GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNOPAR GARANHUNS

sábado, 18 de maio de 2013

Sobre a Casa das Balas e a Iluminação Pública de Garanhuns


A prefeitura tem errado em algumas questões em não antecipar boas informações. Dois exemplos: A questão da Iluminação Pública e esta agora da doação do terreno para a Casa das Balas. As polêmicas teriam sido menores, ou até não existiriam, se a população estivesse esclarecida antes de se gerarem as discussões.

Na questão da Iluminação Pública, antes de enviar o aumento para os vereadores analisarem, o próprio município poderia ter antecipado os benefícios da medida. Ter mostrado projetos, maquetes, imagens,... Ter, enfim, demonstrado a real necessidade infraestrutural para a cidade em ter um novo sistema de iluminação, que impacte a economia turística e ofereça mais segurança à população. Fala-se muito, em off, das tais lâmpadas de LED, mas ainda não foi devidamente esclarecido. As principais ruas precisam modernizar, e a periferia precisa ser iluminada. E tem mais, em 2014 a Iluminação Pública será municipalizada, ou seja, toda a manutenção passará a ser da prefeitura, que com o atual recolhimento não será possível, segundo a administração, já que estamos há 11 anos sem atualizar a contribuição da população que consome acima de 50 KWh/mês. 

Mas isto não deveria ser o blogueiro a dizer, deveria ser a própria prefeitura. Teria um outro debate, em vez de se discutir se deve ter aumento ou não, o foco seria apenas para os percentuais e os valores de referência sobre o consumo. A prefeitura não fez e jogou a bomba na Câmara.

Aliás, ainda não teve nem a licitação da imprensa e publicidade de Garanhuns, dificultando o acesso da população às informações. Jaqueline e sua equipe têm que se desdobrar para que os meios de comunicação  abram espaços à imprensa oficial. Sorte dela que é muito querida no meio, em vários segmentos, mas já se vê sinais de inquietação.

Para todos ficou somente o debate do aumento, no contrassenso do esforço federal em baixar as contas de luz da população.


Esta questão da Casa das Balas é parecida. A administração deixou que o debate caminhasse para a informalidade, na base do pitaco, principalmente nas redes sociais. Não é assim. Não houve a informação antecipada, de preparação da população. Assim, ao invés de se enaltecer os vários benefícios da instalação de uma Central de Distribuição na cidade, de um filho da terra, que vai dobrar a quantidade de empregos oferecida, sem contar os investimentos de empresas terceirizadas, patrocínios culturais e esportivos (a Casa das Balas tem sua marca bastante difundida na cidade), tivemos a conversa pura e simples da doação de um terreno como se fosse ao bel prazer, beneficiando economicamente, como se esta fosse a finalidade.

A Casa das Balas é uma das maiores geradoras de receita do município. Gera empregos, paga altos impostos municipais e, pasmem! mesmo com sua distribuidora localizada no bairro de Heliópolis, por trás do Hospital Regional Dom Moura, sua rua não é nem calçada. Isto mesmo, fica na Rua Gonçalves Maia, e mesmo sendo uma parceira do desenvolvimento de Garanhuns, não teve direito a este benefício infraestrutural para a importância do empreendimento, sem contar na melhoria para todos os moradores da rua. O que quero dizer é que, a Casa das Balas, e seu diretor, Gláucio Queiroz, nunca se utilizou de favores, não é do seu feitio. Por sua natureza empreendedora, Gláucio é um exemplo a ser seguido, um cara dinâmico, inteligente, politizado, que tem amizades facilmente, e que transformou a Casa das Balas em uma das maiores distribuidoras do Norte/Nordeste, atendendo diversas regiões, gerando empregos e novas divisas para o município. Gláucio se apresenta como garanhuense em todos os lugares e administra daqui o negócio que construiu, pensando positivo, enxergando adiante, trabalhando, valorizando funcionários, negociando de igual para igual com grandes indústrias nacionais. Foi Gláucio que fez o primeiro atacado auto-atendimento na cidade, revolucionando o mercado. Rejuvenesceu o comércio varejista de balas, pipocas, salgadinhos, dando maior visibilidade ao pequeno comerciante. A Casa das Balas está estampada na camisa do Tigre e do Sete de Setembro, e por uma soma de qualidades, temos aí um orgulho da cidade. Não estaria aceitando privilégios se não fosse pelo desenvolvimento da empresa e do município.

Falo isto como um parceiro comercial, de quem conhece há quase 30 anos a história do seu diretor, desde seus tempos de Souza Cruz até o momento onde se destaca como um dos maiores empreendedores do estado.

