GOVERNO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

sábado, 7 de março de 2015

DORGIVAL DANTAS CONFIRMA SHOW NO FESTIVAL VIVA DOMINGUINHOS EM GARANHUNS



Divulgamos aqui em primeira mão a relação dos forrozeiros que devem fazer parte da programação do Festival Viva Dominguinhos (relembre aqui), e um deles acaba de postar em sua agenda o seu show em Garanhuns.

Dorgival Dantas apresentará seu show em Garanhuns/PE, no dia 2 de Maio de 2015, sábado. Com seu estilo que une a música jovem e a raiz dos grandes sanfoneiros, o filho do Rio Grande do Norte tem tudo para fazer um dos grandes shows do Festival Viva Dominguinhos.
  • ShowDorgival Dantas
  • Cidade: Garanhuns / PE
  • Data: 



Fernando Bezerra Coelho defende reforma política com cláusula de barreira e fim das coligações proporcionais‏



O Senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) defendeu nesta quinta (05) uma reforma política capaz de fortalecer a democracia brasileira e diminuir os casos de corrupção. Fernando afirmou ser favorável a itens como o fim da reeleição para o executivo, a coincidência do calendário eleitoral, cláusula de barreira, fim das coligações proporcionais e do financiamento de campanha por empresas. O senador defende financiamento público, com abertura apenas para as doações de pessoas físicas, desde que seja estabelecido um teto por CPF.

“Sou favorável ao financiamento público, com cotas estabelecidas por legenda e fiscalização de órgãos de controle externo, como Ministério Público e Tribunais de Contas. Porém, só devem ter acesso aos fundos partidários e ao tempo de rádio e TV, as legendas que cumprirem a cláusula de desempenho. Caso contrário, vamos continuar assistindo as eleições sendo transformada num imenso balcão de negócios”, afirmou.

A cláusula de barreira defendida por Fernando prevê direito de representação apenas as legendas que conquistarem, ao menos, 5% dos votos. Atualmente o Brasil conta com 32 partidos inscritos no Tribunal Superior Eleitoral, 28 deles com representação no parlamento. Fernando destacou que a democracia participativa deve ser reforçada no Brasil, com a realização de mais plebiscitos e referendos para ouvir a sociedade em temas de grande interesse popular. “Tenho a esperança sincera de que, neste ano de 2015, a reforma política – sempre tão propalada no passado – finalmente se concretize. Quero crer que esta discussão não se encerre daqui a poucos meses, sem resultados concretos, ou com frutos tímidos”, finalizou.

CRISE NO BRASIL: Governo Dilma pede ajuda a Fernando Henrique

O PT tratou Fernando Henrique como adversário e se aliou a Sarney e Collor


Da Folha de S.Paulo – Cátia Seabra

Assediado por governistas, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso tem admitido a aliados a hipótese de uma aproximação com a presidente Dilma Rousseff em busca de uma saída para a crise política e econômica.

Segundo a Folha apurou, FHC tem se reunido com petistas e interlocutores do Planalto e discutido os efeitos da Operação Lava Jato, que investiga o esquema de corrupção na Petrobras.

A movimentação é acompanhada e avalizada por Dilma e pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. FHC já avisou, no entanto, que só se manifestará após o dia 15, quando estão programados protestos pelo impeachment da presidente.

A posição de FHC dependerá do impacto das manifestações e da eficiência da abordagem dos petistas.

Como revelou a coluna Mônica Bergamo, da Folha, o empurrão para uma espécie de pacto viria de setores empresariais preocupados com a deterioração da situação do país. "Ele não quer que o circo pegue fogo, porque todo mundo se queima", explica o ex-ministro e vereador Andrea Matarazzo (PSDB-SP).

Procurado pela Folha, FHC afirmou, por intermédio de um amigo, que "conversa com todo mundo, mas não recebeu emissários do Planalto".

A articulação rumo a um pacto enfrenta resistência tanto no PT como no PSDB. Apesar da disposição de dialogar, o próprio FHC não esconde suas mágoas, especialmente com Lula. "Fernando Henrique acha que em algum momento vai ter que pactuar. Mas diz que Lula insiste no 'nós contra eles'.
.
AGORA COMIGO: A verdade é que o Governo Dilma perdeu o controle da economia, perdeu o Congresso Nacional, o Petrolão bate na porta do Palácio, a mídia mostra os desarranjos do governo, a aprovação popular despenca e Dilma vive seu pior momento, e pode descambar ladeira abaixo até o impeachment... Entretanto, a quem interessa o impeachment se entregar o país ao PMDB de Temer, Renan e Cunha?

O problema da conversa é o tipo de política que o PT fez nos últimos anos, jogando nas costas do PSDB e de FHC tudo de ruim que aconteceu no Brasil, e aliando a Sarney e Collor, que foram governantes que trouxeram instabilidade política e econômica ao país. 

Agora, sem luz no fim do túnel, o PT e o Governo Dilma querem garantir a governabilidade e evitar que o país entre em colapso, e a estabilidade e credibilidade que FHC tem consolidada no país, junto ao empresariado, políticos tradicionais e grande mídia podem gerar um grande pacto para livrar o país de um grande baque.

