HIPER TODODIA

HIPER TODODIA
CLIQUE NA IMAGEM

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS
TUDO SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS - FIG 2017

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE E SAIBA MAIS

terça-feira, 7 de maio de 2013

Prefeitura inicia obras de pavimentação na COHAB II. Confira as ruas contempladas.

O próprio prefeito foi conferir pessoalmente o início das obras na Cohab II

O Governo Municipal de Garanhuns iniciou nesta terça-feira, 07, as obras de asfalto e drenagem de seis ruas do Conjunto Residencial Francisco Figueira, popularmente conhecido como COHAB II. Segundo a empresa responsável pelos serviços, a ANCAR, o trabalho começa com a topografia, o rebaixamento de pena d´água e a tubulação para as águas servidas. Os canos de concreto que serão usados para a drenagem de águas pluviais já estão espalhados na Rua 45, chamando a atenção dos moradores do bairro.

Hoje o prefeito Izaías Régis visitou a COHAB II. Teve gente que se surpreendeu com os canos e mais ainda com a presença do governante do município andando pelas ruas do bairro. "Essa obra vai ser uma benção para nós. Nós nunca tínhamos encontrado um prefeito na nossa porta depois da eleição. O prefeito Izaías veio e ainda para trazer a notícia do nosso asfalto. Estamos numa alegria só", comentou a dona de casa Verônica Melo, moradora do Conjunto Francisco Figueira.

A Prefeitura de Garanhuns vai asfaltar as seguintes ruas da COHAB II: Alódia Valença, Luiz Gonzaga, Raimundo Clemente da Rocha, Cláudio Alves de Moraes e Rua 18. Na Rua 45, que já tem calçamento, serão colocados tubos para drenagem das águas.

O prefeito Izaías Régis anunciou essas obras no dia em que fez um balanço dos primeiros 100 dias de administração. Agora a pavimentação e os serviços de drenagem nas ruas citadas começam a virar realidade.

Eduardo Campos faz a festa na casa de Eudson Catão em Palmeirina

 

 

 



Na sexta-feira, encerrando a programação oficial do governador no Agreste, depois de um dia intenso, com diversas cerimônias em várias cidades, Eduardo Campos inaugurou a PE-187, em Palmeirina, ainda acompanhado de muitas autoridades, secretários de estado, deputados e prefeitos da região, entre muitos outros. A se anotar pelas fotos, o Secretário Ranílson Ramos, o deputado Claudiano Filho e os ex-prefeitos de Brejão e Correntes, Sandoval Cadengue e Júnior Lúcio, parceiros político de Catão.

Na cerimônia oficial, Eduardo esteve com o prefeito Renato Sarmento, entre outras autoridades, mas parece que a festa mesmo aconteceu na casa do ex-prefeito Eudson Catão, como mostram as dezenas de fotos do site Confere Palmeirina.

Eduardo foi recepcionado pelo ex-prefeito e sua mãe, Marily Catão, que aliás, é a presidente da Câmara Municipal. O governador ficou à vontade, comeu, brincou, tirou fotos com todo mundo, mostrando que tinha chegado ao fim a jornada de trabalho, depois de vários dias na estrada.

No facebook, há sempre um debate sobre o momento político em Palmeirina, e os defensores de Eudson usam a influência e prestígio do ex-prefeito para debater com os partidários do atual prefeito, que dizem que a força de Eudson ficou no passado. Pelo visto, a depender da amizade demonstrada pelo governador ao seu aliado político, Eudson Catão ainda tem muita lenha pra queimar, e neste momento faz a oposição mais inquieta da região, tem maioria na câmara de Palmeirina e uma equipe de fiel aliados que fazem a defesa do seu governo praticamente todos os dias, enquanto que a atual administração busca respirar para trabalhar.

Vejam a situação que passou o atual prefeito Renato, a estrada inaugurada leva o nome do pai de Eudson, o ex-prefeito Severino Ferreira. O clima nas ruas parecia eleitoral, com os dois lados com militantes na rua. 

Mas ao final de tudo, o fato do governador ter prestigiado Eudson, mostrou que antes da política vem a amizade, embora tenha cumprido com o cerimonial como manda o figurino.

