GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

POUSADA DA PAIXÃO - CLIQUE E CONHEÇA!

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Números da Mega Sena da Virada







A Caixa Econômica Federal (CEF) sorteou na noite desta quarta-feira (31) os números da Mega-Sena da Virada, cujo prêmio é de R$ 263,29 milhões. Confira as dezenas sorteadas:

20 - 11 - 16 - 01 - 56 - 05

Até a publicação desta reportagem, a Caixa não havia divulgado as apostas vencedoras.

O prêmio da Mega-Sena da Virada no valor de R$ 263,29 milhões, o maior da história das loterias do Brasil, segundo a Caixa Econômica Federal. 

O sorteio do concurso 1664 acontece nesta quarta-feira a partir das 20h (horário de Brasília), estaremos divulgando daqui a pouco aqui.

De acordo com a Caixa, foram realizadas mais de 348 milhões de apostas em todo país, numa arrecadação total de R$ 871,3 milhões.

O prêmio supera em quase R$ 40 milhões o valor pago em 2013 e quebra o recorde da Mega da Virada de 2012, que pagou R$ 244 milhões.

Imaginem o quanto foi arrecadado!

João Lyra Neto diz que cumpriu o seu papel no Governo de Pernambuco e deseja sucesso à próxima gestão




“Encerro esse ciclo de oito anos de gestão, iniciado ainda em 2006 pelo ex-governador Eduardo Campos, com a consciência tranquila e com a convicção de dever cumprido”. Foi o que disse o governador João Lyra Neto, na manhã desta quarta-feira (31/12), após a missa de Ação de Graças, em Casa Forte, na Zona Norte do Recife. João Lyra disse ainda acreditar que o governador eleito Paulo Câmara vai dar continuidade ao modelo de gestão estabelecido no seu Governo. “Tenho certeza que no fim do mandato o sentimento dele também será o de dever cumprido”. A celebração religiosa, que se tornou uma tradição no atual Governo, reuniu parte do secretariado, familiares e parlamentares. 

Para o governador eleito Paulo Câmara, a sua gestão vai contar com muitos desafios, mas garantiu que o apoio do povo pernambucano será fundamental para elevar ainda mais o desempenho. “Estou preparado e determinado para cumprir tudo aquilo que foi proposto”, disse Paulo, salientando que vai governar Pernambuco por inteiro, cuidando também das particularidades de cada região. “A população votou em mim porque quer a continuidade do trabalho que Eduardo fez aqui, juntamente com o governador João Lyra Neto”, pontuou Paulo, durante entrevista após a missa. 

“Em dezembro de 2006, estivemos aqui, nesta mesma paróquia, e pedimos mais proteção para o início da nossa gestão, que começou em 1º de janeiro de 2007. Acredito que Deus nos deu muita força e eu também cumpri o meu papel”, lembrou o chefe do Executivo estadual, João Lyra Neto, lembrando que foram 25 anos de convivência com o ex-governador Eduardo Campos, que morreu em um acidente aéreo em agosto deste ano, ainda durante a campanha presidencial. “Eduardo nos deixou de maneira rápida e trágica, mas o seu compromisso com o povo pernambucano perdurou”, finalizou o governador. 

-- Fotos: Paulo Sérgio Sales/ SEI

Maurício Romão: A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA E A PRÁTICA DA NOVA POLÍTICA


Este blogueiro com o articulista Maurício Romão
Uma das principais bandeiras desfraldadas pela população que freqüentou as ruas físicas e virtuais das manifestações de junho de 2013 foi a que demandava uma nova prática política, com ênfase em aspectos éticos. 

A bandeira ficou de tal forma realçada naquelas inquietudes que passou a ser adotada por alguns candidatos a presidente e a governador na eleição de 2014.

Foi, por exemplo, reverberada urbi et orbi na postulação presidencial do ex-governador Eduardo Campos, na de sua sucessora, Marina Silva, e ainda, pelo candidato Aécio Neves. Em Pernambuco, apenas para citar um estado, foi um dos motes da campanha vitoriosa de Paulo Câmara ao executivo estadual.

Claro que “nova prática política” é uma concepção difusa. Mas, deixando de lado os pruridos hermenêuticos, basta compreendê-la despretensiosamente como a “necessidade de renovar os métodos viciados de fazer política”; “um jeito diferente de fazer política”.

Ou ainda, entendê-la por analogia a uma famosa definição de desenvolvimento de um país: “o desenvolvimento é como um elefante: difícil de definir, porém fácil de reconhecer”. 

Por exemplo, o intento de alguns parlamentares estaduais de reconduzir pela quinta vez consecutiva ao cargo de presidente da Assembléia Legislativa do Estado (ALEPE) o atual mandatário, não é, definitivamente, uma nova prática política. Não é mesmo. E isso é “fácil de reconhecer”.

O disparatado propósito atenta violentamente contra os princípios republicanos albergados no art. 1º da Constituição Federal e obstrui a alternância de poder que é própria dos regimes democráticos. 

