HIPER TODODIA

HIPER TODODIA
CLIQUE NA IMAGEM

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS

FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS
TUDO SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS - FIG 2017

GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE E SAIBA MAIS

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Dr. Antônio Figueira visita UPAE, Hospital Dom Moura e terreno que pode receber novo Hospital Regional‏

Dr. Figueira conversa com pessoas a serem atendidas na UPAE

A UPAE já conta com 11 especialidades para atendimento 

Dr. Gustavo Amorim recebeu Dr. Figueira e Dra. Ricarda Samara da V GERES

Os números da UPAE foram apresentados em reunião

Dr. Luís Melo, gestor do Hospital Dom Moura mostra as reformas ao Secretário

O Secretário tem feito vistorias sistemáticas ao Hospital Dom Moura

Com o assessor do Governo, Sandoval Cadengue e o vereador Paulo Leal,
Dr. Figueira visitou um terreno que pode receber o futuro Hospital Regional 

O Secretário Estadual de Saúde, Dr. Antônio Figueira, esteve em Garanhuns nesta segunda-feira, 18, onde fez uma visita de rotina à UPAE - Unidade Pernambucana de Atendimento Especializado, acompanhado pela gestora da V GERES, Dra. Ricarda Samara, pelo assessor do Governo do Estado, Sandoval Candengue, e auxiliares da secretaria. O gestor da UPAE, Dr. Gustavo Amorim, apresentou os dados dos atendimentos nos últimos meses ao secretário, que fez questão de conferir os serviços sendo oferecidos diretamente à população.

Logo após a visita, a equipe seguiu para o Hospital Regional Dom Moura, onde o secretário conferiu junto ao Dr. Luís Melo, gestor da Unidade de Saúde, e da equipe de engenheiros, o andamento de todos os serviços que estão sendo executados na reforma, em várias dependências do hospital. Dr. Luís Melo apresentou o novo refeitório que recebeu melhorias com recursos próprios.

Encerrando a manhã de trabalho, Dr. Antônio Figueira fez uma visita ao provável terreno que pode receber o novo Hospital Regional do Agreste Meridional, às margens da BR-423. Na ocasião, além de engenheiros,
auxiliares, Sandoval Cadengue e Dra. Ricarda Samara, o vereador de Garanhuns, Paulo Leal, também acompanhou a visita. Ao final, o secretário seguiu para Arcoverde.

População e Hospital Dom Moura sofrem com falta de médicos

O Hospital Regional Dom Moura vive um momento de estabilidade administrativa. Vê-se um esforço concentrado do Governo do Estado no sentido de aumentar a infraestrutura e oferecer novos serviços, tornando-o um hospital-escola, com os investimentos que estão sendo feitos. A atual administração tem acompanhado de perto, diariamente, o desempenho das equipes, em todos os setores. Entretanto, um problema recorrente tem sido o calo da gestão: A falta de médicos.

A cada plantão, principalmente nos finais de semana, estão acontecendo faltas, mostrando também o descompromisso de muitos profissionais com o trabalho que vem sendo feito.

O Governo do Estado fez concurso, convocou, substituiu, abriu seleção interna, mas ainda assim faltam médicos. E outro problema são os médicos que faltam.

Em reportagem da Tv Asa Branca, o problema foi mais uma vez mostrado. O gestor Dr. Luís Melo confirma a situação, informa os procedimentos que estão sendo realizados administrativamente e junto ao Conselho Regional de Medicina.

Para assistir a reportagem: TV ASA BRANCA


Pacientes reclamam da falta de médicos no Hospital Dom Moura


Problemas no atendimento foram registrados no Hospital Regional Dom Moura em Garanhuns, no Agreste pernambucano, neste fim de semana. A falta de médicos na escala de plantão, teria prejudicado quem precisava de atendimento e a rotina da unidade de saúde.

O marido da dona de casa, Maria Silvana de Lima, quebrou o braço e precisou buscar atendimento no hospital. O casal saiu reclamando. “Só fizeram enrolar o braço dele com faixas e nada mais”, disse a dona de casa. Nesta segunda-feira (18) a situação parecia ter voltado ao normal. Longas filas e espera, mas, o atendimento estava acontecendo.

Nenhum dos médicos da escala de sexta-feira (15), sábado (16) e domingo (17) compareceram. O gestor interino do Dom Moura afirmou que medidas serão tomadas para com os médicos faltosos. “Estamos notificando esses profissionais e encaminhando esse processo para a Secretaria de Saúde. O Conselho Regional de Medicina também será informado”. 