Para ver mais fotos, acesse:

Ministério da Integração Nacional amplia apoio aos produtores afetados pela estiagem

Proposição do Ministério da Integração Nacional aprovada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e publicada na última quinta-feira (2/5) prorroga para 30 de dezembro de 2013 o prazo para a contratação da linha de crédito emergencial do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). A medida faz parte de um conjunto de ações que vêm sendo adotadas pelo Governo Federal em socorro aos produtores rurais afetados pela estiagem mais severa das últimas décadas.

A linha especial pode ser acessada por agricultores da área de abrangência da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), que inclui os noves estados da região Nordeste e os municípios do norte de Minas Gerais e Espírito Santo.

Em abril deste ano, o Governo Federal acrescentou mais R$ 350 milhões às linhas emergenciais que atendem os produtores rurais. Com esse aporte, o total de recursos destinados ao crédito especial para estiagem chegou a R$ 2,75 bilhões. Desses, R$ 2,4 bilhões já foram contratados e envolvem 331 mil operações. O apoio financeiro chega a produtores afetados pela estiagem em mais de 1,3 mil municípios em situação de emergência reconhecida pela Defesa Civil Nacional.

Renegociação – Com as novas medidas, os produtores atingidos pela estiagem terão até 10 anos para pagar as parcelas vencidas em 2012 e também as que irão vencer em 2013 e 2014, desde que a operação esteja em situação de adimplência em 31 de dezembro de 2011. Os mutuários em geral só vão começar a pagar a dívida em 2015; já para os agricultores familiares, o prazo para início de amortização é 2016. Outro benefício para o agricultor familiar será um bônus de 80% sobre cada parcela paga dentro do vencimento.

Aniversário do Colégio Santa Joana D'Arc, uma história de excelência na educação


Estamos sempre publicando aqui as atividades do Colégio Santa Joana D'Arc, e ficamos felizes com a repercussão de tantos eventos, tanto na escola quanto fora, em atividades paradidáticas.

Quem conhece o CSJD sabe da importância social da instituição de ensino, principalmente para aqueles jovens que assimilam o conhecimento e sobem os primeiros degraus na vida. É um colégio dinâmico. Atento aos novos processos educativos sem descuidar da base, da formação. 

Todas as datas especiais são comemoradas, sempre com foco que vai além do aprendizado científico. A formação cidadã, cristã e moral vem sendo trabalhada ao longo dos 25 anos.

É com muito esforço e dedicação que Maria Almeida e sua equipe, professores e funcionários constroem diariamente esta história na educação regional. E esta construção vai muito além do cimento e tijolo. Podemos elencar o CSJD entre os grandes de Garanhuns. Formação, presença comunitária, tradição cristã, respeito entre seus pares, infra-estrutura,  ... que aliás, vem sendo aumentado em salas de aulas, melhorias técnicas e grandes parcerias.

Em maio, este colégio, popular, feito de gente competente, faz seu aniversário, e é enaltecido por todos aqueles que já passaram por suas bancas, ou que tiveram a oportunidade cruzar o caminho profissional de uma das mais competentes educadoras do estado de Pernambuco, Maria Almeida Rocha.

Acontece nesta quarta-feira, o I Encontro sobre a Memória Ambiental de Garanhuns

foto: Garanhuns, década de 30. Acervo: Professor Antônio Vilela


A ONG Econordeste, parceira do CODEMA nas questões ambientais, realiza na próxima quarta-feira, dia 08/05, a partir das 15h, nas dependências do SESC, o I Encontro sobre a Memória Ambiental de Garanhuns. Com o subtema “Conhecer de onde viemos, como estamos e onde queremos chegar”.

Este evento tem como objetivo aproximar a sociedade, sobretudo os habitantes mais antigos de Garanhuns e região, para discutir sobre a transformação da paisagem no município de Garanhuns, na perspectiva de sua história ambiental. Considerando os espaços urbanos e rurais, as pessoas serão convidadas a ofertar seus conhecimentos, lembranças, história pessoal, levantar dados e fontes de informações, como jornais e livros artigos, documentos cartoriais, documentários, músicas etc, sempre relacionados à temática ambiental local e regional. 

As esperadas nuanças e sobreposições entre estas informações ambientais obtidas com a história formal, economia, política entre outros assuntos também poderão ser alvo de abordagem. Serão buscadas informações temporais mais amplas incluindo as primeiras ocupações, indígenas, os quilombos etc, até o momento atual. Neste evento os idosos terão papel de destaque.

