GOVERNO DO ESTADO AÇÃO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

UNOPAR GARANHUNS

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Quem o PSB vai apoiar no segundo turno, Aécio ou Dilma?

Se Eduardo estivesse vivo. Pra que lado ele levaria o PSB?



O presidente do PSB de Pernambuco, Sileno Guedes, confirmou que na próxima quarta-feira o partido se reúne para definir a posição no segundo turno da eleição presidencial. O encontro convocado por Roberto Amaral, presidente nacional, deve levar em consideração as posições dos diretórios estaduais. O governador eleito Paulo Câmara deseja a unidade do partido, mas não será fácil.

Marina se antecipa e faz a reunião do seu grupo, o Rede, na noite desta terça.

Os governadores da Paraíba e de Pernambuco, Ricardo Coutinho e João Lyra, já divergiram. Coutinho quer o apoio a Dilma, João quer o PSB com Aécio.

Dentro da executiva nacional também não será fácil. Roberto Amaral tem aproximação com Dilma, mas muita gente acompanhou Eduardo nas críticas à petista.

Tem ainda a força de Marina dentro da legenda e os seus milhares de eleitores espalhados pelo Brasil. Mas nem aí tem unanimidade. Pelas redes sociais dá pra perceber que seus eleitores criticam Dilma e Aécio.

Não dá pra saber neste momento para que lado penderão Marina e o PSB, nem mesmo se estarão do mesmo lado em três dias.

Fernando Henrique Cardoso tem se empenhado pessoalmente em levar Marina para o palanque de Aécio. Por outro lado, Lula tem ligações com parte do PSB de Pernambuco, e em especial a família Campos. Não se sabe se a questão local, onde PT assumiu a oposição estadual, será levada em conta.

O PSB de Pernambuco tem muitas críticas a Dilma, mas parece ter ainda mais pontos em comum que com Aécio. Paulo Câmara afirmou que Eduardo não tinha acordo de apoio no segundo turno ao senador mineiro. Pode ser uma pista.

Entretanto, é justamente o PSDB, quem tem mais a oferecer ao PSB em busca da eleição para presidente. 

O PSB não tem histórico de ficar em cima do muro, portanto, quarta-feira, vai tomar partido! E aí, pode conviver com os primeiros sinais de falta de unidade em nível nacional. A não ser, que libere alguns nomes que não queiram rumar no mesmo barco agora, tanto para um lado, como para outro!

Nem os analistas políticos nacionais conseguem prever pra que lado irá o PSB. Mas ele irá. Fico com a impressão que se decidir por Dilma, define a eleição. Se for para Aécio, equilibra a disputa, com chances multiplicadas do mineiro virar presidente. Principalmente se for o pacote completo: PSB e Marina.

Se Marina for para um lado e o PSB para outro, é o fim de um relacionamento que nem chegou a ser casamento!

Abertas as inscrições para o Vestibular 2015.1 da AESGA‏



A Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (AESGA) iniciou o período de inscrições para mais um Processo Seletivo. Trata-se do Vestibular 2015.1 da Instituição que, até o próximo dia 9 de novembro, dispõe de vagas para os cursos que compõem as Faculdades de Ciências da Administração (FAGA), Direito (FDG), Ciências Sociais Aplicadas e Humanas de Garanhuns (FAHUG) e Ciências Exatas de Garanhuns (FACEG).

Segundo informações da coordenadora de Processo Seletivo, professora Ana Cristina Alfaya, para este Vestibular estão disponíveis 400 vagas, distribuídas para os cursos de Administração emEmpreendedorismo, Direito, Administração Hospitalar, Secretariado Executivo Bilíngue e Engenharia Civil.

Para os vestibulandos, as inscrições custam R$ 100,00 (cem reais). A entrega dos cartões e realização das provas acontecem nos dias 20 de novembro e 23 de novembro, respectivamente.

Cristina Alfaya destaca ainda que, além do Vestibular, a AESGA também oferece vagas para portadores de diploma, transferidos e reintegrados. Para os interessados, as inscrições serão realizadas até 30 de outubro e as provas acontecem no dia 4 de novembro.

FUTURO GOVERNO: Paulo comandará transição já em outubro

Imagem de arquivo
Comprometido com o avanço nas conquistas acumuladas por Pernambuco nos últimos anos, o governador eleito Paulo Câmara (PSB) pretende iniciar a preparação para a sua futura gestão já neste mês. 

