GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

POUSADA DA PAIXÃO - CLIQUE E CONHEÇA!

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Paixão de Nova Jerusalém terá novo ator no papel de Jesus Cristo





A próxima temporada da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, que será realizada de 28 de março a 4 de abril de 2015, trará duas grandes novidades. Uma delas é que o papel principal, Jesus, será interpretado pelo ator Igor Rickli, que foi destaque como Alberto na novela global Flor do Caribe e viveu o papel de Cristo no musical "Jesus Cristo Superstar", a consagrada ópera-rock da Broadway, que foi montada, este ano, em São Paulo. A outra novidade é que o ator pernambucano José Barbosa, que durante três anos foi o Jesus de Nova Jerusalém, viverá no próximo ano o papel de Judas, um dos antagonistas do seu personagem anterior.

“Estou saindo da cruz para a forca”, brinca Barbosa que afirma estar muito animado com a oportunidade de viver um personagem com características bem diferentes do vivido anteriormente. “Cumpri minha missão de interpretar Jesus por três anos e agora fui agraciado com o presente de poder viver Judas, um papel que sempre tive vontade de fazer. Será um dos maiores desafios da minha carreira, mas gosto muito de desafios”, afirmou. O papel de Judas, que ano passado foi vivido pelo ator pernambucano Eduardo Japiassu, foi interpretado em 2012 pelo global Caco Ciocler.

Já o ator paranaense Igor Rickli, vem de uma temporada de sucesso como personagem principal da ópera-rock Jesus Cristo Superstar, tendo sido muito bem avaliado pela crítica. “Esbanjando carisma e talento, é Igor Rickli quem deixa a sua marca registrada no teatro com louvor interpretando um Jesus Cristo de uma forma intensa e visceral”, afirmou o jornal Folha de São Paulo.

IVAN RODRIGUES: Má vontade do Governo do PT levou três anos para autorizar cursos da FAMEG em Garanhuns



Caro Ronaldo,

No ato do Sr. Ministro da Educação DE FEVEREIRO DE 2015, publicado em seu blog, que referenda o Parecer do Conselho Federal de Educação, DESDE 2012, favorável ao funcionamento de três cursos superiores na FAMEG, é prova insofismável de que esse processo foi engavetado durante quase 3 (três) anos no Gabinete do Ministro, ou Deus sabe aonde! 

A má vontade dos Governos de Lula e Dilma contra a FAMEG (ou contra Garanhuns) á tão absolutamente manifesta, que não adiantou o tremendo e reconhecido esforço do Deputado Fernando Ferro para removê-la, mesmo na sua condição de correligionário do PT.

Se o processo dos outros cursos levaram três anos para receber a homologação do Ministro, deduz-se que o curso de Medicina da FAMEG está procrastinado até o infinito. 

O boicote está comprovado. Resta descobrir quem está por trás disso e não é possível que um dia não se descubra. 

Abraços de Ivan Rodrigues

PROGRAMAÇÃO CINE ELDORADO GARANHUNS: 50 Tons de Cinza - Assista ao trailler!




Em menos de uma semana, o filme 50 Tons de Cinza, thriller erótico baseado no livro homônimo, um best-seller internacional, vem colecionando recordes. Um deles, excluindo os EUA, o filme registrou faturamento de US$ 158 milhões em cinemas do mundo todo, batendo "The Matrix Revolutions", que detinha com US$ 117 milhões, a marca de maior estreia de filmes com conteúdo adulto.

Isso também coloca o filme como o segundo maior lançamento internacional do estúdio Universal, perdendo apenas para "Velozes e Furiosos 6", com US$ 160,3 milhões.

Combinando com o que o longa de Sam Taylor-Johson lucrou nos Estados Unidos, "50 Tons" chega à impressionante cifra de US$ 239,7 milhões - muito acima dos US$ 40 milhões que custou para ser feito. Um lucro muito acima da média, e olha que a película só foi lançada no dia 12 de fevereiro, ou seja, ainda vai rodar bastante.

O Brasil figura como um dos países no qual o filme mais lucrou, com US$ 8,9 milhões, atrás de EUA, Reino Unido, Alemanha e Rússia.

Em Garanhuns, 50 Tons de Cinza está sendo exibido no Cine Eldorado, dublado e legendado, com censura 16 anos.

