CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG: CONTATO (87) 9.9988.0423

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E SAIBA MAIS

quinta-feira, 24 de julho de 2014

APLICATIVO PARA CELULARES: Um completo GUIA DO FIG 2014


TRIBO DE JAH no Palco Pop do Festival de Inverno de Garanhuns



Recarregando as baterias para mais um fim de semana, o 24° Festival de Inverno de Garanhuns retoma a programação de todos os seus polos musicais, a partir desta quinta (24). Entre eles, o Palco Pop e o Palco Forró, no Euclides Dourado, que seguem com shows até o próximo sábado (26). Nestes três dias, serão 13 atrações no Pop e nove no Forró.

Nesta quinta, a programação do Palco Pop será dedicada ao reggae e dub. A partir das 18h, artistas e bandas que seguem o gênero sobem ao palco. 

O destaque desta quinta são os maranhenses da lendária Tribo de Jah, que encerram a noite, a partir das 21h30. Formada na Escola de Cegos do Maranhão, a Tribo de Jah é aclamada em todo o país, por ser uma das defensoras do estilo reggae roots, que levou até os mais longínquos palcos do país e do mundo – com passagens pela França, Itália e Jamaica.

Também se apresentam nesta quinta Hercinho (18h), King Size (19h10) e NZambi (20h30).

Fábio Júnior e José Augusto - Romantismo no Festival de Inverno de Garanhuns


Esta sexta-feira será a noite do romantismo na Esplanada Guadalajara com os shows de José Augusto e Fábio Júnior, dois grandes nomes da música brasileira. Aguarda-se um dos maiores públicos do Festival.

Na programação que tem ainda Kiara Ribeiro e Gustavo Travassos, José Augusto sobe ao palco depois da meia-noite, e Fábio Júnior está marcado para às 01h50min. Madrugada adentro!

Dois representantes de uma mesma geração, com sucessos em novelas da Globo. Fábio Jr, inclusive, foi ator por muitos anos, diminuindo a exposição na TV para investir na carreira de cantor. 

Já não são jovens, mas fazem ainda sucesso com as mulheres e embalam com suas canções os corações apaixonados!

AULA ESPETÁCULO NO CÉU ou ARIANO E A COMPADECIDA - Por Gerson Lima


A Compadecida havia garantido seu convite dois dias antes. Mesmo sabendo que sua autoridade Suprema lhe garantia lugar especial no recinto, fez questão de atravessar dois quarteirões de nuvens em direção ao Salão Celestial e encarar com humildade a enorme fila que se formou desde o dia em que o Divino havia anunciado a chegada de Ariano no Céu.

Chegado o momento, a Intercessora tomou assento na primeira fila do lado esquerdo da enorme plateia e com ela, milhares de santas formavam um exército de damas divinas.

O Criador preferiu reposicionar seu Trono de maneira que visse e ouvisse o Mestre de mais perto e de frente.

Um pouco mais atrás os santos e mártires e, por último uma infinidade de Anjos e Querubins inquietavam-se procurando um melhor ângulo para fotos.

Quando Gabriel, o Anjo da Anunciação e Mestre de Cerimônias, informou a presença do mestre, as Trombetas soaram uma peça musical Armorial e nada menos que Capiba, regeu um frevo à violino como nunca se escutou por aqui. Ariano adentrou sendo aplaudido de pé em sua chegada triunfal. Dom Sebastião, Quaderna, Chicó, João Grilo, e todos os selos do Movimento Armorial formaram um cenário vivo de estupenda beleza.

O mestre saudou a todos fazendo uma reverência especial à Compadecida, de quem era devoto desde os tempos terrenos. Entregou-lhe pessoalmente a medalhinha da sua imagem que o acompanhava enquanto andou por aqui. Não seria uma devolução, mas uma troca. Já não precisaria mais dela... A companhia agora era a Própria Compadecida, bem ali à sua frente. 

A voz rouca e cansada que se ouvia por aqui, não era a mesma. O mestre estrondou os anéis do Salão ao dizer: Muito abrigado a todos... Cheguei – se soubesse que era assim, teria vindo mais cedo! 

Iniciou sua Aula Espetáculo sem retirar nada. Revelou-se ao Poderoso ser mesmo um grande mentiroso porque isso é o que consagra um grande escritor. Agradeceu por ter ganho uma mente brilhante. Confirmou a miséria humana que viu na terra, pediu esperanças para um Brasil despido, tornou a sub-julgar a cultura de baixo nível e dissertou histórias e estórias que deixaram a plateia sem pestanejar.

