GOVERNO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

terça-feira, 23 de julho de 2013

Dominguinhos queria ser enterrado em Garanhuns

Dominguinhos na homenagem da CDL

O pernambucano de Garanhuns José Domingos de Morais, o Dominguinhos, disse hoje (17/12/2011) em entrevista a Geraldo Freire, Rádio Jornal, que "quando morrer deseja ser enterrado em Garanhuns, cidade onde nasceu. "Moro em São Paulo há anos, mas é Garanhuns mesmo meu local de descanso final".

Dominguinhos, 70 anos, é considerado o discípulo maior de Luiz Gonzaga, recebeu a missão de cuidar melhor do forró do próprio Rei do Baião. Nascido em Garanhuns, em 1941, filho de mestre Chicão, um famoso tocador e afinador de foles. Começou a tocar aos 6 anos, com os irmãos quando com apenas 8 anos conheceu Luiz Gonzaga, que virou seu padrinho musical.

Ao chegar ao Rio de Janeiro, para onde sua família se mudou em 1954, Dominguinhos ganhou do Velho Lua uma sanfona, o apelido (Gonzagão achava que Neném, seu apelido de infância, não o levaria a lugar algum) e a oportunidade de acompanhá-lo em shows e gravações. Já na estrada, tocou em boates, dancings, onde aprendeu sambas e boleros. A convite de Pedro Sertanejo, pai de Oswaldinho, gravou, em 1965, um disco destinado aos nordestinos que tentavam a sorte no Rio e em São Paulo.

Dois anos depois excursionou pelo Nordeste com Gonzagão, acumulando as funções de sanfoneiro e motorista. Nessas viagens conheceu Anastácia com quem formou uma dupla de grande sucesso. Pelas mãos de Guilherme Araújo começou a acompanhar Gal Costa e Gilberto Gil. Além de emprestar seu talento para quase todos os grandes nomes da música brasileira pelo mundo afora, Dominguinhos é um criador inventivo, talento provado em parcerias com Chico Buarque (Tantas Palavras) e Gil (Lamento Sertanejo).

sábado, 17 de dezembro de 2011

MORTE DE DOMINGUINHOS: O filho da terra no Festival de Inverno de Garanhuns

Ele chegava, todos os órgãos de imprensa corriam pra ele, falava com todos com a paciência e a vontade de quem não conversa com repórteres de rádio, televisão, jornais, blogs... Conversava com amigos.

Era Dominguinhos!

Já vi um mundo de artistas que não são nem serão Dominguinhos, e que não pisam no chão. Não falam com a imprensa nem com ninguém, fazem um monte de pedidos estafúrdios e se isolam de todos.

Com Dominguinhos, não!

Ele chegava, e atendia todos aqueles que quisessem conversar. Conversar mesmo. Perguntava pela cidade e pelos amigos. Ficava caminhando, atendendo um e outro que tivesse chegado depois e parecia só se dirigir ao seu camarim quando o cansaço batia ou sentia que já havia atendido a todos. Não raras vezes, ele mesmo puxava assunto.

Era Dominguinhos. Uma história irretocável, um artista na melhor expressão da palavra. Sabia que sua origem e sua música eram populares, e era gente daquela gente, não teria o direito da vaidade NEM DA SOBERBA.

O homem que nasceu simples, morreu deixando este belo exemplo de como passar pela vida fazendo-se notar pelo que é, pelo que representa, e não pelo que tem ou pela autoridade.

Era Dominguinhos!

Foi homenageado no Festival de Inverno onde se apresentou algumas vezes, e parece que escolheu o evento para morrer durante a sua realização. A sua cidade está cheia, turistas de várias cidades do Nordeste. Em um ano que ainda tem Elba Ramalho e Fagner, além de outros forrozeiros como Maciel Melo e Santanna, que cantaram com ele. 

Parece que foi proposital. Na UTI praticamente por oito meses, mas foi em pleno Festival, querendo dizer ao seu povo que a festa não pode parar, o forró tem que continuar! A praça estará mais triste, e o momento pede esta grande homenagem com música. Sua música.

Aliás, é dele a canção SANFONA SENTIDA, que hoje faz parceria com o sucesso de Gonzaga composta por João Silva, com quem Seu Domingos dividiu o palco em Exu. CHORA SANFONINHA, CHORA, CHORA!

É TÃO DIFÍCIL FICAR SEM VOCÊ! - Morre Dominguinhos

O cantor e compositor Dominguinhos morreu às 18h desta terça-feira (23) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O sanfoneiro lutava contra um câncer no pulmão e fazia sessões de quimioterapia havia seis anos. 

Segundo o boletim divulgado pelo hospital, a causa da morte foram "complicações infecciosas e cardíacas".