Agora assista ao trailler.


Confira a programação completa do Cine Eldorado clicando aqui.

FESTIVAL VIVA DOMINGUINHOS terá Flávio José, Dorgival Dantas, Santanna, Waldonys, Alcymar, Maciel Melo, Petrúcio...

Discípulo do Mestre, Waldonys volta a tocar no Festival Viva Dominguinhos

A Prefeitura de Garanhuns aproveitou o público do Jazz Festival para anunciar algumas das atrações que comporão a programação do Festival Viva Dominguinhos, que acontece no feriadão de 30 de abril, 1 e 2 de maio. E que programação!

Nomes consagrados da música nordestina como Flávio José, Alcymar Monteiro, Maciel Melo, Petrúcio Amorim, Dorgival Dantas, Santanna e Waldonys estarão em Garanhuns para homenagear o Mestre.

Apresentador do Garanhuns Jazz, o radialista Eduardo Peixoto informou artistas de Garanhuns que estarão no Viva Dominguinhos, como Kiara Ribeiro e Nando Azevedo.

Com o sucesso surpreendente do Viva Dominguinhos 2014, com grande programação e excelente público, que curtiu três dias com o autêntico forró, numa verdadeira reverência à música criada por Gonzaga e defendida pelos seus súditos, a responsabilidade de fazer um evento ainda maior em 2015 foi grande, mas a ver a programação, o Festival tem tudo para superar o do ano passado.

O Festival é uma das grandes criações culturais no estado de Pernambuco nos últimos tempos!

REFORMA POLÍTICA: O que pensam os deputados escolhidos para a Comissão?



Dos 34 deputados titulares integrantes da recém-instalada comissão especial sobre a reforma política, pelo menos 23 são favoráveis ao fim da reeleição do Presidente da República, dos governadores e dos prefeitos. A maioria (22) também é favorável à coincidência da data das eleições, conforme enquete realizada pela Agência Câmara, que mostra a tendência anterior ao início dos debates da comissão. Responderam ao questionário 28 dos 34 membros titulares.

O fim da reeleição e a coincidência das eleições municipais com as eleições estaduais e federal a partir de 2018 estão previstos na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 352/13, que será a base do início dos debates da comissão especial. “Acredito que o fim da reeleição é um ponto de convergência de quase todos os parlamentares”, opina o deputado Victor Mendes (PV-MA).

O deputado Henrique Fontana (PT-RS), que foi relator da reforma política na legislatura passada, destaca que só é a favor do fim da reeleição se forem instituídos mandatos mais longos, de cinco anos. Sobre a coincidência das eleições, Fontana observa que é a favor de que todos os pleitos sejam realizados no mesmo ano, mas não no mesmo dia. “Por exemplo, as eleições municipais poderiam ocorrer no início de agosto, e no início de outubro poderia haver a eleição presidencial”, afirma.

Favoráveis ao fim da reeleição, o líder do Solidariedade, Arthur Maia (BA), e os deputados Benito Gama (PTB-BA) e Milton Monti (PR-SP) também defendem mandatos mais longos, de cinco anos. Monti é a favor da realização de eleições em uma data única: “Desse modo, certamente teríamos possibilidades de desenvolver um trabalho melhor, seria mais útil para o Brasil. Hoje, na época da eleição, o governo e o Congresso Nacional param, as forças políticas acabam se voltando para as campanhas.”

O deputado Antonio Bulhões (PRB-SP), por sua vez, é contra o fim da reeleição.

Coincidência das eleições

Os deputados Chico Alencar (Psol-RJ), Esperidião Amin (PP-SC), Indio da Costa (PSD-RJ) e Valtenir Pereira (Pros-MT), por exemplo, são contra a coincidência das eleições. “A eleição de dois em dois anos é importante porque o debate é frequente”, argumenta Pereira. “Acho saudável, apenas separando as datas da eleição para cargos do Poder Executivo e para o Parlamento.”

Na visão do deputado do Pros, da forma como é hoje – eleições para o Congresso Nacional e para presidente e governadores na mesma data –, “os legislativos são coadjuvantes em suas propostas” e “o protagonismo fica com os cargos do Executivo”.