Em entrevista à Rádio Jornal na manhã desta segunda-feira (6), o socialista destacou que quer construir o ambiente necessário para que o Estado prossiga ofertando à população um serviço público eficiente que ajude a melhorar a qualidade de vida dos pernambucanos. “Vamos iniciar a transição já em outubro; começar a pensar o início do nosso governo em janeiro. Um governo de continuidade e que não pode parar em nenhum momento”, assinalou.

Paulo entende que o início da transição ainda esse mês possibilitará que a futura administração atue com a eficiência desejada. Câmara ressaltou que, para isso, contará com a colaboração de um time compromissado com as bandeiras da Frente Popular e com as demandas da sociedade. “Nós queremos estar prontos para governar com pessoas que queiram nos ajudar, com pessoas que tenham a concepção do que entendemos que é melhor para Pernambuco e que a população aprovou”, frisou.

TODOS POR PERNAMBUCO: O governador eleito adiantou na entrevista à Rádio Jornal que comandará logo no começo do próximo ano o programa Todos por Pernambuco, com o objetivo de identificar e definir prioridades para a gestão que já estão indicadas no seu programa de governo. “Já no início de 2015, vamos fazer o Todos por Pernambuco, como fizemos em 2007 e em 2011. É um processo de escuta da população que ocorre em todas as regiões do Estado. E vamos pactuar em cada região as suas prioridades em nosso programa de governo. O que vai acontecer de maneira imediata em 2015, E o que pode ficar para 2016, 2017 e 2018”, apontou Paulo Câmara. 

O socialista pontuou que esse formato de governar tem feito com que as administrações capitaneadas pela Frente Popular consigam atacar os problemas que afetam os pernambucanos e a possibilitar novas ações que colaborem para a transformação do Estado. “É assim que a gente governa, que governou e que vamos governar; com o compromisso com a população. Tenho certeza de que vamos pactuar de maneira correta, transparente e responsável as ações do nosso futuro governo para os próximos quatro anos”, assegurou Paulo, completando: “Vou fazer o que eu sempre fiz. Vou conversar com as pessoas, colocar minhas posições e ouvir”.

RESULTADO DAS ELEIÇÕES 2014 - APURAÇÃO - BOM CONSELHO - PERNAMBUCO



RESULTADO DA ELEIÇÃO - 05/10/2014 - Com 100% das Urnas Apuradas.


GOVERNADOR
Paulo Câmara (PSB) - 9.915 votos - 52,06%
Armando Monteiro (PTB) - 9.101 votos - 47,78%
Zé Gomes (PSOL) - 17 votos - 0,09%
Jair Pedro (PSTU) - 4 votos - 0,02%
Miguel Anacleto (PCB) - 5 votos - 0,03%
Pantaleão (PCO) - 4 votos - 0,02%

SENADOR
Fernando Bezerra (PSB) - 9.432 votos - 52,02%
João Paulo (PT) - 8.669 votos - 47,82%
Albanise Pires (PSOL) - 21 votos - 0,12%
Simone Fontana (PSTU) - 7 votos - 0,04%
Oxis (PCO) - 1 votos - 0,01%

DEPUTADO FEDERAL (Mais votados)
Bruno Araújo (PSDB) - 5.151 votos
Coronel Campos (PSL) - 4.759 votos
Augusto Coutinho (SDD) - 1.731 votos
Pedro Eugênio (PT) - 1.613 votos
Wolney Queiroz (PDT) - 732 votos
Jorge Corte Real (PTB) - 631 votos
João da Costa (PT) - 601 votos
Tadeu Alencar (PSB) - 595 votos

DEPUTADO ESTADUAL (10 mais votados)
Marcantônio Dourado (PSB) - 4.492 votos
Izabel Urquiza (PMDB) - 3.073 votos
Manoel Santos (PT) - 2.358 votos
Beto Accioly (SDD) - 1.665 votos
João Eudes (PRP) - 1.246 votos
Álvaro Porto (PTB) - 895 votos
Lucas Ramos (PSB) -872 votos
Romário (PTB) - 871 votos

MAIS INFORMAÇÕES, clique aqui.


BOM CONSELHO (33.830 eleitores)
Prefeito Dannilo Godoy: Paulo Câmara
Ex-prefeita Judith Alapenha: Paulo Câmara
Ex-prefeito Daniel Brasileiro: Armando Monteiro
Hélio e Jacilda UrquisaPaulo Câmara

O blog aceita correções e novas inclusões.