Diante dessa inconcebível afronta, o presidente da OAB-PE, Pedro Henrique, no exercício do lídimo mister da entidade de defender a Constituição, a ordem jurídica e a boa aplicação das leis (art. 44, inciso I do seu Estatuto) formulou consulta à Comissão de Estudos Constitucionais (CEC) da própria Ordem sobre a possibilidade do atual presidente da ALEPE, deputado Guilherme Uchôa, ser reconduzido para novo biênio na legislatura que se inicia em 2015.

O robusto parecer da CEC, aprovado por unanimidade pelo Conselho Pleno da OAB-PE, diz, em síntese, que a Constituição do Estado permite apenas uma única reeleição de membros da Mesa Diretora (mandato de dois anos) para o período imediatamente subseqüente, criando-se inelegibilidade para um terceiro mandato consecutivo, mesmo que de uma legislatura para outra. In verbis:

“A regra geral vigente é a vedação à reeleição do terceiro mandato, e a excepcional, carreada pelo art. 3º da Emenda Constitucional 33, de 2011, é a possibilidade de reeleição para o terceiro mandato apenas na eleição para o segundo biênio da 17ª legislatura (a de 2011 a 2014, adendo nosso)”. Parecer da CEC, pag. 18.

Enfim, o documento da OAB é taxativo: “sob pena de ocorrência de grave inconstitucionalidade”, não é possível ao atual mandatário da ALEPE ser reconduzido ao mesmo cargo na próxima legislatura.

Ainda assim, em um recente programa de rádio o presidente da ALEPE, alheio a suscitada agressão legal, disse que trabalha seu nome para ser consensual entre os parlamentares e desdenhou da iniciativa da entidade classista: 

“Em três tentativas de interferência em assuntos da Casa, a OAB nunca ganhou uma. Agora, se insistir, será novamente malsucedida, porque eleição de mesa diretora é assunto interna corporis”.

De fato, a eleição da Mesa Diretora é assunto de competência interna do Legislativo, mas o seu regramento é ditado pela Constituição do Estado, que estabelece impedimentos à reeleição sucessiva de seus membros.

Mas, mesmo que legal fosse tal perpetuidade de poder, seria ética e moralmente admissível? 

Não se estaria afrontando o princípio elementar da alternância de poder? Não devem os cargos políticos ser exercidos através de mandato temporário, justamente para evitar que o poder se concentre indefinidamente nas mãos de determinados grupos ou pessoas, aumentando a ocorrência de vícios, usufruto de vantagens indevidas e tentações autoritárias?

A Casa de Joaquim Nabuco tem nessa eleição de seus dirigentes a oportunidade ímpar de praticar a nova política reclamada nas ruas, e caminhar no sentido de aproximar a representação parlamentar dos anseios da população, hoje separada por quilométrico fosso.

------------------------------------------------------------------------

Maurício Costa Romão, é Ph.D. em economia. 

Alexandre Revoredo faz show no Reveillon de Garanhuns



O músico e compositor garanhuense Alexandre Revoredo, fará o show da virada no Natal Luz em Garanhuns. O show intitulado "SambAmanhã" trará canções de várias fases da carreira do artista, incluindo suas próprias composições. 

Passeando pelo samba, reggae, ska, pop e mpb, o artista fará um show diversificado e dançante preparado exclusivamente para celebrar o ano novo. Além de estar acompanhado por sua banda, a apresentação de Alexandre Revoredo contará ainda com alguns convidados especiais. 

O show "SambAmanhã" acontecerá dia 31 de dezembro, começando as 21:30h, no palco em frente a prefeitura municipal.

Mensagem de ano novo 2015


NOVOS SECRETÁRIOS: Lista Oficial do futuro Governo Paulo Câmara em Pernambuco




Chefe da Assessoria Especial – Renato Thiebaut

Chefe da Casa Militar – Coronel Mário Cavalcanti

Chefe de Gabinete de Projetos Estratégicos – José Francisco Neto

Chefe de Gabinete do Governador – Ruy Bezerra

Controladoria Geral do Estado – Rodrigo Amaro

Líder do Governo na ALEPE – Waldemar Borges

Procuradoria-Geral do Estado – Antônio César Caúlla Reis

Secretaria da Casa Civil – Antônio Figueira

Secretaria da Fazenda – Marcio Stefani

Secretaria da Mulher – Silvia Cordeiro

Secretaria de Administração – Milton Coelho

Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária – Nilton Mota

Secretaria de Cidades – André de Paula

Secretaria de Ciência e Tecnologia – Lucia Melo

Secretaria de Cultura – Marcelino Granja

Secretaria de Defesa Social – Alessandro Carvalho

Secretaria de Desenvolvimento Econômico – Thiago Norões

Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude – Isaltino Nascimento

Secretaria de Educação – Fred Amâncio

Secretaria de Habitação – Marco Batista

Secretaria de Imprensa – Ennio Benning

Secretaria de Justiça e Direitos Humanos – Pedro Eurico

Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade – Sérgio Xavier

Secretaria de Micro e Pequena Empresa, Qualificação e Trabalho – Evandro Avelar

Secretaria de Planejamento e Gestão – Danilo Cabral

Secretaria de Relações Institucionais – André Campos

Secretaria de Saúde – José Iran Costa Júnior

Secretaria de Transportes – Sebastião Oliveira

Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer – Felipe Carreras

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.