GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CLIQUE E SAIBA MUITO MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

FIM DE ANO DA TV: Danilo Gentili deixa Band e vai para o SBT. E tem mais: Neymar, CQC, Valdemiro Santiago, Anderson Silva, Rodrigo Faro...



O SBT já tem um desenho de grade de programação após a contratação de Danilo Gentili, o que deverá ocorrer nesta quinta (26) ou sexta (27). E a Band já fala em tomar as "medidas jurídicas necessárias".

Gentili terá um talk show por volta da meia-noite, logo depois da linha de shows e filmes, e antes do Jornal do SBT da 1h da manhã. Depois do telejornal apresentado por Carlos Nascimento e Karin Bravo/Neila Medeiros, por volta das 2h, virá o programa de Otávio Mesquita.

A área comercial do SBT está eufórica com a possibilidade de ter "sanduíche" com Danilo Gentili, Otávio Mesquita e um telejornal de recheio. É a chance de a emissora conquistar um público qualificado durante três horas. A audiência pode não ser grande, mas o faturamento é certo.

No SBT, Gentili terá que apresentar um late night show diferente do Agora É Tarde. Isso porque o formato do programa foi registrado pela Eyeworks-Cuatro Cabezas. A apropriação do formato, aliás, é um dos pontos de desagrado de Gentili, que também se considera criador da projeto _embora tudo, a rigor, sejam adapatações de programas norte-americanos.

Aos executivos do SBT, Gentili também manifestou descontentamento com o fato de a Band/Eyeworks não valorizar seu programa, de o CQC ser sempre a prioridade.

No SBT, Danilo Gentili irá ganhar no mínimo R$ 300 mil mensais. Seus ganhos poderão chegar a R$ 700 mil, dependendo dos resultados. É bem mais do que ele recebe na Band, R$ 80 mil, após reajuste recente.

O apresentador já trabalha para levar para a emissora toda a sua produção e elenco do Agora É Tarde.

A Band já acionou seu departamento jurídico para cobrar a multa contratual de Danilo Gentili. Ele tem vínculo com a emissora até dezembro de 2014. O SBT já demonstrou interesse em pagar a multa.

Saiba mais:




NATAL DE ANTIGAMENTE: Eram tempos de sonhos e de vida - Por Jodeval Duarte


Estava chegando o Natal e tudo era muito diferente dos dias comuns. Mesmo a pobreza, que delicadamente se vestia de novo. E a gente descia para o centro. Uma expressão que se aplicava perfeitamente a nossa terra.

Descíamos das colinas, onde moravam os menos afortunados. Mas eram tempos que nivelavam as distâncias sociais. E descíamos para viver o centro como não mais se vive. A avenida Santo Antonio era espaço de gente, não de carros. As pessoas tinham o saudável hábito de andar e trocar saudações. Bons tempos aqueles, sem novela, sem celular, vividos intensamente cada minuto na partilha dos problemas do vizinho, sem notícias do Iraque ou do aquecimento global batendo a nossa porta todo instante.

Bom dia, boa tarde, boa noite. Seu fulano, dona fulana. O leiteiro na porta, o pão em sacolas de tecido, a manteiga embrulhada, dois mil réis de carne, quatrocentos réis de açúcar... E a gente, na infância ou na adolescência, sem saber como eram bons aqueles tempos, porque não tínhamos referência. Hoje temos.

A avenida Santo Antonio não é mais passarela da imaginação, o carrossel girando, a "onda" arrancando gritos de espanto pela tremenda velocidade, tá bom! tá bom! Não empurra mais! Acabei de ganhar um presente na pescaria! O que foi? Um beliro! Jogando argolas, com muita sorte a gente poderia ganhar um maço de Astoria, que seria fumado às escondidas. Se pai me pega! E a gente pra lá e pra cá. Da igreja dos "crentes" para a igreja católica, onde meia-noite tinha a Missa do Galo e todas as ofensas, todos os pensamentos pecaminosos deveriam ficar no passado...

