CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG: CONTATO (87) 9.9988.0423

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E SAIBA MAIS

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Aécio em Pernambuco sábado: Agenda com Câmara, Renata Campos e Frente Popular



O governador eleitor de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), se reuniu hoje (09/10) com os presidentes estaduais do PSB, Sileno Guedes, e do PSDB, deputado federal Bruno Araújo, para definir a agenda da visita do candidato à Presidência da República, Aécio Neves (PSDB), ao Estado, neste sábado (11/09).

Pela programação acertada, Aécio começará sua vinda a Pernambuco às 9h, com uma visita a bairros da Zona Norte do Recife. Às 11h, o presidenciável participará, no Clube Internacional do Recife, de um encontro com lideranças da Frente Popular. De lá, às 13h, Aécio Neves fará uma visita a Renata Campos, viúva do ex-governador Eduardo Campos.

Às 16h, o presidenciável do PSDB participa de caminhada, seguida de comício, em Sirinhaém, município da Zona da Mata Sul, onde Marina Silva teve o maior percentual de votos no Brasil: 74,19%.

O governador eleito Paulo Câmara destacou a importância política e histórica da Mata Sul. “A Zona da Mata de Pernambuco tem uma tradição de lutas sociais, que vem das décadas de 1950 e 1960, com as Ligas Camponesas e o Acordo do Campo, promovidos por Doutor Miguel Arraes em 1963”, lembrou Câmara.

AGENDA DE AÉCIO NEVES EM PERNAMBUCO

9h – Visita a bairros da Zona Norte do Recife
11h – Encontro com lideranças políticas da Frente Popular de Pernambuco, no Clube Internacional do Recife
13h – Visita a Renata Campos
16h – Caminhada seguida de comício em Sirinhaém

Artistas de Garanhuns: Derrycks Music



Nome da banda: Derrycks Music.

Integrantes Ivo Fernandez - 19 anos, Joseph Sandro - 18 anos, Sandrinho Derryck 20 anos

Em uma semana de divulgação, o single "VOU CONSEGUIR" ultrapassou 50 mil acessos no YouTube. O objetivo da banda é retratar "o que se passa nesse mundão!"

Confira mais três vídeoclipes no youtube, "MEU BEM" "VOU CONSEGUIR" "MINHA IMPERATRIZ" 

O grupo já está com seis músicas prontas e uma em gravação. A intenção é concluir o álbum para lançamento em breve. Não tem apoio do poder público, nem sabe onde pode apresentar um projeto.

Contatos: 87 9919-0444

Segundo Turno: PESQUISAS IBOPE E DATAFOLHA PARA PRESIDENTE



Confira as pesquisas mais recentes do IBOPE e Datafolha para presidente neste segundo turno.

DATAFOLHA - 09/10
- Aécio Neves (PSDB): 46%
- Dilma Rousseff (PT): 44%
- Branco/nulo: 4%
- Não sabe/não respondeu: 6%

IBOPE 09/10
- Aécio Neves (PSDB): 46%
- Dilma Rousseff (PT): 44%
- Branco/nulo/nenhum: 6%
- Não sabe: 4%

AGORA COMIGO: Com estes resultados, a pesquisa do instituto Paraná deve ser descartada. Neste momento, início da caminhada do segundo turno, a campanha está equilibrada, com viés para Aécio Neves. Caso consiga crescer no Nordeste, onde foi muito mal, tende a abrir uma certa vantagem. Um exemplo é Pernambuco, onde só teve 5% dos votos e agora conta com o apoio vitorioso do PSB.

No facebook as questões pessoais estão gerando um debate quente, até com baixarias, e o compartilhamento pegando fogo. Esta questão favorece Dilma. A exemplo do que aconteceu com Marina, Aécio agora é a bola da vez, e jé tem muito material para minar sua candidatura, até suas namoradas e doses de Whisky.

São pouco mais de 15 dias até a eleição, e daqui pra lá, a coisa vai esquentar ainda mais.

O PT e Dilma estão entre o sucesso dos programas sociais, principalmente no Nordeste, e as denúncias cada vez mais frequentes de corrupção nas estatais.

Um desses dois lados vai pesar mais e a eleição se decide!

DATABLOG: Palpites para a eleição de Deputado Federal em Pernambuco



A postagem abaixo foi publicada no domingo, às 13h. Agora, em vermelho, nossas anotações!


