GOVERNO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNIMED AGRESTE MERIDIONAL

CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA DESTAQUES DO BLOG

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

DIVULGUE SUAS ATIVIDADES NO BLOG DO RONALDO CESAR

sexta-feira, 20 de março de 2015

O DESEJO HOMOERÓTICO NO CONTO BRASILEIRO, livro é lançado em Universidade Federal




Será lançado nesta sexta-feira em Garanhuns, o livro O DESEJO HOMOERÓTICO NO CONTO BRASILEIRO, de Carlos Eduardo Albuquerque Fernandes. O autor aborda a violência contra as minorias sexuais, erotismo, medo, opressão e demais formas de homofobia

Trata-se de um estudo inédito e apurado de crítica literária e cultural, centrado na análise de obras da Literatura Brasileira que tem como personagens principais gays, lésbicas e travestis, evidenciando seus conflitos, desejos e como se forma essa subjetividade na Literatura e na sociedade do período. O lançamento da obra será nesta sexta, dia 20, às 20h, no auditório 03, da Universidade Federal Rural de Pernambuco, em Garanhuns

O livro "O desejo homoerótico no conto brasileiro do Século XX" é fruto da inquietação do jovem crítico literário, Carlos Eduardo Albuquerque Fernandes, em dar visibilidade a obras literárias marginalizadas, buscando promover o debate entre linguagem literária e representação de grupos não-hegemônicos.

De acordo com ele, "não podemos dizer que é uma obra única no tema, mas é o único estudo que se propôs a analisar as configurações das relações homoafetivas na Literatura do século XX", afirmou Carlos Eduardo que é Mestre em Literatura e atua como professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco, em Garanhuns.

Dividido em cinco capítulos, a obra apresenta e analisa questões como subjetividade, violência contra as minorias sexuais, erotismo, medo, opressão, constituição familiar, tais temas sempre articulados com o discurso literário. Um livro para ampliar saberes sobre as configurações do homoerotismo na Literatura e na cultura brasileira.

Na ocasião do lançamento, será ministrada a palestra "Um percurso pela intimidade na narrativa brasileira do século XX" para alunos do curso de Letras. 
Sobre o autor - Carlos Eduardo Albuquerque Fernandes é graduado em Letras e mestre em Literatura pela Universidade Estadual da Paraíba. Atualmente é professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco, na Unidade Acadêmica de Garanhuns.

O professor procura, seja através de sua atividade de crítico literário, seja através da docência, dar visibilidade a obras literárias marginalizadas, promover o debate entre linguagem literária e representação de grupos não-hegemônicos e construir uma educação literária voltada ao currículo multiculturalista com enfoque em temas sobre diversidade sexual e de gênero.

SERVIÇO: 
LANÇAMENTO DO LIVRO “O DESEJO HOMOERÓTICO NO CONTO BRASILEIRO”
DATA: 20 de março de 2015
HORA: 20h
LOCAL: Auditório 03 da Universidade Federal Rural de Pernambuco

OPINIÃO E CRÍTICA: Quebra de confiança


Maurício Costa Romão, especial para o blog

A pesquisa nacional do Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN) dos dias 12 a 15 deste mês de março, em parceria com o LeiaJá e o JC, mostrou um quadro desalentador para a presidente Dilma Rousseff: uma forte reprovação ao seu governo e tremendos danos à sua imagem enquanto pessoa confiável.

Os dados são muito semelhantes aos achados do último levantamento do Datafolha dos dias 16 e 17 de março que, por sua vez, retrata uma acentuada escalada de deterioração da popularidade da presidente em relação à pesquisa do mesmo instituto levada a efeito entre 3 e 5 de fevereiro. 

As razões dessa débâcle são conhecidas: anúncios e/ou implementação de medidas contrariando o discurso de campanha da presidente à reeleição, piora dos ambientes econômico e político do país e desdobramentos da roubalheira da Petrobrás.

De fevereiro para cá a situação se agravou, com notória intensificação das crises econômica, política e ética. Neste turbilhão, o desprestígio da presidente se acentuou, a ponto de a pregação pelo seu impeachment passar a ser corriqueira. 