O músico de 72 anos, autor de sucessos como "Isso Aqui Tá Bom Demais" e "De Volta Pro Aconchego" havia deixado a UTI após melhora da infecção respiratória e arritmia cardíaca no dia 13 e retornado à unidade no dia 15.

Dominguinhos estava internado desde o dia 17 de dezembro. No dia 22 daquele mês, precisou passar por uma cirurgia para a colocação de um marca-passo cardíaco temporário por conta da arritmia. Neste período, o cantor foi submetido a uma traqueostomia e hemodiálise. Dominguinhos ficou sem sedação e, mesmo assim, não se comunicava com a família e médicos.

No dia 8 de janeiro, ele sofreu uma parada cardíaca no hospital em que estava internado em Recife (PE). A pedidos dos familiares, no dia 13 de janeiro, Dominguinhos foi transferido para o Hospital Sírio-Libanês em São Paulo.


DEPOIMENTO DO GOVERNADOR EDUARDO CAMPOS SOBRE A MORTE DE DOMINGUINHOS


"Dominguinhos expressou como ninguém a alma nordestina. Suas canções e sua criatividade genial constituem para sempre parte fundamental da cultura brasileira. Em nome do povo de Pernambuco, do meu próprio e da minha família, quero manifestar o meu pesar e a minha solidariedade à família e aos amigos deste grande brasileiro".


O governador decretou luto de três dias no Estado em virtude do falecimento de Dominguinhos.

FIG 2013: Espetáculo acontece em um dos pontos mais altos de Pernambuco




Nesta segunda-feira (22), no Cristo do Magano, onde se localiza o ponto mais alto da cidade, 1030m acima do nível do mar, apresentou-se o teatro de rua “O Canto das Sete Colinas”, espetáculo do Grupo de Teatro Loucos e Oprimidos da Maciel – Trupe do Patrimônio. A encenação tem direção coletiva e roteiro de Carlos Ferreira, Fábio Calamy, Carlos Sales e Rodrigo Torres.

A Trupe do Patrimônio é um projeto da Diretoria de Preservação Cultural da Fundarpe, em conjunto com o grupo Loucos e Oprimidos da Maciel, para discutir e dialogar sobre o patrimônio do local. As apresentações teatrais são direcionadas a contar a história, falar sobre os aspectos naturais e arquitetônicos e relembrar fatos curiosos da cidade visitada. É uma maneira de usar essa linguagem dinâmica do teatro para fazer com que as pessoas se aproximem e conheçam a sua história. O projeto nasceu em Garanhuns em 2011 e o grupo continuou com o mesmo formato em outras cidades pernambucanas.

Aproveitando o clima agradável desta segunda-feira (22), muitos turistas e moradores foram conferir a apresentação que começou com músicas alegrando o público presente. O espetáculo fala sobre os pontos turísticos da cidade e suas famosas sete colinas, contando a história da inauguração da estação rodoviária, a formação e origem do nome da cidade. Em um momento bem emocionante, a música “Onde o Nordeste Garoa”, famosa na voz de Luiz Gonzaga, foi interpretada pelo grupo e os moradores que estavam no local também cantaram juntos, demonstrando assim, o orgulho dessa belíssima história.

O grupo recifense que foi formado em 2007 tem um total de 10 pessoas, entre atores e músicos, no elenco.

A trupe, nesta 23ª edição de festival, já se apresentou no Parque Ruber Van Der liden (Pau Pombo) e nesta terça-feira (23) será a vez do Parque Euclides Dourado receber o espetáculo, a partir das 16h30.

SECOM GARANHUNS
Texto: Samara Pontes

Coordenadoria da Mulher vai tomar as medidas necessárias contra banda que incitou violência contra as mulheres


Ronaldo, soubemos em Recife, pois estávamos na Secretaria da Mulher do Estado de Pernambuco, o que havia acontecido. Amanhã lançaremos, em nome do Governo Municipal, através da Coordenadoria da Mulher, uma nota de repúdio e tomaremos as medidas necessárias para que um comportamento desrespeitoso e ultrajante, como esse, não fique impune. 

Essa luta é nossa!

Eliane Simões Vilar
Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres
Prefeitura de Garanhuns
.
Saiba do que se trata:

PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS 2013 - Quinta, sexta e sábado!



ATRAÇÕES: Com novas alterações, a grade do Festival em sua parte de shows musicais ficou assim, em todos os polos.

