GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CLIQUE E SAIBA MUITO MAIS

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

sexta-feira, 6 de março de 2015

Polêmica sobre o Exército da Igreja Universal - OS GLADIADORES DO ALTAR



Texto: Carta Capital

Em fevereiro deste ano, a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) do Ceará divulgou em sua página nas redes sociais um vídeo preocupante. Nas imagens, jovens uniformizados adentram o templo em meio ao culto marchando em formação militar, e, ao ouvir o comando “atenção gladiadores!” de um superior, batem continência e ficam em silêncio. O que se vê no vídeo é a mais nova organização formada dentro da IURD, os "Gladiadores do Altar", que segundo a própria igreja “visa formar jovens disciplinados e altamente preparados para enfrentar os desafios diários de ganhar almas e fazer discípulos”. 

O vídeo polêmico, no entanto, não mostra uma singularidade da filial da IURD no Ceará, mas a expressão de uma nova política internacional da instituição. Vídeos similares podem ser vistos em igrejas da Universal na Colômbia e Argentina, por exemplo.

Jean Wyllys

Chocado, o Deputado Federal Jean Wyllys (PSol-RJ) postou o vídeo em sua página no Facebook criticou a organização como expressão do fundamentalismo religioso no Brasil, “articulado profundamente à lógica de mercado e promovido por estratégias publicitárias que interpelam as pessoas a partir de preconceitos históricos”.

“O fundamentalismo cristão no Brasil tem ameaçado as liberdades individuais, a diversidade sexual e as manifestações culturais laicas. Agora ele está formando uma milícia que, por enquanto, atende pelo nome de "Gladiadores do Altar". Quando atentaremos de verdade para o monstro que emerge da lagoa? Quando começarem a executar os ‘infiéis’ e ateus e empurrar os homossexuais de torres altas como vem fazendo o fundamentalismo islâmico no Oriente Médio?”, afirmou.

A IGREJA UNIVERSAL SE MANIFESTOU

Na terça-feira (03), a Igreja Universal do Reino de Deus se pronunciou pela primeira vez sobre a polêmica envolvendo o controverso projeto Gladiadores do Altar. Um texto publicado no site oficial da instituição diz que ele foi alvo de "interpretações absurdas" de usuários de redes sociais, portais de internet e políticos e alega que o deputado federal Jean Wyllys "uniu ódio à burrice motivada" para avaliá-lo erroneamente. 

"Nas últimas horas, circulam em alguns portais e por redes sociais interpretações absurdas sobre o projeto Gladiadores do Altar (...). O deputado federal Wyllys, que iniciou cruzada pessoal pela Internet contra os Gladiadores do Altar, havia afirmado em seu perfil na rede social Instagram, há duas semanas: 'A burrice motivada é a falta de vida com pensamento; a burrice motivada e o ódio são, quando combinados, o fascismo e estão fazendo emergir o pior das pessoas nas redes sociais digitais e fora delas'. Ao tecer o comentário sobre os Gladiadores, ele contradisse sua própria afirmação, unindo seu ódio à burrice motivada e fez uma avaliação sobre um projeto do qual nada sabe a respeito e sequer procurou saber antes de publicar tal injúria", diz a publicação, intitulada Universal responde ataque de deputado federal. 

A polêmica começou no último dia 15 de fevereiro, quando a Igreja Universal do Ceará compartilhou um vídeo, em seu perfil do Facebook, que mostra uma das apresentações dos participantes do projeto. Na gravação, homens uniformizados de verde e preto marcham em fila até se posicionarem lado a lado em posição de sentido. Todos batem continência. Quando o "comandante" à frente se pronuncia, os "gladiadores" repetem suas palavras. Nos dias seguintes, internautas compararam as cenas com ações de grupos religiosos radicais, como, por exemplo, o Estado Islâmico. 

"O vídeo é chocante (ao menos para mim). O fundamentalismo cristão no Brasil tem ameaçado as liberdades individuais, a diversidade sexual e as manifestações culturais laicas. Agora ele está formando uma milícia que, por enquanto, atende pelo nome de 'gladiadores do altar'. Quando atentaremos de verdade para o monstro que emerge da lagoa? Quando começarem a executar os 'infiéis' e ateus e empurrar os homossexuais de torres altas como vem fazendo o fundamentalismo islâmico no Oriente Médio? Não é porque tem a palavra 'cristão' na expressão que o fundamentalismo cristão deixa de ser perigoso e não fará o que já faz o fundamentalismo islâmico", escreveu Wyllys em suas redes. 