Já o deputado Rubens Otoni (PT-GO) acredita que esses dois pontos – fim da reeleição e coincidência das eleições – são temas menores na discussão da reforma política. “Tenho abertura para discutir essas propostas, desde que o debate inclua temas mais importantes e estruturantes, como o financiamento das campanhas”, ressalta.

Fim do voto obrigatório

A PEC 352/13, apresentada por um grupo de trabalho da Câmara, também prevê o fim do voto obrigatório, instituindo o voto facultativo. Esse ponto é rejeitado por 15 integrantes da comissão especial, como os petistas Rubens Otoni e Henrique Fontana; os deputados do PP Espiridião Amin e Renato Molling (RS); e Marcelo Castro (PMDB-PI), que acreditam que o voto deve continuar sendo uma obrigação do cidadão.

“Por enquanto, o País não está preparado para o voto facultativo; ainda precisamos melhorar o ensino, a nossa cultura”, argumenta Molling. “O voto obrigatório ainda faz parte de mecanismos importantes para fortalecer a democracia, a participação popular no debate das propostas”, reitera Otoni.

Enquanto deputados como Marcus Pestana (PSDB-MG), Silvio Torres (PSDB-SP), Leonardo Picciani (PMDB-RJ) e Moema Gramacho (PT-BA) são a favor do voto facultativo, outros têm dúvida em relação a esse ponto da proposta, como Benito Gama (PTB-BA), Chico Alencar e Tadeu Alencar (PSB-PE). “A discussão ainda merece um aprofundamento”, opina Tadeu Alencar.

Já o deputado Edmar Arruda (PSC-PR) é favorável ao fim do voto obrigatório, mas não para a próxima eleição, apenas a partir de 2020 ou 2022.

http://www.folhavitoria.com.br/

Maracatus e homenagem a Eduardo Campos marcam segunda-feira de Carnaval‏




O colorido, a animação, o brilho e a beleza dos maracatus do Estado deram o tom da "maratona carnavalesca" do governador Paulo Câmara nesta segunda-feira (16). Com início na Mata Norte, no município de Nazaré da Mata, e passagem pela Cidade Tabajara, em Olinda, a comitiva do Governo do Estado prestigiou dois dos principais polos de preservação dessa tradição. Paulo estava acompanhado de secretários, a exemplo de Marcelino Granja, da pasta de cultura, e Felipe Carreras, da Empetur.

O dia começou no tradicional encontro de Maracatus Rurais, na Praça Papa João XXIII, em Nazaré da Mata. A segunda parada do governador foi na Praça Ilumiara Zumbi, na Tabajara, quando ele acompanhou as evoluções de caboclos de lança com seus chocalhos e golas coloridas, durante o 25º Encontro Estadual de Maracatus do Baque Solto. 

De lá, Paulo seguiu para Casa da Rabeca onde recebeu, em nome da ex-primeira-dama Renata Campos, uma homenagem da família Salu ao ex-governador Eduardo Campos. Com fotos de Eduardo no espaço, o quadro trazia a frase: "A saudade só não será maior que a gratidão".

"Além de ter sido o melhor governador que Pernambuco já teve, Eduardo era um grande carnavalesco. Uma pessoa que sempre preservou as raízes da nossa cultura, do nosso Estado. Sempre buscou fazer do Carnaval um grande patrimônio cultural. Fico muito em feliz em sucedê-lo, e, ao mesmo tempo, manter viva toda essa crença que ele tinha no nosso Carnaval. Vamos trabalhar cada vez mais para que Pernambuco continue tendo o Carnaval da paz", destacou Paulo Câmara.

O governador também ressaltou a riqueza e a força do Maracatu, reiterando seu compromisso de "manter viva" a tradição que atravessa gerações. "Da parte do Governo do Estado isso será uma ação presente não apenas no Carnaval, mas durante todo o ano, nas nossas escolas, eventos e a partir de iniciativas das secretarias de Cultura e Turismo, Esportes e Lazer", assegurou Câmara.

Em Nazaré da Mata, o governador ainda foi presenteado com duas golas de Maracatu, uma delas adornada com as cores da bandeira de Pernambuco. 

Nesta segunda o governador ainda visitou os municípios de Paudalho e Chã de Alegria, também na Mata Norte.

Fotos: Roberto Pereira/SEI

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.