Num dos anéis da arquibancada um sujeito arriscou um: Caza...cazá...cazá.. – Mas foi contido pelo olhar severo de Santo Expedito, o santo das causas perdidas. 

O mestre já não tinha idade, por isso flertava o público Divino com energia e exaltação. Recusou agradecido o cálice de Manjá dos deuses que Miguel Arcanjo havia posto em sua mesa. Não havia cansaço...não havia dores...não havia mais desilusão...nem sede e nem fome. Ariano Suassuna era essência. 

Ao fazer menção a sua chegada no Céu, citou Caetana, que era o nome que se dava a morte, no interior da Paraíba.”Era como eu imaginava...uma mulher bonita que me acompanhava até o Paraíso. Só assim eu encarava essa maldita”.

A platéia desmanchou-se em gargalhadas...E deste jeito, nunca se riu tanto no céu.

Ao mestre com carinho -

Gerson Lima
Dramaturgo e Produtor Cultural

ALCEU VALENÇA NO FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS

ALCEU VALENÇA se apresenta no Palco Guadalajara, no FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS, nesta quinta, dia 24 de julho, a partir de meia-noite.

No momento em que prepara a estreia de seu filme, “A Luneta do Tempo”, no Festival de Cinema de Gramado e apronta o lançamento do DVD com arranjos de sua obra para concerto (“Valencianas”) Alceu volta ao lugar onde sua criação está mais integrada: o palco. 

No show, o cantor interpreta composições recentes, redescobre preciosidades escondidas e recria grandes sucessos. Temas mais recentes, como o petardo rítmico e poético da “Embolada do Tempo” e a novena blues “No Tempo em que me Querias” mostram um criador em inquieto movimento. 

A alquimia valenciana condensa os gêneros ancestrais da cultura nordestina em um caldeirão musical sofisticado e contemporâneo.

Alceu Valença sobe ao palco ao lado de Paulo Rafael (guitarra e violão), Tovinho (teclados), Nando Barreto (baixo) e Cássio Cunha (bateria).

FESTIVAL: Polícia Militar MUDA acesso à Praça Cultural Mestre Dominguinhos a partir de sexta (25)



A Polícia Militar informa ao público que vai prestigiar os shows da Praça Cultural Mestre Dominguinhos amanhã (25) e no sábado (26), que o acesso ao polo deve ser feito pela Rua Afonso Pena (rua por trás do palco, próximo da Unimed) e pela Rua Nilo Peçanha (a entrada principal). O acesso pela Rua Coronel Antônio Vitor (na lateral do palco, próxima à antiga sede do Corpo de Bombeiros) ficará sendo utilizada apenas para saída e emergências. 

A decisão do órgão de segurança foi feita visando evitar tumultos.

ELEIÇÕES 2014: Presidente do Cremepe apoia programa de Saúde de Eduardo Campos


O presidente do Cremepe, Sílvio Rodrigues, declarou apoio da entidade ao projeto Saúde + 10, que prevê o aumento da vinculação de repasses da União para o financiamento da rede pública no país. "É muito positivo o que Eduardo Campos colocou em seu programa de governo em relação ao setor de saúde do Brasil. Destinar 10% do orçamento da União para a Saúde, implantar a carreira de estado para médico em todo o país e a adoção do revalida para médicos estrangeiros. Quem defende princípios que regem a boa medicina está em consonância com o que pensam a população e a categoria médica", afirmou Sílvio Rodrigues.

O Conselho Federal de Medicina (CFM) também externou apoio ao projeto Saúde + 10. A confirmação do engajamento a esta proposta ocorreu durante a inauguração do Comitê Central da campanha do candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos. Na solenidade, realizada em São Paulo, o presidente do CFM, Roberto Luiz dAvila, discursou em nome de todas as entidades e grupos da sociedade civil organizada que têm apoiado à proposta e que ajudaram a juntar mais de dois milhões de assinaturas que viabilizaram o projeto de iniciativa popular sobre o tema.

