GOVERNO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

HYUNDAI GARANHUNS

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Pesquisa para governador de Pernambuco - DATAFOLHA 26/09/2014


Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta (26) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para o governo de Pernambuco:

Paulo Câmara (PSB): 43%
Armando Monteiro (PTB): 34%
Zé Gomes (PSOL): 1%
Miguel Anacleto (PCB): 1%
Pantaleão (PCO): 0%
Jair Pedro (PSTU): 0%
Brancos e nulos: 8%
Indecisos: 12%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de São Paulo.

No levantamento anterior, divulgado em 10 de setembro, Paulo tinha 39% e Armando, 33%.

Realizada entre os dias 25 e 26 de setembro, a pesquisa contou com 1.222 entrevistas em 44 municípios. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo número PE-00031/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob protocolo número BR-00782/2014.

Segundo turno
O Datafolha fez uma simulação de segundo turno entre Paulo Câmara e Armando Monteiro. Os resultados são os seguintes:

Paulo Câmara (PSB): 45%
Armando Monteiro (PTB): 39%
Brancos e nulos: 7%
Indecisos: 9%

Rejeição
O Datafolha também apontou a rejeição dos candidatos. A maior rejeição é de Pantaleão, que tem 32%. Na sequência aparecem Zé Gomes (27%), Jair Pedro (22%), Miguel Anacleto (20%), Armando Monteiro (20%) e Paulo Câmara (14%). Outros 6% votariam em qualquer candidato, 6% rejeitam todos e 19% não souberam responder.

G1 Globo.com / Eleições 2014

Em Palmeirina, assessores do prefeito impedem propaganda dos adversários na praça

Recebemos via facebook, a informação que assessores e secretários do prefeito Renato Sarmento, foram pessoalmente, no início da noite desta sexta-feira, inquirir um operador de vídeo e um motorista da Frente Popular por estarem exibindo imagens na Praça Dom Expedito Lopes, nas quais o ex-governador Eduardo Campos mostra obras de seu governo e pede votos para seus candidatos, Paulo Câmara e Fernando Bezerra. O vídeo tem sido veiculado nos municípios do interior do estado, e não há registros de problemas.

Os assessores do prefeito, que apoia Armando Monteiro para governador, tentaram proibir a exibição do vídeo, substituindo a justiça eleitoral. A informação é que poderia ter sido a mando do próprio prefeito.

Em contato com o ex-prefeito Eudson Catão, liderança que coordena a campanha da Frente Popular no município, este afirmou estar sendo perseguido junto com "o povo", mas que não ia se pronunciar sobre este novo episódio, e estava acionando a Polícia Militar para garantir a exibição do vídeo, ainda na noite desta sexta.

O blog está aberto para maiores explicações das partes, e torcemos que situações assim não afetem a paz que estamos vivendo nestas eleições na região.

PESQUISA DATAFOLHA PARA GOVERNADOR DE PERNAMBUCO - Aumenta a diferença de Paulo para Armando



PARA SABER A NOVA DATAFOLHA 04/10/2014, clique aqui.



DATAFOLHA 26/09/2014

Paulo Câmara (PSB) - % 43
Armando Monteiro (PTB) - % 34
Zé Gomes (PSOL) - 1 %
Miguel Anacleto (PCB) - 1%
Demais não pontuaram

Mais informações em instantes.


O Datafolha divulgou no NETV, 2ª Edição, nesta sexta-feira (26), os números da nova pesquisa eleitoral para governo de Pernambuco. Depois de tantos números diversos, de vários institutos, socialistas e trabalhistas estavam ansiosos para saber o que ia apontar um dos mais respeitados institutos de pesquisas do Brasil, ligado à Folha de São Paulo, e que não faz pesquisas para partidos políticos nem o governo federal, como Ibope e Vox Populi.

Na última sondagem apresentada pelo Datafolha na semana passada, Paulo Câmara (PSB) tinha 6% de frente sobre Armando Monteiro (PTB). Números que coincidiram com o Ibope. Esta semana, segundo o Ibope, a diferença teria caído para 4%. Trabalhistas comemoraram e socialistas ficaram desconfiados.

Mas o Datafolha voltar a mostrar o crescimento de Paulo Câmara, encerrando a semana de pesquisas polêmicas. Segundo o Instituto, Armando continua atrás, agora com uma diferença de 9 pontos.