Das coligações, acreditamos que as duas principais farão os 25 Deputados Federais de Pernambuco. Se a coligação Juntos pelo Imposto Único eleger um, acredito que este será Luciano Bivar, presidente nacional do PSL. Surpreendentemente, Kaio Maniçoba teve mais votos que Luciano Bivar, e foi eleito com pouco mais de 28 mil votos. A coligação de fato só fez um, e o eleito entrou por conta do quociente eleitoral alcançado.

Frente Popular - Deve fazer entre 17 e 19 deputados. (Acreditava-se que seria entre 16 e 18, mas com o crescimento de Paulo e Fernando na reta final, acaba ajudando a Frente, nas votações "casadinhas") - Fez 18 Deputados Federais. Em negrito vamos marcar os eleitos abaixo. Percebam que acertamos praticamente todos:

Estarão entre os mais votados:
1. Eduardo da Fonte
2. Felipe Carreras
3. Jarbas Vasconcelos
4. Fernando Filho
5. Danilo Cabral
6. João Fernando Coutinho
7. Mendoncinha

Devem ser eleitos:
8. Augusto Coutinho
9. Gonzaga Patriota
10. Tadeu Alencar
11. Anderson Ferreira
12. Pastor Eurico
13. Bruno Araújo
14. Betinho Gomes
15. André de Paula

Estão na briga:
16. Luciana Santos
17. Sebastião Oliveira
18. Cadoca
19. Daniel Coelho
20. Fernando Monteiro
21. Marinaldo Rosendo

PERNAMBUCO VAI MAIS LONGE (Deve fazer de 6 a 8 Deputados) - Só fez seis, com destaque para a queda dos petistas. Em negrito, marcamos os eleitos.

Praticamente eleitos:
1.Wolney Queiroz
2. Sílvio Costa
3. Jorge Corte Real
4. João da Costa
5. Pedro Eugênio

Na briga:
6. Fernando Ferro
7. Ricardo Teobaldo
8. Adalberto Cavalcanti
9. Carlos Geraldo
10. Dilson Peixoto
11. Zeca Cavalcanti
12. Mozart Sales
13. Isabella de Roldão

Acho que ninguém contava com o desastre do PT de não eleger ninguém, mesmo assim, listamos os que brigavam pelas vagas.

TCE: Segunda Câmara homologa Auto de Infração contra prefeito de Palmeirina



A Segunda Câmara do TCE homologou nesta terça-feira (07) um Auto de Infração, lavrado em 02 de setembro de 2014, contra o prefeito de Palmeirina, José Renato Sarmento de Melo, pelo não envio de informações sobre a execução orçamentária e financeira do município para alimentar o sistema Sagres (Sistema de Acompanhamento e Gerenciamento dos Recursos da Sociedade).

O período que ficou descoberto por falta da remessa das informações vai de janeiro a junho de 2014, apesar das reiteradas solicitações do TCE para que o material fosse enviado. O descumprimento dessa obrigação caracteriza afronta à Resolução TC nº 19/2013, pelo que a Câmara aplicou uma multa ao prefeito no valor de R$ 17.790,00.

O Auto foi lavrado pela Inspetoria Regional de Garanhuns. Notificado para apresentar defesa ou proceder ao recolhimento do valor arbitrado, o prefeito não se pronunciou. E, através de despacho, o inspetor regional José Artur Filho informou que, em consulta ao sistema Sagres em 11/09/2014, a situação que motivou a lavratura do Auto ainda persistia.

A relatora do processo, conselheira Teresa Duere, determinou ao prefeito, sob pena de aplicação de multa, o envio ao TCE, no prazo de cinco dias a contar da publicação da presente decisão, das informações solicitadas pela equipe de auditoria. O voto da conselheira foi aprovado por unanimidade com parecer oral da procuradora do Ministério Público de Contas, Eliana Maria Lapenda. 

Gerência de Jornalismo (GEJO), 07/10/2014

O momento de Marina Silva e sua vida no PSB



A chegada de Marina no PSB foi circunstancial, todos sabiam disso. Não conseguiu montar seu partido e precisava de uma estrutura que a abrigasse. Não queria um partido pequeno pois, se fosse candidata a presidente precisaria de estrutura para disputar em igualdade de condições. Descobriu isto em 2010, pelo PV.

Para não ficar fora, correspondeu à procura de Eduardo Campos, e aceitou a vice, já que estava inviabilizada. Mas não arrefeceu de criar o Rede, ou a Rede, seu partido, que mantém independência, mesmo dentro do PSB.