Melo informou ainda que a escala do hospital tem deficiência, apesar das convocações já terem sido feitas. “Na ultima seleção foram convocados 16 médicos. Cinco já pediram exoneração por motivos pessoais. Informamos a Secretaria Estadual de Saúde e ao secretário de Saúde a carência da nossa escala. Convocamos mais seis médicos e até agora apenas um se apresentou”.

Evento comemora Semana Global de Empreendedorismo em Garanhuns‏


A Time Jr., empresa Júnior do curso de Ciência da Computação da UFRPE/UAG, em parceria com o SEBRAE, CDL Jovem e a secretaria de desenvolvimento econômico de Garanhuns preparou dois dias com uma programação repleta de inovação, comemorando a semana global de empreendedorismo.

Com o objetivo de apresentar a sociedade a importância do empreendedorismo em forma de resultados das empresas juniores de nossa cidade.

Programação:

1º dia - 19/11/2013 , Local: CDL (15h-18h)
Apresentação do Movimento Empresa Júnior 
Apresentação das Empresas Juniores de Garanhuns da UFRPE, UPE e AESGA 
Documentário : História de um Magnata em seguida Debate sobre o documentário 

2º dia - 20/11/2013, Local: CDL (14h30-17h)
Minicurso 1: Redes Sociais ajudando a aumentar a imagem do seu negócio 
Minicurso 2: Modelagem Eficiente de Negócios com o CANVAS

DINHEIRO PARA OS MUNICÍPIOS: Funasa libera recursos para tratamento de resíduos sólidos

A Superintendência Estadual da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), realiza um seminário com os prefeitos dos municípios pernambucanos, para explicar os procedimentos necessários para ter acesso aos recursos destinados pelo Ministério da Saúde, através da FUNASA, para a implantação de sistemas de tratamentos de resíduos sólidos urbanos, incluindo desde ações para a implantação de coleta, de transporte até a destinação final ambientalmente adequada.

No seminário que acontece nesta terça-feira, 19, as 14h, na sede da Funasa, será apresentada a portaria 1225 contendo os critérios e os procedimentos básicos para aplicação de recursos orçamentários e financeiros do programa de resíduos sólidos urbanos. O acesso aos recursos se dará através da seleção de projetos apresentados pelos gestores.

Serão selecionadas propostas enviadas por municípios de até 50 mil habitantes ou consórcios intermunicipais constituídos pela maioria simples de municípios com população de até 50 mil habitantes e cada prefeito pode receber até R$ 350.000,00 para a execução de serviços em engenharia e para a aquisição de veículos e equipamentos do sistema de tratamento de resíduos sólidos, 

Serviço:
O que – Seminário com Prefeitos sobre implantação de sistemas de tratamento de resíduos sólidos
Onde – Sede da FUNASA – Av. Cons. Rosa e Silva, 1489, Aflitos
Quando – Terça-feira, 19.11 – às 14hs,

PARQUES EÓLICOS: Diário de Pernambuco traz novas informações


Quatro parques de energia eólica serão construídos em Pernambuco, na Serra das Vacas, próximo de Garanhuns. Os projetos devem ficar prontos até janeiro de 2016 e foram contratados ontem através do leilão de energia nova A-3, operado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). 

Os parques totalizam 120 MW (megawatts) de potência instalada e R$ 500 milhões em investimentos, que serão realizados através do consórcio formado entre a paulista PEC Energia e a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf). A estatal, inclusive, tem sociedade em 38% dos 867,6 MW comprados no certame, ao preço médio de R$ 124,43. O prazo dos contratos é de 20 anos e da concessão, de 35 anos. Dos 39 projetos aprovados, 20 estão no Nordeste e 19 no Sul. 

No leilão, saíram vencedoras quatro usinas de 30 MW que serão instaladas em uma área de 1,5 mil hectares localizados em Paranatama, Iati e Saloá, municípios que estão em uma região serrana próxima de Garanhuns. Segundo Gilberto Feldman, diretor comercial da PEC Energia, trata-se da primeira fase do projeto que somará mais de 3 mil hectares e um aporte de R$ 1 bilhão. “Uma pequena parte está em terreno próprio. A maioria será arrendada de mais 100 famílias que vivem da pecuária e terão agora essa renda extra pela instalação das torres”, explica ele.

Para saber mais: DIÁRIO DE PERNAMBUCO


É hora de ajudar o Billy Miranda!


Gente, o Billy Miranda, grande artista plástico de Garanhuns, sofreu um AVC e está precisando de ajuda. Ligue no número de sua irmã para mais informações, e claro, para ajudar!

