro onde moro ( um dos que mais crescem na cidade). O senhor que por algumas vezes cuidou do jardim aqui de casa foi jogado a uns cinco metros de altura quando atravessava a BR 423, única forma de se sair do Bairro José Maria Dourado. Ano passado lembro de pelo menos duas mortes nas mesmas circunstâncias. Nessas mortes há algumas coisas em comum: todos eles eram pobres, pretos e alcoólatras.

Ano passado colocaram uma lombada eletrônica a uns 400 metros da entrada do bairro, mas não na entrada do bairro. Indaguei às pessoas que estavam colocando essas lombadas de o porquê de não colocarem na parte de maior fluxo de gente. Me falaram que foi um critério do DNER. Me parece que o local onde colocaram a lombada serve mais para facilitar a saída de clientes de uma grande concessionária do que propriamente proteger pedestres, porque lá o fluxo de transeuntes é infinitamente menor que na entrada do bairro, que fica bem próximo.

Tentei uma vez contactar a representante do bairro, mas nada parece ser feito.

Se ao invés desses senhores que morreram horrivelmente tivéssemos algéem branco de classe média alta e letrado, talvez a repercussão fosse outra e as medidas fossem efetivas.

Rogo a Sr.Ronaldo Cesar e Sr. Roberto Almeida com seus blogs sérios e importantíssimos que de alguma forma isso seja colocado em debate, antes que mais senhores e senhoras sejam mortos impunemente.

Obviamente a concessionária nada tem haver com isso. O erro foi de quem pensou o critério errado da colocação da lombada. 

E porque também não se colocar lombada lá , onde já existe, e lombada cá, na entrada do bairro? 
Falta de dinheiro acredito que não seja, não ouvi em nenhum jornal que o governo esteja passando por apuros financeiros no que tange à arrecadação de IPVA. 

O que mais me aflige é que o bairro cresce, contamos com escola, igrejas, posto de saúde, auto escola e o proprio almoxarifado da prefeitura. E como bem falou o leitor muitas pessoas não possuem carros. A travessia é feita necessariamente pela BR e é uma aventura.

E para os que possuem carro, os acidentes são uma constante. A situação é incrivelmente perigosa.
Muito obrigado Ronaldo, veículos de comunicação como o seu reverberam mais positivamente que mil palavras".


AGORA COMIGO: Enquanto não vem a duplicação da BR-423, bem que a lombada poderia ser deslocada para este local onde teria maior serventia comunitária. E além disto, como os locais são próximos, a diminuição da velocidade dos veículos seria contínua até o local onde hoje está instalada a lombada eletrônica.

Projeto de Equoterapia leva cavaleiros e amazonas de Garanhuns à Vitória de Santo Antão




A Associação de Cavaleiros de Garanhuns (ACG) estará realizando, no período de 15 a 21 de abril, mais uma edição da Cavalgada da Integração, que este ano tem como destino final a cidade de Vitória de Santo Antão.

A 6ª Cavalgada da Integração tem por objetivo divulgar a preocupação com a saúde animal, no que se refere ao mormo e a anemia infecciosa, além de buscar recursos para a construção do Centro de Equoterapia da Associação, o qual visa oferecer este método terapêutico, que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência e/ou com necessidades especiais.

Durante o percurso, de cerca de 224 quilômetros, cavaleiros e amazonas estarão participando também dos famosos bate-celas, momento de descanso dos participantes e animais, que estarão sendo constantemente acompanhados por uma equipe de veterinários. 

Segundo informações do presidente da ACG, Josmar Brandão, os aventureiros sairão na segunda, dia 15, às 7 horas, do Parque Euclides Dourado, e chegarão à Vitória no sábado, 20, de onde partirão em direção a Fazenda Maré Mansa, do cavaleiro Carlos Vandré, empresário do ramo da indústria.

Os Cavaleiros e Amazonas que estarão participando da 6ª edição da Cavalgada da Integração estarão cruzando 12 municípios pernambucanos, a exemplo de: São João, Calçado, Lajedo, Ibirajuda, Altinho, Agrestina, Sapucarana, Bezerros, Gravatá, Pombos e Vitória de Santo Antão.

Formada por cerca de 30 associados, oriundos dos mais variados segmentos da sociedade, a A.C.G tem por finalidade promover o encontro entre amigos, aliados a Projetos indispensáveis ao desenvolvimento da Instituição, como a construção do Centro de Equoterapia na Cidade, por meio da qual objetiva oferecer gratuitamente atendimento especializado para o tratamento de pessoas com necessidades especiais.

Além de Vitória de Santo Antão, as cidades de Recife, Maceió, Niterói em Sergipe, Tamandaré e Limoeiro de Anadia em Alagoas, também já foram palco para a realização da Cavalgada da Integração.