Foi a candidata socialista com a morte de Eduardo, mas nunca vestiu o amarelo por inteiro, conduzindo o processo interno da candidatura com os dois grupos, o PSB e o Rede.

Caso se elegesse, tinha a obrigação moral e legal de permanecer filiada, e governar sob o ideário de Eduardo Campos. Como não conseguiu, volta a ser totalmente independente, tanto é que seu anúncio de apoio a Aécio, e do seu grupo político, será desapegado do PSB.

Pragmática, só anunciará seu apoio a Aécio quando estiverem garantidos alguns pontos cruciais de seu projeto para o Brasil no plano de governo de Aécio. Fez isso com Eduardo e fará com qualquer um. 

Tá aí uma diferença de Marina para Eduardo Campos, que impediu sua chegada no segundo turno. Marina é exclusivista e extremamente radical na montagem de seus palanques, tanto que impediu sua foto junto a Geraldo Alckmin, governador reeleito de São Paulo, maior colégio eleitoral do país. Pensou mais ideologicamente que na possibilidade de vitória.

Eduardo era largo, abraçava contrários e expandia horizontes, sem perder a direção e o sentido da sua causa.

Marina está entre agora entre a centro-direita de Aécio e o trator petista que esmagou sua candidatura. Sabe que o muro de 2010 foi um erro necessário, e não voltará a cometê-lo. Esta decisão de se unir aos sociais-democratas, se fosse em algum momento do primeiro turno, poderia mudar o rumo da eleição.

A acreana não é nem nunca será uma derrotada, e tem muito a contribuir com a vida pública brasileira, com sua experiência e retidão de caráter, quem sabe como ministra, ou voltando ao Senado Federal, debatendo os grandes temas nacionais.

Não vai sair do PSB agora, somente quando puder usar sua assinatura como presidente nacional da Rede Sustentabilidade. 2018? Talvez. Vai depender da conjuntura. Aliás, esta resposta serve para todos. Diria, de certeza, que o único que já está lá é Aécio Neves. Ou candidato a reeleição, ou como oposição, pois o resultado desta eleição o torna referência, que talvez Geraldo Alckmin não suplante.

Marina Silva tem um resultado parecido com 2010, mas sua decisão pode ser diferente 2014.

Lula, Dilma e Aécio em Pernambuco



De olho no voto dos pernambucanos, principalmente depois que o PSB do futuro governador Paulo Câmara e da família Campos anunciou apoio a Aécio Neves, a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, estará no estado na próxima semana. 

Acompanhando Dilma, o ex-presidente Lula virá cumprir um papel fundamental, já que tem grande prestígio no estado, idolatrado pelas classes mais populares. Lula e Eduardo eram os dois principais cabos eleitorais em Pernambuco, mas com a morte do ex-governador, a figura do ex-presidente não conseguiu reverter a onda causada pela comoção no estado.

Lula e Dilma estarão na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata, onde o número de votos para a candidata do PT foram menos expressivos. Com Paulo Câmara colocando uma diferença esmagadora sobre Armando Monteiro, foram mais de 1,7 milhões de votos. Dilma perdeu para Marina no estado, mostrando a força do PSB. O receio petista é que a transferência de votos dos socialistas para Aécio tire parte da grande vantagem que Dilma tem no Nordeste. Aécio só teve pouco mais de 5% dos votos no estado. Se equilibrar as forças, já é grande vantagem para ele.

E por falar nele, o tucano também virá ao estado, e provavelmente até antes de Dilma e Lula. Aécio prometeu vir visitar Renata Campos, agradecer o apoio que o PSB ofertou a sua candidatura, que teve o aval antecipado da esposa de Eduardo, e afirmar que levará o legado do amigo ao Brasil, caso eleito.

Pernambuco é o segundo colégio eleitoral do Nordeste.

Governistas contestam a Paraná Pesquisas



Tem muita gente desconfiando desta primeira pesquisa divulgada pela Revista Época para presidência. Primeiro porque durante o primeiro turno não se tem notícias que o instituto tenha feito algum trabalho, e segundo, a empresa teria ligações com o governador eleito, aliás, reeleito por lá, Beto Richa, do PSDB. É que diz o portal O Cafezinho.

O resultado da pesquisa foi muito favorável a Aécio Neves, que partiu com quase 10% de frente sobre Dilma, e por isto, principalmente os petistas, estão contestando o resultado. A mesma coisa acontece quando institutos ligados ao governo, como Ibope e Vox Populi divulgam seus números. Geralmente tem alguma coisa que gera debate.