Quinta-feira, 18/07 

Palco Guadalajara 
21h – Ópera Bajado 
22h10 – Gaiamálgama 
23h20 – Caravana Rabequeiros de Pernambuco 
0h30 – Naná Vasconcelos (Batucafro) 
1h40 – Ney Matogrosso 

Sexta-feira, 19/07 

Palco Cultura Popular 
10h – Reisado Gonzaga de Garanhuns 
11h – Boi Faceiro 
12h – Afoxé Alafin Oyó 
13h – Maracatu de Baque Virado Nação de Luanda 
14h – Índio Tupi Oriental 
15h – Clube Carnavalesco Mixto Seu Malaquias 

Música Erudita na Catedral 
Conservatório Pernambucano de Música – CPM no FIG 2013 
16h30 – Grupo Allegretto 
21h – André Mehmari (pianista) 

Palco Instrumental 
17h – Fahrenheit 
18h – Hugo Linns 
19h – Vitor Araújo 
20h – Nenéu Liberalquino 

Palco Pop 
18h – Juliano Holanda 
19h10 - Projeto CCOMA 
20h30 – Bonsucesso Samba Clube 
Intervalos e Encerramento – DJ 440 

Palco Guadalajara 
21h – Zé Ricardo e Paula Lima www.fig2013.com 
22h10 - DJ Dolores, Orquestra Santa Massa e Chico César (PE/PB) 
23h20 – Karina Buhr 
0h30 – Dado Villa Lobos com participação de Toni Platão 
1h50 – Zeca Baleiro 

Palco Forró 
0h – Cizinho do Acordeon 
1h10 – Nádia Maia 
2h30 – Derico Alves

Sábado, 20/07 

Palco Cultura Popular 
11h – Reisado Os Três Reis do Oriente 
12h – Tribo Indígena de Tapirapé 
13h – Clube Carnavalesco Marim dos Caetés 
14h – Maracatu de Baque Solto Leão Formoso de Tracunhaém 
15h – O Bonde Bloco Carnavalesco Lírico 
16h – Pastoril do Velho Dengoso 

Música Erudita na Catedral 
Conservatório Pernambucano de Música – CPM no FIG 2013 
16h30 – Eduardo Monteiro (pianista) 
21h – Mônica Salmaso e André Mehmari (canto e piano) 

Palco Instrumental 
17h – Estação Brasil - Jazz 
18h – A Trombonada 
19h – Paulo Rafael 
20h – Banda Estuário 

Palco Pop 
18h – Tigre Dente de Sabre (SP) 
19h10 – Plugins 
20h30 – Querosene Jacaré 
Intervalos e Encerramento – DJ Patrick Tor4 

Palco Guadalajara 
21h – Hercinho 
22h10 - Mundo Livre S/A 
23h20 – Orquestra Contemporânea de Olinda e Arto Lindsay 
0h30 - Caetano Veloso 
2h20 – Fafá de Belém 

Palco Forró 
0h – Dudu do Acordeon 
1h10 – Joquinha Gonzaga www.fig2013.com 
2h30 – Cezzinha 

Domingo, 21/07 

Palco Cultura Popular 
10h – Reisado Santíssimo Redentor 
11h – Cavalo Marinho Estrela de Ouro 
12h - Maracatu Nação Raízes de Pai Adão 
13h – Grupo Nossa Arte / APAE Garanhuns 
14h – Sambadeiras 
15h – Flor da Lira de Olinda 
16h – Coco de Tebei 

Música Erudita na Catedral 
Conservatório Pernambucano de Música – CPM no FIG 2013 
16h30 – SaGRAMA 
21h – Marcus Tardelli (violonista) 

Palco Instrumental 
17h – Grupo Só Choro 
18h – Coutto Orquestra de Cabeça (SE) 
20h – Lucas dos Prazeres 

Palco Pop 
18h – Projeto Armazém 
19h10 – Circo Vivant 
20h30 – Bárbara Eugênia (SP) 
Intervalos e Encerramento – DJ Ravi Moreno 

Palco Guadalajara 
21h – Banda Flash 
22h10 – Lourdinha Oliveira 
23h20 – Augusto César 
0h30 – Adilson Ramos 
1h50 – José Augusto (RJ) 

Palco Forró 
0h – Forró Pesado 
1h - Ronaldo César e A Tropicana 
2h10 – Luizinho Calixto (CE) 
3h10 – Coruja e Os Seus Tangarás 

Segunda-feira, 22/07 

Música Erudita na Catedral 
Conservatório Pernambucano de Música – CPM no FIG 2013 
16h30 – Olinda Samba Choro e Camerata Aço e Águia 
21h – Orquestra Sinfônica Jovem do Conservatório Pernambucano de Música 

Palco Instrumental 
17h – Lulinha Trumpet Instrumental 
18h – Ronaldo Saggiorato (SP) 
19h – Márcio Dhiniz (BA) 
20h – Banda Tambor da Terra 

Palco Pop 
18h – Márcia Pequeno 
19h10 – Jorge Cabeleira 
20h30 – Vertin Moura com participação de Lirinha 
Intervalos e Encerramento – DJ Leon Selector 

Palco Guadalajara 
21h – Paulo Ferreira e Os Valvulados 
22h10 – Alkymenia 
23h20 – Desalma 
0h30 – Krisiun (SP) 
1h40 – Raimundos 

