GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CLIQUE E SAIBA MUITO MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

domingo, 7 de setembro de 2014

Escola Gabriela Mistral conta história de Garanhuns no desfile de Sete de Setembro








A história de Garanhuns desfilou na Av. Santo Antônio neste domingo de tradicional garoa. Simoa Gomes, a rebeldia negra, os índios, e outros recortes de Garanhuns foram contados pela Escola Municipal Gabriela Mistral, com crianças que vestiram seus ícones e os antepassados desta terra.

Como parte do enredo, os estudiosos do Instituto Garanhuns foram convidados para participar do desfile, e estavam todos lá, contribuindo com a escola, que mesmo debaixo da chuva, mostrou a beleza da história de nossa cidade.

Em várias alas, as crianças estavam caracterizadas, com roupas de várias épocas. Os garotos da capoeira deram um show à parte!

Estive ao lado da menina Jaciele, que cursa o terceiro ano, e que levou um banner com meu nome, uma surpresa agradável, para todos nós, mas que reconhecemos não precisar tanto. Em nome de todos que fazem o IHGG - Instituto Histórico e Geográfico de Garanhuns, agradecemos imensamente, e ficamos ainda mais felizes em poder incentivar esta juventude a querer conhecer as coisas da nossa gente e da nossa terra.

A todos da Escola Gabriela Mistral, os parabéns pelo lindo desfile!

Paulo Câmara divulga NOTA À IMPRENSA‏ sobre acusações contra Eduardo Campos



Poucas coisas são tão sórdidas quanto atacar uma pessoa que não pode se defender. A inclusão do nome de Eduardo Campos nos desmandos promovidos pelo PT na gestão da Petrobras é um exemplo dessa sordidez. Eduardo não está aqui para rebater essa agressão. Mas nós – sua família, seus amigos, o povo de Pernambuco – vamos defendê-lo.

Eduardo, ainda em 2013, defendeu publicamente uma completa, ampla e transparente investigação das denúncias de corrupção dentro da Petrobras – inclusive sobre as obras da Refinaria Abreu e Lima. Eduardo não tinha nada a temer. Pois, quem não deve, não teme.

Eduardo orientou as bancadas do PSB na Câmara dos Deputados e no Senado Federal a votar a favor da instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito. Sua coragem nos inspira. Esse é um dos seus legados. Como afirmou a Direção Nacional do PSB, não há acusação digna de honesta consideração. Há, apenas, malícia.

Não vamos aceitar de forma alguma que os nossos adversários – em Pernambuco e em nível nacional – tentem ferir a honra de Eduardo. Qualquer iniciativa nesse sentido será combatida por todos os meios legais.

Vamos mostrar aos pernambucanos quem realmente está do lado dos que mais precisam e quem fez a sua história de vida atuando contra os interesses dos trabalhadores. Na área empresarial e no Congresso Nacional.

A nossa vitória e a de Marina Silva serão dedicadas à memória de Eduardo. E, a partir de janeiro de 2015, a Petrobras começará escrever uma nova página da sua história. A empresa voltará a ocupar noticiário sobre o desenvolvimento econômico e social do Brasil e não mais as páginas dos escândalos e da má administração.


Paulo Câmara
Candidato a Governador pela Frente Popular de Pernambuco

PSB divulga nota sobre denúncia de corrupção na Petrobras



O Partido Socialista Brasileiro-PSB divulgou nesta tarde nota oficial posicionando-se a respeito das denúncias em torno de corrupção na Petrobras. Diz a nota que o PSB defendeu, ”sob a liderança de seu então presidente, Eduardo Henrique Accioly Campos, a instalação de CPI para investigar as denúncias de negócios escusos envolvendo a maior empresa brasileira – fruto de luta de anos, na qual os socialistas estiveram sempre à frente, ombro a ombro com os trabalhadores e demais forças nacionalistas.” (Blog da Josélia Maria)

Eis, na íntegra a nota do PSB, assinada pelo presidente nacional do partido, Roberto Amaral.





NOTA OFICIAL

O Partido Socialista Brasileiro, desde as primeiras denúncias de corrupção na Petrobrás, defendeu, sob a liderança de seu então presidente, Eduardo Henrique Accioly Campos, a instalação de CPI para investigar as denúncias de negócios escusos envolvendo a maior empresa brasileira – fruto de luta de anos, na qual os socialistas estiveram sempre à frente, ombro a ombro com os trabalhadores e demais forças nacionalistas.

Eduardo, ainda em março deste ano, formulava fundadas críticas à administração anti-republicana de nossa maior estatal, de importância estratégica para qualquer projeto de desenvolvimento e soberania do nosso país.

A desmoralização da Petrobrás só interessa aos que ainda perseguem a desnacionalização do pré-sal.

Já como pré-candidato à presidência da República, Eduardo defendeu, e nesse sentido orientou nossos parlamentares, a inclusão das obras da refinaria Abreu e Lima como um dos itens a serem investigados pela CPI – para cuja constituição, aliás, contribuíram nossas bancadas.

O esquema perverso engendrado para desgastar a imagem de Eduardo Campos tem origem no espectro da derrota próxima daquelas forças que há 20 anos sustentam uma polarização política artificial, cujo único objetivo é assegurar o poder pelo poder, usufruído de forma indecorosa, como sabe a sociedade brasileira.