Ah! Um outro instituto que não conheço, o Véritas, acaba de divulgar outra pesquisa, e nela Aécio Neves (PSDB-MG) coloca uma vantagem de quase dez pontos sobre a presidente Dilma Rousseff, do PT. Se as eleições fossem hoje, ele teria 54,2% dos votos válidos contra 45,2% de Dilma.

A pesquisa foi registrada pelo Instituto Veritá, entre os diias 6 e 8 de outubro, com 5.165 eleitores de todo o País e registrada junto ao TSE sob o número BR-01067/2014.
Vamos aguardar os próximos institutos se pronunciarem, e comparar os dados.

Outra coisa. Tem sites e portais em nível nacional, ligados ao governo, ou contra o governo, como o Brasil 247 e Pragmatismo Político, que claramente fazem um jornalismo tendencioso, e suas matérias alimentam o facebook. Historicamente a Folha e a Globo são tucanas, provavelmente alguns portais tenham sido criados para balancear as notícias na internet. O problema é quando se criam factóides, como aconteceu com Marina Silva, que sofreu uma enxurrada de acusações indevidas e não conseguiu reverter a perda motivada por este tipo de campanha. Algumas dessas acusações nasceram pelas ideias dos marketeiros de campanha, mas outras vieram de pseudo veículos de comunicação na internet.

Não falo dos blogs, pois estes, sendo em sua grande maioria pessoais, são por natureza tendenciosos, e acho que podem e até devem ser, pois se trata da opinião de uma pessoa sobre o assunto que escolheu, diferente de um portal jornalístico, que trabalha no formato de uma empresa. 

Considerações sobre a entrevista de Izaías na Rádio Jornal

Em entrevista na manhã desta quinta-feira (09), na Rádio Jornal Garanhuns, o prefeito Izaías Régis aproveitou para desabafar após o período eleitoral. 

Seu estilo é natural, Izaías não se preocupa em consequências, assim criticou a Rádio Marano que, segundo ele, não vai olhar obras que estão sendo feitas perto da emissora. Brincou com Ivan Junior, dizendo que o empresário entende "zero" de política.

Izaías falou da Célula Industrial, que segundo ele deve gerar 2 mil empregos no Bairro Lula 1 e Bela Vista, com 40 micro-indústrias funcionando. "Treze já estão certas". 

Quanto às cobranças à imprensa em ir verificar as obras da prefeitura, e aí cita TV´s, rádios, jornais, etc, é importante diferenciar o que é notícia e o que é publicidade. A prefeitura fez uma licitação milionária para publicidade. Acho que as empresas têm dado as informações do município, mas a publicidade quem tem que fazer é a prefeitura, com boa qualidade de produção e atingindo todos os públicos, em diversos segmentos. 

Politicamente, Izaías teceu rápidas críticas a Givaldo, Paulo Camelo, Zé da Luz, Luis Carlos, Bartolomeu, Sivaldo,  Claudomira, Ivan Junior, etc.

E ouviu também uma crítica, e concordou com o radialista Eduardo Peixoto, de que tem secretários na prefeitura que olham acima do povo. "O senhor é acessível, mas o senhor sabe que tem secretários que não atendem bem a população" - Izaías não discordou.

O prefeito fez uma análise da eleição e principalmente da votação de Zaqueu (PDT), o seu candidato a deputado estadual, com o mesmo teor da nota enviada a este blog, publicada duas ou três postagens abaixo desta.

Anotamos outros tópicos, depois a gente fala mais.

SÍLVIO COSTA quer Cláusula de Barreira na Câmara Federal



Comunico que dei entrada numa Emenda Constitucional reestabelecendo a Cláusula de Barreira. Só terá direito a voz no Plenário da Câmara, ou seja, à representação parlamentar, os partidos políticos que tiverem uma bancada de, no mínimo, cinco deputados federais eleitos.

Estou coletando assinaturas para que, ainda este ano, após o segundo turno das eleições a emenda seja colocada em votação no Plenário.

Na próxima legislatura teremos 28 partidos políticos com representação na Câmara Federal. Será muito difícil ter agilidade parlamentar com tamanha quantidade de partidos.

Para se ter uma ideia, o Regimento Interno estabelece um minuto para cada partido fazer o encaminhamento de votação. E, via de regra, este tempo é extrapolado. Fazendo um cálculo razoável, em cada votação, levaríamos em média 40 minutos somente para a fase de encaminhamento. Em função disso, considero urgente aprovarmos, ainda este ano, a Cláusula de Barreira, e isto não significa que estaremos cerceando o direito de expressão de nenhum parlamentar. 

