GOVERNO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

domingo, 7 de julho de 2013

Eduardo vice de Lula


Depois de mais de um ano sem se encontrar, o ex-presidente Lula (PT) se encontrou há duas semanas com o governador Eduardo Campos (PSB) em sua residência na cidade de São José dos Campos, São Paulo. De acordo com uma nota publicada na coluna Holofote, de Veja, aliados do presidente Lula afirmaram categoricamente que Eduardo Campos seria o vice dos sonhos do ex-presidente em um eventual retorno do petista ao Palácio do Planalto em 2014. Só nessa situação, diz a nota, Eduardo Campos abriria mão da candidatura à Presidência da República.

Após o encontro, os dois políticos asseguraram a interlocutores que não falaram nada da sucessão presidencial de 2014. Segundo a nota, quem quebrou o gelo foi o ex-presidente, que convidou o governador para discutir a crise econômica e política do Brasil. “Temos de ajudar o Brasil, essa crise é ruim para todo mundo. Nenhum político está imune ao que está acontecendo nas ruas”, disse Lula ao pedir para o socialista não romper com o governo Dilma Rousseff (PT) nesse momento de turbulência.

O período da data em que o governador teria se encontrado com Lula bate com a agenda oficial de Eduardo Campos. No dia 14 de junho, o presidente nacional do PSB participou de uma palestra na Conexão Empresarial de Araxá/MG. Para retornar ao estado, o voo do socialista precisou fazer escala em Campinas/SP.

www.folhadepernambuco.com.br

Veja o vídeo da luta ANDERSON SILVA PERDE PARA CHRIS WEIDMAN - UFC 162 06/07/2013


CLIQUE NO LINK ABAIXO PARA VER A LUTA COMPLETA
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=3WX9L7cTERU

   

 A zebra subiu ao ring do UFC 162. Anderson Silva quis brincar como faz com a maioria dos seus rivais, mas desta vez deu errado. Chris Weidman levou a luta a sério desde o primeiro segundo e conseguiu um nocaute no segundo round, chocando o mundo e tomando o cinturão dos médios do UFC.

O norte-americano foi melhor durante todo o tempo e derrubou o brasileiro já nos primeiros segundos. Anderson Silva preferiu, em vez de levar a sério o combate, brincar no octógono, enquanto era constantemente encontrando pelos golpes de Chris. O Spider baixou a guarda e passou a chamar o lutador para a briga, pediu para ele bater mais forte, e foi o que aconteceu.

No segundo round, de guarda baixa, Anderson exagerou, Chris foi para cima e acertou um direto que derrubou o brasileiro. No chão, Weidman encerrou o nocaute.

O lutador Norte-Americano, novo dono do cinturão dos meio-médios revelou: "Nunca imaginei isso acontecendo, ainda parece muito surreal. Achei que ele não deveria brincar comigo, fiquei chateado, mas estava preparado para isso, sabia que poderia fazer isso, e consegui. Só tenho a pedir, por favor, respeitem o Anderson, quero a revanche, ele é um ídolo, mas venho procurando isso há muito tempo".

Anderson Silva disse que o seu rival mereceu a vitória e negou que tenha o desrespeitado. "Eu trabalhei duro para essa luta, respeito todos os fãs do UFC, respeito os EUA, porque meu grande sonho era trabalhar aqui. Isso mudou minha vida e da minha família, moro aqui, preciso dizer obrigado a todos, mas nessa noite Weidman foi melhor, ele tem meu respeito, ele agora é o melhor, trabalhei muito duro, mas ele foi melhor."

Como o próprio Anderson disse que não pretende fazer uma revanche contra o novo campeão, é grande a chance de Weidman fazer sua primeira defesa contra o brasileiro Vitor Belfort, peso médio em melhor fase no momento. Vem de quatro vitórias na categoria, sendo dois grandes nocautes este ano com chutes altos.


OAB vai pedir a cassação dos deputados Marco Feliciano e Jair Bolsonaro

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) concluiu a denúncia contra Marco Feliciano (PSC-SP) e Jair Bolsonaro (PP-RJ) por campanha de ódio. A entidade quer que a Corregedoria da Câmara puna os dois por quebra de decoro parlamentar em virtude de divulgação de vídeos considerados difamatórios, o que poderia resultar na cassação de seus mandatos.

Liderando um grupo de mais de vinte entidades ligadas aos direitos humanos, a OAB enviará, na próxima semana, representação ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, contra Feliciano e Bolsonaro. A entidade quer que a Corregedoria da Câmara os processe por quebra de decoro parlamentar em virtude de divulgação de vídeos considerados difamatórios.

Em um dos vídeos, Bolsonaro teria editado a fala de um professor do Distrito Federal em audiências na Câmara para acusá-lo de pedofilia e utiliza imagens de deputados a favor da causa homossexual para dizer que eles são contrários à família.

Para o presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB, Wadih Damous, essas campanhas de ódio representam o rebaixamento da política brasileira. “Pensar que tais absurdos partem de representantes do Estado, das Estruturas do Congresso Nacional, é algo inimaginável e não podemos ficar omissos. Direitos Humanos não se loteia e não se barganha”, disse. Indignado com os relatos feitos por parlamentares e defensores dos direitos humanos durante reunião na sede da entidade, Damous garantiu que “a Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB será protagonista no enfrentamento a esse tipo de atentado à dignidade humana”.

Na reunião com a CNDH da entidade dos advogados estiveram presentes, além dos deputados acusados na campanha difamatória, representantes da secretaria Nacional de Direitos Humanos da Presidência da República, do Conselho Federal de Psicologia, e ativistas dos movimentos indígena, de mulheres, da população negra, do povo de terreiro e LGBT.

fonte:.com.br


POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.