A pesquisa IPMN (bem com as do Datafolha), publicada hoje no JC e no LeiaJá, põe por terra as assertivas de alguns dos simpatizantes e defensores da presidente de que os panelaços, as vaias, o pessimismo que reina no país, e os movimentos de rua do dia 15, foram instrumentalizados pela “elite branca conservadora” e pelas “classes média alta e rica”, segmentos pertinentes aos “perdedores da eleição”.

Não é o caso. A pesquisa mostra que o descontentamento com o governo da presidente, com sua imagem enquanto pessoa, com o desempenho da economia é generalizado e não adstrito apenas aos que mais possuem. Em todos os estratos socioeconômicos a presidente é altamente reprovada. 

O grande dano à imagem da presidente - e o maior responsável pelo seu alarmante índice de rejeição - foi causado pela abissal diferença entre o que a mandatária disse na campanha da reeleição e o que ela fez depois. Há um sentimento generalizado de que a presidente mentiu para os brasileiros.

Basta dizer que na pesquisa do IPMN apenas 9% das pessoas confiam plenamente na presidente, enquanto 65% não confiam, ou o fazem apenas parcialmente (25%). No Centro-Oeste, por exemplo, estes índices são estarrecedores: 3%, 78% e 17%, respectivamente. A pessoa de Dilma não mais transmite confiança para a maior parte da população.

Em síntese, pois, a evidência empírica da pesquisa IPMN atesta que o sentimento de frustração dos brasileiros com a presidente, com sua imagem e com seu governo está espraiado nos diversos estamentos sociais e geográficos, dos mais pobres aos mais abastados, dos mais instruídos aos menos escolarizados, dos mais jovens aos mais idosos, entre homens e mulheres, e de Norte a Sul.

Deixar de transferir responsabilidades e de mitigar a realidade, reconhecendo desacertos na condução do país, é o primeiro e mais importante passo que a presidente precisa dar para o árduo percurso de superação da crise atual. 

----------------------------------------------------------

Maurício Costa Romão, Ph.D. em economia, é consultor da Cenário Inteligência e do Instituto de Pesquisas Maurício de Nassau.
http://mauricioromao.blog.br. 



Secretaria de Habitação realiza diagnóstico habitacional durante seminário Todos por Pernambuco‏



O secretário de Habitação, Marcos Baptista, está aproveitando o seminário Todos por Pernambuco para vistoriar as obras da nova pasta. Neste final de semana, além de percorrer os municípios de Floresta (19), Afogados da Ingazeira (20) e Arcoverde (21), Baptista acompanha o governador Paulo Câmara em visitas de obras em Tuparetama, no Sertão do Pajeú.

Nesta sexta (20), em Afogados da Ingazeira, no segundo ciclo do programa, Marcos Baptista, comanda a sala temática sobre Habitabilidade e Espaço Público. “Este é um momento importante onde podemos escutar as reinvindicações da população em diversas áreas, bem como realizar um amplo diagnóstico do déficit habitacional no estado. Esse estudo será a base da nossa atuação na pasta, que também determinará as ações que serão necessárias para cada localidade”, enfatizou o secretário.

Fernando Bezerra Coelho cobra do Governo Dilma editais dos ramais do Entremontes e Agreste

Durante a campanha eleitoral de 2014 o então candidato Fernando Bezerra Coelho (PSB) afirmou que gostaria de ser o “Senador das Águas”, trabalhando para universalizar o acesso em Pernambuco. Hoje (19/03) Fernando voltou a cobrar do Governo Federal a publicação dos editais e contratação das obras dos ramais do Agreste e Entremontes, que irão abastecer Agreste, Sertão Central e do Araripe. Ele também defendeu a conclusão das obras da transposição do São Francisco.

“Trata-se de um dos maiores projetos de integração de bacias hidrográficas do mundo. O empreendimento irá garantir a segurança hídrica a 12 milhões de habitantes, em 390 municípios, nos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte, com extensão de 477 km organizados em dois Eixos de transferência de água - Norte e Leste”. Ele destacou que, segundo dados do Ministério da Integração Nacional, o empreendimento apresenta 73% de execução física, sendo o Eixo Leste conta com 71% de execução e o Eixo Norte com 74%.

O senador lembrou que no próximo domingo será celebrado o Dia Mundial da Água, estabelecido pela ONU em 1992. Fernando defendeu o manejo racional dos mananciais, com foco no trinômio Água, Energia e Alimentos.