Agora, a opinião pública sempre exigiu agilidade do parlamento, lamentavelmente existe sim uma morosidade parlamentar. Os projetos, sobretudo os de autoria dos deputados, às vezes levam anos para chegarem ao plenário.

Imaginem se nós não aprovarmos esta emenda o que será da Câmara Federal do Brasil a partir de fevereiro de 2015?

SILVIO COSTA
Deputado Federal

Izaías afirma que vice para a próxima campanha sairá da Câmara de Vereadores

Rosa e Izaías em lados opostos 
Em entrevista na manhã desta quinta-feira (09), na Rádio Jornal Garanhuns, o prefeito Izaías Régis elogiou o trabalho dos vereadores de Garanhuns e enalteceu a votação de Zaqueu para deputado. E em declaração supreendente, o prefeito antecipou que o seu companheiro de chapa em 2016 será um vereador. Além de Zaqueu, o outro forte nome é de Audálio Filho. Mas claro, podem aparecer outros nomes, como o futuro presidente da Casa Legislativa, que terá dois anos de mandato ate a futura eleição de prefeito. A eleição interna começa a mobilizar a edilidade.

Esta declaração de Izaías traz várias assertivas. Primeira:, confirma sua candidatura à reeleição. O prefeito afirmou algumas vezes que podia não disputar novamente o cargo e que queria curtir a vida, viajar. Assim, já deixa claro sua disposição e vontade de continuar à frente do município. 

Segunda: Tendo dito que seu vice será um vereador, já descarta determinadas parcerias, como o PT. Claro que não seria mais Rosa Quidute, mas o partido poderia indicar outro nome. Agora é carta fora do baralho no executivo. Outras alianças futuras também não entrarão mais na negociação do cargo de vice-prefeito.

Terceira: Antecipa um debate interno na coligação, pois vai mexer com os grupos que apoiam o prefeito, e tem repercussão também na oposição.

A verdade é que a Câmara está em alta, teve mais de 35 mil votos para deputado. Gersinho, Sivaldo e Paulo Leal não integram o grupo que pode ocupar a vaga aberta por Izaías, por questões políticas. Mesmo diante de um desgaste do poder legislativo nacional, bons nomes se sobressaem na Câmara Municipal. 

Só acho que Izaías antecipou demais um anúncio que não tinha pressa, mas pode escolher um nome agregador. Se mantiver a forma que escolheu seu candidato a deputado, será aos 48min do segundo tempo.

O pior é que esta antecipação pode sair queimando nomes que têm capacidade para a função política e administrativa. 

Traremos mais informações colhidas na entrevista. O prefeito falou de muita gente.

Izaías Régis responde postagem sobre a campanha de deputado em Garanhuns


Caríssimo Ronaldo César,

A propósito de matéria publicada em seu Blog, no dia de ontem (07/10/2014), intitulada: “IZAÍAS NÃO QUERIA FAZER DEPUTADO?”. Há necessidade de alguns esclarecimentos:

1) Ainda no ano de 2013, em conversas com os vereadores da nossa base política pedimos que os mesmos se reunissem e escolhessem entre seus pares, um que pudesse ser o candidato apoiado pelo nosso grupo político; 

2) Obviamente, haveria de ter o respeito ao alinhamento político do grupo, ou seja, o escolhido deveria estar dentro de um partido que apoiasse o Senador Armando Monteiro para o cargo de Governador de Pernambuco, como também teria que ter densidade eleitoral, que poderia ser vista através de pesquisas. 

3) Dentro destas discussões três nomes se destacaram: o do Vereador Audálio Filho, o do Vereador Gersinho Filho e do Vereador Zaqueu. Tanto Audálio Filho, quanto Gersinho Filho, filiados ao PSDC e Solidariedade, respectivamente, infelizmente não poderiam ser escolhidos em face dos seus partidos terem anunciado apoio ao candidato do PSB, o Sr. Paulo Câmara. 

4) Zaqueu, liderava todas as pesquisas, mas só pôde ser escolhido como candidato quando da resolução do imbróglio em que se envolveu o seu partido o PDT, e que só foi resolvido bem próximo à Convenção da COLIGAÇÃO PERNAMBUCO VAI MAIS LONGE. Esse fato por si só, já contesta sua tese de que deixei para última hora, como se só dependesse da minha vontade e, de forma deliberada, eu quisesse enfraquecer a candidatura do nosso candidato.