É mais um momento de solidariedade, principalmente a quem faz de sua vida uma alegria, como é o Billy.

#AjudeBilly.

TUDO sobre a Audiência Pública que tratou da FAMEG na Câmara Municipal do Recife





O Plenarinho da Câmara Municipal do Recife ficou completamente tomado pelos interessados em debater a situação em que se encontra a Faculdade de Medicina de Garanhuns, mantida pelo ITPAC - Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos. A iniciativa desta Audiência Pública foi do próprio presidente da Casa, o vereador Vicente André Gomes (PSB), motivado por estudantes da capital que estão se sentindo prejudicados pela decisão do MEC de impedir o funcionamento da Instituição de Ensino.

Alguns vereadores estiveram presentes, a exemplo de Priscila Krause (DEM), filha do ex-ministro Gustavo Krause, e que tem laços afetivos com Garanhuns, pois é casada com Jorginho Branco, filho do ex-deputado José Tinoco, proprietários da Rádio Marano e do Hospital Nsa. Sra. do Perpétuo Socorro.

A FAMEG esteve em peso na Audiência. A advogada Dra. Rosilene Chein veio de Minas Gerais exclusivamente para apresentar a situação de momento, inclusive duas novas conquistas: A decisão do Conselho Nacional de Educação pela aprovação do recurso interposto pelo ITPAC relativo à negativa do MEC, e a decisão do Ministro do STF, Luís Fux, de negar ao MEC o fechamento definitivo da FAMEG, exigindo que eventuais problemas constatados fossem sanados, objetivando não prejudicar os estudantes, e a sociedade, com o fechamento de uma escola de medicina.

Em sua fala, Dra. Rosilene lembrou que o ITPAC, além de todos os investimentos feitos em Garanhuns, havia se comprometido de construir e aparelhar o IML - Instituto de Medicina Legal. Dr. Ivan Rodrigues, que fez questão de registrar que não representava o estado no encontro, mas sim sua Garanhuns, afirmou que ele mesmo, acompanhado do Dr. Márcio Quirino, foi portador do ofício da FAMEG, há cinco anos atrás.

A FAMEG se encontra funcionando plenamente em sua estrutura administrativa. Todos os funcionários, professores estão recebendo seus salários, mesmo sem aulas, e a estrutura física é mantida com perfeição, prontos para funcionar plenamente a qualquer momento que saia a decisão do Ministério da Educação. Dra. Rosilene afirmou categoricamente: "A FAMEG cumpriu todas as suas obrigações. Está tudo dentro da legalidade. Todos os documentos apresentados. A infraestrutura exigida. Podemos mostrar qualquer documento e a própria faculdade a qualquer hora de qualquer dia".

O prefeito Izaías Régis registrou a luta da comunidade pela abertura da FAMEG e afirmou que estará com o ex-presidente Lula, dia 23 deste mês, em encontro agendado no instituto do conterrâneo, em São Paulo, e a FAMEG é o principal assunto da conversa. O Secretário de Saúde de Garanhuns, Dr. Harley Davidson acompanhou o prefeito.

Representando os demais vereadores de Garanhuns, Gersinho Filho falou dos vários momentos em que o Legislativo Municipal esteve apoiando a luta da FAMEG, além de manifestar o apoio ao evento na Capital Pernambucana. Os vereadores Gil PM e Luzia Cordeiro, esta presidente da Comissão de Saúde, também estiveram no encontro.

A OAB subseccional Garanhuns esteve representada em seu presidente, Dr. Paulo André Couto, e no advogado Mário Flávio. A CDL se fez presente com o empresário Luís Carlos Andrade.

A Comissão FAMEG JÁ, com Calvino Brasil, José Paulo e Antônio Vaz Coelho, levou documentos em que discute os vários posicionamentos ao longo dos anos, equivocados, do Ministério da Educação.

A Imprensa da capital se fez presente com jornais importantes como o Diário e a Folha de Pernambuco.

Um vídeo institucional do ITPAC/FAMEG mostrou a infraestrutura do curso, o prédio com biblioteca, laboratórios, salas de aula com recursos multimídia, sistema de informática, departamentos, etc. Quem não conhecia, ficou surpreso, e fez aumentar as dúvidas. O próprio presidente da Câmara afirmou que conhece a estrutura da FAMEG, melhor que muitos cursos de Recife. Foram mostradas imagens dos vestibulares com milhares de jovens, aulas, ações sociais e outros serviços prestados.