Palco Forró 
0h – Trio Pisa na Fulô 
1h – Mastigados do Forró 
2h10 – Daniel Bento 

Terça-feira, 23/07 

Música Erudita na Catedral 
23° FIG apresenta IX Virtuosi na Serra 
16h30 – Recital de Victor Asuncion (Filipinas) 
21h – Giora Schmidt, violino (Estados Unidos) | Victor Asuncion, piano 

Palco Instrumental 
17h – Instrumental Nildo Bass 
18h – Nebulosa Quinteto 
19h – Alex Mono 
20h – Beto Kaiser e Mucica 

Palco Pop 
18h – Ex-Exus 
19h10 – Galanga (MG) 
20h30 – Isca de Polícia e Arrigo Barnabé 
Intervalos e Encerramento – DJ Vinicius Leso 

Palco Guadalajara 
21h – Lucas Notaro e Os Corajosos www.fig2013.com 
22h10 – Pouca Chinfra com participação de Alfredo Del Penho (PE/RJ) 
23h20 – Andrea Amorim e Roberto Menescal (RJ) 
0h30 – Belo Xis 
1h40 – A Noite do Samba (Neguinho da Beija-Flor, Gera Vila Isabel e Gigante do Samba) 

Palco Forró 
0h – Gena de Altinho 
1h – Rabecado 
2h10 – O Bom Kixote 

Quarta-feira, 24/07 

Música Erudita na Catedral 
23° FIG apresenta IX Virtuosi na Serra 
16h30 – Ensemble São Paulo (Brasil) 
21h – Clement Himbert, saxofone (França) | Ensemble São Paulo 

Palco Ponto das Artes - Casarão dos Pontos de Cultura 
18h – Companhia de Arte e Cultura Renascer do Sertão (Dança/Xaxado) 

Palco Instrumental 
17h – Marcos Cabral | Duo de Guitarra e Violão 
18h – Camerata Filipeia (AL) 
19h – Rogério Botter Maio Trio (SP) 
20h - Wassab e Jam da Silva 

Palco Pop 
18h – Sem Peneira pra Suco Sujo 
19h10 – Tiger 
20h30 – Silver Apples (EUA) 
Intervalos e Encerramento – DJ Beto 

Palco Guadalajara 
21h – Paulinho Groove 
22h10 – Adiel Luna 
23h20 – Os Sertões 
0h30 – Santanna 
1h40 – Maciel Melo 

Palco Forró 
0h – Forró Fogo de Menina 
2h10 – Eli Vieira 

Quinta-feira, 25/07 

Palco Cultura Popular 
10h – Mamulengo Teatro do Riso (Mestre Zé Lopes) 
11h – Reisado João Tibúrcio 
12h – Cavalo Marinho Estrelas do Amanhã 
13h – Maracatu Leão Coroado 
14h – Sandoval Ferreira 
15h – Mestre Galo Preto 
16h – Bonecos Gigantes 

Música Erudita na Catedral 
23° FIG apresenta IX Virtuosi na Serra 
16h30 – Slavonic Duo (Eslováquia) 
21h – Ilya Ramlav, piano (Rússia) 

Palco Ponto das Artes - Casarão dos Pontos de Cultura 
17h – Coco Popular de Aliança

Palco Instrumental 
17h – Instrumental Roberto Lima 
18h – Ricardo Vignini e Índio Cachoeira (SP) 
19h – Kaoll (SP) 
20h – Nonato Luiz (CE) 

Palco Pop 
18h – Tagore 
19h10 - João Fênix 
20h30 - Yusa (Cuba) 
Intervalos e Encerramento – DJ Lala K 

Palco Guadalajara 
21h – Os Batata 
22h10 – Thais Gulin 
23h20 – Deolinda (Portugal) 
0h30 – Cidadão Instigado 
1h40 – Spok Frevo Orquestra e Elba Ramalho 

Palco Forró 
0h – Os Coroas do Forró 
1h10 – Messias Santiago do Forró 
2h10 – Irah Caldeira 
3h20 – Os Nonatos (AL) 

Sexta-feira, 26/07 

Palco Cultura Popular 
11h – Orquestra Metais do Frevo 
13h40 – Troça Carnavalesca Mista Cachorro do Homem do Miúdo 
15h – Caboclinho União Sete Flechas 
16h – Maracatu de Baque Solto Piaba de Ouro 
17h – Mestre Luiz Paixão 
18h – Afoxé Oxum Pandá 
Palco Ponto das Artes - Casarão dos Pontos de Cultura 
17h – Batuqueiros do Silêncio 
18h – Grupo de Passistas e Orquestra Veredas