Para a instituição, no entanto, "buscar uma motivação violenta ou condenável em jovens uniformizados que marcham e cantam unidos em igrejas" é "absurdo". A "analogia militar", para ela, pode ser usada "de forma positiva e pacífica". A IURD alegou ainda que o projeto funciona desde janeiro deste ano e serve para "orientação e formação de jovens vocacionados para a propagação da Fé Cristã".

OLINDA: Quadro para as eleições de 2016 começa a se desenhar

Marcelino Granja com Luciana Santos
Olinda mostrou na última campanha que procura novos quadros. Políticos como o Profº Lupércio supreenderam nas urnas, provavelmente reflexo de críticas à gestão municipal, do prefeito Renildo Calheiros (PCdoB). Os eleitores tendem a buscar a novidade.

Havia um acordo, ou há um acordo, entre o PCdoB e o PT, com os comunistas indicando a cabeça da chapa, tem sido assim desde Luciana Santos, entretanto, com o PT fora da administração do Recife e a desaprovação momentânea à administração de Renildo, os petistas estão pensando seriamente em apresentar candidato, seria Teresa Leitão, atual presidente estadual do partido. O Blog Olinda Hoje chega a insinuar que as conversas para isto já começaram, e teriam o apoio do PDT, com a indicação de Paulo Rubem, ex-petista, para a vice de Teresa. Paulo já foi candidato em Jaboatão, e já teve domicílio em Recife. Teria que mudar para entrar em Olinda. A chapa teria o apoio do PTB.

O PMDB tem dois nomes se movimentando: Izabel Urquiza (filha de Jacilda, ex-prefeita) e o deputado Ricardo Costa, que aliás, foi meio que forçado a retirar a candidatura na última eleição de prefeito para garantir a reeleição de Renildo. Izabel foi o principal nome da oposição contra Renildo na última eleição. Numa possível chapa com Ricardo Costa, comenta-se, o Prof. Lupércio poderia estar na vice.

Uma figura central deste processo ainda não se pronunciou, a Deputada Federal Luciana Santos, que será a Presidente Nacional do PCdoB, prefeita duas vezes de Olinda e que tem na cidade sua principal atuação política. O partido tem ainda o vice-prefeito de Recife, Luciano Siqueira e o Secretário de Cultura de Pernambuco, Marcelino Granja.

Olinda está assim. Entre a renovação de lideranças e olhar de lideranças partidárias, pela conquista da Prefeitura Municipal.

Conversamos um dia desses com o ex-Secretário de Imprensa de Pernambuco, Ivan Maurício, e ele acredita que a cidade procura novos nomes no cenário político local.

Olinda deve ter segundo turno.

SEBRAE VOLTA ATRÁS e libera Gerlane para Turismo de Garanhuns

Gerlane em reunião de ajustes do Garanhuns Jazz Festival

Em um desencontro administrativo não muito bem explicado, tivemos no início da noite desta quinta-feira (05) o anúncio oficial por parte da prefeitura, que a Secretária de Turismo, Gerlane Melo, estava deixando a função e voltando para o SEBRAE, de onde é funcionária.

Não foi esclarecido o motivo repentino da saída, deixando margem para que a população, e principalmente as pessoas envolvidas no trade turístico local, buscassem mais informações, gerando todo tipo de dúvidas. A própria forma como aconteceu gerou estas indagações. Foi de fato repentino, como fruto de uma decisão pessoal, dela ou do gestor.

Na manhã desta sexta-feira (06), Gerlane retornou ao trabalho normalmente, tendo alguns comunicadores, em rádios e blogs, antecipado que a secretária retornara ao trabalho.

Somente no inicio desta tarde, em nova Nota Oficial, o governo anuncia que Gerlane continua, pois o SEBRAE prorrogou sua licença por mais um ano.

Então, havia sido o SEBRAE que pediu a servidora de volta? Se poderia pedir a prorrogação de sua cessão, porque não se providenciou isto antes do anúncio de sua exoneração? Fica uma sensação de mal explicado ou mal resolvido.

Mas, vida que segue. Gerlane tem crédito e faz um bom trabalho coordenando importantes eventos com impacto turístico, vai dar continuidade ao trabalho.

Marcha das Mulheres Negras em Garanhuns





Nesta sexta-feira (06) será lançado, em Garanhuns, o Comitê Impulsor de Pernambuco da Marcha das Mulheres Negras. O momento será realizado no auditório da Comissão de Desenvolvimento do Agreste Meridional (Codeam), localizada na rua Capitão Pedro Rodrigues, n°920, no bairro Magano, a partir das 19h. O objetivo do comitê é divulgar a marcha das mulheres negras em busca do bem viver e contra o racismo e a violência, bem como fortalecer a luta das mulheres negras em Pernambuco. O momento segue até às 21h30.

