PERNAMBUCO EM AÇÃO

PERNAMBUCO EM AÇÃO
Clique na imagem

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

sábado, 15 de novembro de 2014

Canibais: Foi somente o primeiro julgamento. Faltam ainda os crimes de Garanhuns!




Ouvi algumas pessoas comentando que acharam pouca a pena imposta pela juíza aos canibais presos em Garanhuns. Mas cabe lembrar que foi referente ao primeiro crime cometido pelo trio, que responderam por homicídio quadruplamente qualificado, vilipêndio e ocultação de cadáver de Jéssica Camila da Silva Pereira, de 17 anos. A jovem seria a primeira vítima dos acusados, de acordo com o TJ-PE.

O julgamento do trio conhecido como Canibais de Garanhuns terminou por volta das 21h desta sexta-feira (14), segundo o Tribunal de Justiça de Pernambuco, na Comarca de Olinda. Isabel Cristina Torreão Pires e Cristina Oliveira da Silva foram condenadas a 19 anos de reclusão, um ano de detenção e 120 dias-multa. Já Jorge Beltrão Negromonte, recebeu a pena de 21 anos de reclusão, um ano e seis meses de detenção e 320 dias-multa.

O trio ainda é acusado de assassinar em Garanhuns, no Agreste do estado, Giselly Helena da Silva, 31 anos, e Alexandra Falcão da Silva, 20 anos, mortas, respectivamente, em fevereiro e março de 2012. O julgamento relativo a esse processo ainda não foi marcado pela Justiça estadual.

O caso vai virar filme, com requintes de terror, crueldade, frieza.. Com a esquizofrenia de Jorge, o ingrediente de suas fantasias e criações de seitas...

Meu Deus! Sinceramente, acho um desserviço à humanidade levar este caso para as salas de cinema, caso se confirme a intenção de produtores!

INOVASUS do Ministério da Saúde seleciona trabalho da Residência Multiprofissional do Hospital Dom Moura‏‎‏


A Residência Multiprofissional do Hospital Regional Dom Moura teve mais uma vez seu trabalho reconhecido, desta vez em nível nacional. O Ministério da Saúde classificou dentre os apresentados de todo o país, os 60 melhores para participar do Prêmio Inovasus 2014, e o trabalho "Qualificação do Sistema de Saúde em Garanhuns, através da implantação do Programa de Residência Multiprofissional de Interiorização de Atenção à Saúde" foi contemplado. Agora, serão selecionados os 30 melhores que receberão a premiação. "Estar nesta lista já demonstra o bom trabalho feito pela Residência, mas acredito que nossos profissionais irão ainda mais longe. Vamos torcer" - Afirma Luiz Melo, gestor do HRDM.

"Já estamos com a Residência Multiprofissional do Hospital Dom Moura desde 2010, na quarta turma, e o trabalho é um conjunto desta entrega coletiva de todos os atores, estudantes e profissionais, sejam nutricionistas, enfermeiros, fisioterapeutas, assistentes sociais, psicólogos e farmacêuticos, além dos gestores que empreenderam nesta iniciativa da interiorização da residência", afirma Bruna Souza, Coordenadora, que ao lado de Kylma Fidelix, Coordenadora do Núcleo de Formação Permanente, fizeram a inscrição do trabalho no Prêmio
Inovasus.

Antes mesmo do resultado, a equipe apresenta o trabalho no IV Encontro Nacional de Residências em Saúde – ENRS, entre os dias 02 a 06 de Dezembro de 2014, na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), na cidade do Recife, PE.

Para saber mais:
Prêmio INOVASUS, promovido pelo Ministério da Saúde, por intermédio do DEGERTS/SGTES. O objetivo é identificar, valorizar e premiar experiências inovadoras em gestão do trabalho. Podem participar experiências implementadas nos últimos cinco anos pelos governos estaduais, municipais e do Distrito Federal e também por consórcios públicos e fundações públicas de saúde, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Audálio articula grupo de empresários da Holanda para investir em Garanhuns



O prefeito em exercício Audálio Filho está articulando junto a Universidade Hogeschool de Rotterdam e a empresa Dutch Eps Building Solutions da Holanda a implantação de uma fábrica de pré-moldados em EPS no município de Garanhuns bem como a construção de mil casas populares do referido material.