5) Quanto à falta de apoios na região ao nosso candidato, gostaria de lembrar que fui candidato a primeira vez em 1998 e tive poucos apoios na região, sendo bem votado em Garanhuns e tendo, consequentemente, poucos votos na região. Mas, nunca é demais lembrar que o aprendizado e apoio na eleição seguinte me transformou no Deputado Eleito por Garanhuns, ou seja, saí daqui já eleito e fui bem votado na região, que aliás representei por dois mandatos e meio, quando saí para ser prefeito da minha Terra. Ou seja, a primeira eleição serviu principalmente para o lançamento e fortalecimento do meu nome. Ressaltando que o nosso candidato Zaqueu alcançou 10 mil votos a mais do que eu mesmo tive em minha primeira eleição. Creio que esse fato já mostra que empenho à sua candidatura da nossa parte, não faltou;

6) Eu e minha equipe demos total e irrestrito apoio não só à candidatura de Zaqueu, como a todos os demais, Jorge Corte Real para Federal, Armando Monteiro, para Governador, João Paulo para o Senado e Dilma para Presidente. O povo de Garanhuns além de nos ter recebido muito bem, entendeu a nossa mensagem, consagrando todos os candidatos apoiados por nós dando vitórias expressivas, o que demonstra estarmos no caminho certo;

7) Tenho imprimido um modo diferente de fazer política, se quisesse, poderia ter colocado minha filha, que por sinal tinha uma boa aceitação na população, mas sempre disse que não faria de Garanhuns um Condomínio Político, e preferi escolher alguém com capacidade de unir o povo de Garanhuns. Não forcei membros do governo para participar de atos de campanha e fiz o mesmo com os vereadores. O fato de alguns terem apoiado candidatos de fora é de responsabilidade dos mesmos. Só falo por mim. Ademais, a divergência só se deu para a candidatura de Zaqueu, pois dez, dos treze atuais vereadores, votaram nos demais candidatos apoiados por nós;

8) Não me considero porta-voz do partido. Sou prefeito de uma cidade importante, mas não é segredo para ninguém que sempre militei ao lado de Armando Monteiro, desde minha primeira candidatura em 1998, e sendo assim, sempre o defendi e defenderei, pois sou um político que tenho lado e sou grato a ele e ao povo de Garanhuns, do Agreste e de Pernambuco por estar na vida pública;

9) Quanto a candidatura da vice-prefeita, Rosa Quidute, saliento que coloquei o seu nome nas pesquisas, contudo, ela não apareceu bem. Fato que ficou comprovado pela votação dada aos candidatos apoiados por ela. O que mostra que ainda falta à mesma densidade eleitoral para uma disputa de tal envergadura. Sem contar que nem ela e nem o PT abriram esta discussão prévia com o grupo que compomos sobre essa candidatura;

10) Por fim, agradeço ao povo da minha Garanhuns ter entendido a nossa mensagem, consagrando os nossos candidatos nas urnas, dando a vitória aos mesmos em nossa cidade, de modo que não me sinto nem mais forte ou isolado, como você pretende insinuar na postagem em questão. Até porque, fui eleito para um mandato de quatro anos e, sinceramente, temos muito o que fazer por esta cidade, e vamos fazer! Não posso agora estar preocupado com questões meramente políticas e ficar pensando em 2016. É preciso viver o presente e deixar o futuro nas mãos de Deus. É preciso, sobretudo, trabalhar, trabalhar e trabalhar para melhorar a qualidade de vida da população, especialmente a mais carente.

Forte Abraço!

Para conferir a postagem que motivou este posicionamento do prefeito, clique aqui.

Pastor Everaldo anuncia apoio a Aécio Neves



Senadores e deputados do PSC - Partido Social Cristão - decidiram nesta quarta-feira (8), em Brasília, apoiar a candidatura de Aécio Neves (PSDB) à Presidência da República. O partido, que teve Pastor Everaldo como candidato no primeiro turno, ficou em quinto lugar nas eleições presidenciais, com 780 mil votos.

Segundo ele, a mudança de rumo político do PSC, que já compôs a base do atual governo, foi motivada pelas denúncias envolvendo o PT e outros partidos aliados.

A eleição desta ano não foi boa para o PSC, que não elegeu senadores, mas vai continuar com Eduardo Amorim (SE) no Senado. Entretanto, no último domingo (5), Amorim perdeu a disputa pelo governo do Estado. Seu mandato no senado vai até 2018.

O PSC é o partido do deputado federal Marco Feliciano, reeleito.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.