A partir dos resultados do evento desta quarta-feira, juntamente com informações e depoimentos colhidos em outras oportunidades, ainda haverá uma continuidade do evento no dia 07/06/2013, que será divulgado posteriormente.

Abaixo segue programação do I Encontro Sobre a Memória Ambiental de Garanhuns

Programação

15h00min – Abertura.

15h10min às 15h25min – Contextualização Histórico-Ambiental de Garanhuns – Depoimento de Luis Afonso de Oliveira Jardim.

15h25min às 15h40min – Memória Ambiental de Garanhuns, seu hino, sua bandeira e depoimento – Prelecionista a confirmar.

15h40min às 15h50min – Retratos da realidade ambiental de Garanhuns hoje – Marcos Renato Franzosi Mattos.

15h50min às 17h00min – Depoimentos livres e Discussão.


Marcos Renato Franzosi Mattos
Conselheiro representante da UFRPE
Presidente em exercício do CODEMA
Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Garanhuns

Fernando Bezerra Coelho - PSB, PT ou PMDB. Uma análise da conjuntura política.


No evento da última sexta-feira em Garanhuns, os bastidores devem ter fervido. Um candidato a presidente da República, e pelo menos três ou quatro candidatos a governador no mesmo palanque.

Armando Monteiro, pelo PTB, é o mais declarado. Tadeu Alencar pode ser a solução caseira dentro do PSB de Eduardo Campos. João Lyra, atual vice que vai ser governador no próximo ano, deve deixar o PDT e seguir para o PSB e, dizem, pensa em entrar na disputa sentado na cadeira. E...

...Fernando Bezerra Coelho. O Ministro do PSB seria o mais natural de todos os nomes governistas. É o principal nome do partido no estado depois de Eduardo Campos. Foi um supersecretário que acumulou Desenvolvimento Econômico com a presidência de Suape. Virou Ministro, mas queria disputar uma campanha majoritária. Governador, Senador ou até Prefeito do Recife. Não foi, e...

Tornou-se uma alternativa ao próprio PSB de Eduardo Campos, já que é ministro e pode deixar o partido sem perder o cargo, caso aceite a missão de disputar o mandato pelo PT, que ficou sem um nome forte para enfrentar a próxima campanha pelo Governo do Estado. Mas...

O PT é complicado, e pelo partido, poderia não ter a hegemonia das lideranças e dos militantes em seu palanque. Por isto...

Outra alternativa seria o PMDB, de Michel Temer, e não o de Jarbas Vasconcelos. O senador já está comprometido com Eduardo Campos e por isto não é visto com bons olhos pelo PMDB nacional, que dá sustentação ao governo de Dilma e tem o vice-presidente. Por isto, seria hora de procurar outra alternativa para Pernambuco. Conta também o fato do partido ter diminuído no estado, precisando de um fato novo.

Contra Fernando Bezerra, o fato de não ter tanta visibilidade em todo o estado, entretanto, tendo o suporte do PT e da campanha presidencial, tornaria seu projeto muito forte, estando no PT ou no PMDB, e teria como adversários diretos o projeto do PSB, com a assinatura de Eduardo, super bem avaliado e candidato a presidente, e Armando Monteiro, que neste momento é o nome mais forte na disputa, e que...

Michel Temer também tem visto no senador uma boa alternativa, e consta que tem conversado pela viabilidade.O vice-presidente tem buscado opções ao projeto de Eduardo Campos.

Comenta-se que o apoio de Eduardo a Armando estaria vinculado ao apoio nacional do PTB, muito difícil de acontecer. Os trabalhistas devem continuar com o governo de Dilma. Mas, Armando aposta em ser o nome do consenso dentro do palácio, contudo, poderia ter o apoio da presidente e do PT, se for considerado que tem mais probabilidade de vitória contra o projeto socialista do que o Ministro FBC.

Fernando Bezerra tem ponderado, como numa missão pacifista, tem buscado remover de Eduardo a ideia de ser candidato a presidente, em nome da união. Mas, como o quadro vai se mostrando, deve ter que tomar uma decisão de deixar o PSB, resta saber se os socialistas entenderão isto como uma traição, ou se a marca de traidor vai ser trabalhada pelo PT contra o governador, que está caminhando para a oposição, depois de mais de dez anos de parceria com Lula e Dilma, fazendo críticas públicas, mesmo participando do governo.

Confira a Super Promoção Alves Motos Honda para o Dia das Mães



Confira a Edição 52 do Jornal CRER



POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.