Dr. Ivan Rodrigues afirmou que a FAMEG deveria ter feito a Migração, autorizada em edital do próprio MEC e que beneficiou quarenta outras instituições em igual situação à FAMEG, que cumpre todos os critérios. "Um cidadão que representa as escolas particulares do Brasil se associa a instituições para impedir a abertura do ITPAC". - Disse Dr. Ivan, que registrou ainda o absurdo do projeto de lei 65/2003 – de autoria do deputado federal Arlindo Chinaglia (PT), então presidente do Congresso Nacional, que pedia  a proibição de novas faculdades e as que existem não pudessem contar com novas vagas. "Por isto chegamos a este ponto. Olha o que pensam estes cidadãos." - disse. Em fala emocionada, Dr. Ivan foi além: "O Secretário Executivo da Saúde do Brasil, ex-vereador de Recife, que está sendo cotado para ser ministro, afirmava que a faculdade de Garanhuns não funcionava. Sempre falou abertamente. “Só Lula pode dar um jeito nisso, pois é lá dentro que está a sabotagem”. – Disse Ivan Rodrigues. 

Priscila Krause citou seu carinho pela cidade, e falou do sogro, ex-deputado José Tinoco, inclusive citou Dr. Ivan como exemplo de político pois sempre estiveram em lados contrários, entretanto preservando a amizade. Falando da FAMEG, parafraseou Dr. Paulo Couto: "A causa é boa", e fez o apelo para o prefeito marcar seu mandato como aquele que destravou o funcionamento. Priscila conhece a FAMEG nas suas fases; construção, montagem da biblioteca, vestibulares, e vê como um absurdo inexplicável. Registrou: "Garanhuns é um polo médico que atende pessoas de várias regiões. A educação de Garanhuns também atrai pessoas que utilizam os seus serviços. Imaginem o quanto a FAMEG estaria hoje contribuindo com a região caso estivesse com os cursos funcionando, inclusive medicina. “As coisas tomaram um caminho obscuro. Das 41 que poderiam migrar, somente a FAMEG foi impedida, e nunca foi esclarecido que pontos precisariam ser adequados para o atendimento do ministério. Prefiro chamar de má vontade do MEC para com a FAMEG e com Garanhuns. Estas pessoas não entenderam o significado do que o ex-presidente Lula disse por oito anos, a importância de Garanhuns e daquela região. Tudo isto para atender interesses inconfessáveis de poderosos. A Câmara não está sozinha, o prefeito, nem a FAMEG, contem com o apoio dos 39 vereadores. A Câmara de Recife está à disposição". Finalizando, Priscila Krause disse se colocar como cidadã, representante, por questões e vínculos familiares. "Garanhuns me conquistou. É a minha segunda mãe!".

Calvino Brasil, da Comissão FAMG JÁ disse haver uma blindagem do MEC, no Recife e em Brasília. "São explicações vazias, furadas e mentirosas. Políticos que deveriam estar nos defendendo estão com artimanhas. A imprensa busque investigar".

Os vereadores de Garanhuns participaram dos debates. Gil PM disse que Garanhuns não pode continuar a perder investimentos e Luzia da Saúde afirmou que tem um filho na Bolívia, que começou seus estudos em medicina na própria FAMEG.

Representantes dos funcionários falaram da geração de empregos e a responsabilidade da instituição com seus funcionários.

O momento mais polêmico da Audiência Pública coube ao Prof. George Maciel, que além de seu vínculo com a FAMEG, também leciona Medicina em faculdade de Aracaju, Maceió e Recife. "Entristece ver aquela infraestrutura sem funcionar. A FAMEG tem um quadro de professores de alto nível, tem uma das melhores infraestruturas do Norte/Nordeste. Nunca atrasou salários nem outras obrigações, portanto não é uma instituição superficial, tem história na educação, inclusive em cursos de Medicina". afirmou o professor que é também diretor de uma unidade de saúde e sabe a dificuldade de conseguir médicos para a rede pública. Dr. George disse que saiu da Unissanau por falta de conduta ética da instituição, que pediu que ele alterasse notas de alunos que foram reprovados em sua disciplina. 'É uma faculdade pagou-passou". Segundo ele, pediu exoneração no mesmo dia. "Tenho nome e CPF e quem quiser contestar que pode buscar a justiça."

Ao final, o presidente da Câmara Municipal do Recife, Vicente André Gomes, protestou contra a ausência do CREMEPE, segundo ele, que é médico, uma postura indigna. O vereador disse que a entidade que defende os médicos no Brasil se posicionou contrário ao programa Mais Médicos, argumentando os médicos serem despreparados. "Na verdade é reserva de mercado, absurda, que faz com que o CREMEPE controle em vários segmentos o crescimento social". O presidente registrou também a ausência do MEC, que foi convidado.

