GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

GOVERNO DO ESTADO

sexta-feira, 28 de março de 2014

Garanhuense quer banimento dos bandidos infiltrados nas torcidas organizadas do futebol




O Sandro gama está propondo o banimento dos bandidos infiltrados entres os torcedores nos estádios de futebol, como forma de promover mais segurança para quem quer assistir o jogo, muitas vezes com a família. Pelo banimento, Sandro abriu uma página que está colhendo assinaturas. O pedido de Sandro tem dois endereços: Os gabinetes dos deputados Fernando Ferro e Romário, mas também para qualquer parlamentar que se interessar em buscar soluções para a guerra urbana das torcidas de futebol. Confira.

Em imagem de arquivo, Jason e Sandro celebram a amizade!
Para a segurança de toda a população, porque hoje, a violência desses marginais, atinge não apenas quem está no estádio, mas, a população que está nas ruas, e para salvar o futebol, promovendo assim o bem estar em ir a um jogo de futebol com a família. Aprovar uma lei, que obrigue os clubes ou Estados proprietários de estádios, a equiparem com câmeras e outros equipamentos de segurança, para identificar os brigões, colocando-os para fora dos estádios. E o que for pego brigando dentro ou fora dos estádios, deverá receber uma Ordem de Banimento do Futebol e é obrigado a ficar de três a dez anos fora dos estádios de futebol. Para garantir o cumprimento da pena, ele tem de ficar em uma delegacia enquanto seu time joga. Quando a seleção brasileira atuar fora do país, o vândalo será obrigado a entregar seu passaporte cinco dias antes do jogo. Quem desrespeita a regra é preso e processado. Simples assim. Basta cumprir a lei. Quero ver se não acaba com essa bagunça. Não precisa de acabar com as organizadas. Pois, não são 100% de marginais e promovem um belo espetáculo dentro dos estádios, os que vão apenas para torcer, é claro.



Você pode assinar o abaixo-assinado, acessando aqui.

MATA ATLÂNTICA E CAATINGA: Governador anuncia novos projetos e apresenta balanço das ações realizadas pelo Estrado


Reflorestamento e conservação da Mata Atlântica e Caatinga, monitoramento digital do meio ambiente e mobilidade sustentável. Essas são algumas das áreas contempladas com as seis novas ações de política ambientação lançadas pelo Governo do Estado nesta sexta-feira (28/03). Em solenidade realizada no Salão das Bandeiras, no Palácio do Campo das Princesas, o governador Eduardo Campos destacou que as ações não são políticas de um governo, mas que ficam como um legado para o Estado. "Elas serão cuidadas por servidores públicos de carreira, que haverão de preservar esses acúmulos para que eles sigam adiante sendo tocados como um valor estratégico por esse e pelos governos que virão", defendeu Eduardo, ao destacar que o desenvolvimento sustentável é "um valor que a humanidade não pode mais afastar da sua visão de longo prazo".

Entre as iniciativas anunciadas pelo governador, estão a criação de seis novas unidades de conservação em áreas de Mata Atlântica e Caatinga, um dos principais instrumentos para conservação e manejo da biodiversidade no Estado. São elas: Refúgio de Vida Silvestre Água Azul (Timbaúba, Vicência e Macaparana), Refúgio da Mata do Sirigi (São Vicente Ferrer), Riacho Pontal (Petrolina), Areial (Petrolina) e Pedra do Cachorro (São Caetano, Brejo da Madre de Deus e Tacaimbó), além da triplicação do Parque de Dois Irmãos. Este último, inclusive, também passará por um processo de modernização e será transformado em Organização Social (OS) para facilitar a captação de recursos. Ainda na direção da preservação da biodiversidade, o governador anunciou o reflorestamento de 413 hectares de Mata Atlântica em Suape, que receberá 1,4 milhões de árvores.

A PEDIDO DO PAPA FRANCISCO, Diocese de Garanhuns realiza a Festa do Perdão


Papa Francisco quando recebeu um presente do padre Marcelo Protázio: Uma camisa do Náutico.