VOX POPULI: Alguns dos mais importantes portais e blogs do estado não repercutiram o resultado do Vox Populi, que apresentou números nesta sexta que apontam empate técnico entre Paulo e Armando, com o candidato apresentado por Eduardo Campos com apenas 2% na frente. A pesquisa foi paga pela Revista Carta Capital, que defende o governo Dilma, que segundo a pesquisa, está na frente em Pernambuco. A divulgação foi da TV Record, que também é aliada do governo, na briga histórica com a Globo.

O G1, portal da Globo, trabalha somente com Ibope e Datafolha, e o Blog do Jamildo divulga os números do IPMN - Instituto de Pesquisas Maurício de Nassau.

Diferenças por Instituto - Todos apontam Paulo Câmara na frente.

Datafolha: 9%
Ibope: 4%
IPMN: 6%
Vox Populi: 2%

Pernambuco não terá Lei Seca no Dia da Eleição


O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) decidiu que não baixará, este ano, uma portaria para proibir a comercialização e consumo de bebida alcóolica durante a eleição, cujo primeiro turno acontece no próximo dia 5 de outubro.

De acordo com a assessoria do tribunal, caso alguém chegue a um local de votação alcoolizado, os responsáveis pelas seções eleitorais deverão orientar o eleitor, informando que ele só poderá votar quando estiver sóbrio.

A decisão foi tomada após reunião do TRE-PE com a Secretaria de Defesa Social. A medida deverá ser aplicada no segundo turno, se houver. Porém, caso as autoridades observem algum tipo de comportamento que exija a aplicação da lei seca, o tribunal poderá baixar uma nova portaria, proibindo a venda de bebida alcóolica na segunda etapa da eleição.



MPT-PE consegue liminar no caso W9!



Em resposta à ação cautelar ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho em Pernambuco (MPT-PE) contra a W9! Comunicação e Eventos LTDA - ME e os sócios Lidio Cosme Silva Júnior e Adriana Karla Diniz Alves Cosme, a juíza da 18ª Vara do Trabalho do Recife, Solange Moura, deferiu liminar hoje (26).

O pedido do MPT-PE, representado pelos procuradores do Trabalho Janine Miranda, José Laízio e Waldir Bitu foi completamente deferido. Entre os principais pontos da decisão constam o bloqueio de qualquer conta bancária mantida nos nomes dos sócios e o rastreamento de seus veículos junto ao Detran para proceder a penhora dos mesmos. Também os imóveis localizados no Recife (PE) e em Natal (RN) devem ser penhorados.

A medida visa proteger os mais de 40 funcionários que perderam seus empregos sem que tenha sido efetuado qualquer pagamento dos salários atrasados, verbas indenizatórias/rescisórias, décimo terceiro salário, FGTS, comissões e outros.

A W9! é uma empresa de eventos, que realizava formaturas na capital, e que abriu falência deixando milhares de estudantes na mão. O MPT está agindo buscando assegurar os direitos dos funcionários da empresa.

Zé Gomes recebe demandas e apresenta propostas para a Cultura‏



O candidato do PSOL ao governo de Pernambuco apresentou, nesta quinta-feira (25) suas propostas para a Cultura, durante debate promovido pela Coligação da Cultura Pernambuco, no bairro de Santo Amaro. O movimento, articulado inicialmente por meio das redes sociais, lançou um manifesto com demandas do setor, assinado por mais de mil artistas, intelectuais e produtores culturais.

Entre as propostas do candidato do PSOL está um Projeto de Lei do Executivo que determine a prioridade de pagamento dos cachês a artistas locais, e que os artista de cultura popular sejam os primeiros a receber. Zé Gomes se comprometeu ainda garantir participação local na curadoria e grade de atrações dos eventos regionais e municipais executados pelo Governo do Estado.

"A programação do Festival de Inverno de Garanhuns não é discutida com a população local, por exemplo. Esse diálogo tem que ser feito, garantindo participação popular através de uma curadoria loca", mencionou.

No governo do PSOL Conselho estadual de cultura atuará como elaborador e co-executor de politicas publicas de cultura e lazer. Sobre os quadros da Secretaria de Cultura, defendeu realização de concurso para a pasta. "Precisamos valorizar os servidores da Secretaria de Cultura e realizar concurso, inclusive para que ela possa funcionar com independência", afirmou.