RESULTADO DAS ELEIÇÕES 2014 - APURAÇÃO - CANHOTINHO - PERNAMBUCO



RESULTADO DA ELEIÇÃO - 05/10/2014 - Com 100% das Urnas Apuradas.


GOVERNADOR
Armando Monteiro (PTB) - 6.477 votos - 63,9%
Paulo Câmara (PSB) - 3.641 votos - 35,9%
Zé Gomes (PSOL) - 9 votos - 0,09%
Miguel Anacleto (PCB) - 3 votos - 0,03%
Jair Pedro (PSTU) - 3 votos - 0,03%
Pantaleão (PCO) - 1 votos - 0,01%

SENADOR 
João Paulo (PT) - 6.764 votos - 70,8%
Fernando Bezerra (PSB) - 2.779 votos - 29,1%
Albanise (PSOL) - 6 votos - 0,06%
Simone Fontana (PSTU) - 3 votos - 0,03%
Oxis (PCO) - 1 votos - 0,01%

DEPUTADO FEDERAL (Mais votados)
Bruno Araújo (PSDB) - 6.620 votos
Fernando Monteiro (PP) - 1.163 votos
Sebastião Oliveira (PR) - 555 votos
Pastor Eurico (PSB) - 204 votos

DEPUTADO ESTADUAL (Mais votados)
Álvaro Porto (PTB) - 8.051 votos
Eduardo Porto (PSDB) - 1.352 votos
Claudiano Filho - 600 votos
Romário Dias - 127 votos

MAIS INFORMAÇÕES, clique aqui.

CANHOTINHO (14.889 eleitores)
Prefeito Felipe Porto e ex-prefeito Álvaro Porto: Armando Monteiro
Ubirajara e Carlos Amorim: Paulo Câmara

RESULTADO DAS ELEIÇÕES 2014 - APURAÇÃO - CALÇADO - PERNAMBUCO



RESULTADO DA ELEIÇÃO - 05/10/2014 - Com 100% das Urnas Apuradas.


GOVERNADOR
Paulo Câmara (PSB) - 2.932 votos 
Armando Monteiro (PTB) - 1.945 votos 
Zé Gomes (PSOL) - 07 votos 
Jair Pedro (PSTU) - 00 votos 
Miguel Anacleto (PCB) - 00 votos 
Pantaleão (PCO) - 00 votos 

SENADOR 
Fernando Bezerra (PSB) - 2.890 votos 
João Paulo (PT) - 1.828 votos 
Albanise (PSOL) - 06 votos 
Simone Fontana (PSTU) - 03 votos 
Oxis (PCO) - 0 votos 

DEPUTADO FEDERAL (Mais votados)
Eduardo da Fonte (PP) - 2.892 votos
Sílvio Costa (PSC) - 1.387 votos
Fernando Monteiro (PP) - 121 votos

DEPUTADO ESTADUAL (Mais votados)
Claudiano Filho (PSDB) - 2.364 votos
Álvaro Porto(PTB) - 1.823 votos
Marcantônio Dourado (PSB) - 247 votos

MAIS INFORMAÇÕES, clique aqui.


CALÇADO (7.896 eleitores)
Prefeito Zé Elias: Paulo Câmara

O blog aceita correções e novas inclusões.

GOVERNADOR: Resultado de Garanhuns é praticamente empate técnico!

Paulo equilibrou disputa em Garanhuns


A Onda Amarela também tomou conta de Garanhuns, claro, não na mesma proporção de outras regiões do estado, principalmente a capital, onde a diferença pró-Paulo Câmara foi estratosférica.

Garanhuns era uma espécie de Quartel-General de Armando Monteiro no estado, e o prefeito Izaías Régis assumiu a linha de frente no combate, inclusive usando a mídia na capital para fazer críticas às principais lideranças socialistas. Era de se esperar uma vitória consagradora de Armando em Garanhuns, mas ela não veio do tamanho que se desenhava.

Armando Monteiro e Izaías Régis
Armando Monteiro teve 30.115 votos, o que representa 51,6%. Paulo conquistou 27.919 votos, sendo 47,84%. Os outros candidatos somados não chegaram a 1%. 

A diferença de Armando para Paulo foi de 2.196 votos, ou seja, 3,76%, portanto, menos de 4%, um número clássico que aponta a situação de empate técnico, se fosse pesquisa eleitoral. Os institutos geralmente trabalham com margem de 2% de erro, por vezes até 3%, para mais ou para menos.

Para quem esperava "quatro por um!!", a decepção foi grande. Ensina o resultado que ninguém ganha por antecipação nem deve comemorar antes da hora!