O gestor municipal montou um grupo de trabalho para receber o Intermediador Hugo van den Broek e os engenheiros Jeroen Hofhuis e Luc Bernoster da universidade holandesa que apresentaram o projeto de investimento social que consiste em produzir blocos de EPS e construir casas populares no Nordeste brasileiro buscando condições e parcerias necessárias ao empreendimento.

O EPS (poliestireno expandido) é um tipo de isopor rígido fabricado com fibra e cimento para ser utilizado na construção civil, sendo um material leve, reciclável e de baixo custo além de proporcionar muita agilidade na construção. A Dutch eps já construiu milhares de casas com esse material na Europa, África e Ásia.

“Esse projeto vai gerar emprego e renda para Garanhuns bem como a oferta de casas populares de baixo custo para nossa população” ressaltou o gestor interino Audálio Filho que no próximo dia 19/11 reassumirá a presidência da Câmara Municipal de Garanhuns.


“Como vereador irei continuar os esforços para viabilizar a implantação desse projeto que com certeza terá a simpatia do prefeito Izaias”. Pontuou Audálio. 

O grupo holandês foi recebido na Prefeitura pelo prefeito em exercício Audálio Filho e os secretários Fernando Nunes (Planejamento), Geandré Nogueira (Desenvolvimento Econômico), Wanderley Gomes (Governo), Giane Oliveira (AESGA), Mariana Braga (Planejamento), Priscila Belens (CDL) e representantes do curso de Engenharia Civil da AESGA.

O Brasil em crise! Economia, Petrobras e Governo na berlinda!



Eram todos contra Dilma na campanha presidencial, que se segurou nos programas sociais criados por Lula e se reelegeu presidente. Todos os outros candidatos alertavam para os descaminhos da economia. Dilma deu o aviso-prévio do Ministro Mantega. mas não reconheceu os erros na condução da política econômica, e pior, não agiu para que o Brasil reencontrasse o rumo do desenvolvimento. Resultado pós-eleitoral: Dólar no maior patamar da década. Aumento de combustíveis. Aumento da Taxa Selic. Arrocho no salário-desemprego e outras medidas de menor repercussão que desenham um quadro nada animador.

Ainda tem a questão política. O fogo amigo está pior que a oposição. Gilberto Carvalho e Marta Suplicy, ambos do PT de Lula, fazendo críticas públicas a Dilma. No Congresso o governo não aprova mais nada enquanto não saciar a fome do PMDB;

E pra completar o escândalo da Petrobras que não para de crescer. A lama está batendo na porta do Planalto. A Polícia Federal prendeu os empreiteiros da maiores construtoras do país. O desvio é bilionário, o maior da história segundo o Tribunal de Contas da União. E vejam que neste texto os governistas não podem culpar o passado nem colocar a culpa na imprensa golpista. Ex-diretores da Petrobras também foram presos.

Não adianta Dilma e Lula dizer que não sabiam. Para o bem ou para o mal, eles tinham que saber. Um escândalo desta proporção para viabilizar uma base de sustentação não pode ser escondida dos grandes líderes, e olha que Dilma foi presidente do Conselho da Administração da Petrobras, vejam aí a responsabilidade. E até administrativamente, não pode um negócio deste tamanho passar despercebido, sem que ninguém tome uma atitude. Dilma, ao contrário do que disse na campanha, não investigou nada, não colocou ninguém pra fora e ainda dificultou a CPI no Congresso Nacional.

Pra completar, Estados Unidos, e provavelmente a Holanda, investigarão a Petrobras, ou seja, o escândalo está ultrapassando nossas fronteiras.

Mais de 70 políticos recebiam propina dos desvios da Petrobras e os partidos mais atingidos são PMDB, PP e PT. 