O plano de governo do PSOL estabelece mais transparência na gestão e avaliação dos editais do Funcultura, além de garantir que a conte com curadoria com representação do meio artístico e da sociedade, com mandatos cíclicos. Para as iniciativas artísticas contempladas com verbas e prêmios em editais e concursos públicos serão estabelecidas contrapartida sociais .

"A verba de publicidade, que hoje é de R$ 100 milhões, poderia ser usada na TV Pernambuco. É um espaço, por excelência, que pode ser usado para a difundir a produção cultural atendida pelo Funcultura e pelo edital do audiovisual", acrescentou.

Zé Gomes fez duras críticas, ainda, ao estabelecimento de horário-limite para sambadas de maracatu pela Polícia Militar. "Obrigar um maracatu a terminar a uma hora da madrugada é uma grande violência. A lógica da festa é durar a noite toda. A construção da identidade cultural e a liberdade de culto precisam ser preservada. A lógica da segurança pública não pode limitar as manifestações culturais", disse.

O candidato, o primeiro a citar a Coligação da Cultura no debate televisivo da TV Jornal, dia 16, elogiou a iniciativa, comparando-a à articulação do movimento Direitos Urbanos. "Pernambuco mais uma vez é vanguarda em articulações que se iniciam nas redes sociais e pautam o debate político".

João Paulo recebe apoio em Congresso do Sindicato da Construção Civil



O Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e Pesada (Marreta) anunciou nesta quinta-feira (25) apoio às candidaturas de João Paulo (PT) ao Senado, Armando Monteiro (PTB) ao Governo de Pernambuco e Dilma Rousseff (PT) à reeleição à Presidência. O ato ocorreu no 20º Congresso Estadual de Segurança e Saúde dos Operários da Construção de Pernambuco, na Fafire, na Boa Vista, no centro do Recife. O sindicato possui cerca de três mil filiados.

A presidente do sindicato, Dulcilene Morais, disse que a entidade não poderia ser ingrata com o projeto que tanto ajudou o setor. “Não podemos ser ingratos com Lula e Dilma Rousseff, que instalaram políticas públicas para a saúde das mulheres e geraram milhões de empregos no país”, afirmou. “Não queremos candidatos de ocasião, mas aqueles que sempre estiveram ao nosso lado”, declarou Dulcilene, em referência a João Paulo e Armando. 

Com forte ligação com o setor sindical, João Paulo destacou as mudanças que ocorreram nos últimos 12 anos de governo do PT. “No Brasil houve mudanças significativas e Pernambuco foi o estado que mais cresceu no Nordeste e no país. Isso trouxe grande impacto na geração de empregos, principalmente no setor da construção civil e da metalurgia”, declarou. “Além do ganho real no salário mínimo, que aumentou o consumo da população”. 

Armando sublinhou os esforços empreendidos por ele desde o tempo em que ele foi presidente da Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e reforçou a parceria os sindicatos trabalhistas, como a CUT e a CGT. “Vamos juntos garantir a vitória para Pernambuco avance mais”, disse. Dulcinele.

MAURÍCIO COSTA ROMÃO - Definição da eleição em Pernambuco na reta final



O levantamento do Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), em parceria com o portal LeiaJá e o Jornal do Commercio, levado a efeito entre os dias 22 e 23 de setembro no Estado de Pernambuco, mostra o candidato Paulo Câmara com 39% de intenções de voto para governador, cinco pontos à frente do seu principal opositor, Armando Monteiro, que alcançou 33%. O resultado está fora da margem de erro de dois pontos percentuais.

Na pesquisa anterior do IPMN, realizada na primeira semana de setembro, o placar era de 33% a 31% para Paulo Câmara. Assim, nesses últimos quinze dias Armando Monteiro oscilou positivamente dois pontos percentuais e o candidato pessebista cresceu seis. 

O gráfico que acompanha o texto mostra a evolução dos números de 17 pesquisas de diversos institutos divulgadas em Pernambuco desde abril deste ano, incluindo o mencionado resultado do IPMN.

Nesta corrida ao Palácio do Campo das Princesas houve três momentos bem distintos até o presente, conforme pode ser visto por inspeção ao gráfico.