Muita coisa pode acontecer para mudar um quadro eleitoral, e o que vale é o resultado das urnas. Deu Armando em Garanhuns, mas quem comemora é Paulo!

DATABLOG: Nossos palpites sobre os candidatos a deputado mais votados em Garanhuns



Gente, em vermelho, vamos sobrepondo uma rápida avaliação sobre o DataBlog, nossos palpites antes do encerramento da eleição!

17:00h - No finalzinho do horário de votação, vamos dar nossos palpites sobre quem serão os candidatos a deputado mais votados em Garanhuns.

DEPUTADO FEDERAL: Três nomes devem passar dos seis mil votos para Deputado Federal: Paulo Camelo, Jorge Corte Real e Dra. Claudomira. Os dois últimos disputam para ver quem será o majoritário. Um deles pode se aproximar dos dez mil votos. Dos três, somente Corte Real deve se eleger.

Paulo Camelo teve 3.913 votos, foi o terceiro mais votado, mas sem estrutura, acabou perdendo muito na reta final. Seu partido não chegou nem perto de fazer deputado federal. Dra. Claudomira teve 6.426 votos, dentro do que afirmávamos. E Jorge Corte teve 9.889 votos, e foi o único eleito dos três!

Devem passar de quatro mil votos: Fernando Ferro (teve 3.578 votos), Coronel Campos (2.688 votos) e Fernando Monteiro (3.425 votos). Ficaram próximo do que imaginávamos, e acho que todo mundo apostava que os três teriam um pouco mais de votos em Garanhuns.

Devem ter entre dois e quatro mil votos: Augusto Coutinho (1.328 votos), Pedro Eugênio (764 votos), Pastor Eurico (1.759 votos), Carlos Geraldo (1.136 votos) e Tadeu Alencar (1.968 votos). Coutinho era o candidato da dobradinha de Gersinho. Pedro Eugênio era o candidato dos Quidute e parte do PT local. Carlos Geraldo representa a Igreja Universal. Já Pastor Eurico e Tadeu se aproximaram da nossa projeção.

DEPUTADO ESTADUAL: O mais votado deve ser Zaqueu Lins, candidato do prefeito Izaías. Somente uma surpresa pode colocar Sivaldo como majoritário, mas é justamente este que tem mais chances de se eleger, pois sua coligação precisa da metade dos votos da que Zaqueu faz parte. Sivaldo deve ter mais de 15 mil votos, e Zaqueu pode passar dos 20 mil. (Sivaldo teve 9.848 votos e Zaqueu foi o mais votado com 19.826 votos). De fato a votação de Sivaldo ficou 50% longe do que se esperava, que seria na casa dos 15 mil. Zaqueu, acertamos na mosca! Mas ninguém chegou nem perto de se eleger!

Em terceiro deve ficar Gersinho, de 6 a 8 mil votos. Foram 4.332 votos. Tinha gente que imaginava 8 mil votos. Eu dizia 6 mil. Ficou abaixo dessas previsões. 

Em quarto ficará Álvaro Porto, que deve ter entre 3 e 5 mil votos. (4.844 votos - Bingo! - Erramos a colocação final, pois Álvaro ficou na frente de Gersinho)

Aí vem um bloco intermediário, formado por Claudiano (1.601 votos), Romário Dias (998 votos), Marcantônio (897 votos), Jailton (1.680 votos), Priscila Krause (960 votos), Bispo Ossésio (870 votos), Presbítero Adalto (945 votos) e Wellington Carneiro (225 votos).

Todos podem passar dos mil votos, mas não passam de dois. Para uns é um bom resultado, comparando com estruturas de campanha bem maiores, para outros, a gente esperava mais.

Acertamos mais que erramos, né gente?!!

RESULTADO DAS ELEIÇÕES 2014 - APURAÇÃO - GARANHUNS - PERNAMBUCO




RESULTADO DA ELEIÇÃO - 05/10/2014 - Com 100% das Urnas Apuradas.



