GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

GOVERNO DE PERNAMBUCO

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Campanha de Multivacinação inicia neste sábado em Garanhuns



Começa neste sábado (24), a Campanha Nacional de Multivacinação para atualização do Esquema Vacinal. A ação é voltada para crianças de 0 a 5 anos de idade e acontece em todas as Unidades de Saúde da Família (USF) de Garanhuns. No dia D que será neste sábado, também haverá pontos de vacinação na Praça Souto Filho e Largo da Colunata, das 08h às 17h. A campanha segue até o dia 30 deste mês, e durante toda a semana os atendimentos serão intensificados nos postos de saúde, dentro do horário de funcionamento.

Neste período serão ofertadas todas as vacinas do calendário básico de vacinação para crianças, como: coqueluche, difteria, tétano, hemófilos tipo B, hepatite B (pentavalente), tríplice viral, pneumo 10-valente (pneumonias, sarampo, cachumba e rubéola), meningocócica C (meningite tipo C), rotavírus, pólio (oral/ injetável), e BCG. Pais ou responsáveis deverão levar seus filhos aos locais de vacinação, munidos do cartão de vacinas. A pretensão é atender 10.500 crianças.

“O nosso sucesso depende do comparecimento de todas estas crianças às Unidades de Saúde. A vacinação é o meio mais eficaz de promoção e prevenção de doenças preveníveis por vacinação. Ao longo dos anos vem se reduzindo a mortalidade de crianças menores de cinco anos de idade, pois estas campanhas objetivam produzir a imunidade coletiva e individual”, declarou Joana D’arc Ferreira Freitas, coordenadora do Programa de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde.

A Campanha Nacional de Multivacinação é uma realização do Ministério da Saúde por meio do Programa Nacional de Vacinação, e em Garanhuns a ação é realizada pelo Governo Municipal, por meio da Secretaria de Saúde.

ARTIGO: Clamor das ruas: Motivos para protestar. E quem protestou? - Por Cleber Ferreira



Primavera Brasileira. Despertar do Povo. Seja qual for o título que se dêem as manifestações populares ocorridas no último mês de junho a verdade é que o povo saiu às ruas para protestar e demonstrar sua insatisfação com o status quo. Após dois meses das manifestações, os acadêmicos, os estudiosos, os jornalistas e o povo em geral ainda estão a discutir o que ocasionou? Quem? o quê? E ainda vão discutir por um longo período até que as idéias fiquem mais claras. O que se pretende com este artigo é justamente por mais lenha na fogueira desta discussão. 

Os intérpretes do povo brasileiro sempre nos descrevem como um povo pacífico. E parecem estarem certos. Basta observarmos a história brasileira dos últimos anos 30 anos, tivemos apenas três grandes manifestações: as Diretas Já! Os caras pintadas de Collor e por último as manifestações de junho. Isto tudo apesar de toda corrupção da classe política, da má qualidade do serviço público e etc. Razões para protestar não faltam. Agora o que ocorreu nos últimos anos que levaram a ter novas manifestações grandes, quem foram os autores e o por que tomou grandes proporções e atingiram o Brasil inteiro?

A grande motivação, pelo menos ao meu ver, não foi outro se não a má qualidade do serviço público, visto que não temos os serviços básicos, não temos saúde, educação, segurança pública, transporte urbano e etc. Resumindo o serviço público no Brasil é uma piada, com todo respeito aos servidores públicos. Não se precisa falar muito do que todos têm conhecimento. Neste caldo de serviços falidos, coloque uma pitada de uma carga tributária altíssima, beirando aos 40% de tudo o que é produzido no país. Os dados dizem que quatro meses do ano o trabalhador brasileiro labora apenas para pagar impostos. Assim, tem-se uma carga tributária altíssima para uma contraprestação péssima.