A Petrobras adiou a divulgação do balanço trimestral. Dilma quer mexer na LOA, provavelmente para facilitar manobras na contabilidade do governo, mas o certo é que o momento é delicado e a situação tende a ficar mais complicada.

E o segundo governo ainda vai começar, junto com uma crise que pode se institucionalizar, paralisando o Congresso e repercutindo ainda mais na economia do país.

Alguns defensores governistas cegos ainda dirão que é tudo invenção para derrubar a presidente. 

Você anda de moto? Então precisa saber disto!



O número de mortos em acidentes com motos deve crescer de 8% a 10% este ano, em relação a 2013, passando de 757 para cerca de 820. O alerta é do Cepam (Comitê de Prevenção aos Acidentes de Moto em Pernambuco) e se baseia nos números registrados até o mês de julho. A estimativa revela que a meta de reduzir em 6% esse tipo de morte não será cumprida este ano. Pela primeira vez, desde que o Cepam foi criado, em 2011, a expectativa é ter um aumento no número das mortes. Cidades do Interior registram os maiores índices.

O retrocesso, segundo o Cepam, está diretamente ligado à falta de compromisso dos municípios com a fiscalização. De acordo com o presidente do Cepam, João Veiga, as motos cinquentinhas são um incentivo para os acidentes, tanto no interior quanto na Região Metropolitana do Recife (RMR). Ele defende uma fiscalização mais rigorosa por parte das prefeituras. “As prefeituras não participam, não há fiscalização dos ciclomotores, conhecidos como cinquentinhas. É preciso que haja fiscalização desse tipo de veículo para reduzir o número de acidentes”.

De acordo com o Cepam, Pernambuco tem 22 mortes com acidente de motos para cada 100 mil habitantes, mais que o dobro da média considerada como epidemia pela Organização Mundial de Saúde, que é dez mortes para cada 100 mil habitantes. Só no município de Trindade, na região do Araripe, estão sendo registrados 100 acidentes com mortes para cada 100 mil habitantes.

O mapeamento das mortes no estado registra que a Região do Araripe aparece em primeiro lugar, com 60 mortes para cada 100 mil habitantes. Em Segundo vem a Região do Pajeú, com 55 mortes para 100 mil habitantes. A Região do Pólo Têxtil no Agreste está em terceiro, com 40, e a Região Metropolitana do Recife registra 22 mortes para cada 100 mil habitantes.

Em relação aos atendimentos no Hospital da Restauração, referência em traumas em Pernambuco, dos 21 mil pacientes atendidos vítimas de causas externas, 50% foram por acidentes com moto. Desses, 10% ficaram paraplégicos ou amputados. Dos 104 internados especificamente na enfermaria de traumatologia do HR, entre maio e agosto deste ano, mais de 90% foram de vítimas de acidentes com motocicletas.

Esses pacientes foram operados mais de uma vez e tiveram média de internamento de 43 dias. O custo de tratamento é entorno de R$ 175 mil. Entre setembro de 2013 e setembro de 2014, foram registrados 10.075 acidentes com motos no HR. A maioria das vítimas (87%) era do sexo masculino e os do interior, 72% usavam moto sem capacete. De 3.781 pacientes atropelados, 42% (1.583) foram atingidos por motocicletas e cinquentinhas, 34 deles na calçada.




Projeto Moto Amiga trabalha para mudar essa realidade

Com o intuito de reduzir o alto índice de acidentes com motos, os concessionários da Honda criaram o projeto Moto Amiga, que desenvolve ações preventivas e utilizam as redes sociais para alertar os usuários de motocicletas sobre os riscos do uso incorreto do veículo duas rodas. O projeto é coordenado pela Assohonda (Associação Brasileira de Distribuidores Honda), através da NOA Nordeste II, Núcleo Operacional Assohonda, que atua nos estados de Alagoas, Pernambuco e Paraíba. Em Pernambuco, o Moto Amiga atua em parceria com o Cepam e com a Operação Lei Seca e está participando de ações preventivas na região do Araripe, onde são registrados os maiores índices de mortes com acidentes de motos.