O lançamento do comitê, que é aberto ao público, contará com a participação dos alunos dos cursos de História e Psicologia da Universidade de Pernambuco (UPE) e de comunidades negras de Garanhuns. Na ocasião, a presidente do Comitê das Mulheres Negras do Estado de Pernambuco, Piedade Marques, irá ministrar uma palestra sobre gênero, raça e etnia, com o tema ‘O protagonismo da mulher negra da história’. O secretário da Juventude de Garanhuns, Pedro Passos, acredita que a iniciativa será um marco no Estado. “Esse evento irá contribuir para o fim do racismo das mulheres negras de Pernambuco, é mais uma ação positiva”, comenta.

“O comitê tem a finalidade de chamar a atenção das mulheres negras no Brasil, expor as suas lutas e suas conquistas em nossa sociedade”, comenta a secretária da Mulher, Eliane Villar. No dia 18 de novembro deste ano, os comitês que estão sendo formados em todo o país irão se reunir em Brasília (DF), para que essas mulheres sejam ouvidas pela presidência da República.

SECOM GARANHUNS

FETAPE: Trabalhadores Rurais repudiam Medidas do Governo que restringem Direitos Previdenciários e Trabalhistas



A Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Pernambuco (FETAPE), por meio do seu Conselho Deliberativo, vem, a público, posicionar-se contrária aos termos das Medidas Provisórias nºs 664 e 665/2014, que restringem direitos trabalhistas e previdenciários dos trabalhadores e das trabalhadoras, em especial os rurais, que laboram sob precárias relações de trabalho, ao modificarem as regras de acesso a direitos históricos, como a pensão por morte, o abono salarial, o seguro defeso e seguro desemprego.

Causa estranheza que em um governo popular, tais medidas tenham sido publicadas no dia 30 de dezembro de 2014, sem qualquer consulta ou discussão com a sociedade brasileira, em especial com as entidades sindicais, visando impedir o seu debate, face à natural desmobilização de toda a sociedade, por causa dos festejos de virada de ano.

Logo após uma campanha presidencial espantosamente acirrada, em que a questão da manutenção dos direitos previdenciários e trabalhistas esteve no foco dos debates, com um claro e inequívoco posicionamento da candidata Dilma Rousseff de que não mexeria nos direitos sociais dos trabalhadores e trabalhadoras para o enfrentamento da conjuntura econômica, as medidas tomadas configuram um retrocesso e geram desconfiança quanto aos compromissos assumidos em campanha, prenunciando que, como sempre aconteceu, o governo exigirá que os trabalhadores e trabalhadoras “paguem a conta” das dificuldades econômicas, mantendo inalterados os elevados ganhos e lucros da classe dominante.

O Movimento Sindical dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais (CONTAG, FETAGs e STRs) sempre se dispôs ao diálogo para tratar dos problemas que envolvem as políticas da Seguridade Social e sempre se colocou firmemente contrário a toda e qualquer forma de fraude ou irregularidade, as quais, ao final, acabam trazendo graves prejuízos ao conjunto dos trabalhadores e das trabalhadoras, que dependem diretamente dessas políticas, nos momentos em que se encontram em situação de extrema vulnerabilidade. Para esta Federação, essas medidas provisórias tendem a agravar os problemas sociais, ao invés de resolvê-los.

Esperamos assim, que os nossos representantes na Câmara e no Senado rejeitem tais medidas, provocando um Fórum de Debate, com a participação das entidades representativas, viabilizando imediatamente a revisão das medidas tomadas, para que os trabalhadores e trabalhadoras não sejam prejudicados nos seus direitos previdenciários e trabalhistas.

Conselho Deliberativo da Fetape

Prêmio ao Mãe Coruja é reconhecimento internacional das políticas sociais do Governo de Pernambuco‏




Crédito: Ennio Benning / PCP Imprensa

Pachuca de Soto (MÉXICO) – O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, destacou hoje (05.03.15) o papel dos programas sociais promovidos pelo Governo do Estado para melhorar a vida daqueles que mais precisam, durante a 3ª Conferência Interamericana sobre Experiências Inovadoras em Gestão Pública Efetiva. Na ocasião, o Programa Mãe Coruja recebeu o prêmio “Qualidade de Políticas Públicas”. O programa pernambucano concorreu com 74 postulações distintas de 13 países membros da Organização dos Estados Americanos (OEA).