Por outro lado, tem-se uma classe política que não representa os cidadãos, até por que os políticos, geralmente, compram seus mandatos. E aqui reside a culpa do povo, por não escolher os melhores candidatos ou por votar em razão de favores, amizade ou etc. Também contribui a não existência de partidos políticos fortes, não se tem ideologia, não se tem ideias que identifiquem este ou aquele partido político, estão mais para uma salada de letras do que partidos políticos no seu sentido literal, salvo raríssimas exceções. Por fim, a verdade é que os políticos só estão preocupados com as próximas eleições e garantir a reeleição e para isso precisam de dinheiro para bancar as suas campanhas políticas e comprar votos, seja com dinheiro ou com favores. Neste sentido, há uma simbiose de culpa de eleitor e eleito. Termina que ao final das contas contribui para uma insatisfação com a classe política.

Em tese, tendo respondido o que motivou as manifestações, cabe indagar quem saiu às ruas. E aí me parece bem claro. A classe média e os estudantes. Até por que estas são as duas classes sociais mais prejudicadas. A classe média é quem mais sofre com a carga tributária altíssima e praticamente não faz uso dos serviços públicos e não o fazem em razão de não serem bons. A quem se encaixa nesta classe social, faça algumas perguntas. Usa o serviço médico do governo? Estuda na escola pública? É claro que quem tem condições financeiras não vai para hospital público e não estuda na escola pública. É lógico. No entanto, é quem mais sofre com o pagamento de tributos.

Nesta visão, contribui outro fator, a questão do crescimento econômico do país nos últimos anos com a inclusão da classe “C” no mercado de consumo e trabalho. Em uma linguagem direta: o pobre está melhorando de vida e quer exigir por melhores serviços públicos. Está comendo carne, tipo picanha, e não tem dinheiro para o plano de saúde e não quer utilizar o hospital público da forma como está e acredita ser justo, em razão da alta carga tributária brasileira, ter um serviço público de qualidade.

A verdade é que as questões são mais complexas para poderem ser discutidas e explicadas em poucas palavras, não abordamos, por exemplo, a contribuição das redes sociais, a falta de liderança do movimento, os resultados práticos que ocorreram, o que mudou ou vai mudar depois de junho de 2013 no país e etc. 


CLEBER FERREIRA SILVA, graduado em história (UPE) e direito (FDG), pós-graduado em história (UPE) e pós-graduando em gestão pública (AESGA).

BARES E RESTAURANTES: Programação do final de semana em Garanhuns

De 23 a 25 de Agosto/2013
Programação de bares e restaurantes com música ao vivo.



Sexta
A Budega - Wagner Vianna MPB e Pop Rock
Carmem & Frida - Alexandre Revoredo
Dona Antônia - Amor Eterno (pagode)
Kefi Saladas - Noite de crepes e Música ao Vivo
O Vagão - André Filho MPB e Pop Rock


Sábado
A Budega - Trio Pisa na Fulô
O Vagão - Cícero Gomes - MPB
Terraço - Radiola de Ficha (Aniversário da Rádio Marano) ao meio-dia

Domingo
Dona Antônia - II Balacobaco com bandas de pagode, swing e arrocha


Quer divulgar seu evento? Mande sua programação em nosso e-mail.

ToolsNET - Provedor de Internet

Internet para ser boa tem que ser veloz. É por isso que o provedor ToolsNET é campeão de velocidade na região. Conheça nossos planos residenciais e a abrangência do nosso serviço:

5MB - R$ 99,90
3MB – R$ 79,90
1,5MB - R$ 59,90
750k - R$ 44,90
(temos também planos empresariais)

A internet ToolsNET está disponível para as cidades de: Lajedo, São Bento do Una, Cachoeirinha, Garanhuns, Jupi, Calçado, Ibirajuba e Jurema.



Ligue para uma de nossas lojas:
Lajedo – (87) 3773-3999 / 9610-7676
Cachoeirinha – (81) 3742-1613 / (87) 9610-7675
Garanhuns – (87) 3762-6896 / 9625-9300
São Bento do Una – (81) 3735-2009 / (87) 9610-7677.