O Papa Francisco convida a Igreja espalhada pelo mundo inteiro a celebrar, nesta sexta-feira, dia 28 de março de 2014, a “festa do perdão” – como nomeou o Sumo Pontífice – transformando esta sexta-feira em um dia de adoração e de penitência, como também de motivação para o sacramento da Reconciliação, em preparação para a Páscoa que celebraremos em breve.

Na cidade de Garanhuns, a Catedral de Santo Antônio estará aberta o dia todo, com o Santíssimo Sacramento exposto e com padres disponíveis para as confissões dos fieis. 

O Bispo Diocesano, Dom Fernando Guimarães, celebrou a Santa Missa às 6 horas da manhã, expondo a seguir o Santíssimo Sacramento e dando início à adoração, que se estenderá durante todo o dia e a noite. Às 22 horas, Dom Fernando novamente celebrará a Santa Missa, encerrando este dia de celebração da Misericórdia Divina.

Secretário Tadeu Alencar recebe homenagem de delegados de Pernambuco

Secretário da Casa Civil recebe grande homenagem antes de deixar o cargo para disputar eleição


O secretário da Casa Civil, Tadeu Alencar, recebeu ontem à noite (27), na sede da Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Pernambuco (Adeppe), a comenda “Pessoas que Marcaram a História da Adeppe”. Durante a solenidade, cinco representantes dos delegados usaram da palavra e todos fizeram questão de ressaltar o apoio do secretário às reivindicações da categoria.

“Essa comenda, secretário, é nossa retribuição à grande contribuição que o senhor deu a toda Polícia Civil e, sobretudo, aos delegados”, disse Sílvia Renata Vilanova, diretora da Associação e também vice-presidente para o Nordeste da Associação dos Delegados de Polícia do Brasil (Adepol). “Ao longo dos últimos quatro anos, o secretário Tadeu Alencar sempre foi muito atencioso com a polícia judiciária. Mais recentemente, no pleito em que reivindicávamos a transformação do cargo de delegado em carreira jurídica típica do Estado, ele foi o nosso embaixador”, afirmou a diretora. Osvaldo Morais, chefe de Polícia Civil de Pernambuco, por sua vez, afirmou: “Tadeu Alencar tem sido o nosso braço forte junto ao Governo”.

Entre as contribuições de Tadeu Alencar à Polícia Civil, os representantes da Adeppe destacaram o Projeto de Emenda Constitucional que altera o artigo 103 da Constituição estadual, integrando o cargo de delegado de Polícia às carreiras jurídicas típicas do Estado. Assinado pelo governador Eduardo Campos no último dia 13, o projeto está em apreciação pela Assembleia Legislativa do Estado.

Ao agradecer a distinção, o secretário Tadeu Alencar afirmou que as conquistas da Polícia Civil integram todo um conjunto de transformações ocorridas em Pernambuco nos últimos sete anos. Falou sobre as melhorias implantadas pelo Governo do Estado, sobretudo, na segurança pública e disse: “Quem merece essa homenagem é a função pública, não o cidadão Tadeu Alencar. De todo modo, eu agradeço a todos vocês e saibam que essa homenagem me deixa muito contente”.

Foto: César de Almeida

DROGAS: Você apoia a internação compulsória de dependentes?



A pedido do líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), a Comissão de Direitos Humanos (CDH) debateu com representantes do Poder Executivo e da sociedade civil, nesta quinta-feira (27), a internação compulsória de dependentes químicos em unidades terapêuticas no Brasil. A intenção do parlamentar é colher mais informações para o colegiado apreciar o Projeto de Lei da Câmara (PLC) nº 37/2013, que altera o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (Sisnad), e o Projeto de Lei do Senado (PLS) nº 111/2010, que prevê a criminalização do usuário. 