GOVERNADOR
Armando Monteiro (PTB) - 30.115 votos - 51,6%
Paulo Câmara (PSB) - 27.919 votos - 47,84%
Zé Gomes (PSOL) - 262 votos - 0,45%
Jair Pedro (PSTU) - 33 votos - 0,06%
Miguel Anacleto (PCB) - 19 votos - 0,03%
Pantaleão (PCO) - 11 votos - 0,02%

SENADOR 
João Paulo (PT) - 28.114 votos - 54%
Fernando Bezerra (PSB) - 23.542 votos - 45,22%
Albanise (PSOL) - 336 votos - 0,65%
Simone Fontana (PSTU) - 53 votos - 0,10%
Oxis (PCO) - 17 votos - 0,03%

DEPUTADO FEDERAL (Mais votados)
Jorge Corte Real (PTB) - 9.889 votos
Dra. Claudomira (PRP) - 6.426 votos
Paulo Camelo (PSOL) - 3.913 votos
Fernando Ferro (PT) - 3.578 votos
Fernando Monteiro (PP) - 3.425 votos
Coronel Campos (PSL) - 2.688 votos
Tadeu Alencar (PSB) - 1.968 votos
Gonzaga Patriota (PSB) - 1.788 votos
Pastor Eurico (PSB) - 1.759 votos
Jarbas Vasconcelos (PMDB) - 1.430 votos
Augusto Coutinho (SDD) - 1.328 votos
Eduardo da Fonte (PP) - 1.310 votos
Carlos Geraldo (PRB) - 1.136 votos
Daniel Coelho (PSDB) - 965 votos
João da Costa (PT) - 947 votos
Pedro Eugênio (PT) - 764 votos

DEPUTADO ESTADUAL (Mais votados)
Zaqueu - 19.826 votos
Sivaldo Albino - 9.848 votos
Álvaro Porto - 4.844 votos
Gersinho Filho - 4.332 votos
Professor Jailton - 1.680 votos
Claudiano Filho - 1.601 votos
Romário Dias - 998 votos
Priscila Krause - 960 votos
Presbítero Adalto - 945 votos
Marcantônio Dourado - 897 votos
Bispo Ossésio - 870 votos
Eriberto Medeiros - 810 votos


MAIS INFORMAÇÕES, clique aqui.

Divisão de forças
GARANHUNS (79.669 eleitores)
Prefeito Izaías Régis, ex-Silvino Duarte, candidato a deputado Zaqueu: Armando Monteiro
Vice Rosa Quidute e os ex-prefeitos Bartolomeu, Luis Carlos e Ivo Amaral: Paulo Câmara
Presidente da Câmara, Audálio Filho e vereadores da base: Armando Monteiro
Candidatos a deputado estadual Sivaldo Albino,Wellington Carneiro e Gersinho: Paulo Câmara
Candidatos a deputado federal: Claudomira, e Coronel Campos: Paulo Câmara
Candidatos do PSOL, Jailton e Paulo Camelo: Zé Gomes
PSB com lideranças regionais: Paulo Câmara

O blog aceita correções e novas inclusões.

Nasce o Eduardismo!



Alguns políticos, artistas, pensadores, etc, conseguem se manter vivos após suas mortes. O que dizer de Elvis Presley e Raul Seixas na música? Marx, Freud, etc. A influência futura transcende a ausência física.

Na política temos o Peronismo na Argentina e até Fidel em Cuba (que tá vivinho). No Brasil, impressiona a força do Lulismo (embora este ainda esteja bem vivo também), o Getulismo, etc. Nos estados temos também a força de nomes que viraram mitos, é o caso do Brizolismo ainda presente e até o Arraesismo em Pernambuco.

Não estão em debate as questões ideológicas, mas o legado post-mortem, que permanece vivo.

E acredito que estamos vendo nascer um novo Eduardismo, não mais com a força de um governante, mas como disse seu filho João Campos, em seu debut como figura política aqui no Agreste, o ex-governador se transformou em suas ideias, mostrou o norte, virou o farol.

Este discurso, casado com a eleição de Paulo Câmara com o maior percentual do Brasil, e ainda o comando do Recife, acaba gerando uma nova conjuntura política no estado, onde os políticos vão para as assembleias e técnicos de "carreira" no serviço público assumem o comando dos executivos. Este contexto local era somente parte do que chamava de nova política, num conjunto de propostas que queria desalojar nomes como Sarney, Collor e Renan do Congresso. Queria um novo modelo de gestão nacional, a exemplo do que fez em Pernambuco, com tantas estatísticas, metas e reuniões de monitoramento, para cobrar diariamente as mudanças estruturais que o estado precisava. Deu certo!

O Eduardismo em Pernambuco muda de cara, sai um governador de comando firme e de empatia popular fora do comum, e nasce um mito, jovem, competente e que formou um time para levar adiante seu estado. 

Nossa sede do Governo do Estado nunca foi tão Palácio dos Campos!... das Princesas.