Exposição itinerante sobre o regime militar‏ chega a São José do Egito



Moradores de São José do Egito, no Sertão do Pajeú farão uma viagem pela história de luta do período militar no Brasil. Esse resgate será possível através da exposição itinerante “Democracia: Para que não se esqueça, para que nunca mais aconteça”, que será aberta, nesta sexta-feira, 23, no Centro de Inclusão Digital do município, às 15h.

A exposição, composta por 30 painéis, retrata através de fotografias e depoimentos um período onde a repressão e a violência contra a sociedade eram constantes. O objetivo da mostra do Governo Federal, que passou também por Brasília e Fortaleza, é colocar a população em contato com a busca pelo direito a memória e a verdade.

Segundo o coordenador do Projeto Memorial da Democracia em Pernambuco, Irageu Fonseca, a mostra já foi conferida, aqui no estado, pelo público do Recife, de Caruaru, Salgueiro, Serra Talhada, Floresta, e agora São José do Egito. Os painéis que compõe a exposição mostram não só um resgate do regime militar, mas um pedaço importante da nossa história que é destacado em roda de diálogos com professores, historiadores e estudantes, em alguns locais por onde passa. Acrescenta Irageu Fonseca

Na abertura, a presença dos anistiados políticos Carlos Alberto Soares e Alberto Vinícius, que poderão contar um pouco da história de luta que vivenciaram à época.

Serviço:
Exposição “Anistia e Democracia: Para que não se esqueça, para que nunca mais aconteça”
Data: 23 de Agosto
Local: São José do Egito – Centro de Inclusão Digital – Rua Coronel Inácio Mariano Valadares, s/n. Centro.
Horário: 15h

JUSTIÇA FAZ ESFORÇO CONCENTRADO PARA COBRAR DÍVIDAS NÃO PAGAS E REALIZA LEILÕES

A Justiça do Trabalho vai fazer esforço concentrado dos dias 26 a 30 deste mês para atacar um dos maiores problemas dos processos trabalhistas: o famoso “ganhou, mas não levou” – ou seja, quando a parte tem o ganho da causa, mas não consegue cobrar a dívida. O mutirão se concentrará na Terceira Semana Nacional da Execução Trabalhista, promovida em todos os 24 Tribunais Regionais do Trabalho do País, com a participação do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) e do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Magistrados e servidores do Tribunal Regional do Trabalho de Pernambuco (TRT –PE) terão a semana empenhada na solução de processos que se encontram na fase de execução, sobretudo por meio da conciliação. Os interessados que ainda não solicitaram o agendamento de audiências de tentativa de acordo poderão fazê-lo pela internet (www.trt6.jus.br) ou, ainda, comparecendo diretamente na Vara do Trabalho onde tramita o processo.

Além de incentivar acordos na fase de execução, a Justiça do Trabalho realizará dois grandes leilões (dia 29/08 nas varas da Região Metropolitana e do Interior e no dia 30/08 nas varas do Recife). Dentre os bens que serão levados à venda judicial, destacam-se imóveis dos mais variados valores, caminhões, automóveis e motocicletas.

Maiores detalhes por meio do portal www.trt6.jus.br

BOLSAS DE ESTUDO: Autarquia divulga lista de contemplados pelo PROGUS


Para conferir a lista, clique aqui.

A Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns – AESGA divulgou na manhã desta sexta-feira, dia 23 de agosto, uma lista contendo o nome dos alunos contemplados pelo processo seletivo do Programa Garanhuns Universitário – PROGUS.

No total foram concedidas 160 bolsas de estudo integrais e parciais para alunos das faculdades mantidas pela AESGA. A ação é de iniciativa do Governo Municipal e o Programa, que é pioneiro no segmento, segue os mesmos moldes do PROUNI e PROUPE, criados pelos governos Federal e Estadual. Os benefícios correspondem aos valores de R$ 260,00 (duzentos e sessenta reais) para as bolsas integrais e R$ 130,00 (cento e trinta reais) para bolsas parciais.

