CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG: CONTATO (87) 9.9988.0423

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E SAIBA MAIS

domingo, 16 de março de 2014

INFARTO: Como está Renato Aragão?



Renato Aragão, de 79 anos, teve um infarto agudo do miocárdio, segundo o boletim médico divulgado pelo Hospital Barra D’Or, na tarde deste domingo. Ainda de acordo com o informe, o humorista foi submetido uma uma angioplastia e permanece internado na Unidade Coronariana. O boletim não fala sobre previsão de alta.

Renato, o eterno Didi Mocó no programa “Os trapalhões”, passou mal em casa neste sábado, na manhã seguinte à festa de aniversário de 15 anos de sua filha Lívian Aragão. Ele chegou numa maca ao Barra D’Or, cercado de seguranças e acompanhado da mulher, Lílian. Na ocasião, a família não quis dar informações sobre o estado de saúde do humorista.

Leia mais:  EXTRA GLOBO.COM


MEC FAMEG: Fernando Ferro quer mais cursos superiores no interior de Pernambuco

Fernando Ferro com membros da Comissão FAMEG JÁ


O Deputado Fernando Ferro trabalha para ampliar a oferta de cursos superiores nas cidades do Interior do Estado. Neste sentido, tem continuamente cobrado do Ministério da Educação a instalação do curso de Medicina na Faculdade de Medicina de Garanhuns. Recentemente o parlamentar esteve novamente no ministério da Educação.

 “A instalação da FAMEG, o que está pendente de avaliação do Conselho Nacional de Educação. Isso responde não só às expectativas do Programa Mais Médicos, mas também à ansiedade daquela comunidade do Agreste Meridional de Pernambuco, que reivindica mais uma escola de Medicina. É uma escola privada que pode, perfeitamente, contribuir para a formação de médicos”, avaliou.

O parlamentar ainda tratou de outro assunto durante a reunião: a expansão do PRONATEC, em favor da cidade de Petrolina, da presença também dos institutos federais, bem como de emendas em apoio às nossas universidades que foram interiorizadas e que estão fazendo parte desse processo de ampliação do acesso de estudantes do Brasil ao ensino público.

ASCOM DO DEPUTADO FERNANDO FERRO

Na Mata Norte, Armando Monteiro visita municípios com Humberto Costa e João Paulo


Na expectativa para a vinda do ex-presidente Lula ao Estado em abril, as lideranças do PT e do PTB começam a cumprir agendas conjuntas pelo interior, defendendo o legado das gestões petistas no Brasil e em Pernambuco. Neste sábado (15) eles andaram na Zona da Mata, reafirmando que continuam a fazer parte de uma aliança política e administrativa que "ajudou a mudar a face de Pernambuco".

Os senadores Armando Monteiro (PTB) e Humberto Costa (PT) e os deputados federais petistas João Paulo e Pedro Eugênio estiveram nos municípios de Paudalho, Carpina, Nazaré da Mata, Itaquitinga, Condado e Itambé. Todos se mostram confiantes no fortalecimento da aliança entre PTB e PT para a defesa em Pernambuco da reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Em entrevista à Radio Paudalho FM, o deputado João Paulo lembrou da aliança histórica do PT com o PTB do senador Armando Monteiro, realizada inclusive ao longo das gestões petistas à frente da prefeitura do Recife. "O PTB participou da minha primeira gestão e deu grande contribuição para a aprovação popular que obtive. Fui reeleito e continuei a contar com o PTB. Agora vamos dar continuidade a esta parceria para trabalhar pela reeleição de Dilma", afirmou João Paulo, para quem "Armando Monteiro nunca fez jogo duplo".

O senador Humberto Costa disse que o PT está fazendo um debate aprofundado sobre a aliança com o PTB, e que o partido irá tomar uma decisão democrática. "Pelo que tenho sentido, há uma maioria que quer apoiar Armando. Já estive com a presidente Dilma e com o ex-presidente Lula e eles me disseram que este é o melhor caminho", antecipou.

ASSESSORIA DO SENADOR

Tadeu Alencar é pré-candidato a Deputado Federal.


Um dos mais importantes auxiliares do governador Eduardo Campos, o Secretário da Casa Civil, Tadeu Alencar, será candidato a Deputado Federal. Tadeu era um dos especulados como candidato a Governador pela Frente Popular, e era o preferido dos socialistas da região. Prefeitos alinhados ao governo relataram que tinham mais contato com Tadeu Alencar, que sempre deu atenção aos pleitos regionais, por isto a preferência. Entretanto, demonstraram apoiar integralmente o nome de Paulo Câmara, Secretário de Finanças do Estado.