Manuela Nascimento, que forneceu pela FAMEG as informações necessárias à Câmara Municipal, recebeu o carinho da mesa diretora e as palmas dos presentes.

AGORA COMIGO: Estivemos presentes à convite da Comissão FAMEG JÁ!

Aproveitamos para registrar o carinho que fomos tratados, até por estudantes do Recife que parabenizaram o blog pela cobertura que tem dado ao assunto. Pessoas que não conhecemos, mas que este espaço na net nos aproxima. Também professores e outros funcionários da FAMEG, e autoridades em Recife, registraram que utilizam o blog em busca de informações de Garanhuns, a exemplo da vereadora Priscila Krause, seu esposo e nosso amigo Jorge Branco e o próprio presidente da Câmara de Recife, Vicente André Gomes. 

Amigos como Dr. Márcio Quirino e Dr. Ivan Rodrigues também registraram a importância deste blog. O que nos revela mais uma vez o tamanho da responsabilidade! 

Obrigado, gente!

MAURÍCIO COSTA ROMÃO: Pesquisa do Ibope mostra novos desafios para Dilma e seus adversários




Desde a celebração da coalizão PSB-Rede, na data-limite de 5 de outubro, foram realizadas seis pesquisas nacionais de intenção de votos pelos institutos Datafolha, Vox Populi, Ibope, Sensus, MDA e Ibope, nesta ordem (vide gráfico).

Os números são muito claros em dois aspectos:

(1) a distância de pontos de intenção de votos entre a presidente e os mais prováveis adversários, Aécio Neves e Eduardo Campos, vem mostrando ampliação (passou de seis para 22 pontos entre a primeira pesquisa e a última), o que aumenta a possibilidade de o pleito ser encerrado no primeiro turno;

(2) as intenções de voto de Dilma (média de 42%) atingiram um teto, pelo menos nestes dois meses.

A eventual ocorrência de teto em intenções de voto acontece também na “avaliação do governo” da presidente. Esta variável, mensurada pela soma das manifestações positivas de ótimo e bom, é considera pelos cientistas políticos como um dos principais fatores determinantes do voto em eleições disputadas por incumbentes. Governos bem avaliados tendem a reeleger-se ou fazer sucessores. A avaliação de governo tem outra característica importante: ela independente dos cenários de intenção de votos.

A tabela que acompanha o texto desfila números da avaliação que os eleitores têm feito da gestão da presidente, nas pesquisas do Ibope. Nota-se que a popularidade (outro conceito para a soma de ótimo e bom) da presidente Dilma quase não te sofrido alterações, gravitando no entorno de 38%, desde agosto, perpassando o período da surpreendente aliança Marina-Eduardo.

AVALIAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO (%) DA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF                                                                                                                                     PESQUISAS DO IBOPE                                                                                                                                                                                                                                                                   (agosto a novembro de 2013)
Conceito
agosto
setembro
outubro
novembro
Média
Ótimo + Bom
38
37
38
39
38
Data
15-19/ago
14-17/set
12-21/out
7-11/nov

Fonte: elaboração própria com base em pesquisas do Ibope


Enfim, tanto em intenções de voto, quanto em popularidade, a presidente está encontrando dificuldades de superar as casas médias de 42% e 38%, respectivamente. O objetivo maior da governante é ultrapassar estes limites, de certa forma desconfortáveis para a reeleição pretendida. Sua vantajosa condição de incumbente, porém, é facilitadora desse intento. 

Do lado dos adversários, o desafio é reconquistar adeptos e ainda fazer novos, de tal sorte que aproximem suas intenções de voto do plateau que a líder das pesquisas exibe, garantindo, assim, a segunda etapa do pleito.

Se a incumbência soma a favor da presidente, as manifestações de junho, que deixaram algo de inescrutável e imponderável no ar, tendem a pesar para o lado da oposição. Afinal de contas, esta pesquisa do Ibope mostrou que 62% da população quer que o próximo presidente opere mudanças no País, contra 35% que preferem a continuidade do que está aí. Como disse Marina Silva: “O imprevisível ronda o palco dos acontecimentos”.

—————————————————————-
Maurício Costa Romão, Ph.D. em economia, é consultor da Contexto Estratégias Política e Institucional, e do Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau. mauricio-romao@uol.com.br


POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.