A imprensa desta data associa, ainda que de passagem, o nome de Eduardo a uma malta de velhas e conhecidas raposas da velha política, no esquema sujo de corrupção na Petrobrás, comandado e administrado pelo engenheiro Paulo Roberto Costa – nomeado por um consórcio constituído pelo PT, PMDB e PP – em busca do recurso da ‘delação premiada’ que, mediante acordo com o MP, poderá reduzir-lhe as penas de prisão de que não se livrará.

A reportagem de uma revista semanal registra, sem haver tido acesso ao conteúdo do depoimento, uma referência solta do depoente a Eduardo. Essa matéria, com pequenas variáveis, é reproduzida pelos demais veículos gráficos.

Não há acusação digna de honesta consideração.Há, apenas, malícia.

Não soa à toa a ameaça feita, em 11 de abril de 2014, veiculada na imprensa escrita e depois amplificada em portais e blogs, do presidente do Senado, Renan Calheiros, de incitar os governistas a, segundo suas palavras, “usar a CPI da Petrobrás para desgastar o ex-governador Eduardo Campos, provável adversário de Dilma Rousseff em outubro”. É o que se vê hoje…

Morto, Eduardo Campos não pode se defender. Mas seu Partido o fará, em todos os níveis, políticos e judiciais, no cível e no criminal, e para esse efeito já está requerendo acesso ao conteúdo integral do depoimento do administrador da corrupção na Petrobras.

Os socialistas não conhecem o medo nem o recuo. Continuaremos nossa campanha eleitoral que já se avizinha como vitoriosa – para o desespero dos muitos que não mais poderão explorar os recursos públicos em proveito pessoal e de projetos político-partidários. Permaneceremos, como sempre, fiéis defensores do monopólio estatal do petróleo, em defesa da Petrobrás e em defesa do pré-sal como elementos essenciais de nosso projeto de independência e soberania nacional. Mas não descuidaremos do combate à corrupção.

Não descansaremos enquanto a Petrobrás não se livrar dos que, por dentro dela, roubam-na para assim alimentarem a má política.
É a homenagem que devemos à memória de Eduardo Campos.

Roberto Amaral
Presidente Nacional do Partido Socialista Brasileiro”

Homenagem ao 7 de Setembro - Pra se orgulhar de ser brasileiro





Arranjo a seis pianos com Antonio Adolfo, Wagner Tiso, Arthur Moreira Lima, João Carlos de Assis Brasil, Nelson Ayres e Amilton Godoy.

Cerimônia de encerramento dos 5º Jogos Mundiais Militares.

Enquete - O próximo presidente não será melhor que Lula

Esta postagem é de 03 de setembro de 2010, um mês antes da eleição de Dilma, que venceu José Serra. Na época, tínhamos uma enquete no blog que perguntava se o próximo presidente seria melhor que Lula. Confira na íntegra. Vale a leitura.


Ganhe quem ganhar, uma coisa é certa para os nossos e-leitores: O próximo presidente não será melhor que Lula.

Vejam que as recentes enquetes aqui no blog trazem constatações ditas nos lugares onde circulamos. Uma delas é esta, Dilma ou Serra, ou ainda se tivermos uma surpresa na reta final não conseguirão manter o Brasil no ritmo de Lula, ou ainda, em outra constatação, e esta mais próxima a nossa realidade, Dilma ou Serra não farão por Garanhuns e região o que fez o nosso conterrâneo presidente da república.

Em números percentuais apenas 11% acredita que o próximo presidente será melhor que o atual. 42% acha que o futuro presidente será pior que Lula. Vejam só, estamos votando, mas não acreditamos! Incrível isso! E 46% aposta que fica tudo como está, nem melhora nem piora. Portanto, se até Serra já disse que era a continuidade de Lula, e este por sua vez diz que a continuidade é Dilma. Parece que tá todo mundo querendo que as coisas continuem como estão. Não é?? Uma satisfação demonstrada nos altos índices de aprovação do nosso presidente.

Se acreditamos que o próximo presidente será igual ou pior que Lula, então de fato perdemos uma grande oportunidade de trazermos mais investimentos federais para Garanhuns, mas isso é assunto para analisarmos em outra enquete.

Publicado originalmente em 03/09/2010

Governo do Estado realiza seminário sobre a prevenção à tortura em Pernambuco



A Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, através da Secretaria Executiva de Justiça e Direitos Humanos, realiza na próxima segunda-feira (8/9), no Auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o seminário "Prevenção e Combate à Tortura". As inscrições podem ser feitas pelo e.mail sejudh@sedsdh.pe.gov.br ou pelos telefones 3183-3177 e 3183-3155. 

O fica por conta da palestra da diretora do Escritório Regional da ONG Internacional Associação para a Prevenção da Tortura (APT), Sylvia Dias, Ela abordará, dentre outros tópicos, a implantação do Protocolo Facultativo à Convenção Contra a Tortura (OPCAT) na América Latina. 

A APT trabalha mundialmente para prevenir a tortura e outros maus-tratos, promovendo visitas de monitoramento preventivas a todos os lugares de privação de liberdade. Por tratar-se de mais um momento de atualização e empoderamento de temas estruturantes dos direitos humanos, faz-se imprescindível a presença de todos.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.