Com a escolha de Paulo Câmara, coube a Tadeu Alencar fazer parte do time que buscará uma vaga no Congresso Nacional, e parece que terá um time de peso no interior do estado fazendo parte de sua campanha. Nas solenidades de Bom Conselho e Garanhuns ficou claro que Tadeu Alencar ainda é o principal nome do governo no acesso ao Governador Eduardo Campos, e por isto, sua campanha tende a crescer. Foi bastante assediado.

Tadeu confirmou a candidatura ao blog, mas ainda deve aguardar as definições de candidaturas e regiões para sua campanha.

Izaías explica situação da obra da Rua Afonso Pequeno e promete 30 luminárias no Conjunto Manoel Camelo

Recebemos uma ligação do prefeito Izaías Régis, que explica a situação da Rua Afonso Pequeno, após cobrança contundente da colunista Josália Pimentel, devido às obras que estão sendo feitas atualmente. Josália afirma no texto que não sabe se os trabalhadores são da prefeitura ou da Compesa, mas que o atraso e as obras têm criado muitos inconvenientes para os moradores.

Izaías Régis afirma que a obra que está sendo executada é de responsabilidade total da Compesa, e se trata da troca da tubulação da rua, que sempre tem causado muitos problemas. "Estamos aguardando o final dos serviços da Compesa para analisarmos o que será feito naquela rua, que precisa urgentemente destes serviços. A rua deve ser asfaltada, mas precisamos também pensar no fluxo das águas das chuvas, pois a velocidade será ainda maior quando estiver com asfalto, e por isto o trabalho precisa levar em consideração a recepção das águas lá embaixo, na Praça Mestre Dominguinhos." - afirma Izaías, que se mostrou queixoso com outros serviços da Compesa no município.

Izaías demonstrou insatisfação com críticas segundo ele não fundamentadas, como neste caso. "Não temos nenhuma responsabilidade com aquela obra, no entanto tem gente que critica sem nem saber se é a prefeitura. Aconteceu isto no Residencial Manoel Camelo também. A prefeitura não tem responsabilidade com a iluminação interna do condomínio. Vamos colocar 30 luminárias no lado externo, mas ali é um condomínio fechado, que não tem responsabilidade da prefeitura" - finaliza.

Josália Pimentel relata aflição de moradores da Rua Afonso pequeno

Famílias da Rua Afonso Pequeno, queixosos, voltaram a procurar a imprensa para denunciar as péssimas condições da rua, um absurdo que há alguns anos, vem atormentando e causando transtornos aos moradores do local. 

A Compesa resolveu trocar toda tubulação antiga e, a princípio funcionários da estatal, avisaram que a rua ficaria interditada apenas um mês, já se passaram mais de quarenta dias e a obra está parada no tempo, tornando a rotina dos moradores, um caos. A jornalista Josália Pimentel relata que funcionários que não sabe serem da Compesa ou da Prefeitura vão lá, colocam dois metros de calçamentos e os transtornos que vêm incomodando os moradores e os transeuntes pioram a cada dia. 

Toda vez que chove, abre valas, trombas d'águas descem rua abaixo, levando muita lama e as pedras soltas do futuro calçamento, estourando galerias, e exalando uma "fedentina" desgraçada. "Achávamos que a celeuma finalmente seria resolvida, no entanto, a situação está feito a cantiga de pirua, de mal a pior" - reclama.

"Os moradores tiveram que alugar garagem para colocar os carros. Essas autoridades constituídas através da política, pagas com nosso dinheiro, esqueceram que ali, moram pessoas de bem. Fazemos mais um veemente apelo a Vossa Excelência, Prefeito Izaías, que honre a promessa de campanha, e promova melhorias e asfalte aquela rua, paralela à Praça de Eventos, Mestre Dominguinhos, que serve de tráfego para os ônibus transportar estudantes para Universidade de Pernambuco. 

Por que gastar o erário público com medidas paliativas que só pioram a situação, ao invés de tomar a atitude correta e solucionar o problema de vez? A gente cobra desses representantes do povo, não é questão de criticar, nem perseguir ninguém, é que sonhamos vê-los mostrando serviços, os quais a sociedade merece. Minha amiga, a advogada militante, doutora Jamille Tavares, nos informou que qualquer prejuízo material ou acidental causado pela má conservação de ruas e calçadas, o setor público pode sofrer sim, um processo judicial, para ressarcir as pessoas lesadas pela falta desses serviços primordiais a sobrevivência humana. Porque é legal e confortável, morar em uma localidade onde você pode circular livremente, sem quebrar seu carro e sem transtornos. Enquanto que outras artérias, sofrem com o abandono e o descaso. 