“Este é o reconhecimento de uma política que vem, ano a ano, incansavelmente, tratando da primeira infância, da gestação, visando reduzir a mortalidade infantil e também preparar as mães e as crianças para um futuro melhor. Pernambuco tem conseguido com políticas sociais melhorar a qualidade de vida do seu povo”, argumentou Paulo Câmara.

De acordo com o governador de Pernambuco, o Programa Mãe Coruja tem cumprido o seu papel, que é reduzir a mortalidade infantil e “dar perspectivas, cada vez maior, tanto para as mães quanto para as crianças, de poder nascer, viver, morar, estudar e ser feliz no nosso Estado”. Atualmente, o programa tem 132.872 mulheres cadastradas e 72.649 mil crianças acompanhadas.

Coube à médica e coordenadora do Programa Mãe Coruja, Bebeth de Andrade Lima, apresentar a iniciativa aos participantes da Conferência da OEA. “Este não é um programa de Governo. É um programa de Estado”, disse Bebeth, que detalhou as conquistas do Mãe Coruja e também como uma funciona a gestão descentralizada e integrada do programa.

“Temos uma preocupação grande em construir uma sociedade mais afetiva, com menos violência”, defendeu a coordenadora. Ela destacou que Pernambuco foi o Estado do Brasil que mais reduziu a mortalidade infantil nos últimos anos.

Bebeth lembrou ainda que o ex-governador Eduardo Campos foi quem criou o programa na sua primeira gestão (2007-2010), ressaltando a preocupação que ele tinha em não desistir do desafio de aproximar a gestão pública das pessoas. “Como dizia Eduardo, com esse programa a gente inaugura vida na vida das pessoas”, concluiu.

A médica e coordenadora do Mãe Coruja,
Bebeth Andrade Lima, faz a apresentação do programa
Este foi o segundo prêmio internacional do Programa Mãe Coruja, que já havia sido reconhecido como “Prática de excelência no serviço público” pelas Organizações das Nações Unidas (ONU).

Acompanharam a premiação do Programa Mãe Coruja, a primeira-dama de Pernambuco, Ana Luiza Câmara, os secretários Danilo Cabral (Planejamento e Gestão), José Neto (Assessoria Especial) e Ennio Benning (Imprensa).

Nesta sexta-feira (06.03.2015), o governador Paulo Câmara terá audiência com o diretor de Operações do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Miguel Coronado.

SAIBA MAIS SOBRE O PROGRAMA

Câmara de Garanhuns realiza Sessão Solene pelo Dia da Mulher e Aniversário de Garanhuns



A Câmara Municipal de Garanhuns nos envia o convite da Sessão Solene em homenagem aos 204 anos de Garanhuns e do Dia Internacional das Mulheres.

Prestigiem!

FIES: Estudantes se revoltam com cortes do Governo Federal

Cadê aquele governo maravilhoso da campanha eleitoral? Os repasses do Pronatec estão atrasados. O custo do trabalhador vai aumentar para as empresas com a oneração da folha, e agora o FIES, que coloca milhares de estudantes nas instituições de ensino superior, está sendo limitado.

Menos formações técnicas. Menos empregos. Menos estudantes nas faculdades...

Ah! Mudaram as regras da previdência também. Menos gente amparada.

Será que adianta ainda ficar culpando um governo de 12 anos atrás, se todos estes problemas são do presente, e chegamos a este ponto por desgoverno, segundo críticas de quem está no governo, como o próprio Ministro da Fazendo, Joaquim Levy, que disse que a desoneração da folha (de salários) foi um brincadeira do ministro anterior, mas do mesmo governo, da mesma presidenta?

Olha só o texto de um estudante no facebook:


Revoltado...

O texto abaixo está em pauta no site de uma faculdade particular, no estado de Pernambuco, para alunos que pleiteiam o FIES:

"O Governo abriu o sistema de inscrição do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) no dia 23 de fevereiro de 2015, todavia, diferente de anos anteriores, o Governo implementou alterações que acarretarão na redução de novos contratos, emitidos para alunos que ainda não tinham benefício.

É importante salientar que a Devry Brasil oferece vagas ilimitadas, as quais estão sujeitas à aprovação do MEC. Porém, o Governo anunciou mudanças repentinas nas regras de aprovação do FIES, pegando todas as instituições de ensino privadas desprevenidas, já que não houve nenhuma comunicação oficial a respeito.

Em algumas de nossas instituições, por exemplo, já estamos recebendo mensagem de que o número de novos contratos já estaria excedido, por decisão do MEC. Diante desse cenário de incertezas que estamos vivenciando, nós nos solidarizamos com nossos alunos e os estudantes de todas as instituições de ensino privadas do Brasil"

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.