Senador Douglas Cintra consegue financiamento dos boxes da nova Feira da Sulanca‏ de Caruaru



Um dos grandes entraves ao funcionamento da nova Feira da Sulanca de Caruaru, às margens da BR-104, próxima ao Polo Comercial e ao Hospital Mestre Vitalino, está solucionado: o senador Douglas Cintra (PTB-PE) acertou com a superintendência da Caixa Econômica em Caruaru a concessão de linha de crédito, que considera bastante acessível, para a compra dos boxes na nova Feira da Sulanca, a ser erguida num terreno de 60 hectares, com mais de 10.700 boxes.

O apoio financeiro aos sulanqueiros para adquirir os boxes na futura feira era um dos problemas na transferência deles. “Esta questão agora está superada”, declarou Cintra. Segundo o acordo do senador caruaruense com a instituição, a CEF financiará R$ 22.400 do total de R$ 28 mil do valor do imóvel, equivalentes a 80%, com prazo de 10 anos, juros de 11,39% ao ano mais TR e prestações decrescentes, começando com R$ 410,00 mensais e terminando com R$ 190,00.

Mais de 8.500 sulanqueiros que operam hoje em instalações saturadas serão transferidos para a nova Feira. “É uma excelente notícia”, comemorou o presidente da Associação dos Sulanqueiros de Caruaru, Pedro Moura.

Secretaria da Mulher de Garanhuns recebe prêmio da ALEPE



Por Eliane Vilar

Nós, que fazemos a Secretaria da Mulher de Garanhuns agradecemos o reconhecimento da Deputada Priscila Krause, da Secretaria da Mulher de Pernambuco, através da secretária Silvia Cordeiro e equipe (que torceram muito), da nossa Coordenadora Regional Maria Lucia Aquino Machado para a premiação da PREFEITURA AMIGA DAS MULHERES. 

Esta é uma premiação séria, para cidades que têm ações e programas voltados às mulheres. Dos 27 itens exigidos para a qualificação, Garanhuns preencheu 25. Nossa Secretaria da Mulher e seu centro de Referência de atendimento á Mulher JOANA BEATRIZ DE LIMA E SILVA trabalha 25 programas preventivos, da zona rural à zona urbana, buscando alcançar mulheres, adolescentes e crianças, intentando a equidade de gênero, além do trabalho técnico de enfrentamento à violência.

Um reconhecimento especial as nossas secretarias municipais parceiras, todas elas, mas especialmente as Secretarias de Educação, Saúde e Assistência Social, que trabalham transversalmente com a nossa secretaria da Mulher e coletaram em tempo recorde, os dados que precisávamos enviar. 

A minha equipe empenhada e comprometida, principalmente as que ficavam até as madrugadas preparando o dossiê que precisava ser concluído.

Parabéns ao prefeito Izaías Régis, que receberá em 31 de março a premiação de Prefeito amigo das Mulheres do seu Município, na ALEPE, na certeza que estes dois itens que não preenchemos agora serão contemplados até o final do ano.

Que este reconhecimento da Deputada Priscila Krause, da Secretaria Estadual da Mulher nos sirva para fortalecer a vontade de transformar a cultura de violência em uma cultura de igualdade e respeito e para isso dividimos este momento com todas as gestoras de organismos de políticas para as mulheres, do AGRESTE, que têm a coragem de fazer um trabalho não valorizado, desconhecido, desafiador e por muitas vezes arriscado, mas mesmo assim não desistem.

OBRIGADA A TODAS E TODOS QUE ACREDITAM NA GENTE!

Walderia Santana, Zirene Brasil, Marizi Pereira, Selma Mello, Eduardo Peixoto, Carlos Eugênio, Ronaldo Cesar, Debora Bandeira, Marinalva Almeida, Carlos Filho, Karla Fabiola, Vec Garanhuns, Unopar Garanhuns, Câmara Municipal de Garanhuns, e tantas outras instituições parceiras, e aos nossos amigos e amigas.


Eliane Vilar Simões
Secretária da Mulher de Garanhuns

Manifestantes bloqueiam a entrada da fábrica Bom Gosto em Garanhuns




Esta é destaque no Portal Agreste Agora

Sindicato e trabalhadores manifestaram na manhã desta quinta-feira (19), em Garanhuns, Agreste Pernambucano em frente a fábrica de laticínios Bom Gosto. O Motivo do movimento é que após a venda da unidade para a ARC Medical Logística alguns acordos não foram cumpridos pela empresa.