O primeiro, que vai de abril (indicação de Paulo como pré-candidato) até a morte do ex-governador (13 de agosto), era bastante ampla a diferença de intenção de votos entre os dois candidatos: na média das pesquisas do período Armando pontuava 42% contra 10% de Paulo.

O segundo, que vai da pesquisa do Ibope de 12 e 13 de agosto até a do Datafolha de 2 e 3 setembro, ocorre a meteórica ascensão de Paulo em intenção de votos, combinada com paulatino decréscimo de Armando.

O terceiro momento, retratado após o empate técnico-numérico dos dias 2 e 3 de setembro, detectado pelo Datafolha, o candidato pessebista mantém-se à frente do oponente petebista, mas com crescimento de intenções de voto menos pujante que no período anterior. 

Pode-se dizer, assim, que o quadro sucessório encontra-se estabilizado nesta terceira fase, a despeito de algumas flutuações de maior visibilidade numérica em certos levantamentos individuais dos institutos.

Com efeito, depois do empate técnico-numérico dos dias 2 e 3 de setembro (36% a 36%), os sete levantamentos que se seguiram mostraram Paulo superando Armando, exceto no do Ipespe, no qual os dois candidatos tinham 33% de intenção de votos cada. 

Nestes sete levantamentos a média de votos do senador é de 33% e a do ex-secretário é de 38%. Portanto, nas últimas três semanas, excluindo-se as influências de pesquisas individuais sobre os números dos candidatos, a diferença de intenção de votos entre os dois principais postulantes ao governo é de cinco pontos de percentagem.

A manutenção dessa estabilidade, vale dizer, a permanência desse contexto eleitoral nos próximos dez dias, favorece Paulo Câmara. Ele está à frente em intenções de votos, e a eleição tem altíssima probabilidade de findar no primeiro turno, já que os outros candidatos somam, em conjunto, cerca de um ponto de percentagem. 

Se forem considerados os votos válidos embutidos nesta última pesquisa do IPMN, por exemplo, Paulo Câmara leva vantagem sobre Armando Monteiro de 53% a 45%. Se fosse hoje, a eleição estaria terminada. 

Não se pode esquecer, todavia, que os eleitores que disseram que votariam em branco ou anulariam o voto (11%), e os que se mostraram indecisos sobre em quem votar (16%), somam 27% nesta pesquisa do IPMN.

Admitindo-se que os votos brancos e nulos nas urnas, na eleição de 2014, sejam aproximadamente iguais aos de 2010 (17,4%), há perto de 10% de votos a serem garimpados até o pleito do dia 5 de outubro. 

Entretanto, mesmo esses dados reforçam as boas chances de Paulo Câmara. As informações internas da pesquisa IPMN mostram que entre os indecisos a proporção que tende a favor de Paulo é de 1,75 eleitores para cada eleitor de Armando Monteiro. Quer dizer, para cada 10 eleitores desse grupo que se definem por Armando, outros 17 abraçam a candidatura de Paulo Câmara.

----------------------------------------------------------------

Maurício Costa Romão, Ph.D. em economia, é consultor da Contexto Estratégias Política e Institucional, e do Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau. mauricio-romao@uol.com.br. http://mauricioromao.blog.br.

Especial para o blog.

Busto de Simôa Gomes está restaurado em Garanhuns


O busto que homenageia Simôa Gomes foi restaurado pelo artesão garanhuense Rinaldo Cordeiro e recolocado na manhã desta quinta-feira (25). A base que sustenta a escultura vai passar por reparos nos próximos dias. A peça está localizada ao lado do Fórum Ministro Eraldo Gueiros Leite, na avenida que leva o nome da personalidade histórica do município, no bairro Heliópolis.

O busto sofreu ação de vândalos e foi encontrado por moradores, no segundo semestre do ano passado, em um matagal próximo ao “Cristo do Magano”. A Secretaria de Turismo resgatou a obra e  encaminhou para a revitalização.

História - Simôa Gomes de Azevedo, nascida em dezembro de 1693, era neta de Domingos Jorge Velho, sertanista que dizimou o Quilombo dos Palmares. Simôa doou parte da terra do sítio Tapera do Garcia à Confraria das Almas em 15 de maio de 1756. Anos mais tarde, em 1811, através de Carta Régia do Príncipe Dom João, a povoação foi elevada à vila sendo criado o município de Garanhuns. Em 1879, à sede foi elevada à categoria de Cidade.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.