Atenção, atenção você que está com vestido amarelo com bolinhas azuis, ouça essa gravação de quem muito lhe quer... "Revendo agora o meu jardim, oh, que tristeza enfim..." Como tudo era tão diferente. Uma semana inteira de rua iluminada e a gente mostrando a roupa nova comprada com sacrifícios inimagináveis. A espera de Papai Noel que nunca chegava.

Tempos difíceis, aqueles. E tão românticos tempos que perdemos nas curvas da vida, até chegar a uma avenida Santo Antonio abarrotada de carros, cheia de luzes e nenhuma vida.
.
Agora comigo: Quero pedir licença ao jornalista Jodeval Duarte para reproduzir este belo texto. Senti voltar no tempo. Vi-me na "onda", no "chapéu mexicano", nas "canoas", "rodas gigantes", tempo de uma infância pobre, mas mágica, onde não faltavam a roupa nova, dinheiro para os brinquedos e até para gastar com as primeiras namoradas. kkk. Éramos crianças e aquela era a magia.

Voltei no tempo e vi as mesas de roletas dos adultos que nós não podíamos nem chegar perto. Mas nas barracas de bingo havia mais tolerância. Saudades de uma época dos passeios na Avenida Santo Antonio apilada de gente.

Hoje o tempo é outro.

Perdeu-se o amadorismo de então e junto levou a magia daquela época. Diz Jodeval Duarte que a Santo Antonio ficou sem vida, a festa foi para a Esplanada, que de tão grande, afasta as poucas pessoas que levam seus filhos para brincarem.

Não sei se o intuito de Jodeval foi apenas recordar ou defender a volta das festividades para o Centro da Cidade, até para oferecer a movimentação das pessoas no coração comercial da cidade, mas de qualquer forma, foi muito bom voltar tanto no tempo dentro da gente.

Não dá mais, a pulsação financeira do centro comercial não comporta mais a inocência e a beleza daquele tempo. 
.
Publicado originalmente em 22/12/2009.

NATAL: Governador leva palavra de esperança aos pacientes do Hospital do Câncer




Mantendo a tradição dos últimos anos, o governador Eduardo Campos visitou nesta terça-feira (24/12), véspera de Natal, o Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP), para levar uma palavra de solidariedade e esperança aos pacientes internados na unidade. "Quem está aqui internado, muitas vezes, está precisando apenas de uma palavra de incentivo, de se sentir cuidado. Por isso, quero também trazer o meu agradecimento e o meu abraço aos trabalhadores do HCP, que não vão passar o Natal em casa porque vão estar aqui cuidando e dando o melhor de si a estas pessoas", pontuou Eduardo, que esteve acompanhado da primeira-dama, Renata Campos.

O governador ainda aproveitou a ocasião para vistoriar a obra do prédio anexo do HCP, aguardado há quase duas décadas e que será entregue em março de 2014. "Com a inauguração do novo prédio, o centro cirúrgico do HCP será ampliado em 50%, passando de oito para 12 salas. O número de leitos de UTI sairá de 10 para 20, um crescimento de 100%", informou o diretor do hospital, José Iran Costa Júnior.

Orçado em R$ 27 milhões, o bloco anexo será interligado ao HCP por uma passarela e vai contar com sete pavimentos. São 6,7 mil metros quadrados de área construída, onde funcionará a nova emergência do hospital, com 31 leitos, o que representa um aumento de seis vezes em relação à emergência atual, que possui apenas cinco leitos. Ao todo, serão construídas 14 enfermarias e cinco apartamentos. A estrutura também abrigará a Unidade de Transplante de Medula Óssea, com área de 914 metros quadrados e dez leitos.

O projeto ainda prevê a reforma da área que abrigava o centro cirúrgico do antigo prédio. No local, será acomodado o setor de diagnóstico e imagens, com endoscopia, colonoscopia, endoscopia, revelação, tomografia, ultrassom, ecocardiograma, entre outros.