A programação começou no último dia dez, em Ouricuri, com blitze educativas realizadas pelos agentes de fiscalização do Detran e atores locais. Da próxima segunda-feira (17) até o dia 30 de novembro haverá fiscalização a Operação Lei Seca e no dia 18 uma audiência pública para debater o “Impacto dos acidentes de transporte terrestre na IX Região de Saúde de Pernambuco e a importância da municipalização do trânsito”. O evento será realizado das 9h às 12h, no auditório da IX Geres.

Nos dias 18 e 19 será realizado o curso de “Pilotagem defensiva Honda – Teoria e prática”, uma das ações preventivas desenvolvidas pelo projeto Moto Amiga, da Honda. No dia 21, haverá um encontro com o tema “IX Geres pela Vida no Trânsito”, onde será divulgado o balanço das ações de educação no trânsito, prevenção de acidentes e promoção da saúde da IX Região. O evento será realizado às 9h, na IX Geres.

Sem fins lucrativos, o Moto Amiga tem como objetivo central conscientizar os usuários a respeitarem as leis de trânsito, fazer uso do capacete, além de defender os direitos e interesses daqueles que utilizam as motocicletas. “O nosso propósito é oferecer uma conscientização para nossos usuários, com trabalhos de educação no trânsito e dicas de segurança e direção defensiva”, ressalta o presidente do NOA Nordeste II, Guto Alves.

Além de buscar uma aproximação com o público interessado em motocicletas por meio de conteúdo informativo, criativo e irreverente, o Moto Amiga tem o objetivo de destacar ações que a Honda e suas concessionárias já vêm realizando para alertar todos os consumidores sobre como pilotar defensivamente. O Centro Educacional de Trânsito Honda – CETH, na cidade do Recife, em Pernambuco, o site piloto Honda Mais, o site www.honda.com.br/harmonianotransito, um convênio entre a Assohonda, o Detran/PE e o NOA Nordeste II, treinamentos oferecidos na empresa e concessionárias, vídeos e folders educativos, formação de condutores e ações educativas são alguns exemplos dessas ações. 

Para o presidente do Cepam, João Veiga, a realização de projetos como o Moto Amiga é muito importante para enfrentar os problemas envolvendo os motociclistas “Essa iniciativa da Assohonda em levar a mensagem aos jovens é fundamental visto que 75% das pessoas que morrem em acidentes de trânsito possuem entre 18 e 35 anos”.

Acompanhe o Moto Amiga: facebook.com/motoamiga

RESULTADO DA ENQUETE: Que posição o PSB nacional deve adotar em relação ao Governo Dilma?




Com a pergunta que dá título a esta postagem perguntamos aos nossos e-leitores sobre que posição o Partido Socialista Brasileiro deve tomar para sua atuação política nos próximos anos, se novamente ao lado da Presidente Dilma, ou na oposição, seguindo no caminho do rompimento de Eduardo Campos, por discordar da atual gestão.

Tivemos significativos 217 votos. No início havia uma ligeira vantagem pela reaproximação, mas do meio da votação até o final, nossos e-leitores optaram pelo afastamento. Os números, no entanto, mostram um equilíbrio, e muito provavelmente a decisão tomada oficialmente encontrará alguma rejeição, pois neste momento mesmo, o próprio partido tem muito claro estes dois caminhos entre suas principais lideranças.

Percebe-se que as pessoas também não gostam da posição de independência. Ou é ou não é. Ou está no governo ou é oposição. A situação de terceira via é somente eleitoral, não cabe na conjuntura política, principalmente no Congresso Nacional.

A Executiva Nacional passou a semana ouvindo deputados do partido, governadores, membros dos Diretórios Estaduais, e provavelmente na segunda-feira, 17, tornará público a decisão do partido.

Confiram o resultado final aqui da nossa enquete.

Que posição o PSB nacional deve adotar em relação ao Governo Dilma?

Continuar na oposição 
103 votos (47%)

Voltar a apoiar o governo 
88 votos (40%)

Independência. 
26 votos (11%)


POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.