Palco Instrumental 
17h – Orlito Blues 
18h – Sid 3 Sacrifício e Fé 
19h – João Paulo Albertim 
20h – Louise Wooley (SP) 

Palco Pop 
18h – Bande Dessinée 
19h10 – Rodrigo Campos 
20h30 – Thiago Pethit 
Intervalos e Encerramento – DJ Felipe Machado 

Palco Guadalajara 
21h - Maestro João Carlos Martins e Orquestra Jovem de Pernambuco 
22h20 - Kiara Ribeiro 
23h30 - Fagner 
0h50 - Banda Eddie (Show Original Olinda Style) / Participação de Isaar e Karina Buhr 
2h10 - Daniela Mercury 

Palco Forró 
0h – Patrícia Cruz 
1h10 – Banda de Pau e Corda 
2h30 - Mulheres Cantam Dominguinhos: Liv Moraes, Cristina Amaral, Terezinha do Acordeon, Valkyria Nunes, Andrezza Formiga 

Sábado, 27/07 

Palco Cultura Popular 
10h – Projeto Batuque 
10h40 – Reisado de Inhanhum 
11h – Cia. São Caetanense Arte Dança Pernas de Pau 
11h40 – Pastoril Infantil Lapinha de Jesus 
12h20 – GRES Giga nte do Samba 
13h – Troça Carnavalesca Mista O Bagaço é Meu 
14h20 – Trupe Garimpeiros da Arte – O Boi Milagroso
16h – Belo Cirandeiro e A Ciranda do Povo 
17h – Coco Trupé de Arcoverde 

Música Erudita na Catedral 
Curadoria da Prefeitura de Garanhuns 
16h30 – Coral Dom Expedito Lopes (flautas) 
19h – Maestro Otávio Matias (música sacra / tenor e piano) 

Palco Ponto das Artes - Casarão dos Pontos de Cultura 
17h – Sociedade dos Bacamarteiros do Cabo 

Palco Instrumental 
17h – Cláudio Lins 
18h – Walter Areia e Grupo Música Aberta 
19h – Fernando Catatau e o Instrumental (SP) 
20h – Entrevero Instrumental (SC) 

Palco Pop 
18h – Juvenil Silva 
19h10 – Afrobombas 
20h30 – Orquestra Rockfônica de Frevo com participação de Andreas Kisser (PE/SP) 
Intervalos e Encerramento – DJ Renato da Mata 

Palco Guadalajara 
21h – Karla Rafaela 
22h10 – Zé Brown e convidados 
23h30 – Afrika Bambaataa (EUA) 
0h50 – Mart’nália 
2h10 – Arlindo Cruz 

Palco Forró 
0h – Nando Azevedo 
1h10 – Quarteto Olinda 
2h30 – Assisão

O Papa e a Pomba - Foto lembra São Francisco de Assis. Veja a imagem.


Um fato inusitado, que ganhou ar simbólico. O Papa Francisco tem sido exaltado por sua simplicidade e humildade, lembrando o santo ao qual fez menção ao escolher seu nome enquanto chefe maior da Igreja Católica.

Nesta terça-feira, o Papa Francisco fazia uma saudação ao povo carioca e de repente...pousou uma pomba branca na sua mão. 

O registro está em todos os lugares e ensejou ainda mais admiração ao papa argentino, que está no Brasil para a Jornada Mundial da Juventude, que reúne milhões de pessoas.

FIG 2013: Roberto Lima sobe ao palco Instrumental na quinta-feira, dia 25

Roberto Lima é um dos mais respeitados músicos do estado


Na próxima quinta (25), o palco do Parque Ruber Van der Linden recebe o músico e produtor musical Roberto Lima. Roberto é natural de Garanhuns onde iniciou e desenvolveu seus estudos musicais. Tem a marca histórica de participar do Festival de Inverno de Garanhuns desde o início sendo o pioneiro no evento em shows de música instrumental.

Para esta edição do Festival, Roberto e sua banda formada por músicos de Garanhuns traz além de um repertório autoral, várias releituras de grandes sucessos instrumentais de bandas como Spyro Gyra e Chick Korea.

Festival de Inverno tem Juizado Especial na Esplanada Cultural

Órgãos da Justiça se fazem presentes no FIG 2013


Durante os dez dias de Festival de Inverno, funcionará na Esplanada Cultural Mestre Dominguinhos (Guadalajara), o Juizado Especial, que atende às demandas cíveis e criminais de menor potencial ofensivo, para soluções imediatas.

Para isto, o Juizado conta com membros do Ministério Público, Defensoria Pública, além de um juiz que estará de plantão até o final dos shows.

Já nesta quinta-feira, pudemos acompanhar o pessoal trabalhando. Estavam formando a equipe, a Juíza Dra. Karla Fabíola Dantas, o Defensor Público, Dr. Aguinaldo Barros, a Promotora de Justiça, Dra. Mariana Cândido, além de servidores do poder judiciário como, Ângelo Fittipaldi, Conciliador do TJPE, Isabela Luna, Técnica Ministerial e Ana Cecília Guedes, Analista Judiciária.