Os alunos que demonstrarem interesse em apresentar recursos quanto ao resultado preliminar da seleção tem o prazo máximo até a próxima segunda-feira, dia 26 de agosto, para requerê-lo. As demais datas divulgadas no cronograma do edital ficam mantidas.

A listagem completa contendo os nomes dos alunos, bem como seus referidos cursos está disponível no site da Instituição.

Para conferir a lista, clique aqui.

Zé da Luz esclarece notícias e diz que vai voltar com gás total

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Diante de várias notícias surgidas na imprensa pernambucana nos últimos dias, apontando supostos acordos políticos visando a disputa eleitoral do próximo ano, o ex-prefeito Zé da Luz vem a público esclarecer que:

1 – Não selou até o presente momento nenhum acordo político com qualquer pré-candidato a cargos eletivos no ano que vem;

2 – Confirma que está sendo procurado por um número muito grande de deputados estaduais e federais e também pré-candidatos à Assembleia e à Câmara Federal que querem o seu apoio eleitoral;

3 – Não descartou a possibilidade de levar às ruas sua própria candidatura a deputado estadual ou até mesmo federal;

4 – Não enxerga o momento atual como oportuno para resolver seu futuro político;

5 – Suas decisões serão tomadas em conformidade com a opinião do governador Eduardo Campos, líder maior do grupo político do qual faz parte desde quando começou a militar na vida político-partidária;

6 – Seus eleitores podem ficar tranquilos que Zé da Luz estará de volta à cena política em 2014 com gás total.

Atenciosamente,

Zé da Luz

Bancada do PSB na Câmara busca fortalecimento da luta pela FAMEG

Divulgada originalmente no Blog Panorama Garanhuns, do Pastor Calvino, líder do Movimento FAMEG Já!, estamos trazendo o texto da proposta encaminhada ao Plenário da Câmara de Vereadores de Garanhuns, assinada em bloco pelos vereadores do Partido Socialista Brasileiro. Confira:

A Bancada de Vereadores do PSB junto à Câmara de Vereadores de Garanhuns sente-se com a responsabilidade de integrar-se na luta da cidadania GARANHUENSE pela reabertura da Faculdade de Medicina de Garanhuns (FAMEG), que vem sendo obstaculizada por alegações oficiais e extra-oficiais pouco convincentes e muito carentes de fundamentação séria.

Para isso, propõe aos membros da Casa Raimundo Moraes que se disponham à mobilização de todas as lideranças a quem eventualmente estejam ligados, no sentido de subscreverem uma manifestação veemente aos Ministérios da Educação e da Saúde, envolvendo todo o Agreste Meridional através dos seus segmentos políticos, empresariais, sindicais, religiosos, estudantis, sociais, etc.

A despeito da arregimentação de toda a sociedade garanhuense, por força da atuação de algumas lideranças, impõe-se ainda a ampliação deste movimento de forma a estendê-lo a todo o Agreste Meridional, uma vez que toda a região será beneficiada com a reabertura desta faculdade de medicina, sobretudo levando-se em conta as recentes declarações da Presidenta Dilma através de toda imprensa nacional, de que:

“Então fizemos um programa que se chama Mais Médicos, que faz parte do Pacto da Saúde, cujo objetivo é a expansão do número de profissionais. O primeiro objetivo é esse: a expansão do número de profissionais, e combina duas ações. A primeira ação: AMPLIAR A FORMAÇÃO DE MÉDICOS NO BRASIL. ATÉ 2017 NÓS VAMOS CRIAR MAIS 11.400 VAGAS EM CURSOS DE MEDICINA e 12 mil vagas para residências em áreas prioritárias, como: Pediatria, Cardiologia, Ginecologia e outras.”