Centenas de pessoas dão o último adeus ao escritor Ariano Suassuna



Centenas de pessoas fizeram fila em frente ao Palácio do Campo das princesas, sede do Governo de Pernambuco, na manhã desta quinta-feira (24/07), para se despedir do escritor Ariano Suassuna (87), morto no final da tarde de ontem, no Real Hospital Português, no Recife. Às 11h foi realizada uma missa de corpo presente, presidida de arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saborido.

Estiveram presentes à cerimônia, o governador João Lyra Neto, secretários de estado, políticos, artistas, intelectuais, a esposa Zélia de Andrade Lima, com quem era casado desde 1957, e os filhos Maria, Manoel, Isabel, Mariana e Ana, além dos netos.

Dezenas de coroas de flores, enviadas por amigos, políticos, universidades, agremiações carnavalescas, entidades classistas e movimentos culturais tomaram conta dos corredores e do átrio do Palácio. Às 15h, o corpo, que está coberto pelas bandeiras do Brasil, Pernambuco, Paraíba – estado natal de Ariano Suassuna – Universidade Federal de Pernambuco e do Sport Clube do Recife, pelo qual ele era torcedor apaixonado, seguirá em cortejo até o cemitério Morada da Paz, no município do Paulista, Região Metropolitana do Recife.

Fonte: Secretaria da Casa Civil
Foto: Divulgação/Secretaria da Casa Civil de Pernambuco

EMOCIONANTE: Matheus Nachtergaele, que viveu João Grilo no cinema, escreve carta a Ariano Suassuna.

O momento de comoção pela perda de Ariano Suassuna tomou conta do Brasil. Além de familiares e amigos próximos, escritores, atores, políticos e leitores exaltam a relevância do paraibano. Um deles é o ator Matheus Nachtergaele, que escreveu uma carta para o autor de Auto da Compadecida. No texto, enviado ao Viver (Diário de Pernambuco), o intérprete do emblemático personagem João Grilo, da adaptação para a TV e cinema da obra, descreve a importância do papel em sua vida e fala sobre o afeto que cultiva pelo escritor.

Leia a carta na íntegra:



"Carta para Ariano,

Quem te escreve agora é o Cavalo do teu Grilo. Um dos cavalos do teu Grilo. Aquele que te sente todos os dias, nas ruas, nos bares, nas casas. Toda vez que alguém, homem, mulher, criança ou velho, me acena sorrindo e nos olhos contentes me salva da morte ao me ver Grilo. 

Esse que te escreve já foi cavalgado por loucos caubóis: por Jó, cavaleiro sábio que insistia na pergunta primordial. Por Trepliev, infantil édipo de talento transbordante e melancólicas desculpas. Fui domado por cavaleiros de Sheakespeare, de Nelson, de Tchekov. Fui duas vezes cavalgado por Dias Gomes. Adentrei perigosas veredas guiado por Carrière, por Büchner e Yeats. Mas de todos eles, meu favorito foi teu Grilo.

O Grilo colocou em mim rédeas de sisal, sem forçar com ferros minha boca cansada. Sentou-se sem cela e estribo, à pelo e sem chicote, no lombo dolorido de mim e nele descansou. Não corria em cavalgada. Buscava sem fim uma paragem de bom pasto, uma várzea verde entre a secura dos nossos caminhos. Me fazia sorrir tanto que eu, cavalo, não notava a aridez da caminhada. Eu era feliz e magro e desdentado e inteligente. Eu deixava o cavaleiro guiar a marcha e mal percebia a beleza da dor dele. O tamanho da dor dele. O amor que já sentia por ele, e por você, Ariano.

Depois do Grilo de você, e que é você, virei cavalo mimado, que não aceita ser domado, que encontra saídas pelas cêrcas de arame farpado, e encontra sempre uma sombra, um riachinho, um capim bom. Você Ariano, e teu João Grilo, me levaram para onde há verde gramagem eterna. Fui com vocês para a morada dos corações de toda gente daqui desse país bonito e duro. 

Depois do Grilo de você, que é você também, que sou eu, fui morar lá no rancho dos arquétipos, onde tem néctar de mel, água fresca e uma sombra brasileira, com rede de chita e tudo. De lá, vê-se a pedra do reino, uns cariris secos e coloridos, uns reis e uns santos. De lá, vejo você na cadeira de balanço de palhinha, contando, todo elegante, uma mesma linda estória pra nós. Um beijo, meu melhor cavaleiro. 