O PT escolheu FHC como grande adversário, uma espécia de diabo político, e se esqueceu de governar. 

Juros, alta do dólar, perda de direitos sociais, trabalhistas, previdenciários... 

E ainda os dois presidentes das Casas Legislativas doidos para afugentar Dilma do poder...

Não dá mais para tapar o sol com a peneira, e o PT vai ter que conversar. Já chamou o PMDB, mas este não merece confiança. 

Polícias Militar e Civil chamam comunidade para debater segurança pública em Garanhuns. SAIBA MAIS!



Representantes da PM e Polícia Civil em Garanhuns realizaram uma reunião com líderes comunitários e vereadores, no plenário da Casa Legislativa, na última quinta-feira, à tarde.

No encontro o comandante do 9º BPM Ten Cel PM João Emmanuel, o Cap. PM Hudson Moura e o Delegado Regional Marcos Omena apresentaram o papel da Polícia Comunitária em Garanhuns.

As autoridades de segurança defenderam a parceria entre população e a polícia baseado na premissa de que tanto a polícia quanto a comunidade devem trabalhar juntos para identificar, priorizar e resolver os problemas contemporâneos, como crimes, drogas e desordens com o objetivo principal de melhorar a qualidade de vida da comunidade.

Recebemos as informações do vereador Audálio Filho, que esteve presente, onde defendeu as políticas públicas em prol da segurança, destacando o trabalho que vem apresentando no Legislativo Municipal em favor da causa. 

Audálio citou diversos pedido que fez durante seu mandato, às instituições de segurança, para Garanhuns, como a implantação da Delegacia de Polícia Federal, delegacias especializadas: DHPP (Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa) e da GPCA (Gerência de Proteção da Criança e do Adolescente), ampliação do patrulhamento da Rondas nos Bairros e ROCAM, implantação de base estadual da Polícia Comunitária, implantação de Ciclopatrulha, entre outros pedidos.

Veja a NOTA OFICIAL do Senador Humberto Costa sobre seu nome na Lista do Petrolão

Em razão dos desdobramentos, no Supremo Tribunal Federal (STF), dos processos de delação premiada originários da Operação Lava Jato, o senador Humberto Costa (PE), líder do PT no Senado, vem esclarecer o que segue:

1 - que recebeu com surpresa e indignação a inclusão do seu nome entre os dos parlamentares contra os quais a Procuradoria-Geral da República recomendou abertura de inquérito ao STF;

2 - que não tem conhecimento formal, até o presente momento, de quaisquer fatos que lhe tenham sido atribuídos, salvo pelas supostas informações de criminosos vazamentos seletivos oriundos de delações prestadas à Justiça por réus confessos;

3 - que reitera a lisura de sua conduta e de sua vida pública e que todas as doações que recebeu em campanhas eleitorais de que participou foram legais, auditadas, julgadas e aprovadas pela Justiça Eleitoral;

4 - que, há quatro meses, já deixou à disposição do Supremo, do Ministério Público e do Senado Federal, todos os seus sigilos bancário, fiscal e telefônico;

5 - que, aberto o inquérito pelo STF, e diante da injusta exposição a que ficará submetido, espera celeridade do processo e confia no seu consequente arquivamento, em razão de estar certo da insubsistência de qualquer ilação que haja contra ele;

6 - que está pronto a cooperar com todas as etapas de eventuais investigações e diligências, seguro de que, ao fim, a sua inocência será rigorosamente comprovada.

Recife, 6 de março de 2015

Humberto Costa
Senador da República

CÂMARA DOS DEPUTADOS: Quem são os 400 vigaristas que o CID GOMES falou?

Ministro diz que 400 deputados são vigaristas


O então Deputado Federal Luís Inácio Lula da Silva afirmou que a Câmara dos Deputados tinha uns 300 picaretas. Nunca nomeou quem seriam e depois eleito presidente precisou se aliar a quem havia atacado. Depois de colocar a faixa, não bateu mais em Sarney e Collor, os dois presidentes que mais sofreram com a oposição petista. Como foram para a base, defendendo o governo de Lula e Dilma, não ouviram mais as acusações de outrora.

Sobrou para Fernando Henrique, que pela linha de pensamento petista, tornou-se o grande vilão de tudo que acontece ou aconteceu no Brasil. Na verdade, PT e PSDB se tornaram as duas vias de poder, e mais por isto do que pelas ações de governo, o PT precisou fritar a imagem tucana. Todos os outros são cooptáveis e vão aceitar um pedaço do bolo, em vez de buscar a mudança de governo. 

Para bancar a tranquilidade governista, o Executivo sempre abriu o cofre para o Legislativo, para evitar debates mais acalorados e que coloquem em risco as discussões e projetos de interesse do presidente, qualquer que fosse ele. Lula bradou contra isso, foi ali que descobriu os 300 picaretas. 

Mas eleito presidente, profissionalizou o processo. Surgiu o mensalão.

Depois veio Dilma e a continuidade de repasses para a base. Entretanto, a fome voraz dos deputados ( e senadores) sempre aumenta quando governo está em crise. Uma questão de procura e oferta. Tá difícil de achar aliado e governista no mercado que aprove os projetos, tem que abrir o cofre.