Humberto, que é médico psiquiátrico, reiterou a sua avaliação de que o problema das drogas no país é de saúde pública. Ele questionou se o debate teria relevância nos termos em que está em discussão ou se seria mais útil associá-lo ao projeto de lei sobre a reforma psiquiátrica no Brasil, “tirando o foco do campo penal para o ponto de vista da saúde”.

Participaram da audiência pública o secretário nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) do Ministério da Justiça, Vitore Maximiano, o coordenador de Saúde Mental do Ministério da Saúde, Roberto Tykanori, e a representante do Conselho Federal de Psicologia (CFP), Marcia Landini Totugui.

Segundo Vitore Maximiano, a prática de internação compulsória ainda é pouco usada no país, mas existem ordens judiciais que precisam ser cumpridas não só em termos de atendimento de saúde, mas com apoio de assistência social. O Ministério da Justiça é contra a prática de internações compulsórias. Já Tykanori avalia que, antes mesmo da internação compulsória para desintoxicação por ordem judicial, a sociedade deveria refletir sobre a qualidade da rede que acolhe o dependente químico. Marcia, por sua vez, acredita que a internação compulsória não é a solução, pois o problema social em torno dos dependentes seria muito mais grave. A CDH volta a se reunir na próxima semana.

Eduardo Campos fala para vereadores de Pernambuco





“As manifestações populares são positivas, pois o povo quando desanimado não provoca mudança”. Foi o que disse o governador Eduardo Campos, nesta quinta-feira (27/03), durante palestra no Congresso Estadual promovido pela União dos Vereadores de Pernambuco (UVP), no município de Gravatá, no Agreste. O evento, que reuniu vereadores e gestores municipais, segue até esta sexta-feira (28/02). Eduardo aproveitou o encontro para debater sobre o Pacto Federativo e as perspectivas para o futuro de Pernambuco e do Brasil.

Para o governador de Pernambuco, é preciso rever a distribuição dos recursos no Brasil, fazendo com que as desigualdades entre estados e municípios, de fato, diminuam. “Também é preciso fazer com que o povo aumente a confiança na classe política, para que mais ações possam ser realizadas”, completou o governador, ressaltando o “papel fundamental” do vereador na articulação com a população.

“Quando algo não vai bem na política, é o vereador quem leva a primeira pancada do povo, e muitas vezes as ações não andam porque não há recursos”, explicou o governador. O chefe do Executivo pernambucano ressaltou a importância dos debates promovidos pela UVP. “É muito importante que os legisladores municipais tenham uma entidade para discutir os problemas que fortaleçam o papel do vereador”, disse Eduardo.

Eduardo destacou ainda o congresso tem um papel fundamental no debate de novos projetos e também no quesito reivindicações. “Cada representante do povo sabe a necessidade da sua comunidade e deve lutar por cada melhoria”, considerou o governador, explicando que as desigualdades começam nos municípios e que essa realidade deve mudar.

Fotos: Eduardo Braga/SEI

GARANHUNS: Paulo Leal quer programa do Governo do Estado que regulariza situação de imóveis


O vereador Paulo Leal (PSB), solicitou por meio de requerimento endereçado ao governador do Estado de Pernambuco, Eduardo Campos, que seja implantado o programa "Meu Imóvel é Legal", no município de Garanhuns.

Paulo Leal (PSB), vereador de Garanhuns
O programa Meu Imóvel Legal tem o objetivo de transferir a propriedade definitiva de terrenos hoje registrados em favor da Perpart e Companhia Estadual de Habitação (CEHAB), aqueles que comprovarem a posse e utilizarem o terreno para fins de moradia ou uso misto.

O parlamentar esclarece que estas ações estão alinhadas com as diretrizes da Lei nº 11.977/2009, Minha Casa Minha Vida, e a Lei Estadual nº 15.211/2013, que institui a política estadual de regularização fundiária para proteger os direitos à moradia e propriedade das comunidades de baixa renda beneficiados por políticas habitacionais em Pernambuco.