Um primeiro caso se deu referente a aluguel de casas para o Festival. Como a lei impede algumas ações no horário da noite, a resolução do problema ficou para esta sexta-feira.

Vamos ver daqui para frente se a demanda explica a instalação do Juizado, com todas estas autoridades, que acabam retiradas do seus cotidianos profissionais, já que também estão instaladas na praça outros órgãos como Polícia Civil, Militar e Procon.Claramente, o Festival tem um índice de delitos muito abaixo da média de eventos de grande porte no estado, devido ao perfil das pessoas que visitam os polos culturais.

De qualquer forma, é importante registrar e enaltecer mais um serviço para a população. 

Durante o FIG, haverá rodízio do pessoal no Juizado Especial.

Garanhuns recebe Núcleo de Mediação de Conflitos - Saiba mais.

Com o compromisso da interiorização, e no apoio à prevenção e mediação de conflitos, a Secretaria Executiva de Justiça e Direitos Humanos SEJUDH, sob a coordenação da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos SEDSDH, inaugura, nesta quinta-feira, 25, às 16h, o Núcleo de Mediação de conflitos de Garanhuns. Este é primeiro do Agreste Meridional e o 15º do estado. O serviço vai funcionar na Associação de Moradores da Comunidade Radialista Aluízio Alves de Melo, no bairro de Massaranduba.

De acordo com o secretário executivo da SEJUDH, Paulo Moraes, no núcleo os moradores, capacitados pela secretaria, poderão solucionar: conflitos familiares, de vizinhança, pensão alimentícia, regulamentação de visitas, questão de posse de terra, entre outros. Os casos que não puderem ser resolvidos no local serão orientados e encaminhados para os locais específicos de atendimento.

Dessa forma, disponibiliza a comunidade um dispositivo de defesa e promoção de cidadania e justiça, para a resolução pacífica de desavenças, contribuindo para a prevenção social da violência a partir da sensibilização para a cultura de paz.

Os mediadores são capacitados pela Gerência de Prevenção e Mediação Comunitária de Conflitos, GPMC, vinculada a SEJUDH, para atuarem como facilitadores do diálogo. O curso de capacitação têm duração de 40 horas/aula. 

Vale ressaltar que o trabalho nos núcleos é acompanhado por técnicas da GPMC. A gerência também realiza atividades junto ao Governo Presente, curso com a Polícia Militar e parceria com Prefeituras municipais na ação de interiorização da mediação de conflitos.

Serviço:
Inauguração Núcleo de Mediação de Conflitos em Garanhuns
Data: 25 de Julho
Local: Associação de Moradores da Comunidade Radialista Aluízio Alves de Melo 
Rua Cantora Marines, 265, Massaranduba, Garanhuns-PE.
Horário: 16h

Todas as atividades da Acessibilidade no Festival de Inverno

Atividades da SEAD e Fundarpe – Acessibilidade no FIG 2013


Dias
Atividades
19/07
Jogo de bocha (cadeirantes)  -Hernane
19/07 - das 14h às 16h
Contação de Histórias- Atividades Pedagógicas (Graça)
A partir de 20/07
Massoterapia (Espaço Inclusão no Parque Euclides Dourado)
20/07
(sábado Às 17:10) Fundarpe
Filme com áudio descrição
“Era uma vez eu, Verônica”
21/07 das 14h as 16h
Dominó para cegos (Lucy e Juca)

21/07 – às 12:30h (Fundarpe).

Apresentação Cultural com as Crianças da APAE (Grupo de percussão e dança) Local: Largo do Colunato.

23/07 – às 16:00h.

Oficina de Pintura em Tecido, Com Terezinha dos Santos- Local: Pólo de inclusão no Parque Euclides Dourado.

24/07 – A partir das 15:00h às 17:00h.

Oficina de Orientação e Mobilidade, com Carlos Tevânio, voltado ao publico terceira idade. E com  Mary Jane  Liberato voltado ao público em Geral.

24/07- às 17:00h.

Reisado com Grupo de Terceira Idade (Santíssimo Redentor) Local: Pólo de inclusão (Parque Euclides Dourado.
25/07 – das 14h às 16h
Contação de Histórias- Atividades Pedagógicas (Graça)
26/07
Goball (Graça)
27/07 das 14 as 16h
Dominó para cegos (Graça)
27/07
Áudio Descrição no Camarote da Acessibilidade

FIG 2013: Saiba onde fica e o que encontrar na Galeria de Artes

A Galeria das Artes foi montada, pelo segundo ano consecutivo, no prédio do antigo fórum, na Avenida Dantas Barreto. No espaço, os visitantes podem observar algumas exposições além de participarem de oficinas. São ações de fotografia, artes plásticas, design e moda, além de momentos com culinária e cinema.