Mas nem isso tem funcionado neste momento. O Governo tem perdido votações importantes no Congresso, com medidas provisórias. E até Renan devolveu o projeto de IR. A MP da bengala (que aumenta a idade limite de aposentadoria compulsória dos Ministros do STF) foi aprovada à contragosto da presidenta.

Agora, diante do quadro, o Ministro Cid Gomes afirma (em uma Universidade no Pará) que a Câmara dos Deputados tem 400 Achacadores, que no dicionário quer dizer: Indivíduo que achaca alguém, extorquindo-lhe dinheiro. Ladrão. Vigarista. Autoridade que recebe dinheiro de gatunos.

Uia!

Claro, os deputados não gostaram e convocaram o Ministro para se explicar. Foram 280 votos pela convocação. Agora, Cid tem três alternativas:

1) Excessão da Verdade: O Ministro diz quem são os larápios e achacadores do governo, e prova que estava dizendo a verdade.

2) Pede desculpas aos parlamentares e fica sem moral de dizer mais nada.

3) Bota a culpa na imprensa, e diz que foi mal interpretado. (Como muita gente faz para desdizer e tentar deixar o dito pelo não dito. Foi mal interpretado, fora do contexto, e coisa e tal). rsrsrs

LISTA DOS POLÍTICOS CITADOS NA OPERAÇÃO LAVA-JATO DA PETROBRAS



O ministro do STF Teori Zavascki autorizou, nesta sexta-feira (6), a abertura de inquérito contra 47 políticos para apurar a participação deles no esquema investigado pela operação Lava Jato, que apura irregularidades na Petrobras. Ao todo, políticos de cinco partidos estão na mira da Supremo: PT, PMDB, PSDB, PP e PTB.

Os pedidos de abertura de inquérito foram feitos pela Procuradoria-Geral da República na última terça-feira (3), mas estavam sob sigilo, retirado hoje por Zavascki.

O dinheiro teria sido desviado de contratos superfaturados entre empreiteiras e a estatal e parte desses recursos era repassado a partidos e políticos.


Veja a lista completa:

Vice-governador
João Leão (PP-BA) – vice-governador da Bahia
Senadores
Renan Calheiros (PMDB-AL) – presidente do Senado e do Congresso Nacional
Gleisi Hoffmann (PT-PR) – senadora pelo Paraná e ex-ministra da Casa Civil
Lindbergh Farias (PT-RJ) – senador pelo Rio de Janeiro
Edison Lobão (PMDB-MA) – senador pelo Maranhão e ex-ministro de Minas e Energia
Fernando Collor (PTB-AL) – Senador por Alagoas e ex-presidente da República
Humberto Costa (PT-PE) – Senador por Pernambuco e ex-ministro da Saúde
Ciro Nogueira (PP-PI) – senador pelo Piauí e presidente nacional do PP
Benedito de Lira (PP-AL)
Gladison Cameli (PP-AC)
Romero Jucá (PMDB-RR) – senador por Roraima e ex-líder do governo no Senado
Antonio Anastasia (PSDB-MG)
Valdir Raupp (PMDB-RO)

Deputados
Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – presidente da Câmara e ex-líder do PMDB na Câmara
João Pizzolati – (PP-SC) – deputado federal por Santa Catarina
Simão Sessim (PP-RJ) – deputado federal pelo Rio de Janeiro
Vander Loubet (PT-MS) – deputado federal por Mato Grosso do Sul
Aníbal Gomes (PMDB-CE)
Arthur Lira (PP-AL)
José Otávio Germano (PP-RS)
Luiz Fernando Ramos Faria (PP-MG)
Nelson Meurer (PP-PR) – deputado federal pelo Paraná
Aguinaldo Ribeiro (PP-PB)
Eduardo da Fonte (PP-PE)
Aline Oliveira (PP-SP) – deputada federal por São Paulo
Dilceu João Sperafico (PP-PR)
Jeronimo Goergen (PP-RS)
Sandes Junior (PP-GO)
Alfonso Hamm (PP-RS)
Missionário José Olimpio (PP-SP)
Lázaro Botelho (PP-TO)
Luiz Carlos Heinze (PP-RS)
Renato Delmar Molling (PP-RS)
Roberto Pereira de Britto (PP-BA)
Waldir Maranhão Cardoso (PP-MA)
Roberto Balestra (PP-GO)
José Mentor (PT-SP)
Políticos sem mandato
Mário Negromonte (PP-BA) – ex-ministro das Cidades
Roseanna Sarney (PMDB-MA) – ex-governadora do Maranhão e ex-senadora
Cândido Vaccareza (PT-SP)
Roberto Teixeira (PP-PE)
Luiz Argôlo (SD-BA)
José Linhares (PP-CE)
Pedro Corrêa (PP-PE)
Pedro Henry (PP-MT)
Vilson Luiz Covatti (PP-RS)
Carlos Magno (PP-RO)
João Vaccari Neto (PT-SP)
Outros
Fernando Antonio Falcão Soares - lobista

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.