"Em nosso município há vários casos de loteamentos cujos proprietários não têm condições de receber a escritura do imóvel por falta de documentação. Lembrando que quem não possui registro do seu imóvel no Registro Geral de Imóveis do município (e não apenas a escritura) não detém a propriedade plena do imóvel. Em caso de desapropriação, por exemplo, não terá direito a indenização". - ressaltou o vereador Paulo Leal.

ARMANDO: A hora é de valorizar a experiência política


Ao falar para cerca de 400 vereadores no Congresso Estadual da UVP (União de Vereadores de Pernambuco), em Gravatá, o senador Armando Monteiro destacou o papel dos legisladores municipais para a resolução das questões que são do dia a dia da população. “Um mandato tem maior legitimidade na medida em que ele é mais próximo da população”, afirmou.

Armando falou no Congresso da UVP sobre “O federalismo brasileiro e as consequências para os municípios”. O senador falou de redistribuição de receitas através de um novo pacto federalista, mas foi quando puxou para política e principalmente para a eleição deste ano que foi mais contundente, criticando a falta de experiência política de Paulo Câmara. 

“Quero começar fazendo um registro. Nós vivemos tempos em que alguns tentam desprestigiar os currículos políticos. Eu vejo, por exemplo, apresentarem aí algumas figuras dizendo: ‘não é político, não tem currículo político, é técnico’. 

Eu quero dizer a vocês o seguinte: Tem que ser político. Tem que se prestigiar a representação política. A política só se constitui com a valorização daqueles que têm experiência eleitoral. A experiência eleitoral é fundamental para que se possa ter uma ideia do que é que representa o crivo da opinião pública, o escrutínio da opinião pública, que é insubstituível. 

“Não se arruma político na faculdade, não se recruta político por um critério que seja meramente de avaliação acadêmica. O político é forjado na luta, o político aprende ao longo de sua trajetória. Político não se inventa e não se nomeia circunstancialmente”.

OAB realiza Seminário de Marketing Político e Legislação Eleitoral



Estão abertas as inscrições para o Seminário de Marketing Político e Legislação Eleitoral, a ser realizado de 09 a 11 de abril, pela Expolab/ Instituto IdeAção e ESA/ OAB – PE, com especialistas de renome nacional neste cenário para discutir com profissionais e candidatos de todo o Nordeste análises, estratégias, leis e planos de trabalhos, inclusive, em mídias favoráveis para uma campanha eleitoral. A iniciativa, primeira no Nordeste a trabalhar as várias etapas que congregam uma campanha política, é voltada para profissionais de comunicação, do direito, candidatos, assessores e fornecedores.

Além das estratégias de marketing, os participantes conhecerão as mudanças introduzidas na legislação eleitoral e o que poderá ainda ser feito e valer para esta eleição. O curso foi todo estruturado com foco na nova realidade do ambiente político para as campanhas de 2014. E proporcionar os fundamentos necessários e dar subsídios através de experiências de profissionais que vêm atuando há quase duas décadas são focos desta iniciativa.

O I Seminário de Marketing Político e Legislação Eleitoral será realizado no auditório da OAB-PE, na rua do Imperador Dom Pedro II, nº 307 - Santo Antônio, com palestrantes com atuação nas mais variadas áreas da Coordenação política. Na programação constam, por exemplo, Antônio Melo, palestrante e coordenador de conteúdo do evento, que que falará de coordenação e estratégias; o advogado e professor Leucio Lemos, presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB-PE, tratará modelo para o futuro da legislação eleitoral; e o especialista em marketing digital, Beto Toledo, diretor de Estratégia Digital VML Brazil, mostrará o uso das mídias sociais, ferramentas e formas.

Ao todo são nove painéis de palestras com experts nacionais e debatedores locais. As vagas são limitadas (120 para todo o Nordeste) e informações e inscrições podem ser feitas pelo www.curso.expolab.com.br ou pelo telefone (81) 3224-9236.

SIGA O BLOG

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.