ELEIÇÕES 2014: DEPUTADOS ESTADUAIS ELEITOS EM PERNAMBUCO




100% das Urnas Apuradas.. 
Confira os Deputados Eleitos de Pernambuco!

Frente Popular de Pernambuco

1. Presbitero Adalto Santos (PSB)
2. Raquel Lyra (PSB)
3. André Ferreira (PMDB)
4. Simone Santana (PSB)
5. Joaquim Lira (PSD)
6. Rodrigo Novaes (PSD)
7. Alberto Feitosa (PR)
8. Nilton Mota (PSB)
9. Lucas Ramos (PSB)
10. Waldemar Borges (PSB)
11. Miguel Coelho (PSB)
12. Francismar (PSB)
13. Eriberto Medeiros (PTC)
14. Lula Cabral (PSB)
15. Henrique Queiroz (PR)
16. Vinícius Labanca (PSB)
17. Clodoaldo Magalhães (PSB)
18. Claudiano Filho (PSDB)
19. Aluísio Lessa (PSB)
20. Priscila Krause (DEM)
21. Aglailson Júnior (PSB)
22. Diogo Moraes (PSB)
23. Rogério Leão (PR)
24. Ângelo Ferreira (PSB)
25. Tony Geal (PMDB)
26. Ricardo Costa (PMDB)

Pernambuco Vai Mais Longe

1. Guilherme Uchôa (PDT)
2. Silvio Costa Filho (PTB)
3. Odacy Amorim (PT)
4. Manoel Santos (PT)
5. Bispo Ossesio Silva (PRB)
6. Júlio Cavalcanti (PTB)
7. Álvaro Porto (PTB)
8. José Humberto Cavalcanti (PTB)
9. Romário (PTB)
10. Pedro Serafim Neto (PDT)
11. Teresa Leitão (PT)
12. Augusto César (PTB)

Pernambuco Que Eu Quero

1. Pastor Cleiton Collins (PP)
2. Maurício (PP)
3. Dr. Valdi (PP)
4. Everaldo Cabral (PP)
5. Soldado Joel da Harpa (PROS)

Frente Pela Redução da Carga Tributária

1. Socorro Pimentel (PSL)
2. Eduíno (PHS)

Unidos pela Redução da Carga Tributária

1. Beto Accioly (SD)
2. Professor Lupercio (SD)

Mobilização por Poder Popular

1. Edilson Silva (PSOL)

Unidos pela Redução dos Impostos

1. João Eudeus (PRP)

ELEIÇÕES 2014: DEPUTADOS FEDERAIS ELEITOS EM PERNAMBUCO


Pernambuco tem 25 cadeiras na Câmara dos Deputados, e três no Senado, para o qual Fernando Bezerra foi eleito com sobras!


COM 100% DAS URNAS APURADAS, 
PERNAMBUCO CONHECE SEUS NOVOS DEPUTADOS!

FRENTE POPULAR
1.Eduardo da Fonte (PSB) - 283.567 votos
2. Pastor Eurico (PSB) - 233.762 votos
3. Jarbas Vasconcelos (PMDB) - 227.470 votos
4. Felipe Carreras (PSB) - 187.348 votos
5. Anderson Ferreira (PR) - 150.565 votos
6. Daniel Coelho (PSDB) - 138.825 votos
7. Bruno Araújo (PSDB) - 131.768 votos
8. João Fernando Coutinho (PSB) - 120.059 votos
9. Sebastião Oliveira (PR) - 115.926 votos
10. Danilo Cabral (PSB) - 113.588 votos
11. Fernando Filho (PSB) - 112.684 votos
12. Tadeu Alencar (PSB) - 102.669 votos
13. Gonzaga Patriota (PSB) -  101.452 votos
14. André de Paula (PSD) - 100.875 votos
15. Marinaldo Rosendo (PSB) - 97.380 votos
16. Betinho Gomes (PSDB) - 97.269 votos
17. Mendonça Filho (DEM) - 88.250 votos
18. Luciana Santos (PCdoB) - 85.053 votos


PERNAMBUCO VAI MAIS LONGE
1. Sílvio Costa (PSC) - 103.461
2. Adalberto Cavalcante (PTB) - 99.912 votos
3. Zeca Cavalcante (PTB) - 97.057 votos
4. Ricardo Teobaldo (PTB) - 92.262 votos
5. Wolney Queiroz (PDT) - 86.739 votos
6. Jorge Corte Real (PTB) - 86.023 votos

COLIGAÇÃO PELO IMPOSTO ÚNICO
1. Kaio Maniçoba (PSL) - 28.585

Quantos votos faltaram para os candidatos de Garanhuns se elegerem?