Dominguinhos é homenageado em dois estados: São Paulo e Alagoas


O recorte é do Jornal do Commercio, edição desta quarta, 20 de março. É importante salientar que o Governo de Pernambuco está custeando parte das despesas de hospital de Dominguinhos em São Paulo.

Precisamos urgentemente fazer alguma coisa em Garanhuns. Vamos ver se combinamos pelo facebook, de onde, aliás, trouxe este recorte do Igor Cardoso.


SINSEMUG: Sindicato dos Servidores de Garanhuns discorda de novo projeto da Previdência Municipal

O Presidente do SINSEMUG/REGIONAL; Luciano Florêncio, reuniu-se com seus colaboradores na manhã desta terça-feira, onde analisaram o projeto de lei sob nº 09/2013, enviado a Câmara de Vereadores pelo Executivo Municipal, que reestrutura o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Garanhuns – IPSG, no qual existem diversos artigos que insurgem-se ilegais e outros extremamente prejudiciais aos servidores deste Município, onde foi tomada a seguinte decisão fazer denuncia ao Ministério Público com pedido de averiguação, a respeito dos temas abordados.

Ainda pela manhã o Presidente do SINSEMUG, esteve presente na 8ª Reunião Ordinária do 1º Período Legislativo da Câmara Municipal de Garanhuns.

Na oportunidade, Luciano Florêncio fez contato com o presidente da Câmara Municipal; Audálio Ramos Machado Filho e o Vereador Haroldo Vicente, onde trataram de assuntos referentes ao projeto de Lei que trata da Previdência, enviado pelo Prefeito do Município, que reestrutura o Instituto de Previdência dos Servidores de Garanhuns – IPSG e Aumento dos Servidores do Município de Garanhuns, ficando marcada uma reunião para o dia 25 de março, às 10h, na Sala das Comissões entre representantes do SINSEMUG/REGIONAL e Vereadores da Comissão de Justiça e Orçamento da Câmara Municipal de Garanhuns.

com informações do SINSEMUG

Pernambuco perde o insubstituível Emílio Santiago. Fico com medo do futuro da música brasileira

Foto: Social1

O cantor Emílio Santiago faleceu, nesta quarta-feira (20), no Rio de Janeiro. O sambista estava internado no Hospital Samaritano, no Rio, desde o último dia 7, quando sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) isquêmico. O lugar e o horário do velório do carioca que havia ganhado o título de cidadão pernambucano ainda não foram divulgados.

Com quatro décadas de carreira, iniciada em 1973, em festivais da Rede Globo, o carioca Emílio Vitalino Santiago é um dos mais destacados intérpretes da MPB. Sua discografia soma mais de 30 títulos, entre eles a série Aquarela Brasileira, com sete álbuns que venderam perto de 4 milhões de cópias.

O último disco do cantor é Só danço samba, gravado ao vivo e lançado em 2012 junto com um DVD. Emílio Santiago participou do Carnaval do Recife este ano. 



AGORA COMIGO: Emílio Santiago descobriu Pernambuco e estava vivendo intensamente o estado. Já estava morando em Olinda. Pra se ter ideia, o carnaval deste ano foi deslumbrante. Participou de várias prévias de blocos. Tivemos a oportunidade, eu, Sonita, Chico Alencar e sua esposa, Analice, de assistir ao grande intérprete no ensaio do Galo da Madrugada. Esbanjou simpatia. Atendeu fãs, muitos. Cantou, brincou. Analice, fãnzoca, assistiu Emílio a poucos metros do ídolo. Emílio participou também do desfile do Galo, onde deu a famosa canja dos famosos nacionais. Ganhou o título de Cidadão Pernambucano. Não era apenas da boca pra fora, como outros por aí. Emílio fez amizades verdadeiras, desinteressadas e apaixonou-se por nossa cultura, nossa cena cultural independente da grande mídia, e por isto se tornou de verdade um cidadão pernambucano nos últimos anos.

Tinha gente aqui de Garanhuns com contato direto que já estava agendando a vinda de Santiago para apresentações em nossa terra.

...E o mundo perde mais um bom representante da boa música. As rádios, Tvs, e o mundo da mídia em geral, onde incluímos a internet, não têm dado mais espaço para este tipo de artista, que privilegia a qualidade em detrimento do apelo fácil das massas. Insubstituível Emílio. Hoje a mídia está tomada por duplas sertanejas, funks, grupos de pagode de gostos discutíveis, músicas repetitivas e letras populares que tenham refrões simplórios com vogais e vogais, que peguem fácil. Tudo descartável. Músicas e músicos.

Ninguém se interessa mais em tocar música de qualidade. Com exceções. Claro, como Aninha Marques e Jonas Lira.

A música tem ficado mais imbecil. Não estamos conseguindo renovar nossos artistas, que vão morrendo e deixando espaços insubstituíveis na nossa música.

Fico com medo do futuro da nossa música.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.