Teu,
Matheus Nachtergaele"

do Diário de Pernambuco

NOTA DO BLOGUEIRO: O termo "cavalo" é usado pelo ator que interpreta um personagem, portanto Matheus foi o cavalo de João Grilo.

Lula fala sobre Ariano


"Ariano era um paraibano de língua afiada, alma solidária, escrita ao mesmo tempo simples e profunda, que sempre nos honrou com sua amizade. Ariano representou com coerência e grandeza a cultura do Nordeste e do país".

Luís Inácio Lula da Silva e Mariza Letícia

Nota de Pesar - Armando Monteiro


"Pernambuco chora a perda de Ariano Suassuna: O grande, mestre das palavras e do sentimento mais profundo da alma nordestina. Com a sua partida fica o vazio intelectual, mas, sobretudo, o vazio humano, pela sua imensa capacidade de entender, traduzir e amar os pernambucanos, os nordestinos, os brasileiros. Hoje é um dia muito triste para mim".

Armando Monteiro

Nota à imprensa‏ - Fernando Bezerra Coelho

"Foi com imenso pesar que recebi a notícia do falecimento de Ariano Suassuna, um dos maiores expoentes da literatura mundial. Sertanejo, Ariano sempre foi um grande exemplo para todos nós, de luta, dedicação e fé. Trabalhamos juntos pela primeira vez no governo do saudoso Miguel Arraes e aprendi muito com ambos. Ariano era um homem engajado no campo da política e tantas vezes militamos juntos. Em 2006, quando poucos acreditavam na vitória da Frente Popular, era ele que nos animava, nos entusiasmava. Hoje perdemos um patrimônio cultural. Um amigo e alguém que, mesmo sendo erudito, conhecia como poucos a linguagem popular. Que Deus possa confortar os familiares e os milhares de admiradores que ele conquistou mundo afora".

Fernando Bezerra Coelho

Garanhuns decreta três dias de de luto por Ariano Suassuna


Recebemos com grande pesar a notícia da morte do escritor e dramaturgo Ariano Suassuna. Uma grande perda para a cultura e a literatura brasileira. Na última sexta-feira, o paraibano mais pernambucano que já vimos, fez uma belíssima aula espetáculo em nosso Teatro Luís Souto Dourado, no Centro Cultural Alfredo Leite e como sempre encantou a todos.

Numa triste coincidência, Ariano se foi no mesmo dia que no ano passado sofríamos com a perda do Mestre Dominguinhos, em pleno Festival de Inverno de Garanhuns. Dois grandes artistas que levaram a cultura popular e as histórias do Nordeste para o mundo, um por meio da música e outro por meio da literatura.

Em Garanhuns, iremos decretar o luto oficial de três dias pela morte do grande Ariano Suassuna e externamos à família e aos amigos os nossos sinceros sentimentos.

Izaías Régis Neto
Prefeito de Garanhuns

Paulo: Falecimento de Ariano é uma perda irreparável


Após ser informado no final da tarde desta quarta-feira (23) do falecimento do escritor Ariano Suassuna, o candidato da Frente Popular ao Governo, Paulo Câmara (PSB), acompanhado de sua esposa, Ana Luiza Câmara, foi ao Hospital Português, onde o paraibano estava internado desde a última segunda-feira. "Viemos trazer nossa solidariedade à família de Ariano, que num momento de dor como esse merece todo o nosso apoio; por tudo o que ele representa para todos nós, para o Brasil, para Pernambuco, para a nossa cultura", afirmou.

Ariano era presidente de Honra do Partido Socialista Brasileiro (PSB) e foi secretário na gestão do ex-governador Eduardo Campos, seu correligionário, assim como Paulo, que comandou três pastas no Governo Estadual. "No campo político, Ariano sempre esteve junto com as forças populares. Com Pelópidas Silveira, Miguel Arraes e Eduardo. Eu tive o privilégio de conviver mais intensamente com ele nos últimos anos e levo comigo muitas mensagens positivas, de bem, de uma pessoa que queria sempre ajudar ao próximo”, lembrou Paulo, que classificou o falecimento do escritor como "uma perda irreparável".

Em luto e em respeito à importância de Ariano Suassuna, não apenas para Pernambuco, mas para o Brasil e o mundo, Paulo tomou a decisão de suspender todas as atividades de rua programadas para essa quinta-feira (24), em sua campanha. O candidato acompanhará o velório e o enterro de Ariano.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.