Sivaldo teve quase dez mil votos em Garanhuns, mas apenas pouco mais de três fora do município. Situação semelhante teve Zaqueu, que mesmo majoritário na cidade, não conseguiu votos em outras regiões


Nem sempre um candidato numa campanha busca a eleição. Por paradoxal que possa parecer. Muitas vezes se busca marcar uma posição, ajudar o partido, ou aparecer para buscar outro projeto. É o caso de Jailton, Coronel Campos, Wellington e Claudomira, acredito, em Garanhuns. Já se sabia de início que seria muito difícil disputar com candidatos que têm uma estrutura de campanha muito superior. Até no PSOL.

Mas tinha os que podiam chegar, e mais uma vez Garanhuns ficou sem um deputado radicado na cidade, ou seja, que more aqui. E fomos ainda pior, pois perdemos Fernando Ferro na Câmara Federal. 

Mas não culpo somente nossa gente por não votar em nossos candidatos, pois precisamos romper os limites do município para buscar votos fora, e isto não tem acontecido. A campanha de deputado em Garanhuns é municipalizada. Vejam o exemplo de Zaqueu que teve quase 20 mil votos aqui, de um total de 23.500 votos. O prefeito Izaías sabia da importância de buscar apoios fora, pois foi como se elegeu algumas vezes. Zaqueu acabou fazendo campanha de prefeito.

Sivaldo teve 13.300 no total, sendo que 10 mil foram em Garanhuns. Mesmo com menos votos, sofreu com o mesmo problema.

É difícil, pois a estrutura regional requer dinheiro, coisa que Álvaro teve para investir. Analisem em quantos municípios o ex-prefeito de Canhotinho foi votado.

Acho que a grande maioria dos candidatos daqui foi bem votada, considerando seus objetivos, alguns poderiam ter tido mais apoios, mas na verdade, o que precisamos é fortalecer nossas lideranças regionalmente, que elas de fato representem o Agreste! 

O quadro abaixo mostra que mesmo que melhorassem suas votações aqui na cidade, ainda assim precisariam de apoios consistentes fora de Garanhuns, e não tiveram!

Quantos votos faltaram para os garanhuenses?

DEPUTADO ESTADUAL

Zaqueu (PDT) – Teve 23.504 votos - faltaram 13.907 - Augusto César foi eleito com 37.410 
Sivaldo Albino (PPS) – 13.310 votos - faltaram 16.806 - Eduíno Brito foi eleito com 30.115 
Gersinho Filho (SDD) – 5.778 votos - faltaram 18.962 - Prof. Lupércio foi eleito com 24.739 
Professor Jailton (PSOL) – 2.399 votos - faltaram 28.037 - Edilson foi eleito com 30.435 
Wellington Carneiro (PP) – 1.167 votos - faltaram 18.627 - Soldado Joel foi eleito com 19.794 

DEPUTADO FEDERAL 

Doutora Claudomira (PRP) - 7.616 votos - faltaram 20.969 - Kaio Maniçoba foi eleito com 28.585 
Cel. Campos (PSL) : 14.476 votos - faltaram 14.109 - Kaio Maniçoba foi eleito com 28.585
Paulo Camelo (PSOL) - 4.436 votos - PSOL não fez deputado

Desta vez não deu para Ferro.
Fernando Ferro (PT): 59.147 votos - faltaram 26.876 - Jorge Corte Real foi eleito com 86.023

PT de Pernambuco não faz nenhum Deputado Federal



É cedo para se fazer análise, mas parece que o PT de Pernambuco errou ao ter se juntado com o PTB de Armando Monteiro, tanto na cabeça quanto na proporcional. 

É claro que a tragédia que vitimou Eduardo Campos mudou a história e o contexto eleitoral, ou ao menos fez a diferença ser mais do que o mais otimista socialista imaginava, pois passou de 1 milhão e meio de votos. Talvez uma terceira candidatura não forçasse um segundo turno, mas defenderia o partido no guia eleitoral para ajudar a renovar os mandatos de seus deputados.

Isto porque, terminada a apuração, o PT de Pernambuco não fez nenhum Deputado Federal. Isto mesmo, nenhum.

Nem João da Costa, nem Fernando Ferro, nem Pedro Eugênio, nem Mozart Sales, nem.. nem..