De acordo com a assistente da Assessoria de Design e Moda da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Raniele Duarte, no local também está inserido a casa “Pop Up Garimpo”, de Germana Uchôa, com debates e palestras abrangendo os temas de moda com especialistas na área. “Tudo isso em um único espaço que fica logo na entrada da Galeria das Artes”, informa.

Por lá, o visitante também se depara com a exposição “Toxic Diva”, de Bruno Santana e a “Bio Jóias”, de Elvis Bittencurt, que além da apresentação dos materiais, vende suas bijuterias. Todas as peças são artesanais e confeccionadas com material orgânico. Os preços são convidativos, ficando em torno de 8,00 reais.

O local abriga, ainda, os laboratórios criativos, que são mini oficinas com duração de dois dias, sendo elas: “Encadernação artesanal” com Jonas Veloso, “Customização de blusas” com Renata Garcia, “Customização de shorts jeans” com Julia Atroch e o “SustentHabilite-se”, que é um projeto já realizado em outros festivais, em que as lonas dos eventos do Pernambuco Nação Cultural são utilizadas pra criar novas peças como bolsas e cartucheiras feitas por costureiras da cidade.

Na quarta-feira (24), Helena Pontes apresentará a exposição “Vulcano”. Espaço que apresenta a relação entre moda e arte. É importante destacar a palestra “A estética do Nordeste aplicada à moda”, que acontece dia 25, às 19h, em que um design de moda junto com uma historiadora irá trabalhar toda a parte da estética de Garanhuns e como isso pode ser aplicado à moda como forma de significação.

Quem estiver interessado em participar das oficinas e não tiver realizado a inscrição, pode ir até o local, procurar alguém da equipe de organização para indicar onde estão acontecendo as oficinas e fazer sua inscrição no mesmo dia. Se ainda restarem vagas, as inscrições serão feitas normalmente. As atividades na “Galeria das Artes” começaram ontem (20) e vão até o último dia do evento – 27 de julho. A galeria está localizada no prédio do antigo fórum, na Av. Dantas Barreto, 34 – Santo Antônio.

Escolas Estaduais do Agreste Meridional são atrações no FIG 2013



A 23ª edição do Festival e Inverno de Garanhuns (FIG) começa hoje e traz mais uma novidade na sua programação. Quem for prestigiar o evento terá a chance de ver apresentações culturais de escolas estaduais do Agreste Meridional animando a grade de diversos polos distribuídos pela cidade.

Na segunda, 22 de julho, o palco do “Arte no Casarão”, evento promovido pelo Sebrae e Ferreira Costa, recebe estudantes da Escola Monsenhor Alfredo Dâmaso, em Teresinha, com o espetáculo “Dança Miscelânea Cultural”, a partir das 16h. Logo após, a Escola Lenita Fontes Cintra, do município de São Bento do Una, apresenta a “Dança regional teatralizada”, seguida da Quadrilha Flor Mirim e da “Dança da Cultura Popular Pernambucana”, apresentações das escolas Simôa Gomes e EREM Garanhuns, respectivamente.

Os estudantes da rede estadual voltam ao mesmo palco na quarta (24) a partir das 18h. Desta vez, a Escola Senador Aderbal Jurema faz a sua apresentação e, na sequência, a “Dança do Baião” da Escola Duque de Caxias, o “Grupo dos Domadores” da EREM Augusta Cordeiro (Calçado) e a “Dança Flor do Mamulengo” da EREM Ismênia Lemos Wanderley (Brejão) animam quem estiver no local. As apresentações do dia serão encerradas com a Quadrilha Arraiá do Clemente, formada por estudantes da EREM Virgem do Socorro.

As Escolas Indígenas Fulni-ô do município de Águas Belas também se apresentam durante o FIG este ano. Com a proposta de sensibilizar a sociedade sobre a importância da cultura pernambucana a partir da contribuição do povo indígena Fulni-ô para a história, os indígenas farão apresentação étnica no dia 27 de julho, a partir das 10h, no palco do projeto Cultura Livre nas Feiras que será montado na feira da CEAGA. 

A partir das 10h, o grupo “Cultura e arte nas escolas do Agreste meridional” ocupa o palco para levantar a importância de conhecer e valorizar a cultura e o protagonismo no currículo escolar, encerrando a participação da Educação do Estado no FIG.

A inclusão das escolas estaduais na programação no Festival é uma articulação da GRE Agreste Meridional com instituições locais. O objetivo é incentivar a melhoria do rendimento educacional a partir de ações que incentivam a prática de leitura, escrita, o desenvolvimento do protagonismo e a valorização cultural.