Quando falo da antecipação das boas notícias por parte da administração pública, é porque fiquei sabendo que naquela área entre a COHAB I e o Indiano, a população será beneficiada com praça, academia, brinquedos para as crianças e até uma quadra poliesportiva, na área remanescente do CSU (Centro Social Urbano), que permanece e que há muitos anos deixou de oferecer sua finalidade, lazer e movimentação social para a população. Portanto, bem que poderia também ter sido apresentado um projeto, uma maquete, informar à população...

Agora, além deste benefício, aquela população ainda será vizinha de um grande empreendimento, daqueles que não deixam resíduos, fumaça, lixo, ou outros males que algumas indústrias acarretam ao meio-ambiente. E ainda tem a questão da segurança, pois teremos uma empresa em um local que sofre com o vandalismo, deixando a população assustada. Os imóveis tendem a valorizar, pois não terão mais um terreno abandonado na frente das casas. A Casa das Balas passou ideias do projeto, que vão trazer melhorias para todos.

Quanto à doação do terreno, são 2ha, e teremos 200 empregos, façam as contas. Enquanto isso, em Bom Conselho, foram doados 200ha, isto mesmo, cem vezes mais, a Perdigão e a informação que temos é que são menos de 100 funcionários. Lá, ao contrário de algumas pessoas aqui, a população fez festa. Em Garanhuns parece que tem gente que torce contra. Trata-se de um terreno para a instalação de uma empresa, não de uma chácara nem clube com piscina. Uma empresa conhecida, da cidade, com investimentos conhecidos e vão multiplicar tendo mais possibilidades, trazendo já uma estrutura que funciona fora de Garanhuns. Não se trata de uma aposta nem uma aventura.

Garanhuns tem pressa em crescer, e urgência maior ainda é gerar emprego pro seu povo. Por isto, torço, para o bem de todos, que Garanhuns possa contar receber esta Central de Distribuição, e que, ao final, todos sejam beneficiados.

Poderíamos ter um grande evento mostrando como ficaria a nova área do CSU, com a Casa das Balas, quadra, parques, áreas de lazer... Também imagino outro grande evento mostrando os investimentos na Iluminação Pública.

NOTA OFICIAL - CASA DAS BALAS

O grupo Casa das Balas está no mercado há 18 anos e é formado por 03 empresas, atende 120 cidades em nosso estado, de Salgueiro a Vitória de Santo Antão, gera 210 empregos diretos e paga salário médio de R$ 1.500,00. Vale informar que nosso menor salário é de R$ 800,00 e que menos de 10% dos nossos colaboradores recebem esse valor, os demais têm salário superior a este.

Das três empresas, duas estão instaladas em Garanhuns e geram 130 empregos, e a outra, localizada em Caruaru gera 80 empregos.

No ano passado recebemos um convite para levarmos nossa distribuidora que gera mais de 100 empregos aqui em Garanhuns para outra cidade, onde ganharíamos terreno e isenção de IPTU por 10 anos. Todavia, como sou filho de Garanhuns e minhas raízes estão aqui, optei por procurar a prefeitura da nossa cidade para ver a possibilidade de construirmos um centro de distribuição aqui. Contudo, não deu tempo de concretizarmos esse processo, então a gestão atual deu continuidade.

Se analisarmos melhor, com a construção de nosso centro de distribuição aqui em Garanhuns, a cidade não só vai ganhar 100 novos empregos, mais sim 200, pois manteremos os 100 já existentes, e com isso uma injeção de mais R$ 4.000.000,00 anuais entre salários, férias e 13° na economia de nossa cidade, sem falar no ICMS que recolhemos para o estado, o qual parte deste tributo vem para o município e que também recolhemos anualmente quase R$ 100.000,00 em ISS, imposto pago por empresas prestadoras de serviços, que também a nossa cidade deixaria de arrecadar, caso fossemos para outra cidade.

Vale lembrar que as cidades que mais incentivam a instalação de empresas em seu território são as que mais crescem e consequentemente se desenvolvem, a exemplo de Caruaru que já está no quarto distrito industrial, Ipojuca com Suape e agora a bola da vez é Goiana e Vitória de Santo Antão, onde Vitória está doando terrenos valiosos nas proximidades da BR 232, basta passar por lá para vermos. Infelizmente nosso município não tem distrito industrial no momento, mas a cidade não pode ficar esperando o desenvolvimento vir apenas quando ela criar o distrito industrial, e sim ir utilizando os recursos que têm no momento, haja vista que a cidade possui leis que regulamentam as ações para empreendimentos.