O PTB com candidatos com muito mais recursos acabou com quatro das seis vagas que ficou para a coligação trabalhista. Sílvio Costa (PSC) e Wolney Queiroz (PDT) ficaram com as outras duas.

Se elegeram pelo PTB: Adalberto Cavalcante, Zeca Cavalcante, Ricardo Teobaldo e Jorge Corte Real.

O petista mais votado foi Mozart Sales, com 12 mil votos a menos que Corte Real. O ex-secretário executivo do Ministério da Saúde, obteve 74 mil votos.

Vale lembrar que João Paulo perdeu o senado para Fernando Bezerra.

Imaginava-se que João da Costa sairia eleito do Recife e que Pedro Eugênio, com a força que tem nos sindicatos rurais também estaria com seu mandato garantido. Quanto a Fernando Ferro, que não tem os mesmos recursos, já se esperava por uma campanha difícil. Ferro teve pouco menos de 60 mil votos. Curiosamente, estes nomes, estão na ordem classificatória, ficando na suplência da coligação. Entre eles, somente Augusto Coutinho (SDD), outra surpresa de ter ficado fora, só que da Frente Popular.

O PT pernambucano ficar sem voz no Congresso Nacional é um baque e tanto. E uma coisa clara, os deputados do PTB não têm o mesmo perfil parlamentar do Partido dos Trabalhadores no estado.

Foco total agora na reeleição de Dilma!

RESULTADO DAS ELEIÇÕES 2014 - APURAÇÃO - GOVERNADOR - PERNAMBUCO



RESULTADO DA ELEIÇÃO - 05/10/2014 - Com 100% das Urnas Apuradas.

Paulo Câmara (PSB) - 
3.009.087 votos - 68,08%

Armando Monteiro (PTB) - 
1.373.237 votos - 31,07%

Zé Gomes (PSOL) - 
27.895 votos - 0,63%

Jair Pedro (PSTU) - 
5.281 votos - 0,12%

Miguel Anacleto (PCB) - 
2.892 votos - 0,07%

Pantaleão (PCO) - 
1.644 votos - 0,04%

MAIS INFORMAÇÕES, clique aqui.

O blog aceita correções e novas inclusões.

ARMANDO: Onde estivermos, vamos defender os interesses do povo de Pernambuco



Foi com palavras de otimismo que o senador licenciado Armando Monteiro (PTB) reafirmou seu compromisso de trabalhar em prol da população pernambucana, após o resultado das urnas na eleição deste domingo (5). “Onde estivermos, nós estaremos nas trincheiras trabalhando para defender os interesses do povo de Pernambuco”, disse, durante entrevista coletiva à imprensa, ao lado de seus companheiros de chapa na Coligação Pernambuco Vai Mais Longe, Paulo Rubem Santiago (PDT/Vice) e João Paulo (PT/Senador). 

O petebista desejou que o governador eleito esteja à altura dos novos desafios que se impõe a Pernambuco nos próximos anos. E realçou que estará focado agora na reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). “Nós estaremos em todas as trincheiras trabalhando para defender os interesses do povo de Pernambuco”, iniciou Armando, junto com João Paulo, Paulo Rubem, o senador Humberto Costa (PT) e outras lideranças políticas da coligação. “Nosso compromisso é agora olhar para frente. Eu desejo que o governador eleito esteja à altura do cargo para enfrentar os desafios de Pernambuco”, acrescentou.

Armando sublinhou que agora encara o desafio de representar uma parcela significativa da população pernambucana. “Nos sentimos com a responsabilidade de representar mais de um terço da população que confiou o voto em nossa candidatura”, disse o senador licenciado. Em seguida, o petebista agradeceu o apoio e o papel desempenhado por Paulo Rubem e João Paulo, sobretudo nos momentos mais importantes da campanha. 

Em seu pronunciamento, Armando Monteiro reforçou seu empenho em reeleger a presidente Dilma Rousseff (PT), que se encaminha para disputar o segundo turno da eleição presidencial. “Eu reafirmo o nosso compromisso de lutar nessa etapa para reeleger a presidente Dilma Rousseff. Estaremos engajados nessa candidatura”, confirmou o líder petebista.

Companheiro de chapa de Armando, João Paulo endossou o compromisso de trabalhar pela reeleição da presidente Dilma, no intuito de manter o projeto iniciado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que vem garantindo os avanços para a população mais pobre do Brasil. “As urnas mostraram o resultado. Agora é cuidar da reeleição da presidente Dilma”, concluiu o petista.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.