De acordo com o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria e Alimentação de Garanhuns (STIA), Newtton Araújo após a negociação o salário dos mais de 120 empregados está sendo realizado, porém o plano de saúde foi cortado e o pagamento do FGTS não está em dia. “Queremos que o acordo coletivo seja cumprido e os trabalhadores não tenham seus direitos desrespeitados”, disse o presidente da STIA.

Durante a manhã a entrada da unidade foi bloqueada e os manifestantes não deixaram ninguém entrar na unidade.

Programações das prefeituras estão tirando o forró do São João

A fogueira tá queimando em homenagem a São João.......
Olha pro céu meu amor, vê como ele tá lindo.......
Petrolina Juazeiro, Juazeiro Petrolina.......
Eu só quero um amor, que acabe o meu sofrer.....



Xote, xaxado, baião, FORRÓ PÉ DE SERRA, Samba de côco, Reisado, Banda de pífanos, quadrilhas, fogueira, ruas enfeitadas....

O São João está chegando e a saudade tomou conta do meu coração. Saudade da minha infância na fazenda de seu Júlio onde reunidos em torno de uma fogueira a festa era cheia de fogos, confraternização e músicas de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Jorge de Altinho e Genival Lacerda. As ruas eram enfeitadas por nós moradores e tudo era uma festa linda de amigos e família. 

Passados alguns anos, me pego lembrando do tempo em que a tradição da quadrilha se aprendia nas escolas, que anualmente faziam suas festas com músicas que nos traziam valores e ensinavam a nossa tradição. Me peguei lembrando até da fogueira que fazíamos na minha rua e de como eu adorava ver Marcondes Bezerra Teté inventando formas de soltar fogos para os seus filhos Irlla OliveiraIgor Henrique e Ítalo César César e de tabela para nós. O São João era uma festa tão família que as famílias se misturavam. 

Os tempos mudaram e a tradição vem se perdendo. Sempre que me deparo com as programações do são joão pelo Brasil a fora em cidades como Campina Grande e Caruaru que lutam pelo primeiro lugar em realização da festa e até na minha Arcoverde, percebo triste como os nossos artistas tradicionais vem perdendo espaço. 

As prefeituras pagam sem pestanejar 500 mil a atrações sertanejas de sucesso (nada contra as mesmas), mas não querem pagar 25 mil por um artista pernambucano. Nas programações , se opta por atrações que segundo patrocinadores arrastam multidões, mas se fecha as portas para o que atrai os turistas que é o nosso pé de serra, o nosso xote , o nosso coco... É uma luta desigual que acontece a nível de mídia e de estrutura e muitas vezes, vejo artistas e poetas, cansados e desanimados com o que vivem diariamente para manter viva a nossa raiz nordestina.

Em um estado onde se tem Petrúcio AmorimSantanna O CantadorNádia MaiaIrah Caldeira, Jorge de Altinho, Flávio José, FLÁVIO LEANDROBanda Som da TerraGeraldinho LinsMarronbrasileiro BrasileiroRonaldo Cesar, Benil, Os Pariceiros com George SilvaMaciel MeloPaulinho LeiteAzulão CaruaruWagner Carvalho, Coco Irmãs Lopes ICoco Trupé Arcoverde e Coco Raízes de ArcoverdeClayton BarrosEmerson CaladoRoberto CruzAndrezza FormigaRogério RangelQuinteto Violado, Assisão, Cristina Amaral, Genaro, Beto HortisLuciano Magno, Josildo De Sá CruzNando Cordel e tantos outros, eu admito não entender como se troca a nossa riqueza, por letras como:

Ziriguidum, ziriguidum, ziriguidum...
Lepo Lepo .....
Sou sem vergonha mesmo......

Respeito o gosto de todos e estilo musical, mas ....... acho que poderíamos ter mais equilíbrio.


Amannda Oliveira - Arcoverde
Blogueira e Ativista Cultural

AGORA COMIGO: É isto aí!
.

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

POSTAGENS ANTERIORES, CLIQUE NO LINK

SIGA O BLOG

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.