Evidente que só existem duas formas para a criação de “11.400 VAGAS EM CURSOS DE MEDICINA”: a ampliação de vagas nos cursos atualmente existentes e/ou autorização para funcionamento de novas escolas! No caso da Fameg, trata-se de simples reabertura de uma escola pré-existente, com excelente instalações, equipe profissional e equipamentos pedagógicos adequados que já funcionara durante três períodos e preencheu todos os requisitos necessários à migração do sistema estadual para o federal, com nota “4”, nos estritos termos das normas ministeriais contidas no Edital SERES nº 001/2011 (Edital de Migração).

Por oportuno e em cumprimento à Lei nº 12.527 (Lei da Transparência), notadamente nos seus artigos nº 1º, 10 e seus parágrafos, 11º e seus parágrafos, 14º, 21º e seu parágrafo único, 32º , I e seus parágrafos, a Câmara de Vereadores do Município de Garanhuns, Estado de Pernambuco subscreve, assina e reitera os precisos termos do Requerimento nº 59/2011, de 27 de novembro de 2011, de autoria do eminente Senador Vicentinho Alves, do Estado de Tocantins, dirigido ao Ministério da Educação e até hoje nunca atendido, cujos termos são repetidos abaixo:

“Requeiro, nos termos do art.50, § 2º da Constituição Federal, combinado com o art. 90, incisos IX e X, e o artigo 216, inciso I, do Regimento Interno do Senado Federal, sejam prestadas, pelo Ministro da Educação, as seguintes informações:

a) Qual a finalidade e a quem se destina o Edital SERES nº 01/2011?
b) Quais as instituições de Educação Superior – IES, mantidas ou geridas pela iniciativa privada, atualmente sob o poder regulatório dos sistemas estaduais de ensino. Já ingressaram no MEC com solicitação objetivando a migração para o sistema federal, conforme Edital SERES 01/2011, publicado em 12 de agosto de 2011?
c) O Edital condiciona a suspensão das atividades das IES enquanto tramita o processo de migração do sistema estadual de ensino para o sistema federal?
d) Qual a razão de o MEC ter ingressado na justiça com pedido de liminar para a suspensão do vestibular do ITPAC – Instituto Presidente Antonio Carlos – Faculdade de Medicina de Garanhuns/PE, uma vez que o ítem 2.2.1 do Edital 01/2011 assegura a continuidade e a regularidade das atividades desenvolvidas pelas instituições de Educação Superior, até a deliberação do órgão federal quanto à migração do sistema estadual para o federal?
e) Existe alguma outra IES que tenha sido credenciada pelo sistema estadual de ensino, tenha requerido o recredenciamento pelo sistema federal e esteja com as atividades suspensas por iniciativa da SERES/MEC?
f) Uma vez que o Parecer nº 407, de 2011, da AGU/CGEPD/MEC confere ao ITPAC igualdade de condições com as demais Instituições de Educação Superior pertencentes aos sistemas estaduais de ensino que tenham requerido a migração para o sistema federal, porque apenas o ITPC – pelo que se tem notícia – teve as suas atividades suspensas, quando próprio MEC realizou 5 vistorias na referida IES e avaliou com nota 4 (numa escala que vai de 1 a 5) as condições de funcionamento da instituição?
g) Como o MEC pretende sanar o prejuízo causado aos mais de 1.000 alunos que se inscreveram no vestibular do ITPAC de Garanhuns/PE, realizaram as provas e agora estão impedidos de de conhecer o resultado das mesmas em razão de decisão judicial provocada pelo MEC?”

Releve-se que a Lei de Transparência não alcançara ainda, naquela data, a sua vigência, embora a circunstância não justifique a estranha falta de atendimento a um pedido de informações do Senado da República, aprovado à unanimidade pela Casa.

Diante do exposto e a justificação contida no próprio texto da proposição, os signatários esperam e confiam na sua aprovação e nas providências por parte da Colenda Mesa para o seu encaminhamento às autoridades referidas.

Sala das Sessões, em 21 de agosto de 2013

GERSON JOSÉ CARVALHO SOUZA FILHO

LUZIA CORDEIRO DA SILVA SOUZA

PAULO BARBOSA LEAL

SIGA O BLOG

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.