Fonte: Assessoria de Comunicação / GRE Agreste Meridional

Banda incita violência sexual contra a mulher no FIG - Por Ágatha Salcedo

Bom... eu fiquei de fazer um texto sobre o que achei da fala de ortinho no fim do show da banda querosene jacaré (20/07), durante o festival de inverno de garanhuns. mas antes disso vou escrever umas coisinhas aqui. só pra não deixar a poeira baixar por completo:

realmente, a noite de sábado prometia. estávamos animadas para ver o show da banda querosene jacaré. descemos para o parque dos eucaliptos empolgadas. no meio do caminho, uma paradinha pra jantar, porque ninguém é de ferro. no meio do cachorro quente, uma de nós diz: eita! georgia!!! e eu digo que não tô ouvindo nada, que ela tá viajando... que marco polo não tá na programação. depois eu ouço e digo: porra!! vamos nessa!! tão tocando georgia mesmo!

agilizamos, pagamos e andamos rápido pro palco pop. nisso... georgia já era passado. vamos mais pra frente, pra ver melhor a banda. e no meio do caminho ouvimos quase isso:

só respeitem as mulheres grávidas (ou foi as mulheres casadas?). nas outras podem meter o dedo no parreco, que elas querem dar. podem meter o dedo, que todo mundo quer foder.

nós 3 paramos. olhamos uma pra cara das outras. perguntamos se ele (ortinho) tinha realmente dito aquilo. e sim, ele tinha dito.

agora eu digo: que porra essa? quem deu o direito a esse cara de pegar um microfone, fazer uso de fato de ser o centro das atenções, naquele momento... pra dizer que qualquer cara daqueles que estavam ali podia chegar perto de mim e meter a mão em mim? ou em qualquer mulher que estava ali?

repito: que porra é essa... se não incentivo à violência contra a mulher?

ah, por favor, sem conversinha de que foi força de expressão, de que só tava incentivando os caras a se chegarem nas garotas, ou que foi coisa de momento, doideira ... ou sei lá o q! 

o que aconteceu foi mais um caso de machismo! de incentivo à violência! e isso não pode passar em branco. e eu realmente espero que não passe.

várias mulheres se sentiram incomodadas, vários caras também discordaram daquilo. 

eu não sou anti-sexo, pudica, nem nada do tipo. defendo uma liberdade muito maior do que a que acredito que permeia a cabeça desse cara. especificamente no quesito liberdade sexual (uma... dentre tantas que compõem a liberdade pela qual me proponho a lutar): defendo que cada mulher deve ter liberdade de fazer sexo quando quiser e com quem quiser. e de não fazer, caso essa seja a vontade dela. aos outros cabe respeitar sua decisão.

um recado: sim é sim. não é não. 

ouça minha resposta. respeite minha decisão. não meta seus dedos, mãos ou qualquer membro como se estivesse em frente a uma boneca inflável. 

assim como qualquer um, mulheres gostam de sair pra se divertir, às vezes saem pra dançar, às vezes saem pra paquerar, às vezes só pra ficar de boa, escutando uma banda que gosta. e sim, mulheres fazem sexo.... e gostam de fazer. só que isso não quer dizer que ela fará com vc. 

acredito que não deve ser tão difícil de assimilar isso, né?

repetindo, repetindo... até todxs ouvirem: a violência contra a mulher deve ser combatida... e seu incentivo também. o que ortinho fez nesse último sábado é algo inadmissível.

pra finalizar: "artistas" como esse, ou que tenham posicionamentos semelhantes, não podem encontrar espaço para incentivar a violência contra a mulher ou qualquer outro tipo de violência ou opressão. e o dinheiro público (sim, pq o festival é financiado pelo governo e pela prefeitura) não deve ser utilizado para esse tipo de coisa. o festival de inverno é um momento excelente, que nos proporciona contato com o trabalho de diversos artistas já consagrados... e também serve de janela pros que estão chegando. atitudes como a de ortinho não combinam nem com o FIG nem com o mundo pelo qual tantas pessoas lutam. o machismo não deve caber em lugar algum!

o machismo não deve ser incentivado, ele deve ser combatido! 

Ágatha Salcedo - 
Estudante de Mestrado em Estudos Literários em UFAL

Compartilhado no facebook do parceiro app FIG 2013

Morre turista atacada por tubarão no Recife - Veja o vídeo da SDS



Morreu no fim da noite de segunda-feira (22) a adolescente paulista vítima de um ataque de tubarão na praia de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. Bruna Silva Gobbi, 18 anos, que passava férias na capital pernambucana com a família, foi atacada pelo animal por volta das 13h, enquanto nadava a cerca de 20 metros da faixa de areia. O banho de mar no cartão-postal da cidade virou tragédia. E voltou a assombrar a população.

Para continuar lendo... Portal NE10

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.