O empreendimento em discussão trata-se da construção de um galpão com 5 mil metros quadrados de área construída e um vasto estacionamento de veículos e caminhões, para que os mesmos não gerem transtornos no entorno do empreendimento. Ressaltamos, ainda, que as vagas de trabalhos serão disponibilizadas prioritariamente para comunidade local.

Ficamos a disposição para quaisquer esclarecimentos.

Atenciosamente, 

Gláucio Queiroz 
Diretor


FESTIVAL DE INVERNO - Continua aberta convocatória para artistas de Garanhuns



O Governo Municipal, por meio da Secretaria de Cultura divulgou a convocatória para os artistas e grupos culturais de Garanhuns interessados em participar do 23° Festival de Inverno de Garanhuns.

Entre as manifestações culturais que devem contemplar a programação, estão oficinas, shows musicais, cortejos de cultura popular, performances, intervenções, espetáculos, palestras, exposições, mostras, encontros e ações de patrimônio.

PRAZO – As inscrições deverão ser realizadas até 31 de maio, de segunda a sexta-feira, de 8h às 13h, na Secretaria de Cultura, no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti, situado à Praça Dom Moura, s/n. Serão aceitas, também, inscrições via Correios, postadas até o dia 31 de maio de 2013, encaminhadas ao endereço da secretaria.


Os anexos para serem preenchidos estão disponíveis no seguinte endereço:
www.garanhuns.pe.gov.br.

CULTURA POPULAR: SESC chama artistas e interessados para oficina de embolada



O Sesc Garanhuns, através do Laboratório de Autoria Literária Luzinette Laporte, oferece mais uma oficina literária. Venha participar!

SERVIÇO:
Oficina de Embolada (Poesia e música)
Ministrante: Clécio Rimas
Período: De 21 a 23 de maio / das 14h às 17h30
Local: Sesc Garanhuns
Público alvo: Jovens a partir dos 16 anos e demais interessados
Inscrição: Grátis - realizar no Ponto de Atendimentos do SESC

Release da oficina:
"A Oficina de Embolada ministrada pelo poeta, rapper e produtor musical Clécio Rimas propõe o estudo dessa magnífica manifestação poético-musical típica das culturas populares tradicionalmente brasileiras. O gênero Embolada se destaca como uma rica manifestação popular nordestina e também como patrimônio cultural que apresenta a música e a poesia, unidas na forma de uma brincadeira popular mestiça. Os conteúdos que serão repassados na oficina irão da parte poética, englobando a construção de poemas/canções em formas fixas como quadras, sextilhas, septilhas, oitavas e décimas, até a parte percussiva-musical, que vai da técnica e prática percussiva do pandeiro ao estímulo da habilidade vocal para o canto da Embolada. Exibição de slides, vídeos e audição de peças de áudio também farão parte do conteúdo repassado na oficina."

SAMU de Garanhuns é inaugurado



O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Garanhuns foi inaugurado na tarde de hoje (17) em frente a sua base, na Avenida Simôa Gomes, bairro Heliópolis. Na ocasião, com várias autoridades presentes, a faixa simbólica foi desfeita e as pessoas puderam ver de perto a estrutura do prédio.

Em sua fala, o secretário de Saúde, Harley Davidson, evidenciou que o momento é de coroação de uma luta antiga. “Estamos comemorando a chegada dessa conquista que só vem melhorar nossa estrutura municipal de saúde. É uma conquista coroada graças ao apoio incessante do prefeito Izaías que está conosco pelo melhor para população”, ressaltou.

Josália Pimentel realiza nova campanha do cobertor

O frio traz doenças e tristeza para quem não tem como se defender dele. Para proporcionar um inverno aconchegante às famílias que sofrem com o frio, a colunista Josália Pimentel, em parceria com a Capela Nossa Senhora do Carmo, TV Asa Branca, 71 BI MTZ, Fundação Nilton Ayres e emissoras de rádio, promove pelo 10º ano consecutivo, a campanha do cobertor. 

A profissional de imprensa faz um apelo para aquelas almas generosas que têm uma boa situação financeira, para que continuem tendo piedade destas famílias carentes e façam suas doações de cobertores e agasalhos. 

Os donativos arrecadados deverão serem entregues nos pontos de coletas que estão concentrados na Catedral de Santo Antonio e nas Rádios Sete Colinas, Marano e 87 FM, para serem doados as famílias carentes que são especialmente mais amados por DEUS. 

“Aqueles que têm bondade para com o irmão, é sempre acolhido pela bondade de Deus”. 10ª Campanha do Cobertor, apoio : Imprensa Solidaria...

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.