HISTÓRICO - Em 2007, o Hospital de Câncer de Pernambuco estava no auge da maior crise de sua história, com uma dívida acumulada em mais de R$ 40 milhões e sérios problemas com fornecedores. O fechamento era questão de tempo. Para não deixar a população sem assistência, o Governo de Pernambuco fez a intervenção na unidade, em abril de 2007. Desde então, a realidade do hospital - hoje principal referência em oncologia do Estado - mudou completamente. Ao invés de fechar as portas, a unidade realiza atualmente 7.500 consultas, 1.500 atendimentos na triagem, 400 cirurgias e 1.300 sessões de quimioterapia por mês.

O ano de 2013 representou uma nova era para o HCP. Além de equilibrar as contas, foram investidos mais de R$ 70 milhões em uma série de melhorias na unidade, como a reforma de três enfermarias, a ampliação da UTI para dez leitos, a construção de um novo setor de quimioterapia e da unidade de cirurgia de mama e do Sistema de Radiologia Digital. "É uma satisfação poder ver como HCP evoluiu desde que optamos pela sua intervenção. E ele precisa evoluir ainda mais, pois é aqui que encontramos muitas pessoas de vários lugares de Pernambuco - mais da metade do interior - lutando duramente pela vida e renovando a esperança", destacou o governador.

Fotos: Aluisio Moreira/SEI

PAPA FRANCISCO: Um NATAL de esperança, de justiça e de fraternidade!



O papa Francisco apelou ontem (22), nas vésperas do Natal, às autoridades políticas e aos serviços sociais do mundo inteiro para que façam "todo o possível para que todas as famílias possam ter uma casa".

Da janela do apartamento, para milhares de fiéis reunidos para a Oração do Angelus, na Praça de São Pedro, o papa argentino disse: "Vejo lá em baixo, escrito em letra grande [numa faixa] 'Os pobres não podem esperar'. É lindo isso!", disse Francisco, que foi em seguida muito aplaudido.

"Há tantas famílias sem casa, seja porque nunca tiveram ou porque perderam por tantas razões diferentes. Famílias e casas andam de mãos dadas. É muito difícil de conduzir uma família para frente sem ter uma casa", disse o pontífice.

Francisco convidou "todas as pessoas, serviços sociais e autoridades a fazerem tudo ao seu alcance para garantir que todas as famílias tenham uma casa".

O papa dirigiu-se, por fim, às dezenas de manifestantes que se reuniram contra a austeridade na Praça de São Pedro, apelando para que recusem o confronto. As forças policiais italianas tinham reforçado a segurança em torno do Vaticano, como medida de precaução.

No fim da sua curta aparição, o papa desejou a todos "um Natal de esperança, de justiça e de fraternidade”.

ADITAL.COM.BR

Adolescentes da FUNASE fazem curso de panificação


O ABTV da TV Asa Brnaca mostrou uma reportagem feita na FUNASE com os adolescentes que estão participando de um curso de panificação. Vale conhecer o projeto que visa profissionalizar os jovens para a reinserção social.

Eudson lidera grande cavalgada em Palmeirina


No último domingo, 22, Eudson Catão organizou mais uma grande cavalgada em Palmeirina. Atual secretário-executivo da CODEAM, o ex-prefeito recebeu amigos e autoridades regionais para junto com mais de 800 participantes, cavalgarem pela sede e distritos de Palmeirina. Seis dos noves vereadores do município permanecem com Eudson, e estiveram na cavalgada que homenageou Nelson Mandela. Quem esteve por lá também foi o ex-prefeito de Correntes, Júnior Lúcio e o secretário de finanças, Marcelo Neves, que disputou a última eleição na cidade.

Nem as chuvas atrapalharam a alegria dos participantes. Confiram as fotos:








POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.