"Populares entraram em contato com a TV Asa Branca e eles vão vir registrar mais aquela pouca vergonha. Adoramos cobrar das autoridades e ver as coisas boas acontecendo. Quando nossa rua estiver toda com tubulações novas, asfaltamento, sinalização e uma lambada, para evitar acidentes, aí sim! Os que ali residem inclusive esta colunista, ficarão imensamente gratas ao Prefeito e a dona Compesa. Estamos nos tornando redundantes de tanto falar, pedir e cobrar. Na foto por mim clicada, da parte superior de minha residência, confiram a obra parada no tempo."

Milho Transgênico sofre derrota na justiça brasileira



Na quinta-feira, 13 de março, desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul, decidiram, por unanimidade, impedir que a comercialização do milho transgênico Liberty Link, da empresa multinacional Bayer, seja permitida. A decisão anula a autorização concedida pela Comissão Nacional Técnica de Segurança (CTNBio), que havia liberado a venda da semente ainda em 2007.

A logomarca de produto transgênico é
obrigatória nas embalagens dos produtos
A sessão julgou a Ação Civil Pública (ACP) impetrada há sete anos por iniciativa da organização de direitos humanos Terra de Direitos, juntamente com o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), a Associação Nacional de Pequenos Agricultores e a AS-PTA - Agricultura Familiar e Agroecologia. O processo aponta que a CNTBio havia autorizado sua comercialização sem que fossem realizados estudos de riscos para a saúde humana e animal, e ao meio ambiente no Brasil.

Indicava, por exemplo, a ausência de estudos de carcinogenicidade (indução ao câncer), de toxidade sobre desenvolvimento e reprodução de animais, além da Bayer haver deixado de verificar a possibilidade de reações imunopatológicas em crianças lactentes e de primeira infância. Outra lacuna apontada pela Ação é a falta de regulamentação para a prevenção de contaminação de lavouras de milho não transgênico.

Irmãos, irmãs ou mercadoria? - Por Selvino Heck



"Volta para a selva, seu negro macaco, ladrão, safado, imundo. Temos que matar todos, seus negros sujos. Márcio Chagas, tu é a escória do mundo, seu lixo, mal intencionado.” Assim o juiz de futebol Márcio Chagas da Silva foi ‘recepcionado’ num jogo de futebol em Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul. O jogador Arouca do Santos também sofreu ofensas racistas em Mogi Mirim, São Paulo, assim como o jogador Tinga, em jogo do Cruzeiro de Minas no Peru.

O racismo no Brasil, explícito ou disfarçado, não é nenhuma novidade. Assim como o preconceito. E muitas vezes se expressa em horas de comoção, quando não se consegue reprimir os sentimentos, ou em meio a multidões, onde os personagens se escondem no meio de outras pessoas. A escravidão brasileira, a mais longa de todas as escravidões, a que acabou mais tarde (pelo menos a formal e pública), deixou marcas profundas, encravadas na sociedade, na convivência diária, nas relações humanas e sociais. Como disse o jogador Tinga: "Preconceito é coisa que vivo em todos os momentos. É geral, e não é só o meu caso. Para quem nasce pobre, como eu, e negro, o maior preconceito é o social. A minha esposa é branca e é casada comigo há 18 anos. As pessoas olham para ela e olham para mim de um jeito diferente. No Brasil, a gente fala de igualdade, mas esconde o preconceito. A gente fica fingindo que todos são iguais.” 

A Campanha da Fraternidade/2014, promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e igrejas cristãs na quaresma, tem muito a ver com estas manifestações racistas e preconceituosas em estádios e é absolutamente oportuna. Seu título é ‘Fraternidade e Tráfico Humano’ e seu lema ‘É para a liberdade que Cristo nos libertou’(Gl, 5,1).

E há uma feliz coincidência. O filme vencedor do Oscar/2014 é ‘12 anos de escravidão’, contando a história de Soloman Northup, um negro livre sequestrado nos Estados Unidos em 1841. Vendido como escravo, Soloman é obrigado a trabalhar durante 12 anos nas plantações do Estado de Louisiana. Soloman não era escravo. Era homem livre como os demais brancos. Sabia ler e escrever, coisa que muitos brancos na época não sabiam. Não realizava trabalhos braçais como os escravos, era músico profissional. Mesmo assim, foi raptado e vendido como escravo, do mesmo jeito que os demais africanos que vinham para os EUA como escravos.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.